Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Arquitetura Brasileira

Arquitetura Brasileira: O mais recente de arquitetura e notícia

Exposição "Casas Paulistas: 2000 - 2017" explora o espaço do sonho na arquitetura paulista

11:00 - 5 Junho, 2019
Exposição "Casas Paulistas: 2000 - 2017" explora o espaço do sonho na arquitetura paulista, Jardim central da Casa Taques Bittencourt, Carlos Cascaldi e João Vilanova Artigas, 1959. Foto: © Nelson Kon
Jardim central da Casa Taques Bittencourt, Carlos Cascaldi e João Vilanova Artigas, 1959. Foto: © Nelson Kon

O Campus Universitario di Matera inaugura hoje, 5 de junho, a exposição Casas Paulistas: 2000 - 2017. A mostra faz parte de uma série de exibições brasileiras na capital europeia da cultura de 2019. Com curadoria de Romullo Baratto e concepção de Ruben Otero, a exposição reúne 12 projetos de residências paulistas construídas a partir da virada do século.

Arquitetura e educação: 15 escolas projetadas por arquitetos brasileiros

06:00 - 21 Maio, 2019
Arquitetura e educação: 15 escolas projetadas por arquitetos brasileiros, Beacon School / Andrade Morettin Arquitetos + GOAA - Gusmão Otero Arquitetos Associados © Nelson Kon
Beacon School / Andrade Morettin Arquitetos + GOAA - Gusmão Otero Arquitetos Associados © Nelson Kon

© Mateus Sá © Fernando Stankuns © Nelson Kon © Ana Mello + 31

O segredo de uma boa educação não reside apenas na didática do professor e em bons livros, o espaço de ensino que os estudantes frequentam também possui um grande peso no aprendizado deles, uma vez que requisitos de conforto acústico, térmico, lumínico e, até mesmo, paisagístico influenciam diretamente no comportamento e atenção de cada um. No Brasil, os projetos de escolas variam muito do setor privado ao público e em ambos é possível encontrar soluções de grande qualidade.

Prêmio Obra do Ano 2019: Conheça os 15 finalistas do maior prêmio da arquitetura lusófona

11:48 - 16 Abril, 2019
Prêmio Obra do Ano 2019: Conheça os 15 finalistas do maior prêmio da arquitetura lusófona

Temos o prazer de apresentar, hoje, os projetos finalistas do Prêmio Obra do Ano 2019 (ODA19). Após duas semanas de nomeações, e mais de 10.000 votos, foram escolhidos os projetos favoritos entre centenas de obras construídas nos países de língua portuguesa. Nosso júri de especialistas, composto por nossos próprios leitores, realizou, mais uma vez, um excelente trabalho na seleção das 15 obras. Os finalistas abrangem uma diversidade notável de programas. Há projetos culturais, comerciais, educacionais, praças, residências de alto padrão e remodelações. A seleção é uma amostra interessante da produção arquitetônica contemporânea em Brasil e Portugal, fortemente marcada pela exploração dos materiais, a riqueza de nossos contextos geográficos e os diversos desafios enfrentados pelas nossas sociedades.

Clássicos da Arquitetura: Edifício Esther / Álvaro Vital Brasil e Adhemar Marinho

12:00 - 28 Dezembro, 2018
Clássicos da Arquitetura: Edifício Esther / Álvaro Vital Brasil e Adhemar Marinho, Cortesia de Arquivo.arq
Cortesia de Arquivo.arq

Este artigo foi originalmente publicado em 01 de fevereiro de 2018. Para ler sobre outros projetos icônicos de arquitetura, visite nossa seção Clássicos da Arquitetura.

Com o exponencial crescimento populacional paulistano na década de 1930 e o incentivo do mercado privado da construção civil, uma série de arquitetos foram convidados a projetarem edifícios com usos variados no centro da cidade. Álvaro Vital Brasil e Adhemar Marinho foram os responsáveis pela concepção do Edifício Esther, ícone na primeira fase de verticalização da Praça da República. [1]

Em 1933, quando a cidade ultrapassou a marca de um milhão de habitantes, um considerável número de edifícios verticais passaram a ser construídos. [2] Em decorrência da expansão demográfica urbana e verticalização em massa entre os anos 30 e 40, o elevado preço dos aluguéis e valorização da terra na região do centro expandido marcaram transformações no quadro residencial e urbano. [3]

Pérolas ocultas da arquitetura latino-americana

10:00 - 16 Julho, 2018
Ninho de Quetzalcóatl / Javier Senosian. Imagem © Marcos Betanzos
Ninho de Quetzalcóatl / Javier Senosian. Imagem © Marcos Betanzos

