Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Moscou

Moscou: O mais recente de arquitetura e notícia

Cinema Garage Screen / SYNDICATE Architects

© Daniel Annenkov © Daniel Annenkov © Daniel Annenkov © Daniel Annenkov + 29

Pavilhão  · 
Moscou, Rússia
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura SYNDICATE Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    900.0 m2

Pavilhão Future Materiality / Pravda

© Ivan Erofeev
© Ivan Erofeev
 · 
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Pravda
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    25.0 m2
  • Ano Projeto Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    2019

Vídeo-instalação explora o papel do medo na metrópole contemporânea

O Festival de Arquitetura de Londres, o maior evento anual do mundo desse tipo, ocupou diversas partes da capital britânica em junho deste ano. Com um mês de duração, o festival recebeu milhares de visitantes, convidando-os a explorar instalações e intervenções arquitetônicas, além de participar das atividades e discussões - que incluíram um evento organizado pelo estúdio SKNYPL.

O tema este ano era 'Fronteiras' - em todas as suas formas: regiões, muros, limites municipais… E para o sua primeira mostra internacional, o SKNYPL apresentou PHOBOS, um filme sobre Moscou e o profundo impacto causado pelas fronteiras físicas e metafísicas. O estúdio publicou uma versão online do filme especialmente para os leitores do ArchDaily.

Cinema temporário "Garage Screen" é inaugurado no Parque Gorky em Moscou

© Strelka KB, by Iwan Baan © Strelka KB, by Iwan Baan © Strelka KB, by Iwan Baan © SYNDICATE architects + 6

Este artigo foi originalmente publicado na Strelka Magazine.

O cinema de verão Garage Screen deste ano foi divulgado. A estrutura, localizada em frente ao Museu de Arte Contemporânea Garage em Moscou, é o resultado de um concurso de arquitetura organizado pelo museu em parceria com a Strelka KB.

Assemelhando-se a uma pirâmide com o topo plano, o cinema temporário projetado pelo escritório SYNDICATE convida os espectadores a prestigiarem produções cinematográficas em meio ao Gorky Park. Embora a estrutura não tenha paredes, as cortinas de veludo vermelho criam um espaço aconchegante para que os espectadores e percam nas narrativas fílmicas.

Meganom propõe investir nas periferias para melhorar a qualidade da vida urbana

Superpark. Imagem © Meganom Depois. Imagem © Dvorulitsa Depois. Imagem © Dvorulitsa © Dvorulitsa + 16

Enquanto as grandes cidades se esforçam para recuperar e revitalizar áreas urbanas centrais, zonas periféricas geralmente são ignoradas ou esquecidas. Geralmente, e com pouquíssimas exceções, o centro de uma cidade é onde se encontra a maioria das infra-esturturas urbanas, serviços públicos e principalmente, uma maior acessibilidade aos sistemas de transporte público. Em si só, isso é um motivo bom o suficiente para que uma cidade se esforce em manter a qualidade e a vitalidade de suas áreas centrais. Entretanto, isso também significa que políticas públicas voltadas tão somente para áreas centrais e que, por outro lado, negligenciam áreas periféricas - historicamente pobres e carentes em infra-estrutra urbana -, penalizam duplamente as zonas mais afastadas e principalmente, a população que ali vive. Com isso em mente, o escritório russo de arquitetura Meganom desenvolveu um projeto chamado de "Dvorulitsa", o que significa literalmente "rua -jardim". Dvorulitsa é um projeto de desenvolvimento urbano que pretende contribuir com a recuperação de áreas periféricas de Moscou. A ideia é um desdobramento de um antigo projeto do estúdio fundado por Yury Grigoryan e Iliya Kouleshov. Desenvolvido em 2013, "Archaeology of the Periphery," foi um projeto de recuperação de um antigo estaleiro que apresentava o conceito de "super parque", uma alternativa para a transformação da periferia das cidades pós-soviéticas.

Interiores Cinza / Alexey Rozenberg

© Michail Stepanov © Michail Stepanov © Vladilen Razgulin © Michail Stepanov + 32

Apartamentos  · 
Moscou, Rússia
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Alexey Rozenberg
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    160.0 m2

Artista cria colagens que mostram um lado surreal do cotidiano na União Soviética

Como seriam as cidades históricas se a escala não existisse e as funções pudessem ser manipuladas? 

