Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Urbanismo

Urbanismo: O mais recente de arquitetura e notícia

Até onde você consegue chegar em 10, 20 e 30 minutos de carro? Analisando as capitais do Brasil

15:00 - 7 Março, 2019

Como é sabido, nossas cidades estão cada vez mais saturadas pelo uso de automóveis e a mobilidade torna-se, portanto, ponto essencial em qualquer discussão sobre habitar o ambiente urbano, principalmente nas grandes cidades brasileiras. Essa premissa nos faz olhar e entender melhor em quais aspectos do deslocamento nas cidades podemos interferir de forma prioritária, partindo de pressupostos onde a utilização de carros seja menos solicitada. Um ponto importante para esse diálogo é entender até que ponto o carro pode ser efetivo no quesito tempo. O Mapping Lab fez uma análise gráfica de 27 capitais brasileiras utilizando os dados da plataforma here.com.

Tudo o que você precisa saber sobre ruas completas e suas vantagens para as cidades

07:30 - 3 Março, 2019
Tudo o que você precisa saber sobre ruas completas e suas vantagens para as cidades, Rua Completa Joel Carlos Borges, em São Paulo - SP. Image © Pedro Mascaro/WRI Brasil, via Flickr. Licença CC BY-NC-SA 2.0
Rua Completa Joel Carlos Borges, em São Paulo - SP. Image © Pedro Mascaro/WRI Brasil, via Flickr. Licença CC BY-NC-SA 2.0

Entre várias estratégias de desenho urbano e ocupação dos lugares públicos da cidade, as ruas completas talvez sejam, atualmente, as mais em vista. Partem de uma ideia bastante simples: tornar o espaço da rua verdadeiramente público, no sentido mais amplo da palavra. Em outras palavras, seu objetivo é proporcionar opções de transporte e acesso ao maior número possível de modais de transporte - a pé, bicicleta, cadeira de rodas, transporte público coletivo e carros particulares.

O que as cidades africanas podem aprender com a experiência de Dubai?

13:00 - 14 Fevereiro, 2019
O que as cidades africanas podem aprender com a experiência de Dubai?, Photo by Flickr user Lars Plougmann
Photo by Flickr user Lars Plougmann

Ao longo das últimas três décadas, Dubai floresceu em meio a um deserto desabitado para transformar-se em um centro urbano estratégico para o mundo dos negócios e do turismo. Como uma das diversas reações decorrentes deste novo fenômeno, várias cidades ao redor do mundo passaram a replicar esse modelo de desenvolvimento urbano - um urbanismo amplamente baseado no automóvel, arranha-céus luxuosos, centros comerciais gigantescos e tecnologias e sistemas "inteligentes" e "sustentáveis", tudo isso, à partir do zero. Surpreendentemente, estes novos empreendimentos tem se espalhado rapidamente pelo continente africano, assumindo nomes como Eko Atlantic City Nigéria, Vision City em Ruanda, Ebene Cyber City nas Ilhas Maurício; Konza Technology City no Quênia; Safari City na Tanzânia; Le Cite du Fleuve na República Democrática do Congo, entre vários outros. Ao que tudo indica, todas estas cidades parecem apenas meras tentativas de imitação daquilo que representa a cidade de Dubai.

Seminário Internacional Escola da Cidade / Sesc SP traz o tema "Ainda o direito à Cidade"?

09:00 - 13 Fevereiro, 2019
Seminário Internacional Escola da Cidade / Sesc SP traz o tema "Ainda o direito à Cidade"?,  Gratuito. Todas as palestras são abertas ao público com vagas limitadas.
Gratuito. Todas as palestras são abertas ao público com vagas limitadas.

Seminário Internacional 2019 Escola da Cidade / Sesc SP traz o tema "Ainda o direito à Cidade"?

Consolidado como um dos mais significativos eventos realizados pela Escola da Cidade – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, o Seminário Internacional chega à sua 14° edição com o tema “Ainda o Direito à Cidade?”.

--------

Anualmente, durante uma semana, convidados nacionais e internacionais de prestígio da área de arquitetura e urbanismo participam de debates, workshops e dinâmicas que envolvem estudantes, professores e público interessado em debater temas contemporâneos da área.

O evento deste ano acontece de 16 a 23 de fevereiro na sede da Escola

Cidades estão crescendo na horizontal e não na vertical: 3 razões por que isso é um problema

07:30 - 13 Fevereiro, 2019
Cidades estão crescendo na horizontal e não na vertical: 3 razões por que isso é um problema, Mumbai, Índia. Foto © Johnny Miller / Unequal Scenes
Mumbai, Índia. Foto © Johnny Miller / Unequal Scenes

Imagine Lagos, na Nigéria, uma cidade de 22 milhões de pessoas. O que uma vez foi uma pequena cidade costeira, há apenas algumas décadas explodiu em uma megacidade dispersa que se estende por mais de 1.170 quilômetros quadrados. O rápido crescimento pressionou os serviços municipais ao máximo: menos de 10% das pessoas vivem em casas conectadas às redes de esgoto; menos de 20% têm acesso à água encanada. Muitas casas estão em favelas ou assentamentos informais na periferia da cidade.

Agora imagine Lagos duas vezes maior.

CAU produzirá material sobre educação urbanística para escolas

07:30 - 10 Fevereiro, 2019
CAU produzirá material sobre educação urbanística para escolas, Projeto “Arquitetura para Crianças”, realizado na Galícia, Espanha. Image Cortesia de CAU/BR
Projeto “Arquitetura para Crianças”, realizado na Galícia, Espanha. Image Cortesia de CAU/BR

A Comissão de Política Urbana e Ambiental (CPUA) do CAU/BR produzirá materiais paradidáticos em Arquitetura e Urbanismo para uso no Ensino Fundamental. O objetivo do projeto, promovido em parceria com a Pistache Editoral, é levar a discussão urbanística para as escolas, para contribuir com a construção de cidades melhores no futuro. A ideia é desenvolver o olhar crítico dos alunos para o meio urbano, para que os estudantes compreendam a cidade como um espaço com diversas camadas históricas.

Estúdio Deriva 2019 – Japão – Inscrições abertas Escola da Cidade

03:00 - 6 Fevereiro, 2019
Estúdio Deriva 2019 – Japão – Inscrições abertas Escola da Cidade, O workshop propõe um projeto pedagógico de caráter específico, voltado a cada ano para o conhecimento de novos territórios.
O workshop propõe um projeto pedagógico de caráter específico, voltado a cada ano para o conhecimento de novos territórios.

Estúdio Deriva 2019 – Japão – Inscrições abertas

A Escola da Cidade já está com inscrições abertas para o Estúdio Deriva 2019, com destino ao Japão, e que acontecerá no mês de julho.

O programa se organiza por meio de estudos preparatórios, pela produção de conteúdos prévios e pela realização de uma viagem, onde estudantes, arquitetos e professores estrangeiros e locais estabelecem contato e vivenciam um processo de aprendizado mútuo. O workshop propõe um projeto pedagógico de caráter específico, voltado a cada ano para o conhecimento de novos territórios, com base na convicção de que o aprendizado da arquitetura se faz pelo

Bairro em Maceió corre risco de desabamento

07:30 - 31 Janeiro, 2019
Bairro em Maceió corre risco de desabamento, © Tony Medeiros
© Tony Medeiros

Após fortes chuvas que atingiram Maceió no começo do ano, os moradores do bairro do Pinheiro entraram em estado de emergência pois diversas rachaduras surgiram na região. A Defesa Civil diz que o bairro corre risco de desabamento e a principal ameaça presente é que o asfalto afunde a ponto de criar uma cratera e destruir parte dos edifícios, colocando em risco a vida de mais de vinte mil pessoas que habitam o local.

Chamada para a revista Cadernos de Pesquisa da Escola da Cidade #7

08:30 - 15 Janeiro, 2019
Chamada para a revista Cadernos de Pesquisa da Escola da Cidade #7, Até dia 15.02, a Revista Cadernos de Pesquisa da Escola da Cidade recebe submissões de artigos ou ensaios para a publicação.
Até dia 15.02, a Revista Cadernos de Pesquisa da Escola da Cidade recebe submissões de artigos ou ensaios para a publicação.

Até dia 15.02 a Revista Cadernos de Pesquisa da Escola da Cidade estará recebendo submissões de artigos ou ensaios para publicação no seu sétimo volume.

Parte das atividades desenvolvidas pelo Programa de Iniciação Científica – junto ao Conselho Científico – a Revista Cadernos de Pesquisa da Escola da Cidade é uma publicação periódica criada com o objetivo de divulgar e tornar públicas as ações de Iniciação Científica desenvolvidas por essa instituição. Em 2018, a revista ganhou o Prêmio de 75 anos do IAB-SP na categoria de publicações.

