1. ArchDaily
  2. Pavilhões

Pavilhões: O mais recente de arquitetura e notícia

Da antiguidade aos dias de hoje: sistemas modulares na arquitetura tradicional chinesa

À medida que nossas cidades crescem a um ritmo cada dia mais vertiginoso, intensifica-se também a demanda para que arquitetos e construtores realizem seus trabalhos de forma mais eficiente e rápida. A pré-fabricação e modularidade foram introduzidas na arquitetura há séculos, um conceito que transformou e revolucionou a forma como concebemos e construimos nossos edifícios. Ao trabalharmos com padrões e relações de escala entre os vários componentes de um edifício, a arquitetura modular nos permite alcançar uma maior flexibilidade espacial, assim como rapidez, eficiência e economia de recursos durante o processo de construção.

Arquitetura pop-up: construindo novas experiências em pequena escala

A arquitetura pop-up se aproveita de pequenos espaços para criar experiências intimistas. Como estruturas temporárias e nômades, pavilhões pop-ups não são novidade no mundo da arquitetura, remontando à antiguidade quando era utilizadas durante diversos tipos de festivais. Levando a arquitetura para além de seus limites, estruturas temporárias têm como principal objetivo chamar à atenção do público, divulgando identidades, marcas e/ou produtos em contextos muito especiais. Atualmente, esta abordagem está se transformando em algo mais do que apenas intervenções efêmeras, influenciando decisivamente a maneira como pensamos e concebemos nossos edifícios.

© Dirk Weiblen© Laurian Ghinitoiu© Hadley Fruits© Onnis Luque+ 9

Pavilhão da Letônia para a Expo Dubai 2020

A proposta vencedora do concurso para o Pavilhão da Letônia na Expo Dubai 2020 recebe o nome de "Sounding Forest" e foi desenvolvida pelo escritório Malitis Architects. O projeto interativo coloca em prática uma floresta artificial feita de cordas de piano, gerando um diálogo lúdico entre a instalação e os visitantes.

"The Colour Palace" é escolhido para ser o Pavilhão Dulwich 2019 em Londres

Pavilhão no seu contexto. Cortesia de Pricegore e Yinka Ilori
Pavilhão no seu contexto. Cortesia de Pricegore e Yinka Ilori

“The Color Palace”, de Pricegore and Yinka Ilori, foi escolhido como o Pavilhão Dulwich 2019 em Londres. Uma estrutura temporária para abrir na Dulwich Picture Gallery durante o Festival de Arquitetura de Londres em junho de 2019, “The Color Palace” é uma celebração de cores, padrões e luzes, inspirada nas tradições culturais europeias e africanas.

A proposta foi escolhida de uma lista restrita de seis firmas de arquitetura emergentes, compiladas de 150 inscrições. PUP Architects foram os vencedores da votação pública no local, que representou um voto no painel de julgamento.

Maquete 1:10. Cortesia de Pricegore e Yinka IloriFragmento da junção de madeira 1: 1. Cortesia de Pricegore e Yinka IloriFoto da maquete. Cortesia de Pricegore e Yinka IloriFoto da maquete. Cortesia de Pricegore e Yinka Ilori+ 8

Kennedy Center divulga novas imagens das obras do projeto de expansão de Steven Holl

O Centro John F. Kennedy de Artes Cênicas divulgou novas imagens da obra de expansão projetada por Steven Holl Architects em Washington DC. Com inauguração prevista para setembro de 2019, o projeto de expansão do REACH visa “oferecer aos artistas e visitantes novas e amplas oportunidades para interagir totalmente com o Centro”.

O projeto tem cerca de 7.000 metros quadrados de área construída em um terreno de 4,6 acres, o que representa um aumento de 20% na área de acesso público e o dobro de espaços ao ar livre. 

Cortesia de Field ConditionsCortesia de Field ConditionsCortesia de Steven Holl ArchitectsCortesia de Steven Holl Architects+ 13

Serpentine Pavilion de Frida Escobedo, pelas lentes de Laurian Ghinitoiu

Após a inauguração da Serpentine Pavillion 2018, projetada pela arquiteta mexicana Frida Escobedo, o fotógrafo Laurian Ghinitoiu voltou suas lentes para Londres. As imagens registram a beleza elementar do pavilhão do Escobedo, definido por uma fachada de cimento permeável inspirada nas celosias mexicanas.

