1. ArchDaily
  2. Artigos

Artigos: O mais recente de arquitetura e notícia

Da representação ao projeto arquitetônico: 19 obras que reinterpretam as técnicas de visualização

© José Hevia
© José Hevia

A representação gráfica, mesmo antes da linguagem e da escrita, foi o primeiro meio de comunicação e significado para a humanidade. O desenho é o ato de substituir a realidade pela representação, ou seja, substituir objetos por imagens codificadas em cada um dos sistemas de representação gráfica.

Na arquitetura, a representação gráfica estimula a imaginação e é a base do pensamento do projeto, uma vez que não só constitui nosso código de comunicação, mas também molda nossa capacidade de nos expressarmos em termos disciplinares. O desenho é primeiro construído na mente do arquiteto e depois transferido para o suporte determinado por qualquer tipo de instrumento.

Cortesia de VTN ArchitectsCortesia de Azócar Catrón ArquitectosCortesia de Nuno Brandão CostaCortesia de Snøhetta+ 40

Mobiliário em destaque em 14 interiores residenciais

O mobiliário tem influência direta na qualidade de projetos de interiores. Sua presença contribui, entre outras implicações, para a atribuição de funções aos espaços e determinar limites entre eles, mas, em alguns casos, sua posição no ambiente confere também certo destaque próprio. Isto é, o design do móvel é ressaltado pela sua relação com as texturas, cores e composições do ambiente construído.

Um espaço interno com cores neutras, por exemplo, pode colaborar para dar destaque a determinados móveis que, além de cumprirem sua função, acabam por assumir também certo caráter contemplativo. Este é o caso de móveis que se tornaram icônicos por seu design, em alguns casos pensados por grandes nomes da arquitetura que exploraram este campo e desenharam peças que se tornaram representativas do seu estilo.

Apartamento 2 em 1 / studio architecture & design O.M.SHUMELDA. Imagem: © Ross HelenApartamento RS / Studio Arthur Casas. Imagem: © Filippo BamberghiResidência REI / CRUX arquitectos. Imagem: © Milena VillalbaApartamento Concrete66 / Pinchuk Virovtseva Architects. Imagem: © Andrey Bezuglov+ 15

Pôr a mesa: reflexões ilustradas sobre o elemento central da vida doméstica

"Pôr a mesa" é uma reflexão ilustrada das arquitetas Florencia Köncke e Paula Olea Fonti. Nos parágrafos seguintes, as autoras desenvolvem uma primeira abordagem do estudo da mesa como "o centro de nossa noção de domesticidade"(1). Na relação entre espaço, objetos e pessoas e como catalisador social de encontro e troca.

Conselhos para escolher a cor da sua piscina

Pode-se dizer que um dos principais aspectos a serem levados em conta ao projetar uma piscina é a escolha da cor de seu revestimento. A luz, as sombras, a profundidade, o ambiente e os elementos que a envolvem são variáveis que afetam diretamente a tonalidade final da água. Os efeitos da iluminação artificial e/ou natural também são determinantes de sua estética final, portanto, se ela estiver em um espaço externo refletindo o céu, produzirá um efeito diferente do que se ficar em um espaço interno, onde o teto influenciará sua cor.

Casas brasileiras: 12 residências com piso de ladrilho hidráulico

Extremamente versáteis, não só por sua variedade de cores e padrões, mas também por suas possibilidades de aplicação, os ladrilhos hidráulicos podem ser encontrados, nos projetos residenciais, em ambientes que vão desde áreas molhadas a salas e quartos. A orientação das peças e a área em que são aplicadas também são fatores que contribuem para a diversidade de conformações possíveis no uso do ladrilho hidráulico: quando são restritos a determinada área de um ambiente, por exemplo, podem funcionar como “tapetes” fixos.

Pergolado de concreto: 10 casas que exploram luz e sombra na Argentina

A Argentina está localizada no extremo sul e sudoeste da América do Sul e, graças a seu tamanho, tem uma multiplicidade de climas e diferenças na incidência da luz solar. Estas condições levaram muitos arquitetos a recorrer, em suas propostas, aos pergolados para criar espaços de transição entre o lado de dentro e de fora das casas que atendam às necessidades de seus moradores, criando espaços de sombra, encontro e descanso ao ar livre.

10 Casas com sofás integrados à arquitetura

Concebidos com o objetivo de aproveitar ao máximo o espaço, os móveis embutidos se tornaram cada vez mais populares como uma forma prática de atender às necessidades domésticas. A capacidade de adaptação ao espaço arquitetônico lhes permite, através de diferentes configurações ou materialidades, satisfazer diversos usos e funções e ser integrados à arquitetura. Entretanto, pode ser interessante nos fazermos a pergunta: este tipo de mobiliário é o que se adapta aos espaços residuais de nossas casas ou pode se tornar o protagonista e gerador dos espaços que projetamos?

Paisagens sensoriais: um jardim didático e experimental na Sicília

O projeto Paisagens Sensoriais faz parte da Biennale do Giardino Mediterrâneo e está localizado no Parque Botânico Radicepura, na ilha da Sicília, Itália. Entre o vulcão Etna e o Mar Jônico, Ivan Juarez propõe este laboratório de pesquisa e iniciativa educacional que se concentra em sentir a paisagem através da conceituação e descoberta de métodos inovadores. A ideia está centrada na compreensão do meio ambiente através da experiência dos sentidos, razão pela qual ele decidiu homenagear a paisagem criando um jardim caminhável, didático e sensorial que inclui uma coleção de plantas representantes da cultura mediterrânea.

Qual é o papel do xadrez nos espaços públicos?

Você já se perguntou por que os tabuleiros de xadrez estão presentes em tantos parques, praças e outros espaços públicos, ou que papel o jogo desempenha no espaço? A realidade é que, ao longo do tempo, tanto os esportes quanto os jogos contribuíram para reduzir a ansiedade e melhorar a saúde mental da população. O xadrez é um dos jogos mais antigos que, com seu caráter intelectual e cultural, permite que qualquer pessoa em qualquer parte do mundo possa jogá-lo, independentemente das barreiras que língua, idade, sexo, habilidade física ou classe social possam impor.

Lições sobre processo cooperativo: o projeto de habitação coletiva Castelli 3902 em Buenos Aires

Localizada na Rua Castelli 3902, esta obra é o resultado de uma experiência entre a organização de arquitetos e urbanistas do Proyecto Habitar e a COOPTEBA SM/3F, uma cooperativa habitacional de trabalhadores da educação da Província de Buenos Aires, San Martín e Tres de Febrero. Em um mundo onde as desigualdades no acesso a bens e serviços urbanos determinam a vida de uma grande parte da população, os autores do projeto procuraram trabalhar de forma coletiva e interdisciplinar a fim de enfrentar a injustiça social e espacial existente. Saiba mais sobre a experiência abaixo.

Cidades 8-80: como projetar espaços urbanos para pessoas de todas as idades?

Um dos maiores desafios que o planejamento urbano encontra hoje é como prever e sistematizar o inevitável crescimento de uma cidade. Os anos se passam e as grandes cidades continuam expandindo suas fronteiras em direção à periferia, e de fato, estima-se que 70% de todos os habitantes do planeta deverão estar vivendo em cidades até o ano de 2050. Neste contexto, como poderíamos construir cidades mais sustentáveis, saudáveis e equitativas para enfrentarmos os desafios do futuro?

Pioneiros: 6 escritórios de arquitetura que exploram a Inteligência Artificial em seus projetos

Neste artigo, abordamos como a inteligência artificial está contribuindo para com a mudança dos nossos processos de projeto, e como arquitetos e outros profissionais estão reagindo e incorporando esses avanços tecnológicos na prática. Que tipo de inovação a IA já trouxe para a indústria da arquitetura e construção, e o que está sendo testado neste exato momento? A seguir, compilamos uma seleta lista de projetos que podem nos ajudar a melhor explicar como a IA está sendo incorporada ao nosso dia-a-dia, transformando a nossa prática profissional.

Quando arquitetos se mobilizam em tempos de crise

Nos últimos meses, a comunidade de arquitetura vem tentando trazer sua contribuição para a luta contra a pandemia. A disseminação global dessa crise pode ter desencadeado um esforço coordenado e, mais visível, mas não é a primeira vez que os profissionais se mobilizam em momentos de crise. Ao longo dos anos, desastres naturais e emergências fizeram com que vários arquitetos se envolvessem em iniciativas de auxílio a desastres, bem como em uma ampla gama de ações humanitárias. Neste artigo, analisaremos diferentes ocasiões em que arquitetos e iniciativas contribuíram de forma significativa, ajudando as comunidades afetadas a superar as dificuldades.

Parques infantis em assentamentos de refugiados. Imagem Cortesia de CatalyticActionCatedral de Papelão / Shigeru Ban. Imagem © Bridgit AndersonHabitações por Yasmeen Lari. Imagem Cortesia de Al JazeeraCentro de Mulheres / Yasmeen Lari. Imagem Cortesia de Al Jazeera+ 13

Arquitetura e crise climática: 6 técnicas construtivas para abrigos emergenciais

Segundo dados do CRED (Centre for Research on the Epidemiology of Disasters e do UNISDR (UN Office for Disaster Risk Reduction), em relatório divulgado em 2016, o número de desastres relativos ao clima duplicou nos últimos quarenta anos. A necessidade de abrigos temporários para desabrigados é, além de um reflexo das crise climática que atinge o planeta, também uma das consequências do crescimento desordenado das cidades que leva uma parcela significativa da população mundial a viver em condições vulneráveis aos desastres.

De paredes de terra a coberturas em palha: 10 técnicas de bioconstrução

A bioconstrução consiste no processo construtivo através de materiais e técnicas de baixo impacto ambiental, além da adequação da arquitetura às condições locais e tratamento de resíduos durante a ocupação do edifício. Portanto, construir com base nesses princípios não significa necessariamente utilizar materiais ditos sustentáveis, que frequentemente precisam ser transportados por longas distâncias ou passar por algum processo de pré-fabricação antes de serem empregados, mas utilizar materiais, técnicas e mão-de-obra locais, tendo como base estratégias vernaculares que levam em consideração estes fatores.

Parede construída a partir da técnica de taipa de pilão. Cortesia de Hive Earth© Trajinus, via Wikimedia Commons; sob licença Creative CommonsMasoro Village Project / GA Collaborative. Imagem © Riaan HoughCatenarius / Ramiro Meyer. Imagem © Federico Cairoli+ 12

Produtos, soluções e reflexões sobre iluminação natural e artificial na arquitetura

Reunimos aqui uma lista com nossos melhores artigos, projetos e produtos que sobre iluminação natural e artificial na arquitetura.

Arquitetura do leste europeu: edifícios residenciais icônicos

Este artigo faz parte da série colaborativa “Arquitetura do Leste Europeu: 50 Edifícios que Definiram uma Era”, desenvolvida em parceria entre o The Calvert Journal e o ArchDaily. Celebrando alguns dos principais ícones da arquitetura do leste europeu, publicaremos periodicamente uma lista com cinco projetos construídos no então Bloco de Leste.