1. ArchDaily
  2. Minas Gerais

Minas Gerais: O mais recente de arquitetura e notícia

Casa sustentável / Gustavo Penna Arquiteto e Associados

Casa sustentável  / Gustavo Penna Arquiteto e AssociadosCasa sustentável  / Gustavo Penna Arquiteto e AssociadosCasa sustentável  / Gustavo Penna Arquiteto e AssociadosCasa sustentável  / Gustavo Penna Arquiteto e Associados+ 37

Minas Gerais, Brasil
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  45
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2019
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Aço Mix, BMC Engenharia, Delta Service, Loja de Azulejos, Prodomo Design, +1

Casarões históricos são destruídos por deslizamento de terra em Ouro Preto

O deslizamento de uma encosta no Morro da Forca atingiu hoje pela manhã dois casarões no centro histórico de Ouro Preto-MG, destruindo-os completamente. As edificações eram tombadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Minutos antes da tragédia, a área havia sido evacuada e não houve vítimas.

ARQLIQ arquitetura vence concurso para o Museu dos Emboabas em Caeté, Minas Gerais

O Concurso do Museu dos Emboabas, uma iniciativa do município de Caeté-MG que buscava propostas arquitetônicas que homenageassem a memória da guerra dos emboabas, selecionou o escritório ARQLIQ arquitetura e a arquiteta Laila Bentes, com a colaboração de Márcio Motta e Giulia Sgarbi, como vencedores. O projeto premiado foi escolhido por seu cuidado tanto com o interior da edificação, com espaços amplos e versáteis, quanto com o seu entorno.

ARQLIQ arquitetura vence concurso para o Museu dos Emboabas em Caeté, Minas GeraisARQLIQ arquitetura vence concurso para o Museu dos Emboabas em Caeté, Minas GeraisARQLIQ arquitetura vence concurso para o Museu dos Emboabas em Caeté, Minas GeraisARQLIQ arquitetura vence concurso para o Museu dos Emboabas em Caeté, Minas Gerais+ 18

Hiperstudio vence concurso nacional de requalificação do Senac de Belo Horizonte

O escritório paulistano Hiperstudio foi eleito vencedor do concurso nacional de requalificação do Senac de Belo Horizonte, promovido pelo Instituto de Arquitetos do Brasil. Com um projeto que aposta na qualidade espacial do térreo, caracterizado pela presença de pilotis, o estúdio convenceu o júri, que buscava propostas que soubessem "dialogar com os contextos histórico e cultural nos quais a unidade está inserida, respeitando a configuração espacial urbana e arquitetônica do hipercentro de Belo Horizonte."

Hiperstudio vence concurso nacional de requalificação do Senac de Belo HorizonteHiperstudio vence concurso nacional de requalificação do Senac de Belo HorizonteHiperstudio vence concurso nacional de requalificação do Senac de Belo HorizonteHiperstudio vence concurso nacional de requalificação do Senac de Belo Horizonte+ 21

Reitoria da UFMG: uma expressão do modernismo em Minas Gerais

O modernismo arquitetônico nasceu na esteira das vanguardas europeias no início do século XX. O movimento estava embalado pelo capitalismo industrial e pelo empolgante avanço tecnológico que ocorria diante dos olhos de todas as pessoas. A ruptura com o passado foi deliberadamente franqueada pelos movimentos intelectuais, artísticos e técnicos desde meados do século XIX. O Palácio de Cristal, por exemplo, projetado por Sir Joseph Paxton, foi construído em Londres para abrigar as grandes exposições de 1851 e representou uma revolução construtiva quanto às possibilidades de uso de materiais leves como o ferro e o vidro.

Guia de arquitetura de Belo Horizonte: 25 lugares para conhecer na capital mineira

Em 1897 foi instituída a Cidade de Minas Gerais, que em 1901 passou a ser chamada de Belo Horizonte. O projeto urbanístico de Aarão Reis para a capital mineira deu origem à primeira cidade moderna planejada no Brasil. A malha ortogonal que define quarteirões, grandes corredores e diferentes zonas urbanas foi inspirada em outros modelos de cidades, como Paris e Washington, com a presença de ideais modernizantes e republicanos que inspiraram a hierarquização do território.

A importância do urbanista na interferência territorial - o caso de Mariana

Sabe-se que os processos econômicos e urbanísticos geram grandes modificações na estrutura da cidade. Embasados nos recentes acontecimentos de 25 de janeiro de 2019 com o novo rompimento da barragem de Brumadinho, pode-se atentar que a negligência ambiental por parte de grandes empresas mineradoras também é capaz de produzir profundas consequências e transformações na maneira com que as pessoas fazem uso do território.

Juiz de Fora para as pessoas: Marechal Deodoro e Batista de Oliveira na lógica das "Ruas Completas"

A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Juiz de Fora e o grupo de pesquisa DOMVS, em parceria com a Secretaria de Transporte e Trânsito da Prefeitura de Juiz de Fora, a Frente Nacional dos Prefeitos e o WRI Brasil, tem a honra de convidar você para a exposição - Juiz de Fora para as pessoas: Marechal Deodoro e Batista de Oliveira na lógica das "Ruas Completas" - de 14 de março à 30 de abril, no Espaço Cultural dos Correios, Rua Marechal Deodoro, 470, em Juiz de Fora (MG).

A exposição Juiz de para as Pessoas: Marechal

Sede do Sindicato dos Metalúrgicos / Gustavo Penna Arquiteto e Associados

Sede do Sindicato dos Metalúrgicos / Gustavo Penna Arquiteto e AssociadosSede do Sindicato dos Metalúrgicos / Gustavo Penna Arquiteto e AssociadosSede do Sindicato dos Metalúrgicos / Gustavo Penna Arquiteto e AssociadosSede do Sindicato dos Metalúrgicos / Gustavo Penna Arquiteto e Associados+ 27

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  6855
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2010
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  B&M Consultoria em Esquadrias, Isolar, Oppus Acústica, Protherm

Museu de Arte da Pampulha reabre as portas após interromper atividades

A Secretaria Municipal de Cultura de Belo Horizonte reabriu o Museu de Arte da Pampulha após interrupção dos projetos e exposições e do Bolsa Pampulha. Desde o dia 16 deste mês, os visitantes podem participar do projeto Museu por Dentro, que oferece uma aproximação à história, arquitetura e acervo do museu, bem como à paisagem que o envolve.

O novo projeto oferece diferentes atividades, como uma visita guiada pelas dependências internas do edifício e a observação por meio de lunetas do Conjunto Moderno da Pampulha, composto pela Igreja São Francisco de Assis, a Casa do Baile, o Iate Tênis Clube, a Casa Kubitschek e o próprio Museu de Arte.

Concurso de Estudantes para Parque Urbano em Betim, MG

Até dia 16 de novembro estão abertas as inscrições para o Concurso de Estudantes para Requalificação Ambiental e Paisagística do Aterro Sanitário UVS Betim, localizado no município de Betim, região metropolitana de Belo Horizonte, MG.

O concurso é uma promoção e organização da empresa Essencis MG Soluções Ambientais S/A juntamente com o Departamento de Projetos (PRJ) da Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais e tem como objetivo a promoção da discussão sobre a destinação dos aterros sanitários no ensino superior brasileiro.

Cataguases: Legado da Modernidade

Cataguases, pequeno município brasileiro pertencente ao estado de Minas Gerais, que concentra população com pouco mais de 70 mil habitantes, ao longo de sua história, ficou conhecida por reunir uma série de significativas obras artístico-culturais ligadas à produção modernista brasileira a partir do século XX. As importantes obras variam entre as Artes Plásticas, Cinema e, sobretudo, Arquitetura, num panorama de produção entre as décadas de 1940 e 1950. Contudo, o peculiar caso é movido ao fato do município, com pequeno perímetro geográfico e populacional, contar com simbólico e potencial patrimônio moderno brasileiro, com obras de Francisco Bolonha, irmãos MM Roberto e Oscar Niemeyer.

