Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Medellín

Medellín: O mais recente de arquitetura e notícia

Arquitetura em madeira: casas rurais colombianas

A Madeira é material nobre, usado na construção desde tempos remotos e em todas as regiões do mundo. Embora essa materialidade possa ser empregada em quase todos os tipos de arquitetura, reunimos aqui exemplos de casas rurais localizadas na Colômbia.

Centro de idiomas – Universidade EAFIT / JUMP Arquitectos

Cortesía de JUMP arquitectos Cortesía de JUMP arquitectos Cortesía de JUMP arquitectos Cortesía de JUMP arquitectos + 43

Medellín, Colômbia
  • Arquitectos: JUMP arquitectos
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 7100.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2017

Como foi projetada a fachada ventilada do 'Museu Casa de la Memoria' em Medellín

O Museu Casa de la Memoria está localizado no distrito de Boston em Medellín e foi desenvolvido em comemoração aos 200 anos de independência da Colômbia. Liderado por Juan David Botero, como coordenador da equipe de design, o projeto foi concebido desde o início como um edifício reconhecível para a comunidade e visitantes, assumindo sua forma plástica de habitações de duas águas tradicionais. "É um museu para vítimas de violência e, como tal, tivemos que torná-lo um espaço para tudo; uma casa, a casa onde a memória ganha vida", diz Botero.

O equipamento cultural de 3.800 m² inclui salas de exposições, oficinas, arquivos, escritórios e um auditório. Sua envoltória funciona como uma pele dobrada, incorporando uma câmara de ar que absorve o ar frio, o injeta pela fachada e o expele como ar quente na parte superior. Este efeito chaminé permite controlar os 30ºC de temperatura, típica da região no verão, garantindo uma temperatura interna estável e confortável. Vamos revisar em detalhes essa solução térmica e acústica.

via Centrodemedellin.co © Isaac Ramírez Marín © Isaac Ramírez Marín © Jonathan Hernández / ESPACIO + 10

Casa Jardim / CONNATURAL

© Isaac Ramírez Marín © Isaac Ramírez Marín © Isaac Ramírez Marín © Isaac Ramírez Marín + 28

Medellin, Colômbia
  • Arquitetos: CONNATURAL
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 550.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2017

Seminário "Conexão Medellin, Recife, SP"

Insper, Arq.Futuro e Escola da Cidade recebem Alonso Salazar, ex-prefeito de Medellín (2008-11) para a palestra Educação e urbanismo social para gerar convivência, segurança e reduzir a desigualdade.

Escritor e jornalista, Salazar foi responsável por mais uma etapa da luta contra a violência urbana em Medellín. Tendo sempre em mente “o mais bonito para os mais pobres”, sua gestão construiu escolas e equipamentos culturais da melhor qualidade nas periferias da cidade. Os frutos de seu trabalho são visíveis também nas novas formas de organização e autogestão das comunas e no turismo social que essas regiões, antes marginalizadas, hoje atraem.

Junto da integração

Sobre o morro, a céu aberto: história de um bairro popular e de suas escadas rolantes elétricas

Subjugado por grupos armados à margem da lei e assolado pela maior operação militar urbana da história da Colômbia, o bairro Las Independencias, situado na Comuna 13 da cidade de Medellín, é hoje uma espécie de galeria de grafites a céu aberto, cujo acesso se dá por um sistema de escadas rolantes elétricas – as únicas do mundo implantadas em uma favela.

Cidade como ferramenta de equidade: 4 estratégias de Medellín para combater a violência

Para chegar a um dos muitos pontos culturais de Medellín, segunda maior cidade colombiana, é preciso subir montanhas. É na zona periférica do município que estão equipamentos como a Biblioteca Espanha, um conjunto de prédios negros que podem ser vistos a quilômetros de distância, ou as UVAS (Unidades de Vida Articulada), tanques de água convertidos em centros de esporte e cultura.

Mikael Colville-Andersen: “A cidade grande deve recuperar práticas da cidade pequena, como a bicicleta e a caminhada"

Em entrevista ao jornal El Colombiano, o urbanista e especialista em mobilidade Mikael Colville-Andersen explicou a situação atual da mobilidade em Medellín, uma das maiores e mais influentes cidades colombianas. "Caminhar ou andar de bicicleta em Medellín é um videogame", explicou o especialista dinamarquês.

Nas principais cidades colombianas foram geradas diversas reflexões que circundam a relação entre mobilidade, cultura, política e sociedade. Neste caso, a capital da Antioquia, não é exceção para esse especialista em ciclismo e planejamento urbano que esteve pela segunda vez na cidade depois de uma visita em 2016.

