O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Cidades extremas: os assentamentos humanos mais densos, frios, remotos e visitados do mundo

Cidades extremas: os assentamentos humanos mais densos, frios, remotos e visitados do mundo

  • 07:00 - 16 Novembro, 2017
  • por
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Cidades extremas: os assentamentos humanos mais densos, frios, remotos e visitados do mundo
Hong Kong <a href='https://www.flickr.com/photos/commpilot23/14557847230/in/photolist-obqLN3-bmhgya-f5PRvs-Ywi6Wt-Ddnv6-mwCc2-8yuA8Z-9ZD4xe-4DEWwn-USUqW-4T7iw4-bmheiZ-Ww639P-qQAyRc-5CoLwz-muzCk-qvpjcM-J1Zej-5JEzcq-aCXkva-qqKc8h-Du5DG5-acdVzo-6tZceg-66KGXt-2FEXcB-Ys6tQS-66Q1gW-EEr2ZR-EVCzQT-93zMWG-EtuFRe-4yCKbQ-VsKGNG-nvHcx-bmhaJ4-7UwsRh-eZuyr-9ZFU3w-7LmemC-4Q4W9Z-JMwVS3-bmh5dg-qeZ1p-91Z9Uc-2u9ZMu-93zNjw-9PXwCD-69YHQB-boTF69'> Khush N </a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.0/'> CC BY-NC-ND 2.0</a>
Hong Kong Khush N licensed under CC BY-NC-ND 2.0

Os seres humanos são animais adaptáveis; nós evoluímos para nos adaptarmos e sobreviver em condições difíceis e extremas. Em alguns casos, esses extremos são naturais, enquanto em outras cidades modernas as situações de vida extrema são criadas por nós mesmos nos forçando a aceitar e nos ajustarmos. Aqui está uma lista de assentamentos urbanos em condições extremas: alguns desafiadores, alguns maravilhosos e todos eles oferecendo uma visão fascinante de como ocupamos o planeta em 2017.

Cidade mais cara

Singapura

Singapura © <a href='https://www.flickr.com/photos/erwin_soo/8037900419/in/photolist-qkUY5N-8KTqHu-aq6zmR-Y9Wcvb-5wzBqZ-oG2mvS-drki8F-8YvaB4-dfhkKZ-9UPTpX-9UT1q7-2CshyT-ZEALaN-n63VCy-ef8pUw-9DSQyn-bK86xV-9XKZnY-dXRYEo-8YwLRV-6Xn12h-rkb7a6-j5SU1P-95Tpuu-Roy8Cb-gLdRip-fCZq8s-8KoH3V-SMmpG5-rgPwKv-8bevy2-k8ZgB6-c2XnG5-8YxYG9-9cuiAT-m6vV9n-e5yH3c-d4Seph-oQsFZA-K2Wayx-dtziC9-5ZESvu-rN2UEW-czmkas-anxD5c-X1JhML-bUKskL-pPJQ1R-pAGTPj-pCHBwG'> Erwin Soo </a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.0/'> CC BY-NC 2.0</a>
Singapura © Erwin Soo licensed under CC BY-NC 2.0

Enquanto várias cidades asiáticas aparecem na lista das mais caras em 2017, Singapura está no topo. O estudo baseou-se no preço do dia-a-dia e de produtos especiais, incluindo alimentos, roupas, bebidas e utensílios domésticos convertidos em dólares norte-americanos. As conclusões extraídas foram que, em Singapura, os itens básicos custam muito, com um pão de um quilo custando US $3,55 e uma garrafa de vinho US $ 23,68. Curiosamente, enquanto a maioria das outras cidades desta lista enfrentam crises habitacionais, desde 2016, 80% dos cingapurianos locais viviam em blocos de habitação subsidiados, o que talvez explique como a cidade mais cara do mundo continua sendo viável para viver.

Cidade mais visitada

Bangkok, Tailândia

Bangkok <a href='https://www.flickr.com/photos/97114498@N04/35268984381/in/photolist-VX2AUg-eN1jrH-eMgCm2-UDA24S-VW2kPe-VJALiB-VJAHVv-eMgDeT-dHiPy2-mPrmqH-dDfNsr-fqCXar-6kBB1m-e4qHdD-6aAzg5-h93bMB-7Dk5GN-mfbh82-fDHqqd-m7QEmR-5SVWeY-dEc23B-e28gGW-fSNiV-n8gKsK-VJAxGe-Sd5YoB-bXj3WH-doa6ba-dE4VpW-eGrAcK-deqqTb-Rx97pA-dFCgcu-4dEPsV-dyAiDT-dbKF5s-mfcewM-bFhKG8-eGxGUm-7od7Kx-8GPfP8-s7LHkS-4jSCFu'> Pier Alessio Rizzardi </a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'> CC BY 2.0</a>
Bangkok Pier Alessio Rizzardi licensed under CC BY 2.0

Acessível, diversificada e bela, não é de se admirar que a Tailândia se caracterize como o país que possui a primeira cidade na lista das mais visitadas em 2017. Seu centro vibrante, Bangkok, deverá atrair apenas 20,2 milhões de visitantes internacionais este ano, mais do que o dobro de sua população de 8 milhões. É interessante considerar a natureza de uma cidade tão dominada e, portanto, adaptada aos turistas. Bangkok vence estreitamente Londres por 200 mil visitantes.

