Chile, Venezuela, Pavilhão da Diáspora Africana e Israel: conheça os vencedores da Bienal de Design de Londres 2021

Chile, Venezuela, Pavilhão da Diáspora Africana e Israel: conheça os vencedores da Bienal de Design de Londres 2021

O júri da Bienal de Design de Londres 2021 anunciou os pavilhões vencedores da terceira edição do evento. Respondendo ao tema Ressonância proposto pela diretora artística e curadora Es Devlin, a Bienal reuniu mais de 30 pavilhões para mostrar como o design pode oferecer soluções para os desafios de nossos tempos – da sustentabilidade à globalização, da migração ao futuro da humanidade.

"Os vencedores da Bienal de Design de Londres de 2021 ilustram a importância do design thinking para ajudar a trazer mudanças sociais e crescimento econômico em todo o mundo", comentou John Sorrell, presidente da Bienal de Design de Londres. Victoria Broackes, diretora da London Design A Biennale, disse que os vencedores "demonstram claramente quão brilhante pode ser o design ao contar histórias complexas que se comunicam diretamente com corações e mentes".

O Júri Internacional deciciu premiar os pavilhões do Chile, da Venezuela, da Diáspora Africana e de Israel, ao passo que a Alemanha recebeu uma comenda especial. As medalhas foram confeccionadas à mão pelo estúdio britânico Shimell and Madden buscando "representar os conceitos de colaboração e união de países, territórios e cidades".

Conheça os premiados a seguir:

Medalha 2021: Chile - Tectonic Resonances

Chile, Venezuela, Pavilhão da Diáspora Africana e Israel: conheça os vencedores da Bienal de Design de Londres 2021 - Imagem 2 de 14
London Design Biennale 2021 Medal: Chile - Tectonic Resonances. Image Courtesy of ER

O pavilhão chileno recebe a medalha por sua contribuição geral. Como diz o comunicado oficial, "Tectonic Resonances têm a ver com o som das rochas. Você sabia que pequenas pedras se tornaram os primeiros instrumentos rituais de som e ritmo? E que os eventos geológicos do Chile afetam o globo? O Chile é um país de rochas que ressoam, e para a equipe por trás do Pavilhão este é o ponto de partida para um discurso decolonizante para o design no sul."

Medalha Temática: Venezuela - La Rentrada

Chile, Venezuela, Pavilhão da Diáspora Africana e Israel: conheça os vencedores da Bienal de Design de Londres 2021 - Imagem 3 de 14
London Design Biennale 2021 Theme Medal: Venezuela - La Rentrada. Image Courtesy of ER

La Rentrada foi premiada com a Medalha Temática pela interpretação mais inspiradora de Ressonância, o tema da edição atual. O pavilhão “busca imaginar o retorno da diáspora venezuelana. Um evento que será marcado por um questionamento radical dos sistemas anteriores”.

Medalha de Melhor Design: Diáspora Africana

Chile, Venezuela, Pavilhão da Diáspora Africana e Israel: conheça os vencedores da Bienal de Design de Londres 2021 - Imagem 6 de 14
London Design Biennale 2021 Best Design Medal: African Diaspora - PoAD. Image Courtesy of ER

Reconhecido como o projeto mais excepcional, “o Pavilhão da Diáspora Africana (PoAD) nasceu da necessidade de um espaço na cena global centrado nas vozes e contribuições de pessoas nascidas na Diáspora Africana, projetado por Ini Archibong”.

Medalha do Público: Israel - The Boiler Room

Chile, Venezuela, Pavilhão da Diáspora Africana e Israel: conheça os vencedores da Bienal de Design de Londres 2021 - Imagem 8 de 14
London Design Biennale 2021 Public Medal: Israel - The Boiler Room. Image Courtesy of ER

Selecionado pelo público, "o pavilhão de Israel explora a tensão perpétua entre a globalização (networking) e o nacionalismo (capsularização), como eles se sobrepõem e se inflamam, levando-nos a um ponto de ebulição iminente."

Comenda Especial: Alemanha - Spoon Archaeology

Chile, Venezuela, Pavilhão da Diáspora Africana e Israel: conheça os vencedores da Bienal de Design de Londres 2021 - Imagem 11 de 14
London Design Biennale 2021 Special Commendation: Germany - Spoon Archaeology. Image Courtesy of ER

Excepcionalmente, o júri decidiu dar ao pavilhão alemão uma comenda especial. Spoon Archaeology foi concebido como um estudo, apresentando referências históricas a partir da coleção de um museu ao lado de designs de talheres contemporâneos. A instalação apresenta o patrimônio cultural material e imaterial do passado e do presente, e convida o público a ressoar soluções sustentáveis para o futuro."

O Comitê Consultivo Internacional da Bienal de Design de Londres deste ano e o júri incluíram Aric Chen, Ben Evans, Christopher Turner, Es Devlin, James Lingwood, Jonathan Reekie, Marva Griffin Wilshire, Nipa Doshi, Paola Antonelli, Jeremy Myerson, John Sorrell, Suhair Khan, Victoria Broackes e Waldick Jatoba.

A London Design Biennale 2021, que abriu ao público no dia 1 de junho, decorre até 27 de junho na Somerset House.

Chile, Venezuela, Pavilhão da Diáspora Africana e Israel: conheça os vencedores da Bienal de Design de Londres 2021 - Imagem 14 de 14
London Design Biennale Medals were handmade by London-based jewellery partnership Shimell and Madden. Image Courtesy of ER

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Valencia, Nicolás. "Chile, Venezuela, Pavilhão da Diáspora Africana e Israel: conheça os vencedores da Bienal de Design de Londres 2021" [London Design Biennale 2021 Winners: Chile, Venezuela, Pavilion of the African Diaspora, and Israel] 25 Jun 2021. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/963996/chile-venezuela-pavilhao-da-diaspora-africana-e-israel-conheca-os-vencedores-da-bienal-de-design-de-londres-2021> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.