i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Mies Van Der Rohe

Fotos da Semana: 10 projetos incríveis no outono

15:00 - 17 Outubro, 2017
Cortesía de VIPP
Cortesía de VIPP

No dia 22 de setembro teve início o outono no hemisfério norte. Esta estação do ano oferece grandes oportunidades para a fotografia de arquitetura, com a luz do sol assumindo uma intensidade reduzida e a vegetação, tons alaranjados e avermelhados. A seguir, reunimos 10 fotografias que apresentam famosas obras de arquitetura em contextos outonais, registradas por fotógrafos como Francisco Nogueira, Jorge López Conde e Steve Montpetit.

Cortesía de Matter Design + FR|SCH © Roger Frei © Roland Halbe Cortesía de Format Elf Architekten + 11

Horizontal City: 24 arquitetos refletem sobre o projeto de interiores na Bienal de Chicago

15:00 - 27 Setembro, 2017

Horizontal City  é uma das duas exposições coletivas (a outra é Vertical City) na Bienal de Arquitetura de Chicago de 2017. 24 arquitetos foram encarregados pelos diretores artísticos Sharon Johnston e Mark Lee de "reconsiderar o status do interior arquitetônico", fazendo referência a uma fotografia de um projeto de interiores icônico de qualquer época.

O desafio foi considerar as formas e os modos que os arquitetos convidados "poderiam extrapolar o enquadramento fotográfico para uma construção de espaço e estilo de vida mais amplas" - neste caso, um campo de bases de colunas, cujas dimensões e posicionamento fazem referência direta à projeção do plano de Mies van der Rohe de 1947 para o campus do IIT em Chicago.

Artista reinterpreta a Casa Farnsworth utilizando apenas madeira

07:00 - 31 Agosto, 2017
Artista reinterpreta a Casa Farnsworth utilizando apenas madeira, © Pedro Marinello
© Pedro Marinello

Em dezembro de 2010, Manuel Peralta finalizou a obra "Welcome Less is More”, uma espécie de reconstrução da Casa Farnsworth de Mies van der Rohe no interior da galeria Patricia Ready em Santiago, Chile. Neste relato, o artista compartilha a experiência adquirida ao reinterpretar em madeira um ícone da arquitetura moderna e como uma equipe de carpinteiros, que aceitou seguir à risca as diretrizes miesianas, foi fundamental para alcançar o resultado final. 

A diferença entre Alemanha e Brasil na contratação de projetos públicos: o caso da renovação da Neue Nationalgalerie de Mies van der Rohe

12:00 - 25 Agosto, 2017
A diferença entre Alemanha e Brasil na contratação de projetos públicos: o caso da renovação da Neue Nationalgalerie de Mies van der Rohe, A Nova Galeria Nacional em obras (agosto de 2017). Image © Lara Melo Souza
A Nova Galeria Nacional em obras (agosto de 2017). Image © Lara Melo Souza

Para 2020 está prevista a reabertura ao público da Nova Galeria Nacional (Neue Nationalgalerie), em Berlim, após quase 6 anos fechada para a realização de obras de restauro e atualização. Um dos últimos projetos do arquiteto Mies van der Rohe, seu único do pós-guerra realizado na Alemanha, foi aberta em 1968 e é dedicada a abrigar a arte do século XX. Após mais de quarenta anos de uso, o edifício foi objeto de um longo processo de conhecimento, projeto, planejamento e obra. Os trabalhos estão em pleno andamento, sob a coordenação de uns dos mais prestigiados escritórios de arquitetura na Europa, David Chipperfield Architects.

A vasta experiência adquirida pela firma em projetos para novos museus e renovações, sendo uma das mais significativas a intervenção no Novo Museu, na Ilha dos Museus, também em Berlim, deu-lhe a capacidade técnica para o enfrentamento do problema de maneira precisa, autoral e eficiente.  Pela bagagem, a encomenda e a escolha do escritório pareceriam óbvias, não fosse o proprietário do imóvel o governo alemão e não existisse a necessidade de seguir o rito da contratação pública. O processo que levou o escritório David Chipperfield Architects a estar à frente do projeto e da obra da Nova Galeria Nacional, no entanto, está longe da tradicional concorrência para a licitação de projetos que se vê no Brasil, e vale ser explicado.

Reflexos, uma homenagem ao Pavilhão de Barcelona de Mies van der Rohe

07:00 - 12 Agosto, 2017

A respeito do Pavilhão de Barcelona de Mies van der Rohe, sempre há algo novo a ser dito. Às vezes descobre-se um detalhe inédito, outras vezes se revela uma intervenção e, em outros casos, somos reapresentados ao pavilhão através das lentes de algum fotógrafo ou cineasta. Este é o caso de Fernando Ayuso, arquiteto e produtor audiovisual espanhol que prestou homenagem a esta emblemática obra do modernismo mundial. 

Por dentro das estranhas vidas pessoais de arquitetos famosos

15:00 - 17 Junho, 2017
Por dentro das estranhas vidas pessoais de arquitetos famosos , Da esquerda: © Robert C. Lautman; <a href='http://https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Alvar_Aalto1.jpg'>via Wikimedia</a> (public domain); Photograph by Al Ravenna <a href='http://https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Frank_Lloyd_Wright_portrait.jpg'>via Wikimedia</a> (domínio público)
Da esquerda: © Robert C. Lautman; via Wikimedia (public domain); Photograph by Al Ravenna via Wikimedia (domínio público)

Os arquitetos famosos são muitas vezes vistos mais como enigmas do que como pessoas mas, mesmo assim, os maiores nomes escondem escândalos e tragédias da vida cotidiana. Como celebridades, muitos dos mais famosos arquitetos do mundo enfrentaram rumores e, até hoje, há dúvidas sobre a verdade de alguns de seus assuntos particulares. Clientes e colegas que frequentavam seus estúdios puderam ver um pouco de suas vidas pessoais, mas, às vezes, a força da personalidade que muitas vezes vem com gênio criativo impede uma percepção mais detalhada. No entanto, o fato é que a vida desses arquitetos era mais do que a soma dos seus edifícios.

"Nos vemos no tribunal!" 9 ações judiciais na arquitetura

15:00 - 20 Maio, 2017
© <a href=‘https://www.flickr.com/photos/diversey/16868722144/'>Flickr user diversey</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/deed.en'>CC BY-2.0</a>
© Flickr user diversey licensed under CC BY-2.0

O que o ganhador do prêmio Pritzker, Frank Gehry, recebeu após projetar o Stata Center, um complexo acadêmico para o MIT? Um cheque muito gordo e um processo judicial maior ainda, alegando negligência e quebra de contrato devido a vazamentos, mofo, rachaduras e problemas de drenagem. Às vezes, os desenhos mais inspiradores podem dar errado. E quando isso acontece, alguns clientes entram com processos judiciais. Veja, a seguir, nove curiosos exemplos.

Em foco: Mies van der Rohe

08:00 - 27 Março, 2017
Em foco: Mies van der Rohe, © Chicago History Museum: HB-8506-K4. Cortesía de www.900910.com
© Chicago History Museum: HB-8506-K4. Cortesía de www.900910.com

"(...) Pessoalmente, gosto de ter limites. Penso que para os que têm poucas habilidades seria muita liberdade. Quando se tem menos limites deve-se tomar mais cuidado. (...)" 

Conheça o Pavilhão de Mies van der Rohe através deste passeio virtual

15:00 - 14 Março, 2017

Interior do Pavilhão. Cortesia de Fundació Mies van der Rohe Interior do Pavilhão. Cortesia de Fundació Mies van der Rohe Interior do Pavilhão. Cortesia de Fundació Mies van der Rohe Usuários acessando o modelo virtual do Pavilhão. Cortesia de Fundació Mies van der Rohe + 6

Fundació Mies van der Rohe apresentou um passeio virtual interativo do histórico pavilhão projetado por Mies van der Rohe para a Alemanha na Exposição Internacional de Barcelona de 1929. Trata-se de um primeiro passo do convênio que a instituição firmou com a CL3VER, startup líder no setor de visualização 3D com sede em Barcelona. 

O percurso interativo incorpora informações, detalhes e plantas do edifício que enriquecem a experiência do usuário. Assim, é possível compreender a origem da famosa cadeira Barcelona, projetada para se adequar "às características de leveza, simplicidade e clareza" buscadas por Mies. 

Selecionados 5 finalistas para o Prêmio Europeu de Arquitetura Contemporânea Mies Van der Rohe 2017

14:00 - 15 Fevereiro, 2017
Selecionados 5 finalistas para o Prêmio Europeu de Arquitetura Contemporânea Mies Van der Rohe 2017

Cinco projetos europeus foram selecionados como finalistas para o Prêmio Europeu de Arquitetura Contemporânea Mies Van der Rohe 2017. Escolhidos de uma seleção de 40 projetos, os cinco finalistas foram elogiados pelo júri por sua capacidade de "responder às preocupações da sociedade europeia de hoje".

"Nosso instinto poderia ser resumido pelas palavras de Peter Smithson: "as coisas precisam ser comuns e heroicas ao mesmo tempo", disse o presidente do júri, Stephen Bates. "Estávamos à procura de uma normalidade cujo lirismo discreto estivesse cheio de potencial".

Até abril, os membros do júri visitarão cada projeto finalista para avaliar os edifícios em primeira mão e ver como eles são usados pelo público. O vencedor do prêmio será anunciado em Bruxelas em 16 de maio.

Os cinco finalistas são:

A história da Casa Farnsworth pode ser tornar um filme de Hollywood

14:00 - 10 Fevereiro, 2017
A história da Casa Farnsworth pode ser tornar um filme de Hollywood, ©  Flickr CC user Jonathan Rieke. Licensed under CC BY-NC 2.0
© Flickr CC user Jonathan Rieke. Licensed under CC BY-NC 2.0

Um dos maiores contos da arquitetura - a comissão da Casa Farnsworth, de Mies van der Rohe - está pronto para receber sua versão hollywoodiana. Como relatado por Roger Friedman para a Showbiz 411, a história da construção da casa será encenada pelos atores Jeff Bridges (como o arquiteto) e Maggie Gyllenhaal (como Dra. Edith Farnsworth).

40 Projetos selecionados para o Prêmio Europeu de Arquitetura Contemporânea 2017 - Mies van der Rohe Award

10:34 - 30 Janeiro, 2017
40 Projetos selecionados para o Prêmio Europeu de Arquitetura Contemporânea 2017 - Mies van der Rohe Award, Cortesia de EUmiesAward17
Cortesia de EUmiesAward17

A Comissão Europeia e a Mies van der Rohe Foundation anunciaram as 40 obras selecionadas que concorrerão ao Prêmio Europeu de Arquitetura Contemporânea 2017 - Mies Van Der Rohe Award. O júri escolheu a partir dos 356 projetos indicados, e a lista destaca as oportunidades e as tendências no território europeu atual: cidades, habitação, patrimônio e memória. Os cinco finalistas serão anunciados em meados de fevereiro e o vencedor e o arquiteto emergente em meados de maio.

Um terço das obras aborda o desafio da arquitetura contemporânea em relação ao patrimônio construído e um terço dos trabalhos os desafios contemporâneos da habitação. A gestão da paisagem urbana histórica será uma das prioridades destacadas pelo "Ano Europeu do Patrimônio Cultural" em 2018.

"Eu gostaria que os projetos selecionados demonstrassem interesse em criar lugares, explorar convenções e tipologias conhecidas, celebrar os prazeres do uso cotidiano por uma consideração de detalhes e uma resistência não expressa à atual tendência global a uma arquitetura auto-referencial, que desmente o contexto e o ato de habitação ". - Stephen Bates, Presidente do Júri.

Veja a lista a seguir.

Exposição em Montreal celebra os 90 anos de Phyllis Lambert

15:00 - 29 Janeiro, 2017
Exposição em Montreal celebra os 90 anos de Phyllis Lambert, Phyllis Lambert, David Sharpe, Myron Goldsmith, Jin Hwan Kim, and an unidentified student at a Master Class Studio at the Illinois Institute of Technology (1961). Image © Fonds Phyllis Lambert (CCA)
Phyllis Lambert, David Sharpe, Myron Goldsmith, Jin Hwan Kim, and an unidentified student at a Master Class Studio at the Illinois Institute of Technology (1961). Image © Fonds Phyllis Lambert (CCA)

Semana passada, Phyllis Lambert, amplamente considerada uma das figuras mais influentes da arquitetura mundial, completou 90 anos de idade. Conhecida principalmente por fundar o Canadian Centre for Architecture (CCA) em sua cidade natal, Montreal, em 1979, ela também atuou como Diretora de Planejamento na construção do famoso Edifício Seagram em Manhattan, projeto frequentemente citado como uma das mais importantes obras construídas de Mies van der Rohe. Como arquiteta, projetou o Saidye Bronfman Centre (1967), um centro de artes performáticas nomeado em homenagem à sua mãe.

Exterior of Saidye Bronfman Centre at night (1968). Courtesy of the Richard Nickel Committee, Chicago, Illinois. Image © Richard Nickel Composite photograph of Phyllis Lambert and David Fix in their Chicago studio (1970). Courtesy of the CCA. . Image © Pier Associates Seagram Building: view from northwest at dusk. Courtesy of the CCA. . Image © Ezra Stoller / Esto Phyllis Lambert and Gene Summers (1976). Courtesy of the CCA. . Image © Pier Associates + 7

Os melhores memes de arquitetura

16:00 - 18 Janeiro, 2017

O mundo da arquitetura pode ser sério e embora o restante do mundo assuma vários estereótipos sobre nós, em nenhum deles temos senso de humor - e talvez essa seriedade explique por que um dos memes mais populares envolvendo arquitetos não é exatamente favorável à profissão. Com isso em mente, compilamos uma série de memes envolvendo nossa profissão e atividades - veja-os a seguir. 

Atlas da Arquitetura Europeia Contemporânea: 2881 obras reunidas pela Fundação Mies van der Rohe

14:00 - 14 Janeiro, 2017

O ATLAS da Arquitetura Europeia Contemporânea reúne pela primeira vez todos os projetos nominados ao Prêmio de Arquitetura Contemporânea da União Europeia - Prêmio Mies van der Rohe, desde sua primeira edição em 1988 até a décima quarta, em 2015.

2881 projetos que contam uma viagem através da multiplicidade e variedade de arquiteturas que configuraram o território europeu durante os últimos 30 anos.

Conheça a vida dos moradores do Lafayette Park, de Mies van der Rohe, neste curta-metragem

14:00 - 9 Dezembro, 2016

Neste vídeo, o cineasta Ryan Clancy nos leva para dentro do Lafayette Park, que abriga a maior coleção de edifícios do mundo projetada por Mies van der Rohe.

Devido ao re-desenvolvimento de Detroit e à crescente popularidade do design de meados do século passado, os preços das casas e o custo de vida no bairro aumentaram dramaticamente em apenas 5 anos - colocando a comunidade num pleno enfrentamento com o mercado imobiliário. Vendo a necessidade de documentar Lafayette Park antes que ele mudasse de tom, Clancy usa sua câmera para capturar o diverso grupo de residentes em suas casas, destacando seus relacionamentos com a arquitetura atemporal.

"Never Built New York" explora o passado esquecido e o futuro que nunca chegou

12:00 - 8 Dezembro, 2016
Ponte Arranha-céu de Raymond Hood. Cortesia de Metropolis Books
Ponte Arranha-céu de Raymond Hood. Cortesia de Metropolis Books

Esse artigo foi publicado originalmente pela Revista Metropolis como "An Incredible Journey into the New York City that Never Was."

Imagine que as águas que cercam a Estátua da Liberdade foram aterradas. Que você poderia caminhar até a própria estátua, seguindo um caminho do Manhattan Battery Park. Acredite ou não, em 1911, isso poderia ter ocorrido.

Em Never Built New York, os autores Greg Goldin e Sam Lubell (prefácio de Daniel Libeskind) descrevem com ironia e, às vezes, nostalgia, os projetos arquitetônicos e de planejamento mais significativos do século passado, os quais teriam mudado drasticamente a cidade - mas que nunca foram implantados.

Mestres dos Materiais: Vidro é Mais com Mies Van der Rohe

06:00 - 14 Setembro, 2016
Mestres dos Materiais: Vidro é Mais com Mies Van der Rohe

A série "Mestres dos Materiais" mostra como certos materiais têm ajudado a inspirar alguns dos maiores arquitetos do mundo. Hoje, apresentaremos o artigo sobre o vidro e como esse material influenciou a obra do arquiteto alemão Mies Van der Rohe.

Mies van der Rohe, famoso por sua frase "menos é mais", foi um dos mais proeminentes arquitetos modernistas, célebre pelo vasto uso do vidro em seus edifícios. Sua obra introduziu um novo nível de simplicidade e transparência, e seus edifícios foram muitas vezes reconhecidos como uma arquitetura de "pele e osso" devido à sua ênfase em estruturas de aço e fachadas de vidro.
Além de Mies Van der Rohe, o vidro também foi uma importante influência para muitos arquitetos do movimento moderno e reformulou a maneira com a qual pensamos e definimos o espaço.
Hoje, o vidro se tornou um dos materiais mais utilizados na construção de edifícios, mas sua maior expressão arquitetônica provavelmente é melhor exemplificada no trabalho de Mies.