Entre as obras arquitetônicas presentes no perímetro da Cidade, dois projetos concebidos por Oscar Niemeyer ajudaram a construir sua história e legado: a Residência Francisco Inácio Peixoto (1940) e Colégio Cataguases (1949). No primeiro projeto, para Francisco Inácio Peixoto, escritor brasileiro, empresário na área industrial e fazendeiro, considerado importante financiador às manifestações artístico-cultural e responsável pela chegada de Niemeyer à região nos anos 40, junto ao paisagismo de Roberto Burle Marx.

Conferência A Língua que Habitamos

Este evento reunirá professores e investigadores de vários países em torno do tema geral da dimensão coletiva da Arquitetura e do Urbanismo, num contexto cultural e línguistico hoje espalhado por todos os continentes.
Os eixos temáticos que organizarão as comunicações estendem-se desde a Cidade do Futuro à diversidade cultural na Lusofonia, passando por temas tão atuais como o Turismo ou as Tecnologias, não esquecendo o Ensino, a Investigação e a Publicação.

Clássicos da Arquitetura: BDMG / Humberto Serpa

Por Nara Grossi

Implantado em terreno de esquina, não se passa imune à forte presença dessa obra, que tem a estrutura como principal elemento de expressividade.

Instituto Terra: a ONG de Sebastião Salgado no Vale do Rio Doce

Por Geraldo Benicio da Fonseca e Henrique Felício Pereira

A região do Médio Rio Doce reflete um longo período de violenta exploração de seus recursos naturais. A ocupação deste território seguiu um processo típico de desmatamento e manejo inadequado, que hoje se reflete em uma paisagem empobrecida e ressequida, cenário de declínio econômico e de recursos hídricos cada vez mais escassos. Mas a pequena cidade de Aimorés é palco de uma iniciativa que espera mudar este quadro: o Instituto Terra. Esta ONG foi fundada em 1998 por Sebastião Salgado e Lélia Wanick Salgado para promover programas e ações de conservação, recuperação, gestão e educação ambiental. Sua meta inicial era criar um modelo de recuperação ambiental associado a atividades educacionais, a ser replicado em propriedades no Vale do Rio Doce e outras regiões da Mata Atlântica.

1° Ciclo de Conferências Minas-Portugal / Território: A cidade de Juiz de Fora

O ciclo internacional Minas-Portugal busca fazer uma aproximação entre duas vias de se pensar arquitetura e urbanismo - a mineira e a portuguesa - e, dessa forma, favorecer um intercâmbio de ideias, visto que as duas vias contribuem sobre o modo de se pensar e fazer a cidade. O evento visa a aproximação destes modos de atuação com os estudantes e profissionais de Juiz de Fora, buscando situar a produção arquitetônica local e estabelecer futuros caminhos.

Clássicos da Arquitetura: Escola Estadual Milton Campos / Oscar Niemeyer

© Tibor Jablonsky
© Tibor Jablonsky

Clássicos da Arquitetura: Escola Estadual Milton Campos / Oscar NiemeyerClássicos da Arquitetura: Escola Estadual Milton Campos / Oscar NiemeyerClássicos da Arquitetura: Escola Estadual Milton Campos / Oscar NiemeyerClássicos da Arquitetura: Escola Estadual Milton Campos / Oscar Niemeyer+ 37

Quatro blocos envoltos por uma área ajardinada determinam o conjunto arquitetônico. Três destes blocos são retangulares e o quarto bloco, cuja planta tem a forma de um trapézio isósceles, distingue-se dos demais por seu traçado externo curvilíneo.

Inscrições abertas para o Prêmio Aleijadinho 200 anos

O Departamento de Minas Gerais do Instituto de Arquitetos do Brasil promove a 16ª edição do Prêmio de Arquitetura IAB-MG – Aleijadinho 200 anos. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas até o dia 03 de novembro.