Cidade com maior densidade populacional

Manila, Filipinas 

Manila <a href='https://www.flickr.com/photos/jopetsy/33778518874/in/photolist-TsTJQs-UKoWJr-95zvMK-7sEiWR-62W9dY-bc5MM-7sJhf1-pQtYs6-7sEjjP-TEm5qn-fsZ5Me-UBM3uD-d9deff-Vkfu2M-qt9nnE-VNDp53-8H54ac-Jgrn87-frxvA-dRSTUu-aFTTDX-6tz6yH-TsTHRU-UKoWTK-UKoWYV-787SuH-UahJcJ-UKoW7e-UKoVqz-fGFMX-jhWyHv-orKfn-frxvz-ae7Fan-78bLSo-eGe4Mo-qRNTbw-UahGVA-frxvw-52fDmj-9TXWua-9WCJto-6dDajp-cM4qjm-SXceug-6r2KeN-oHTjf4-qTndub-fGFK2-4s4Fv7'> Jopetsy </a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'> CC BY 2.0</a>
Manila Jopetsy licensed under CC BY 2.0

Com uma densidade populacional de 71.263 pessoas por quilômetro quadrado (ou 107.562 por milha quadrada), Manila nas Filipinas é, de longe, a cidade mais densamente povoada do mundo. Sua densidade por quilômetro quadrado é mais do que o dobro da próxima localização mais densa, o município vizinho Pateros e até mesmo da famosa Mumbai. Como uma grande cidade portuária, Manila localiza sua população entre uma série de ascensões contemporâneas e um prolífico estilo barroco espanhol que surgiu em resposta ao alto risco de terremoto.

Cidade com mais arranha-céus

Hong Kong

Cidades extremas: os assentamentos humanos mais densos, frios, remotos e visitados do mundo, Hong Kong (Domínio Público)
Hong Kong (Domínio Público)

Hong Kong é famosa como um polo financeiro global e por seu horizonte de arranha-céus, muitas vezes caracterizado em filmes modernos. Com 317 edifícios com mais de 150 metros de altura, a cidade literalmente está acima do resto da lista de cidades com mais arranha-céus, vencendo Nova York por 60.

Cidade mais habitável

Melbourne, Austrália

Melbourne <a href='https://www.flickr.com/photos/73227899@N05/33365918516/in/photolist-SQr48b-7uD9Bn-nLg4to-5T5C7Q-srhot-5FLndr-855zb-ad4Y7-7H67vd-eSGwaJ-eRhv5b-4StC2r-aPbnMi-rkpx9-ePTftG-64dTzZ-zSkrj-2SJdmk-7sZeCV-oFvoQE-4ncaxw-dtych-dm7714-4QvJ6V-7Jx82Y-VUyJY1-VLzBsk-5EdBS8-73dNTd-ess1TG-ftqSFm-bvnxg1-VQQiEh-ercM1X-7oDkF1-J6AXk-fpsUxT-iNr9uj-7W6HUJ-9VMGLg-fomP9o-bF8bP5-8pXjrW-4X4v3F-arRd9P-iMc4b4-6tajpW-7Enks7-cGZvfj-7NJAHN'> Pier Alessio Rizzardi </a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.0/'> CC BY-NC-ND 2.0</a>
Melbourne Pier Alessio Rizzardi licensed under CC BY-NC-ND 2.0

Todos os anos, o índice de habitabilidade da Unidade de Inteligência Econômica (EIU) classifica 140 cidades por seus cuidados com saúde, educação, estabilidade, cultura, meio ambiente e infraestrutura para determinar a cidade mais habitável do mundo. Melbourne esteve em primeiro lugar pela sétima vez, marcando 97,5 de um possível 100. A decisão é controversa, com críticas sugerindo que o ranking oculta realidades de vida para muitas pessoas que moram na cidade.

Cidade mais alta 

La Rinconada, Peru

La Rinconada_Peru © Hildegard Willer
La Rinconada_Peru © Hildegard Willer

Como única entre as dez primeiras que não faz parte da China, La Rinconda é a cidade com maior altitude do mundo com 5.130 metros. A cidade fica no sopé de La Bella Durmiente, geleira da "Bela Adormecida", nos Andes. Com temperaturas muito baixas para o crescimento das árvores, esta paisagem estéril e surreal é o lar de quase 50 mil pessoas. Apesar de estar a apenas 14 graus do equador, a temperatura média é de 1,2°C.