A artista holandesa Tamara Stoffers encontrou inspiração em um antigo livro da União Soviética, publicado no início da década de 1960, que apresentava imagens de blocos habitacionais sem qualquer ornamentação ou cor. O livro destacava a simetria e funcionalidade da arquitetura soviética, representando um futuro que o regime comunista idealizara. Para a artista, ficou claro que havia muitas pequenas histórias dentro da História da União Soviética - e elas mereciam ser exploradas.

A admiração de Stoffers se estendeu para além da arquitetura russa, abrangendo também objetos do cotidiano, banners, cartões postais e livros. Ao longo de cinco anos, desenvolveu uma série de colagens fantásticas feitas a partir de mais de 30 livros ilustrados. As imagens, que pareciam intrigantes por conta própria, foram misturadas e combinadas com outras fotografias de maneira exagerada e divertida, apresentando a União Soviética como nunca antes vista.

Kalinin Prospekt. Imagem © Tamara Stoffers Voronezh. Imagem © Tamara Stoffers Baku. Imagem © Tamara Stoffers Cathedral of St. Sophia. Imagem © Tamara Stoffers + 15

Nike Box MSK / KOSMOS architects + Strelka KB

© Yuri Palmin © Yuri Palmin © Yuri Palmin © Yuri Palmin + 32

MODUL Architectural Bureau transformará antiga fábrica em sala de exposições nos arredores de Moscou

© MODUL architectural bureau
© MODUL architectural bureau

A MODUL architectural bureau está trabalhando em um projeto de reforma que transformará uma antiga fábrica nos arredores de Moscou em uma moderna sala de exposições. Encomendando por uma empresa de materiais de construção em pedra, o projeto foi concebido como uma série de diferentes espaços expositivos, áreas de atendimento ao cliente assim como uma ampla infra-estrutura de escritórios e áreas de lazer.

Para melhor atender ao programa do cliente, os arquitetos decidiram por dividir os espaços existentes da antiga fábrica em duas categorias: uma área de “intervenção” e uma zona de “produção”. Isso para que durante o processo de projeto e reforma do edifício a produção da fábrica não fosse parada nem mesmo por um dia. Além da estrutura existente, o projeto conta ainda com uma nova área de armazenagem projetada para abrigar o estoque da fábrica, liberando o espaços do histórico edifício para transforma-lo em um grande centro de exposições.

© MODUL architectural bureau © MODUL architectural bureau © MODUL architectural bureau © MODUL architectural bureau + 35

Pavilhão Temporário em Picnic «Afisha» / project eleven

© Ilia Ivanov © Ilia Ivanov © Ilia Ivanov © Ilia Ivanov + 16

  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura project eleven
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    400

Pirâmide holográfica dará forma ao pavilhão temporário do Museu Garage em Moscou

Uma pirâmide holográfica projetada pelos arquitetos do SYNDICATE Architects foi a proposta vencedora do concurso para o Pavilhão de Cinema de Verão do Museu de Arte Contemporânea Garage, em Moscou, Rússia. O projeto foi o escolhido entre uma lista de seis competidores. O concurso oferecia a oportunidade para arquitetos russos projetarem um pavilhão temporário e multifuncional acessível, que atendesse às exigências do museu em relação à responsabilidade ambiental.

Pavilhão de Cinema do Verão. Imagem - Corteria de Syndicate Architects Pavilhão de Cinema do Verão. Imagem - Corteria de Syndicate Architects Pavilhão de Cinema do Verão. Imagem - Corteria de Syndicate Architects Pavilhão de Cinema do Verão. Imagem - Corteria de Syndicate Architects + 4

Sergei Tchoban: "Não podemos evitar olhar para a arquitetura. Arquitetura deve ser bela"

Após ser educado no Instituto Repin de Pintura, Escultura e Arquitetura em São Petersburgo, Sergei Tchoban se mudou para a Alemanha aos 30 anos de idade. Ele agora executa práticas paralelas em Berlim e Moscou, após tornar-se sócio-gerente da NPS Tchoban em 2003 e co-fundador da SPEECH com Sergey Kuznetsov em 2006. Em 2009, a Fundação Tchoban foi formada em Berlim para celebrar a arte perdida de desenhar através de exposições e publicações. O Museu de Desenho Arquitetônico da Fundação foi construído em Berlim em 2013 para o projeto da Tchoban. Nesta última entrevista para sua série “Cidade das Ideias”, Vladimir Belogolovsky conversou com Tchoban durante seu recente encontro em Paris sobre identidades arquitetônicas, inspirações, a paixão fanática do arquiteto pelo desenho e intangíveis como a beleza.