Casa Dos Maderos / Jaime Rendon Arquitectos

© Sergio Gomez © Sergio Gomez © Sergio Gomez © Sergio Gomez + 37

Villeta, Colômbia

ArchDaily Colômbia agora no Instagram! Uma nova vitrine global para a arquitetura colombiana

É hora de dar as boas vindas ao @archdailyco no Instagram, a nova vitrine da arquitetura colombiana. A plataforma busca um olhar tanto local quanto global; de clássicos a promessas da arquitetura do país; de trabalhos antigos a um futuro promissor. Reunindo a produção contemporânea e histórica mais relevante da Colômbia, o site e seu novo perfil no Instagram são também uma fonte de inspiração para a arquitetura brasileira.

E, para começar, escolhemos três projetos elaborados por El Equipo de Mazzanti, CONNATURAL e Estudio Herreros , juntamente com Bermúdez Arquitectos, que apresentamos a seguir.

Convidamos nossos leitores do Brasil, Portugal e demais países lusófonos a seguirem o Instagram do ArchDaily Colômbia e se inspirarem nas melhores produções de nossos vizinhos latinos.

Casa Balmoral / Jaime Rendon Arquitectos

© Sergio Gomez © Sergio Gomez © Sergio Gomez © Sergio Gomez + 26

Medellín, Colômbia

Edifício La Palma / Planta Baja Estudio de Arquitectura

© Mauricio Carvajal © Mauricio Carvajal © Mauricio Carvajal © Mauricio Carvajal + 26

Medellín, Colômbia

A rota da arte: uma alternativa para integrar áreas vulneráveis da Colômbia

"Outras noites como tantas das cores da cidade, transformando uma esquina em obra se arte sem cessar, mas é tudo um artista que compartilha sua visão", canta Skool 77 em Color en la ciudad, e claro, a rota do grafite se transformou em um dos atrativos turísticos para solucionar diversas problemáticas em áreas vulneráveis de diversas cidades e municípios na Colômbia.

Trata-se de uma iniciativa que, além de disfrutar a contemplação de belos murais e projetos inovadores de renovação urbana, busca também despertar o espírito de empreendimento em crianças, jovens e adultos que participam na elaboração do Arte Callejero, e que através da cor, hoje devolvem esperança à população, deixando para trás as diferenças e ensinando a todos que somos iguais.

Cinco projetos urbanos que transformaram suas cidades

Há mudanças em uma cidade que vão além da superfície. São projetos transformadores, com o poder de gerar um impacto ainda mais profundo do que as modificações estéticas e/ou de infraestrutura. Iniciativas que influenciam positivamente a economia, o meio ambiente e a comunidade que os recebe – de maneiras inesperadas ou até sem precedentes.

Medellín confirma que a poluição ambiental é a mais preocupante na Colômbia

Em 6 de março, a poluição ambiental em Medellin (Colômbia) aumentou os alertas em seu grau máximo. Durante três dias, se tem dificultado as restrições à circulação de veículos (conhecida localmente como pico e placa) e a produção industrial. De acordo com especialistas consultados pelo jornal local El Tiempo, em duas semanas a situação será "a mais crítica" em termos de condições climáticas.

Devido a situações como esta, na Colômbia o monitoramento e controle da qualidade do ar tem tomado maior relevância, uma vez que uma de cada oito mortes em todo o mundo é causada pela poluição do ar, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). Em 2015, houve 10.527 mortes e 67,8 milhões de sintomas e doenças associadas a esse fenômeno na Colômbia, conforme relatado pelo Departamento de Planejamento Nacional em 2017, após um relatório sobre os custos na saúde associados à degradação ambiental.

Arquitetura como dispositivo político: introdução ao projeto de Parques Biblioteca em Medellín

Os Parques Biblioteca foram construídos para promover práticas educativas, culturais e sociais de seus bairros circundantes [1], funcionando como pontos de transformação e fortalecimento das comunidades e culturas locais – ou como “dipositivos políticos”, da forma que sugeri no título do artigo. Ao todo, são nove Parques Bibiloteca construídos até hoje, localizados de forma a atender aos vários bairros e comunas de Medellín. Como desenvolveremos mais adiante, a implementação dos cinco primeiros Parques Biblioteca (San Javier, España, La Ladera, La Quintana e Belén) está associada fortemente com a intenção de alterar simbolicamente a imagem de Medellín como exemplo de violência urbana: os lotes de cada um desses edifícios estão diretamente relacionados a histórias recentes de extrema violência.

Tempo das Cinzas e Crematório / Juan Felipe Uribe de Bedout + Mauricio Gaviria + Hector Mejía

© Federico Cairoli © Federico Cairoli © Federico Cairoli © Federico Cairoli + 36

Medellin, Colômbia