Maior cidade (segundo a definição de limites municipais)

Chongqing, China

Embed from Getty Images

A UNICEF define a composição da cidade como "a população que vive nos limites administrativos de uma cidade". Descrita como uma das megacidades emergentes da China, Chongqing abriga 30.165.500 pessoas, batendo Xangai em cerca de 6 milhões. Como centro de transporte e centro de manufatura, Chongqing é o núcleo econômico da bacia Yangtze e o único dos quatro municípios controlados diretamente da China localizados longe da costa.

Cidade mais ao sul

Puerto Williams, Chile

Embed from Getty Images

Como uma entrada para a Antártica, Puerto Williams usa sua localização extrema do sul como um cartão de visitas para os turistas, promovendo o slogan de "a cidade mais ao sul do mundo". Duas outras cidades também reclamam o slogan, Ushuaia na Argentina e Punta Arenas no Chile, mas pela latitude Puerto Williams, uma cidade portuária na Ilha Navarino, cercada por ecossistemas prístinos, é a vencedora final.

Cidade com mais bilionários

Londres, Reino Unido

Londres <a href='https://www.flickr.com/photos/hrathmann/37410101141/in/photolist-YZNxHP-4yD984-mGMZZk-g7RPWk-4rh7KF-aBThUu-4yHfCG-cLcv8U-4aTuXa-aBQCVi-5MkQcR-aBQC9B-dMXtJo-DQLDd-7Ukonk-aCo38B-ahJ9Gq-fzjXvj-HU7f2N-93TpPg-RdJS8y-y4wX2G-pXVfJ8-pmKuTh-D2jSyr-4rmAX1-4yHwwS-9dah43-aTnJ8P-iuY8EX-adkSS4-375yTB-puhyGd-9HULgC-381dsQ-nyAMrG-8EBbqU-e5NWSJ-cB8Bzh-rmbfFS-dKLKRj-aepRzQ-4yDk1M-8WaGqL-dp2g-ptZkU8-ehsUE5-dDzCs7-qyMftm-86pd9e'> Hanno Rathmann </a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.0/'> CC BY-SA 2.0</a>
Londres Hanno Rathmann licensed under CC BY-SA 2.0

Com um grande total de 80, Londres é a cidade que os bilionários escolhem para viver, de acordo com a lista anual Sunday Times Rich List. Conforme o Business Insider, apenas 5% dos bilionários mundiais valem mais de US$ 10 bilhões, o que não os impedem de possuir coletivamente US$ 7,6 trilhões do total atual de US$ 241 trilhões de patrimônio.

Cidade com mais engarrafamentos 

Cidade do México, México

Embed from Getty Images

Densamente povoada e um ponto quente para os turistas, não é de se admirar que a Cidade do México tenha alguns problemas de congestionamento. Evidentemente, os piores problemas de congestionamento no mundo. Esta escala confere à cidade um nível de 66%, o que significa que uma média adicional de 59 minutos é gasta por usuário nas estradas. Isso atinge 101% durante os períodos de pico na noite.

Cidade mais fria

Oymyakon <a href='https://commons.wikimedia.org/wiki/Category:Oymyakon#/media/File:Oymyakon_forests.jpg'> Maarten Takens </a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.0/'> CC BY-SA 2.0</a>
Oymyakon Maarten Takens licensed under CC BY-SA 2.0

Oymyakon, Rússia

A palavra Even kheium, na qual esse assentamento encontra seu homônimo apropriadamente, traduz-se em "parte descontrolada de água, lugar onde o peixe passa o inverno". Oymyakon, no norte da Rússia, é o local mais frio habitado no planeta. A temperatura mínima média no inverno permanece abaixo de -50 °C e a temperatura mais fria registrada no Hemisfério Norte ocorreu em 1933, chegando a -67.7 °C. Junho e julho são os únicos meses em que a temperatura nunca chega abaixo de -10 °C, e pode realmente ficar quente, atingindo mais de 30 °C dentro de alguns dias.

Cidade mais remota

Auckland, Nova Zelândia

Auckland <a href='https://commons.wikimedia.org/wiki/Auckland#/media/File:Skyline_(7187438034).jpg'> Pier Alessio Rizzardi </a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'> CC BY 2.0</a>
Auckland Pier Alessio Rizzardi licensed under CC BY 2.0

Por último, mais solitária, mais linda, requintada, distante. Como escreveu Rudyard Kipling ao visitar Auckland em 1922. Aninhada no oceano Pacífico, Auckland assume o título da cidade com uma população de mais de um milhão que é mais distante de outra cidade com mesma população, com Sidney, Austrália a apenas 2.168,9 quilômetros de distância. O nome indígena Māori para Auckland é Tāmaki Makaurau- terra de mil amantes. Talvez atraísse ainda mais amantes se pudessem facilmente chegar até lá ...

Sobre este autor
Cita: Forde, Tessa. "Cidades extremas: os assentamentos humanos mais densos, frios, remotos e visitados do mundo" [Extreme Cities: The Densest, Coldest, Remotest, Most Visited (etc) Human Settlements on Earth] 16 Nov 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/883583/cidades-extremas-os-assentamentos-humanos-mais-densos-frios-remotos-e-visitados-do-mundo> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.