Villa in Wasiljewo, 2009, near Saint Petersburg. Image © Aleksey Naroditsky Museum for Architectural Drawing, 2013, Berlin. Image © Roland Halbe Actor Galaxy, 2015, Sotchi. Image © Aleksey Naroditsky Expo Pavilion Milan, 2015, Milan. Image © Aleksey Naroditsky + 45

Uma Pista de Skate Sob o Viaduto Krymsky / Snohetta + Strelka KB + Strelka Architects

© Strelka KB © Strelka KB © Strelka KB © Strelka KB + 14

Skatepark  · 
Moscou, Rússia

Arranha-céus de 2018: alternativas ao arquétipo da torre de vidro

© Viktor Sukharukov
© Viktor Sukharukov

Seja como um objeto isolado ou parte de um conjunto de edifícios, arranha-céus são ícones excêntricos que habitam os principais centros urbanos do planeta. Uma metáfora da modernidade, do sucesso e da riqueza, arranha-céus são sinônimos da arquitetura das mais vibrantes cidades do mundo como Nova Iorque, Dubai e Singapura.

Cada vez mais altas e onipresentes nos quatro cantos do mundo, ainda há muito para se descobrir e explorar sobre estas estruturas. O ano de 2018 nos apresentou novas abordagens, tecnologias e localizações para a tipologia arquitetônica mais celebrada dos tempos modernos. Passando por novos materiais e formas, os projetos de edifícios em altura começaram a abordar aspectos que vão muito além da simples eficiência e altura, propondo superar novos desafios e explorando novas formas. A seguir apresentaremos alguns dos projetos mais inovadores e as principais tendências em projetos de arranha-céus apresentados ao longo deste ano:

Cortesia de Plompmozes © Rafael de la-Hoz Arquitectos © Virgile Simon Bertrand Cortesia de Zaha Hadid Architects + 13

Moscou divulga novo distrito inteligente como laboratório vivo

A prefeitura de Moscou decidiu implantar quase trinta novas tecnologias "inteligentes" em um bairro já consolidado da cidade, um estudo de caso que servirá como modelo para a avanliação da viabilidade de cada um destes novos instrumentos. Contando com uma população de pouco mais de 8.000 habitantes, o distrito recebeu novos sistemas de iluminação inteligente, gestão inteligente de resíduos e sistemas de aquecimento inteligente. A prefeitura de Moscou pretende avaliar o impacto destas novas tecnologias na vida de seus moradores a tempo de revisar o projeto global de renovação urbana à partir das análises deste projeto piloto.

Kleinewelt propõe bloco habitacional de uso misto em Moscou

O escritório russo Kleinewelt Architekten projetou um bloco de habitação de uso misto para Moscou, composto por uma fachada em relevo de pedra esculpida. Inspirado em gabinetes russos históricos e palácios italianos, o projeto combina um edifício residencial com espaços culturais e funções de assistência social. Chamado de Allegoria Mosca, o desenho baseia-se na história do local e possui um espaço de arte ao ar livre, salas de conferências e palestras, além de um salão de exposições flexível.

Allegoria Mosca. Imagem Cortesia de Kleinewelt Architekten Allegoria Mosca. Imagem Cortesia de Kleinewelt Architekten Allegoria Mosca. Imagem Cortesia de Kleinewelt Architekten Allegoria Mosca. Imagem Cortesia de Kleinewelt Architekten + 11

MVRDV dá vida ao Minecraft com o projeto RED7 em Moscou

O escritório holandês MVRDV divulgou o RED7, um projeto habitacional para Moscou e o primeiro edifício da empresa na Rússia. O MVRDV foi eleito vencedor do concurso para o edifício em dezembro de 2017, e o projeto foi aceito pelo comitê de arquitetura de Moscou. Assumindo a geometria de blocos empilhados que fazem lembrar o jogo Minecraft, o projeto tem como inspiração seu próprio contexto. Como um portal simbólico para o centro da cidade, o projeto contará com 289 apartamentos com terraços e vistas amplas para o horizonte da capital russa.

RED7. Cortesia de MVRDV RED7. Cortesia de MVRDV RED7. Cortesia de MVRDV RED7. Cortesia de MVRDV + 12