Teatro Oficina / Lina Bo Bardi e Edson Elito. Imagem © Nelson Kon Portal do cemitério de azul. Imagem via Wikipedia User Elciri Licensed under CC BY-SA 2.5 Centro Cultural García Márquez. Imagem © Alejandro Ojeda Galería IK LAB / Jorge Eduardo Neira Sterkel. Image Cortesía de IK LAB + 24

Durante as férias de inverno muitos arquitetos aproveitam para viajar e conhecer outras cidades e monumentos. Durante esta breve pausa, convidamos todos os arquitetos à repensar seus próximos destinos e visitar um dos mais incríveis projetos de arquitetura da América Latina. Ainda que seja importante para um arquiteto revisitar projetos clássicos, tenha em conta que explorar lugares desconhecidos pode surpreendê-lo de uma maneira como você nunca imaginou. Tendo isso em mente, decidimos fazer uma lista de importantes obras arquitetônicas pouco conhecidas, as quais chamamos de "pérolas ocultas da arquitetura latino-americana". Veja a seguir a lista completa, compilada especialmente para vocês.

Exposição FAU 70 Anos

08:00 - 16 Abril, 2018
Exposição FAU 70 Anos, Exposição FAU 70 anos - FAUUSP
Exposição FAU 70 anos - FAUUSP

Criada em 1948, a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP) é hoje uma das mais importantes faculdades de arquitetura da América Latina e está entre as 50 mais melhores do mundo.
Com aproximadamente 2 mil alunos (1500 na graduação e 500 na pós-graduação) a FAUUSP também se destaca na área de pesquisa com cerca de 20 laboratórios e 2 bibliotecas com mais de 150mil volumes.*
A exposição, com coordenação geral da Profa. Dra. Ana Lanna, apresenta a história dessa instituição desde o seu início no palacete da Vila Penteado até a transferência para o edifício

Sérgio Bernardes e sua contribuição à arquitetura brasileira

19:00 - 9 Abril, 2018
Sérgio Bernardes e sua contribuição à arquitetura brasileira, Pavilhão de São Cristóvão. Image via Bernardes Arquitetura
Pavilhão de São Cristóvão. Image via Bernardes Arquitetura

Com uma vida profissional marcada pela densa produção e pesquisa, não apenas arquitetônica, mas em uma série de outros campos inter-relacionados, Sérgio Bernardes começou a trabalhar muito jovem e aos treze anos fundou sua primeira oficina de maquetes. Aos quinze anos – antes mesmo de ingressar na faculdade de Arquitetura – concebeu seu primeiro projeto, a residência Eduardo Baouth, em Itaipava, no Rio de Janeiro, para amigos de seus pais. Além da arquitetura, também percorreu por outros campos, como o da marcenaria, por exemplo.

Em 1948 graduou-se na Faculdade de Arquitetura pela Universidade do Rio de Janeiro, período em que a arquitetura moderna encontrava-se em destaque no cenário internacional, pois o país já havia participado da Exposição Mundial de 1939 em Nova Iorque e trabalhos modernos brasileiros já haviam sido expostos no MoMA em 1943. Antes mesmo de completar a graduação, Sérgio obteve sua primeira publicação em arquitetura, com o projeto do Country Club em Petrópolis, pela revista L’Architecture d’Aujourd’hui.

Arquitetura Paulistana - Módulo 10

06:00 - 28 Março, 2018
Arquitetura Paulistana -  Módulo 10

CURSO LIVRE ARQUITETURA PAULISTANA – MÓDULO 10

“Uma das coisas que me impressionou demais durante minha estadia em Luanda foi o resplendor marcado na atmosfera... se você estivesse no interior de qualquer prédio, olhar para uma janela era insuportável por causa do brilho. As paredes escuras que emolduravam a luz brilhante de fora faziam você se sentir muito desconfortável. A tendência era olhar para longe da janela. Outra coisa que me impressionou foi a importância da brisa... a importância da brisa ao levar para longe o ar quente que se acumulava em volta do prédio. E eu pensava se não seria

MoMA disponibiliza para download "Brazil Builds": o livro que apresentou a arquitetura brasileira para o mundo

07:00 - 18 Janeiro, 2018
MoMA disponibiliza para download "Brazil Builds": o livro que apresentou a arquitetura brasileira para o mundo, Capa interna do catálogo. Image © G. E. Kidder Smith, retiradas do catálogo Brazil builds : architecture new and old, 1652-1942
Capa interna do catálogo. Image © G. E. Kidder Smith, retiradas do catálogo Brazil builds : architecture new and old, 1652-1942

Em 13 de janeiro de 1943, cidadãos de Nova Iorque - e, de modo geral, arquitetos de todo o mundo - puderam conhecer a arquitetura brasileira. Brazil builds : architecture new and old, 1652-1942 foi a exposição realizada pelo MoMA - Museu de Arte Moderna sobre a arquitetura produzida no Brasil não apenas naquele momento, mas desde meados do século XVII.

Realizada pelo arquiteto norte americano Philip L. Goodwin e amplamente baseada em fotografias feitas por G. E. Kidder Smith, a exposição ocupou quase todo o térreo do museu com modelos, grandes impressões fotográficas, desenhos, croquis, plantas, mapas e projeções de slides. 

Lançamento do livro Horizontes Arquitetura - Projetos 2002 a 2017

18:30 - 11 Outubro, 2017
Lançamento do livro Horizontes Arquitetura - Projetos 2002 a 2017, Livro Horizontes Arquitetura. Divulgação
Livro Horizontes Arquitetura. Divulgação

Horizontes Arquitetura e Urbanismo, LUA LAB - Laboratório de Urbanismo Avançado, Nhamerica Platform e Fernando Luiz Lara convidam para o lançamento do livro "Horizontes Arquitetura e Urbanismo, Projetos 2002 a 2017"

Compartilhe e venha curtir conosco este dia especial.
Terça feira, 17/10, de 17:30 às 19:00
Livraria da Rua
Rua antônio de Albuquerque 913 - Savassi
Belo Horizonte MG

Entre 2006 e 2012 o Brasil investiu um volume significativo de recursos em obras de infraestrutura, urbanização e habitação. No momento em que passamos por uma aguda crise de investimento, torna-se fundamental refletir sobre a experiência do passado próximo para constituir um juízo crítico sobre as intervenções,

Estudantes do ArqLab-Senac criam baralho de arquitetura brasileira

10:00 - 19 Setembro, 2017
Estudantes do ArqLab-Senac criam baralho de arquitetura brasileira, Cortesia de ArqLab-Senac
Cortesia de ArqLab-Senac

A bagagem e o repertório arquitetônicos são ferramentas fundamentais para qualquer arquiteto. Parte da qualidade arquitetônica de suas propostas está vinculada diretamente ao tamanho do seu repertório transformado em uma “coleção de obras”.

Essa coleção está em constante transformação e ampliação. Todo espaço visitado, vivenciado, experimentado é incorporado na coleção. Esse processo é diário, está no cotidiano do arquiteto.

Cortesia de ArqLab-Senac Cortesia de ArqLab-Senac Cortesia de ArqLab-Senac Cortesia de ArqLab-Senac + 16

Cataguases: Legado da Modernidade

12:00 - 31 Agosto, 2017
Cataguases: Legado da Modernidade, Matriz de Santa Rita de Cássia – Edgar Guimarães do Valle (1944-1968). Image © Pedro Vada
Matriz de Santa Rita de Cássia – Edgar Guimarães do Valle (1944-1968). Image © Pedro Vada

Cataguases, pequeno município brasileiro pertencente ao estado de Minas Gerais, que concentra população com pouco mais de 70 mil habitantes, ao longo de sua história, ficou conhecida por reunir uma série de significativas obras artístico-culturais ligadas à produção modernista brasileira a partir do século XX. As importantes obras variam entre as Artes Plásticas, Cinema e, sobretudo, Arquitetura, num panorama de produção entre as décadas de 1940 e 1950. Contudo, o peculiar caso é movido ao fato do município, com pequeno perímetro geográfico e populacional, contar com simbólico e potencial patrimônio moderno brasileiro, com obras de Francisco Bolonha, irmãos MM Roberto e Oscar Niemeyer.

Entre as obras arquitetônicas presentes no perímetro da Cidade, dois projetos concebidos por Oscar Niemeyer ajudaram a construir sua história e legado: a Residência Francisco Inácio Peixoto (1940) e Colégio Cataguases (1949). No primeiro projeto, para Francisco Inácio Peixoto, escritor brasileiro, empresário na área industrial e fazendeiro, considerado importante financiador às manifestações artístico-cultural e responsável pela chegada de Niemeyer à região nos anos 40, junto ao paisagismo de Roberto Burle Marx.

Segundo livro da série Arquitetura Brasileira revela trajetória do arquiteto Abrahão Sanovicz

15:00 - 17 Agosto, 2017
Edifício Abaeté, São Paulo SP, 1963, arquitetos Abrahão Sanovicz e Dario Montesano. Foto Nelson Kon
Edifício Abaeté, São Paulo SP, 1963, arquitetos Abrahão Sanovicz e Dario Montesano. Foto Nelson Kon

O Instituto Lina Bo e P. M. Bardi e a Romano Guerra Editora realizam no IABsp, no dia 22 de agosto de 2017, a partir das 19h, o lançamento de Abrahão Sanovicz, arquiteto, livro que acompanha sua formação e o desdobramento de suas atividades profissionais nas áreas de arquitetura, artes plásticas e design.

Centenário de Vilanova Artigas - "Nos pormenores um universo."

20:00 - 9 Junho, 2017
Centenário de Vilanova Artigas - "Nos pormenores um universo."

"O CAU/GO, juntamento com a Quadro Arquitetos e outros parceiros, leva a Goiânia-GO, a Exposição Centenário de Vilanova Artigas - "Nos pormenores um universo.". Aberta na sexta-feira (09/06), no Centro Cultural da UFG, a mostra reúne trabalhos de um dos maiores ícones da arquitetura brasileira, João Batista Vilanova Artigas, autor de mais de 700 projetos, dentre eles, o estádio Morumbi. A entrada é franca e estará aberta até o dia 04/07."

O visível e o invisível na arquitetura brasileira

14:00 - 8 Abril, 2017
O visível e o invisível na arquitetura brasileira, Capa do livro "O visível e o invisível na arquitetura brasileira". Design gráfico: Luciana Facchini
Capa do livro "O visível e o invisível na arquitetura brasileira". Design gráfico: Luciana Facchini

O livro “O visível e o invisível na arquitetura brasileira” constitui uma abordagem nova na análise da Arquitetura Moderna Brasileira por meio de 16 obras projetadas por diferentes arquitetos em distintas regiões do Brasil, entre as décadas de 1930 e 1960, que são tombadas ou estão em processo de tombamento.

CASA DA ARQUITECTURA – Centro Português de Arquitectura apresenta a “Coleção Arquitetura Brasileira” em São Paulo

09:08 - 28 Março, 2017
CASA DA ARQUITECTURA – Centro Português de Arquitectura apresenta a “Coleção Arquitetura Brasileira” em São Paulo  , Coleção Arquitetura Brasileira -  Casa da Arquitectura
Coleção Arquitetura Brasileira - Casa da Arquitectura


CASA DA ARQUITECTURA – Centro Português de Arquitectura apresenta a “Coleção Arquitetura Brasileira” em São Paulo


A Casa da Arquitectura – Centro Português de Arquitectura (CA) irá lançar, no próximo dia 29 de março, às 15h, em São Paulo, Brasil, a “Coleção Arquitetura Brasileira” - um vasto e inédito acervo de projetos, desenhos, maquetes e livros que contam a história da arquitetura moderna e contemporânea brasileira desde 1930 até a atualidade.

O lançamento da coleção acontecerá no MuBE - Museu Brasileiro de Escultura, contando com as intervenções do presidente da CA, José Manuel Dias da Fonseca, do diretor executivo,

Coleção de tipologias de varandas brasileiras / Marjorie Lange

12:00 - 21 Fevereiro, 2017
Coleção de tipologias de varandas brasileiras / Marjorie Lange, Intermediário entre moradia e paisagem. Image © Marjorie Lange
Intermediário entre moradia e paisagem. Image © Marjorie Lange

* O texto é um fragmento do trabalho de conclusão de curso “Espaços-Varanda: Ensaio de Relações em uma Superquadra de Brasília[1]”, realizado no Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (DAU PUC-Rio) em 2016, sob a orientação do Professor Gabriel Duarte.

A varanda, por ser apropriada a temperaturas elevadas, típicas do clima tropical, é um elemento de muita importância e de presença constante na arquitetura brasileira. Este espaço projetado ou embutido na fachada, coberto e aberto para o ambiente externo, gera sombra e permite a entrada de ar fresco no interior da edificação. Desde as construções indígenas, se fazia “o uso de uma varanda totalmente aberta para permitir a ampla ventilação durante o descanso do calor do meio-dia [2]”.

Transarquitetônica: um olhar sobre a arquitetura (brasileira) / Bianca Lupo

12:00 - 6 Dezembro, 2016
Transarquitetônica: um olhar sobre a arquitetura (brasileira) / Bianca Lupo, © Flickr user monica_pellegrini (CC BY-NC 2.0)
© Flickr user monica_pellegrini (CC BY-NC 2.0)

A dificuldade de se pensar sobre a arquitetura brasileira vem sendo enfrentada continuamente por arquitetos, historiadores, teóricos, críticos e pelos demais profissionais que se detém a analisar reflexivamente as amplas questões relacionadas ao tema. Nesse sentido, o olhar artístico, ao tangenciar e instigar reflexões sobre o assunto, também pode contribuir para os debates em curso sobre a historiografia da arquitetura brasileira. Para tanto, pode-se tomar como exemplo a obra “Transarquitetônica”, proposta pelo artista Henrique Oliveira, em 2014, no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo.