Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Estocolmo

Estocolmo: O mais recente de arquitetura e notícia

Utopia Arkitekter propõe edifício para iniciar transformação de Estocolmo

Kungsholmen, no sudeste de Estocolmo, está lentamente se transformando. Veidekke e Utopia Arkitekter estão preparando uma proposta de reconstrução para a cidade - e estão começando por construir o que definem como uma joia arquitetônica. Além de criar uma arquitetura ambiciosa, Utopia Arkitekter planeja adicionar mais empreendimentos habitacionais próximos ao transporte público. Seu primeiro projeto? O setor de Kungsholmen, Bolinders Plano, em homenagem a Jean Bolinder, que dirigiu uma oficina mecânica na área.

Cortesia de Utopia Arkitekter Cortesia de Utopia Arkitekter Cortesia de Utopia Arkitekter Cortesia de Utopia Arkitekter + 9

Estocolmo já tem seu primeiro bairro sustentável (desde os anos 90)

A história do bairro Hammarby Sjöstad, em Estocolmo, apresenta muitos contrastes. Se antes esta região era muito poluída pelas indústrias, fato que ocasionou seu esvaziamento, hoje ela é considerada o primeiro bairro sustentável da cidade. Saiba como isso foi possível, a seguir.

Tudo começou nos anos 1990 com a notícia de que Estocolmo poderia se tornar sede dos Jogos Olímpicos de 2004. No entanto, a votação do Comitê Olímpico realizada em 1997 elegeu Atenas como sede, e a capital sueca, que chegou entre as cinco finalistas, deu prosseguimento aos seus planos.

U.D. Urban Design AB e SelgasCano apresentam projeto vencedor para os novos escritórios de Planejamento de Estocolmo

U.D. Urban Design AB e SelgasCano venceram o concurso internacional, ao qual haviam sido convidados, para projetar o novo Complexo de Escritórios de Planejamento e Administração para a cidade de Estocolmo, (Suécia). O projeto, "Drivhus” ("Estufa" em dinamarquês) está situado ao sul do centro da cidade de Estocolmo, em Söderstaden, área destinada ao reordenamento urbano.

Escola de Arquitetura do Royal Institute of Technology / Tham & Videgård Arkitekter

© Åke E:son Lindman © Åke E:son Lindman © Åke E:son Lindman © Åke E:son Lindman + 21

Estocolmo, Suécia

NOD / Scheiwiller Svensson Architects

© Lindman © Lindman © Lindman © Lindman + 25

BIG propõe edifício residencial escalonado em Estocolmo

A companhia Oscar Properties divulgou um projeto colaborativo com o escritório BIG que prevê a construção de um edifício com 140 unidades residenciais localizado na região de Gärdesfältet em Estocolmo. O projeto, intitulado 79 & Park, será composto por uma pilha montanhosa de unidades pré-fabricadas revestidas de madeira pensadas de modo a "harmonizar" com o Royal National City Park adjacente. Terraços exuberantes conectando as unidades, que variam de um a seis quartos, buscam suavizar o "limite" entre o parque e o edifício.

Loft em Estocolmo / Beatriz Pons

© Fabergé Fastighetsmäkleri © Fabergé Fastighetsmäkleri © Fabergé Fastighetsmäkleri © Fabergé Fastighetsmäkleri + 26

Estocolmo, Suécia
  • Arquitetos: Beatriz Pons
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 163.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2014

ADEPT e Mandaworks criam masterplan para o porto de Estocolmo

Os escritórios ADEPT e Mandaworks foram selecionados como vencedores de um concurso de projeto para o desenvolvimento urbano da região de Kolkajen-Ropsten, no Porto Real de Estocolmo. Apelidado de "Royal Neighbour", o masterplan propõe a criação de mais de 12 mil novas unidades habitacionais, proporcionará 35 mil empregos nas próximas duas décadas, e cria uma nova área cultural para a cidade.

Cortesia de ADEPT/Mandaworks Cortesia de ADEPT/Mandaworks Terraços de frente para a orla. Cortesia de ADEPT/Mandaworks Vista para o canal. Cortesia de ADEPT/Mandaworks + 9

Full Scale Studio constrói casa deslizante na Suécia

O escritório sueco Full Scale Studio, ligado à KTH School of Architecture, projetou e construiu seu primeiro projeto até o momento - um novo espaço de estúdio chamado "Friggatto". Com seu nome e forma derivados da mistura de duas tipologias construtivas da Suécia, a Friggatto é uma casa deslizante que explora a combinação dessas tipologias para produzir um volume maior e mais acessível.

Mesas dobráveis dentro do Atto. Cortesia de Full Scale Studio Fachada de madeira queimada do Atto. Cortesia de Full Scale Studio Espaço entre os volumes. Cortesia de Full Scale Studio Acesso ao terraço. Cortesia de Full Scale Studio + 11

OMA vence concurso para arranhas-céus em Estocolmo

OMA acaba de vencer o concurso de projeto para Tors Torn, em Estocolmo, batendo quatro escritórios que competiram pela oportunidade de construir as terceiras maiores torres gêmeas da Suécia.

As diretrizes urbanas existentes exigiam um portal de entrada para a nova área de Hagastaden. A proposta de OMA acomoda um programa de uso misto, com um conjunto de torres de "superfície rugosa". As saliências e inversões em diferentes alturas produzem um padrão de alternâncias nos espaços interiores e salientes espaços exteriores. OMA explica que seu projeto "desafia a uniformidade esperada e o tratamento homogêneo de fachada que é muitas vezes atribuída a estruturas de torres. Em vez disso, estende a pele para expor a individualidade das unidades de estar separadas nos dois blocos -. Uma verdadeira aglomeração urbana vertical "

Mais sobre a proposta vencedora a seguir...

Reinier de Graaf, que está liderando o projeto com o sócio do escritório OMA, Alex de Jong, comentou: "Estamos muito satisfeitos por ter vencido este concurso e - juntamente com Oscar Properties - construir as torres residenciais Tors Torn. Os 100 metros de altura definem o novo bairro de Hagastaden como parte integrante do crescente centro da cidade de Estocolmo. A aparência informal das torres expressará domesticidade e talvez até humanismo. "

© Frans Parthesius © OMA © OMA Detail Night. Image © bloomimages + 23

Tham & Videgård propõe torres residenciais de madeira em Estocolmo

O escritório Tham & Videgård Arkitekter começou recentemente a explorar o potencial de estruturas de madeira em altura. Planejado para o terreno em Loudden, Estocolmo, onde outrora havia um porto de transporte e que em breve passará por um processo de reurbanização, o projeto do escritório propõe integrar 240 apartamentos em um conjunto de quatro edifícios de mais de 20 pavimentos.

"Os edifícios são construídos inteiramente com um material: madeira; da estrutura à fachada, acabamentos e esquadrias", disseram os arquitetos. "Através do uso consistente de um material renovável como a madeira, o resultado é uma estrutura sustentável, bem isolada e robusta com potencial para resistir bem ao tempo e minimizar o consumo de energia."

Utopia Arkitekter projeta bloco residencial com um parque na cobertura em Estocolmo

O distrito de Södermalm em Estocolmo está prestes a receber um empreendimento residencial único. O escritório Utopia Arkitekter propôs um plano de redesenvolvimento ao longo de Hornsbruksgatan que incluirá três edifícios residenciais e uma nova estação de metrô. No total o plano criará 29 unidades: doze apartamentos e dezessete lofts. Erguendo-se dois ou três pavimentos acima do nível da rua, as coberturas conectadas de cada um desses edifício funcionarão como extensões do Högalid Park.

Novo Crematório no Cemitério Woodland / Johan Celsing Arkitektkontor

© Ioana Marinescu
© Ioana Marinescu
Estocolmo, Suécia

© Erik Hugoson © Ioana Marinescu © Ioana Marinescu © Ioana Marinescu + 45

Terminal de Ferry / Marge Arkitekter

© Johan Fowelin © Johan Fowelin © Johan Fowelin © Johan Fowelin + 15

Stockholm, Suécia
  • Arquitetos: Marge Arkitekter
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 322.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2013

HB6B / Karin Matz

Cortesia de Karin Matz Cortesia de Karin Matz Cortesia de Karin Matz Cortesia de Karin Matz + 36

Estocolmo, Suécia
  • Arquitetos: Karin Matz
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 36.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2013

Hornsbergs Strandpark / Nyréns Arkitektkontor

© Åke E:son Lindman © Åke E:son Lindman © Åke E:son Lindman © Åke E:son Lindman + 26

Suécia recusa Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 e evita usar dinheiro público

Grandes eventos esportivos implicam em grandes investimentos públicos, e foi pensando nisso que Estocolmo, capital sueca, optou por não sediar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022.

A decisão foi tomada através de uma votação entre partidos políticos e teve, inclusive, o apoio do prefeito, que não via necessidade da cidade se candidatar à disputa para receber o evento.

O argumento: a cidade tem prioridades mais importantes e o dinheiro público dos contribuintes deve antes ser usado para fins mais democráticos e urgentes. Não se pode negar que se trata de uma argumento bastante convincente e que deveria ser considerado por outras cidades que visam sediar tais eventos.

Arranha-céu de madeira de C.F. Møller e DinnellJohansson vence competição internacional

O escritório escandinavo C.F. Møller Architects, em colaboração com DinellJohansson, foi escolhido como vencedor do concurso de arquitetura HSB Estocolmo. A proposta vencedora inclui três "arranha-céus residenciais ultra-modernos" previstos para o centro da cidade de Estocolmo. Apenas uma destas propostas será realmente construída, e será o mais alto arranha-céu de madeira do mundo. A conclusão da torre escolhida está marcada para 2023, o 100 º aniversário do organizadora da competição e maior associação de habitação da Suécia, HSB. Veja as três propostas de projetos após o intervalo.