De caráter acadêmico e científico

De perto e de dentro - oficina de mapeamentos da vizinhança

08:30 - 9 Janeiro, 2019
De perto e de dentro - oficina de mapeamentos da vizinhança, Oficina De perto e de dentro, Micrópolis
Oficina De perto e de dentro, Micrópolis

“De perto e de dentro - oficina de mapeamentos da vizinhança” será um grupo de trabalho prático de pesquisa e análise coletivas do território do entorno do IABsp.

A partir de métodos de pesquisa que o coletivo Micrópolis vem desenvolvendo, serão produzidos mapeamentos que desvelam camadas invisíveis e subjetivas do território que se sobrepõem às bases cartográficas formais e oficiais, de modo a viabilizar leituras complexas e plurais do espaço. Para além dos diagnósticos urbanísticos que pretendem detectar problemas urbanos, os mapeamentos que serão desenvolvidos nessa oficina se propõem a identificar potencialidades e redes de colaborações pré-existentes no território como

Plataforma online mostra a cronologia do urbanismo no Brasil e no mundo a partir do século XIX

07:30 - 8 Janeiro, 2019
Plataforma online mostra a cronologia do urbanismo no Brasil e no mundo a partir do século XIX, Brasília, DF. Image © Joana França
Brasília, DF. Image © Joana França

Desenvolvida por pesquisadores das universidades ferais do Rio de Janeiro (UFRJ) e Bahia (UFBA), Cronologia do Pensamento Urbanístico é uma plataforma online ativa desde 2003 que reúne eventos históricos, projetos, fatos relevantes e publicações relacionadas à história do urbanismo no Brasil e no mundo.

Concluída primeira etapa das obras de requalificação da Rua Grande, em São Luís do Maranhão

07:30 - 6 Janeiro, 2019
Concluída primeira etapa das obras de requalificação da Rua Grande, em São Luís do Maranhão, Vista aérea do Complexo Deodoro, em São Luís (MA). Foto: Meireles Jr.. Cortesia de Iphan
Vista aérea do Complexo Deodoro, em São Luís (MA). Foto: Meireles Jr.. Cortesia de Iphan

Um espaço público de qualidade, priorizando os pedestres, com urbanismo ordenado, e possibilitando às pessoas vontade de permanecer, usufruir e conviver. Essa foi a premissa que conduziu a primeira etapa das obras de requalificação urbana da Rua Grande, em São Luís, capita do estado do Maranhão, a partir da reestruturação de todo o Complexo Deodoro, que agora permite aos visitantes e moradores uma nova dimensão e percepção das Praças Deodoro e Panteon e das alamedas Silva Maia e Gomes de Castro.

Primeira rua completa de São Paulo tem 92% de aprovação

07:30 - 30 Dezembro, 2018
Primeira rua completa de São Paulo tem 92% de aprovação, Rua Joel Carlos Borges, em São Paulo. Foto: Pedro Mascaro/WRI Brasil
Rua Joel Carlos Borges, em São Paulo. Foto: Pedro Mascaro/WRI Brasil

A implementação de uma Rua Completa é uma conquista a ser celebrada em uma cidade. Um projeto que chega a se tornar realidade é uma indicação de que a mobilidade urbana da região está sendo pensada em prol do uso mais democrático do espaço e da segurança de todos os seus usuários. Mesmo assim, medir o impacto dessas intervenções é de vital importância para orientar futuras ações no local.

A primeira Rua Completa de São Paulo, a Rua Joel Carlos Borges, no Brooklin, passou por uma avaliação dois meses após sua implantação, a qual concluiu que 92% dos usuários da via aprovam o projeto e acreditam que as mudanças são benéficas.

5 Cidades mostram o que são transformações urbanas

07:30 - 15 Dezembro, 2018
5 Cidades mostram o que são transformações urbanas, Mercado de Durban, África do Sul. Fotografia de: mattk1979 on Foter.com / CC BY-SA
Mercado de Durban, África do Sul. Fotografia de: mattk1979 on Foter.com / CC BY-SA

A urbanização está mudando a cara do planeta – para o bem e para o mal.

Populações urbanas, produtos internos brutos e investimentos estão crescendo exponencialmente. Ao mesmo tempo, emissões de carbono estão aumentando, mais e mais pessoas estão vivendo em favelas e a poluição do ar é uma ameaça que cresce. Especialistas apontam para a necessidade de transformações urbanas, ainda que poucas pessoas tenham uma ideia concreta de como desencadear e manter tal mudança.

Primeiro lugar no concurso para o Parque Rumipamba em Pasto, Colômbia

19:00 - 11 Dezembro, 2018
Primeiro lugar no concurso para o Parque Rumipamba em Pasto, Colômbia, Perspectiva general. Image Cortesía de Taller Alterno
Perspectiva general. Image Cortesía de Taller Alterno

O escritório colombiano Taller Alterno em conjunto com Laura Flórez e Alexander Jiménez foram os vencedores do concurso ao Parque Rumipamba em Pasto, na Colômbia. Neste concurso, patrocinado pela Prefeitura de Pasto e a Sociedade Colombiana de Arquitetos Regional Nariño, a proposta "Rumipamba | Parque Botânico" foi premiada com o primeiro lugar, propondo um oásis verde no meio da capital de Nariño, para contribuir de forma positiva com o meio ambiente e oferecer um local de relaxamento aos cidadãos.

Germán Tamayo, um dos autores responsáveis pelo projeto, disse ao Diario del Sur: "Esta é uma proposta sóbria, com materiais simples e sustentáveis, onde queríamos relembrar o tema topográfico da cidade e trazê-lo ao parque, então propusemos espaços de convivência, ao encontro, para a realização de pequenos eventos e atividades de encontros".

Aula Aberta I Pós Geografia da Escola da Cidade recebe Susannah Drake, do DLANDstudio de NY

16:02 - 5 Dezembro, 2018
Aula Aberta I Pós Geografia da Escola da Cidade recebe Susannah Drake, do DLANDstudio de NY, Susannah Drake apresentará os trabalhos do DLANDstudio, empresa líder em projetos multidisciplinares, da qual é diretora e fundadora.
Susannah Drake apresentará os trabalhos do DLANDstudio, empresa líder em projetos multidisciplinares, da qual é diretora e fundadora.

PÓS “GEOGRAFIA, CIDADE E ARQUITETURA” DA ESCOLA DA CIDADE RECEBE SUSANNAH DRAKE DO DLANDstudio de NOVA YORK

3 Desafios para a mobilidade sustentável nas cidades brasileiras

07:00 - 17 Novembro, 2018
3 Desafios para a mobilidade sustentável nas cidades brasileiras, Acesso à estação do VLT, no Rio de Janeiro. Image © Mariana Gil/WRI Brasil
Acesso à estação do VLT, no Rio de Janeiro. Image © Mariana Gil/WRI Brasil

A Política Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU), a exigência dos planos de mobilidade, investimentos em infraestrutura cicloviária, sem falar nos serviços de nova mobilidade que a cada dia ainda ganham as ruas. Nos últimos anos, o setor passou por avanços incontestáveis, mas ainda são muitos os desafios.

Concurso para a Requalificação do Eixo Monumental de Maringá: confira o resultado

12:00 - 8 Novembro, 2018
Concurso para a Requalificação do Eixo Monumental de Maringá: confira o resultado, 1º lugar
1º lugar

O resultado oficial para o Concurso Nacional para Requalificação do Espaço Público do Eixo Monumental de Maringá foi divulgado. Trata-se de uma área central na cidade, compreendida entre a Praça da Catedral e o complexo esportivo da Vila Olímpica. O Eixo Monumental totaliza, aproximadamente, 169 mil m², e inclui jardins, áreas públicas, estacionamento de veículos e calçamento perimetral às fachadas. Por se tratar de uma área bastante grande, o projeto deveria ser apresentado em 7 trechos, para garantir a licitação e execução das obras por fases. O projeto vencedor foi elaborado pela equipe formada por Pedro Paes Lira, Manoela Muniz Machado, Julia Marini, Laura Figueiredo e Juliette Tellier, do escritório Natureza Urbana; com consultoria de paisagismo de Bianca Vasone, Gabriella Ornaghi e Lilian Dazzi; e de engenharia de Alexandre Horiye Ferreira e Felipe Macedo Barbosa.

A comissão julgadora, formada pelos arquitetos e urbanistas Haroldo Pinheiro, José Gilberto Purpur, Mario Figueroa, Orlando Busarello e Renato Leão Rego deliberou pelos seguintes vencedores: