“Inter-Active Dwellings” em Bogotá: construindo bairros baseados em redes sociais

“Inter-Active Dwellings” em Bogotá: construindo bairros baseados em redes sociais

A forma em que nos relacionamos nas nossas cidades tem sido modificada pela Internet, fazendo com que muitas vezes nos comuniquemos mais através desse meio do que pessoalmente. Com base nisso, o arquiteto italiano Paolo Francesco Ronchi desenvolveu seu projeto “Surfing Architecture 2.0” que busca entender como seria possível construir novos espaços que sigam as condições operativas da Internet e que consigam induzir as pessoas a se relacionarem cara a cara.

Uma das propostas incluída no projeto é o sistema de residências Inter-Active Dwelling que foi projetado para a parte leste de Bogotá (Colômbia). Como esse setor é caracterizado pela sua fragmentação urbana, a idéia é que as residências misturem espaços públicos, privados e divididos, como ocorre nas redes sociais da Internet, criando, assim, comunidades mais integradas.

Mais detalhes desse projeto, a seguir.

Descrição por Paolo Francesco Ronchi.

Cortesia de  Paolo Francesco Ronchi
Cortesia de Paolo Francesco Ronchi

#Cidade Contemporânea

Hoje em dia os problemas do urbanismo estão relacionados com o rápido crescimento dos contextos metropolitanos dos países em desenvolvimento. Nos países em desenvolvimento é fácil encontrar altas torres residenciais ao lado de urbanizações espontâneas. É importante para os arquitetos desenvolver certa sensibilidade em relação às condições físicas e sociais muito fragmentadas. É fundamental para a arquitetura propor soluções para esse problema. As relações sociais fortalecem o conceito de comunidade. O conceito de comunidade é um conceito sustentável.

Cortesia de  Paolo Francesco Ronchi
Cortesia de Paolo Francesco Ronchi

#Bogotá

A cidade de Bogotá viaja a duas velocidades. É possível conseguir tomar café-da-manhã por 15 dólares, ao mesmo tempo em que um almoço pode custar 2. A cidade de Bogotá passou de 300.000 a 8.000.000 de habitantes nos últimos 50 anos. As montanhas a leste da cidade foram se tornando um lugar favorável para o urbanismo espontâneo por causa da sua difícil acessibilidade. Hoje em dia, essa parte leste de Bogotá foi muito valorizada com a construção de grandes torres residenciais de alto padrão. Viver nas montanhas orientais de Bogotá é um símbolo de exclusividade.

Cortesia de  Paolo Francesco Ronchi
Cortesia de Paolo Francesco Ronchi

#Urbanizações Informais

Os contextos urbanos de origem informal vivem de dinâmicas sociais comunitárias muito mais ricas que as torres residenciais. Infelizmente, essas torres são consideradas um símbolo de bem-estar. É importante renovar esses contextos informais sem que seus habitantes percam seu capital social. A escala arquitetônica das urbanizações autoconstruídas é uma escala agradável para o pedestre.

Cortesia de  Paolo Francesco Ronchi
Cortesia de Paolo Francesco Ronchi

#World Wide Web

Hoje em dia é fundamental o entendimento de como o espaço virtual está mudando a forma como nos relacionamos um com o outro. Entender a forma como se conseguem relações sociais na rede digital pode ser uma importante ferramenta para resolver os problemas de fragmentação social em nossas cidades. A unidade, a vizinhança e a cidade existem também na web, simplesmente possuem outros nomes: user, community, network.

Cortesia de  Paolo Francesco Ronchi
Cortesia de Paolo Francesco Ronchi

#Inter-Active Dwellings

Inter-Active Dwelling 2.0 é o projeto para um sistema de residências ativo, progressivo e inclusivo ao mesmo tempo. A proposta toma forma de uma analogia entre o “sistema físico da cidade” e a estrutura virtual da web e propõe brindar uma resposta crítica-positiva ao problema atual da fragmentação social.

Cortesia de  Paolo Francesco Ronchi
Cortesia de Paolo Francesco Ronchi

Reinterpretando a condição urbana contrastada dos morros ao leste de Bogotá, o sistema é capaz de encontrar um importante potencial para escala da arquitetura informal presente. As novas volumetrias colocam sobre a cidade uma nova camada, fluída, mas estruturada através de regras capazes de conectar e ser vividas ao mesmo tempo.

Cortesia de  Paolo Francesco Ronchi
Cortesia de Paolo Francesco Ronchi

Nessa nova camada as qualidades tradicionais do espaço arquitetônico (privado, dividido e público) se misturam afetando-se uma com a outra como acontece nas redes sociais da web. O resultado é uma nova paisagem urbana; um sistema capaz de criar coesão social entre os habitantes, não somente da mesma comunidade, mas também das comunidades limítrofes.

Via Plataforma Urbana. Tradução Camilla Ghisleni, ArchDaily Brasil.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Romullo Baratto. "“Inter-Active Dwellings” em Bogotá: construindo bairros baseados em redes sociais" 18 Mar 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-183159/inter-active-dwellings-em-bogota-construindo-bairros-baseados-em-redes-sociais> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.