Mesclando elementos típicos da arquitetura mexicana com referências locais de Londres, o pavilhão se concentra em um pátio definido por dois volumes retangulares construídos com a mesma técnica usada nas celosias mexicanas.

© Laurian Ghinitoiu© Laurian Ghinitoiu© Laurian Ghinitoiu© Laurian Ghinitoiu+ 30

Nikolay Polissky revela sua mais recente estrutura artesanal de madeira

O artista russo Nikolay Polissky revelou seu último projeto, uma grande torre para o próximo feriado tradicional de Maslenitsa, uma celebração para a chegada da primavera que cerimonialmente queima um símbolo do inverno.

Atualmente na fase de construção, o projeto é feito de paletes de madeira reciclada e os topos de toras, que tipicamente são usadas apenas como lenha barata. Além disso, a torre será coberta com rolos de feno que não podem ser usados como alimento para animais, antes de ser queimada numa cerimônia no dia 25 de fevereiro.

Cortesia de Ivan PolisskyCortesia de Ivan PolisskyCortesia de Ivan PolisskyCortesia de Ivan Polissky+ 12

Design Week Mexico e Museo Tamayo apresentam o Museu da Imortalidade

Em sua oitava edição, Design Week Mexico, em colaboração com o Museu Tamayo, revelou o projeto de um grande pavilhão arquitetônico público projetado pelos arquitetos alemães Nikolaus Hirsch e Michel Müller. Até a primavera de 2017, a instalação será uma atração cultural no Parque Chapultepec, o maior parque público da Cidade do México.

Cortesia de Design Week MexicoCortesia de Design Week MexicoCortesia de Design Week MexicoCortesia de Design Week Mexico+ 18

Expo Milão 2015: Wolfgang Buttress conclui o pavilhão britânico "Virtual Beehive"

A "colmeia pulsante" de Wolfgang Buttress é um dos primeiros pavilhões a ser concluído na Expo Milão 2015. Contribuição do Reino Unido para a exposição mundial, “BE”, a "colmeia virtual", foi projetada para destacar a vida dentro de uma colmeia e oferecer uma "experiência sensorial imersiva" que mostra aos visitantes o "sabor da paisagem britânica."

Composta por uma estrutura treliçada de 14 metros construída a partir de 169.300 peças de alumínio e aço, a estrutura em forma de domo se localiza no fim de um prado sinuoso coberto de flores que leva os visitantes até a "colmeia". Uma vez dentro, uma composição de efeitos sonoros e visuais mimetizará a atividade de uma colmeia real.

Veja o pavilhão construído, a seguir.

Vídeo: Pavilhão Alemão Expo 1967 / Frei Otto, Prêmio Pritzker 2015

O Júri do Pritzker elegeu o arquiteto alemão Frei Otto como o trigésimo nono vencedor do Prêmio Pritzker, o segundo alemão a ser laureado com o prêmio e o primeiro a receber de maneira póstuma. Mesmo, infelizmente, sem o áudio, apresentamos este vídeo que nos mostra a impressionante construção do Pavilhão da Alemanha para a Exposição Universal de Montreal 1967.

Cobrindo uma área de 8000 m², o pavilhão foi desenhado com base numa enorme membrana suspensa sobre oito mastros de aço, colocados em intervalos irregulares e apoiados por cabos ancorados fora da estrutura, sobre a qual pousa um tecido transparente de poliéster. A construção foi concluída em apenas três semanas.

Pavilhão Endesa / IaaC

Pavilhão Corda / Kevin Erickson

Vídeo: Pavillion Dans Les Arbres

Bamboo Booth 2012 / Vo Trong Nghia

3º Lugar: Concurso de Ideias para os Serviços da Expo 2015 / TernulloMello Architects + Nuno Marcos

400 caderias no futuro SEAT Pavilion de Atlanta