Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Copenhagen

Copenhagen: O mais recente de arquitetura e notícia

WE architecture + Erik Juul propõem jardim urbano e habitação para moradores de rua em Copenhague

WE Architecture + Erik Juul foram premiados com uma comissão para transformar um terreno vago em Jagtvej 69, Copenhague, em um jardim urbano e estrutura de moradia que poderia fornecer acomodações temporárias para pessoas sem-teto, ajudando-os a transformarem suas vidas.

Os arquitetos descrevem o projeto como um lugar "onde habitações e jardins [criam] uma plataforma para o encontro entre os moradores e os sem-teto, e um caminho para um novo começo".

Cortesia de WE Architecture Cortesia de WE Architecture Cortesia de WE Architecture Cortesia de WE Architecture + 12

Biblioteca e Centro Cultural / Primus Architects

Cortesia de Primus Architects Cortesia de Primus Architects Cortesia de Primus Architects Cortesia de Primus Architects + 17

Copenhagen, Dinamarca
  • Arquitetos: Primus Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 2200.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2015

Metropolis Magazine elege Toronto como a melhor cidade do mundo para se habitar

Como comparar cidades? É difícil condensar milhões de experiências individuais subjetivas em um único método de comparação, mas uma técnica popular que vem sendo usada nos últimas anos tem servido de parâmetro para avaliar a "habitabilidade" das cidades. Mas o que essa palavra significa, afina? No ranking de 2015 das cidades mais habitáveis do mundo, a Metropolis Magazine reuniu um grupo de especialistas em planejamento urbano, turismo e arquitetura para subdividir "habitabilidade" em categorias relevantes baseando-se na enorme quantidade de material publicado pela Metropolis para criar um os rankings mais detalhados já produzidos. Conheça os resultados a seguir.

Veja a usina projetada pelo BIG soltando anéis de fumaça

Quando a proposta do BIG para Amager Bakke, uma usina que transforma resíduos em energia, localizada em Copenhague, foi divulgada em 2011, muitos se mostraram céticos em relação ao projeto. É realmente possível criar uma cobertura acessível ao público em um edifício industrial? Eles conseguirão fazer a chaminé da usina soltar anéis gigantes de fumaça (ou melhor, de vapor)? A ideia parecia boa demais para ser verdade. O início das obras em 2013 pode ter silenciado alguns críticos, mas o vídeo acima certamente convencerá todos da viabilidade do projeto.

C.F.Møller e TRANSFORM selecionados para projetar a expansão do campus da Escola de Economia de Copenhague

Os escritórios C.F. Møller e TRANSFORM venceram um concurso internacional para projetar a extensão do campus da Escola de Economia de Copenhague (CBS), uma das principais universidades da Dinamarca. Uma colaboração entre C.F. Møller Landscape, Transform e Moe, o projeto busca se tornar "o campus mais bem integrado com a cidade do mundo". O masterplan, organizado em torno de quatro novos parques públicos, transformará profundamente um terreno de 31 mil m² localizado no distrito Frederiksberg.

Traffic House / MLRP

© Stamers Kontor © Stamers Kontor © Stamers Kontor © Stamers Kontor + 15

Copenhagen, Dinamarca
  • Arquitetos: MLRP
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 400.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2014

Projeto de COBE transforma um antigo silo em Nordhavnen em um edifício de apartamentos

Cortesia de COBE
Cortesia de COBE

O escritório dinamarquês COBE está transformando o maior edifício industrial de Nordhavnen - um silo - em um edifício residencial com programas privados e públicos. Para o grupo, responsável também pelo planejamento urbano de Nordhavnen, esse projeto marca o início do futuro pós-industrial da região. Nordhavnen é uma área portuária localizada a apenas 4km do centro da cidade de Copenhage.

"O que é interessante em relação a antigas propriedades industriais é como preservar seu espírito e, ao mesmo tempo, usá-las para alguma outra coisa", disse Klaus Kastbjerg, proprietário do silo, ao comentar sobre o projeto de reuso adaptativo. Para preservar seu espírito os arquitetos irão manter a atmosfera industrial crua nos interiores da antiga edificação. Cada um dos 40 apartamentos adaptados apresentará vestígios históricos aparentes, como colunas e paredes de concreto.

Saiba mais sobre o projeto a seguir.

Como projetar ciclovias elevadas que realmente funcionem?

Não há dúvida sobre isso - ciclismo urbano é uma boa ideia nos dias de hoje. Mas, ao passo que ciclovias e sistemas de compartilhamento de bicicletas são adequados às nossas cidades, a revolução do ciclismo ainda não nos trouxe muitos exemplos de belas estruturas para nos maravilharmos. Esse artigo, publicado originalmente em The Dirt como "Do Elevated Cycletracks Solve Problems or Just Create More?", discute dois exemplos aparentemente similares de infraestruturas cicloviárias sofisticadas, examinando porque uma delas é um sucesso enquanto a outra um fracasso.

Este ano, dois projetos - um proposto e outro construído - de ciclovias elevadas que criam percursos acima do nível da rua receberam considerável atenção da mídia. Esses projetos destacam importantes questões de planejamento urbano: A cidade deve misturar ou segregar as opções de transporte? Como a cidade pode melhor mitigar os riscos inerentes do contato entre carros, bicicletas, transporte coletivo e pedestres? Como as cidades podem criar redes de transporte de baixo custo em núcleos urbanos cada vez mais densos?

Junya Ishigami + Associates vence concurso para o Pavilhão Mundial da Paz em Copenhague

Os escritórios Svendborg Architects e junya.ishigami+associates venceram a House of Peace Competition promovida pela fundação HOPE. O concurso convidava os participantes a propor uma grande instalação arquitetônica que seria construída no porto da cidade de Copenhague, um monumento dedicado à paz mundial. A proposta vencedora é uma estrutura flutuante, uma nuvem que parece pairar no horizonte do porto.

Exterior. Image © junya ishigami + associates Section. Image © junya ishigami + associates Exterior. Image © junya ishigami + associates Interior. Image © junya ishigami + associates + 5

Mountain Dwellings / BIG & JDS

Imagem 01.
Imagem 01.

© Jens Lindhe © Jens Lindhe Imagem 04.   © Jens Lindhe + 40

Centro de Solos Copenhagen / Christensen & Co

© Adam Mørk
© Adam Mørk
  • Arquitetos: Christensen & Co
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 1800.0

© Adam Mørk © Adam Mørk © Adam Mørk © Adam Mørk + 24

Trylletromler / Fabric Architecture

© Walter Herfst © Walter Herfst © Walter Herfst © Walter Herfst + 24

Copenhagen, Dinamarca

Aeropolis / Iñaki Echeverría

Cortesia de Plastique Fantastique Cortesia de Plastique Fantastique Cortesia de Plastique Fantastique Cortesia de Plastique Fantastique + 18

  • Arquitetos: Plastique Fantastique
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 100.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2013

The Cliff / Mangor & Nagel

© Tom Jersøe
© Tom Jersøe
Copenhagen, Dinamarca
  • Arquitetos: Mangor & Nagel
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 2000.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2012

© Tom Jersøe © Tom Jersøe © Tom Jersøe © Tom Jersøe + 17

Sluseholmen / Arkitema Architects + Sjoerd Soeters

Cortesia de Arkitema
Cortesia de Arkitema
Copenhagen, Dinamarca
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 135000.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2008

Cortesia de Arkitema Cortesia de Arkitema Cortesia de Arkitema Cortesia de Arkitema + 15

Superkilen - projetado por BIG + Topotek1 + Superflex é Homenageado por AIA

©  Iwan Baan
© Iwan Baan

Em quase um quilômetro de comprimento, Superkilen atravessa um dos bairros mais etnicamente diversos e socialmente desafiados na Dinamarca, criando um espaço urbano verdadeiramente original, com uma forte identidade em escala local e global. O parque é dividido em três zonas: a praça vermelha (red square), o mercado preto (black market) e o parque verde (green park) e é concebido como uma imensa exibição das melhores práticas urbanas - uma coleção de objetos cotidianos globalizados dos mais de 60 países natais dos habitantes locais. Iniciada pela cidade de Copenhagen e a Fundação Realdania, o projeto começou a construção em 2009 e foi aberto ao público em Junho de 2012. O Instituto dos Arquitetos Americanos (AIA) selecionou o projeto como um dos vencedores do prêmio 2013 Institute Honor Awards, maior reconhecimento da profissão de obras que exemplificam a excelência na arquitetura, interiores e desenho urbano.

Refúgio de Proteção / SHJWorks

© Simon Hjermind Jensen © Simon Hjermind Jensen © Simon Hjermind Jensen © Simon Hjermind Jensen + 12

Experimentarium Science Center / CEBRA

© CEBRA