Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Universidades

Universidades: O mais recente de arquitetura e notícia

As melhores faculdades do mundo para estudar arquitetura em 2019

A Quacquarelli Symonds (QS) divulgou seu ranking das melhores universidades do mundo para o estudo de Arquitetura em 2019, com base na reputação acadêmica, reputação dos empregadores e impacto em pesquisas.

Nesta edição, a Bartlett School of Architecture da UCL (University College London) foi nomeada a melhor universidade para estudar arquitetura, ocupando o lugar do MIT, que liderou o ranking nos últimos quatro anos.

Veja a seguir o ranking completo. 

As melhores universidades para estudar arquitetura na América Latina

A Quacquarelli Symonds (QS) apresentou a edição de 2019 de seu tradicional ranking das melhores universidades do mundo no campo da arquitetura. Este ano, a UCL (University College London) assumiu a liderança, posto ocupado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) dos Estados Unidos nas últimas quatro edições.

Na América Latina, instituições do Chile, Brasil e México ocupam as três primeiras posições, respectivamente. Veja as 10 melhores a seguir:

Equipe chilena vence o Concurso Alacero Internacional 2018

Com a proposta  'Máquina Fitorremediadora de Relave ,Minero', a equipe chilena ganhou o primeiro lugar do 11º Concurso Alacero de Projeto em Aço para estudantes de Arquitetura 2018 na Colômbia.

A equipe formada por alunos da Universidade Finis Terrae - Diego Concha, Tomás Aguirre e Trinidad Hermosilla - apresentou um projeto que busca "recuperar e reutilizar resíduos de mineração através do uso de plantas com alta resistência a minerais para a redução e futura mitigação dos riscos ambientais do terreno", segundo os autores explicam no memorial, cujos tutores foram os professores Andrés Echeverría e Cristián Lecaros.

Universidade brasileira lidera ranking dos melhores cursos de arquitetura da América Latina

Na última quarta-feira, 28 de fevereiro, a empresa de consultoria global Quacquarelli Symonds (QS) divulgou a edição de 2018 de seu tradicional ranking das melhores universidades do mundo. No campo da arquitetura o Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos, permaneceu em primeiro lugar pelo quarto ano consecutivo.

Se tomarmos apenas a América Latina, a lista apresenta algumas alterações em relação ao ano anterior, com uma universidade mexicana voltando ao grupo das 3 melhores, no entanto, em relação às instituições brasileiras, as mesmas quatro do ano passado - USP, UFRJ, Unicamp e UFRGS - figuram na lista.

Bee Breeders anuncia resultado de concurso para arquitetura em contêineres

Bee Breeders anunciou os vencedores do concurso Construction Container Facelift, para arquiteturas utilizando contêineres. O júri do concurso recebeu uma ampla gama de trabalhos, baseados em uma implementação realista de uma solução inovadora, mantendo a durabilidade e a funcionalidade inerentes aos contêineres de transporte, ao invés de alterá-los estritamente por estética.

6 Escritórios famosos são finalistas em concurso de projeto para Adelaide, Austrália

Equipes de seis escritórios foram selecionadas no Adelaide Contemporary International Design Competition, que busca criar um novo museu de arte contemporânea e um parque público de esculturas em um terreno importante perto da Universidade e do Jardim Botânico de Adelaide, na Austrália.

Selecionados de 107 equipes constituídas por mais de 500 escritórios individuais, as seis selecionadas foram escolhidas através da "excelente qualidade" de suas inscrições iniciais e das forças complementares de cada um dos membros da equipe.

"Esta é uma lista extraordinariamente rica de parcerias criativas diversas de arquitetos que procuram complementar seus talentos trabalhando com colegas e práticas talentosas menores. A decisão final foi muito exigente, mas estas são as equipes que nos convenceram pela excelente qualidade de suas propostas", disse Nick Mitzevich, diretor da Galeria de Arte da Austrália do Sul.

As seis equipes selecionadas são:

Bee Breeders anuncia vencedores do concurso Amber Road Trekking Cabins

Bee Breeders anunciou os vencedores do concurso Amber Road Trekking Cabins para a Costa do Báltico da Letônia. A competição buscou propostas para infraestruturas de baixo impacto, transitórias e habitáveis para apoiar uma rede de caminhadas planejada ao longo das vastas topografias da Costa do Báltico. Os projetos vencedores consideraram os vários elementos paisagísticos do terreno, incluindo pinheiros, dunas e praias de areia branca, respondendo aos requisitos programáticos - economia, construtibilidade, sensibilidade ambiental e função utilitária.

O concurso desencadeia coletivamente o reflexo da conservação ecológica e sua presciência na prática cultural e social contemporânea, servindo de alternativa econômica ao panorama comercializado e industrializado definitivo dos interesses globais do capital.

Segundo lugar. Cortesia de Bee Breeders Primeiro lugar. Cortesia de Bee Breeders Terceiro lugar. Cortesia de Bee Breeders Primeiro lugar. Cortesia de Bee Breeders + 28

Escola de Arquitetura de Paris lança concurso internacional para um Monumento ao Brexit

Como parte do tema de pesquisa do ano 2017/18 da Escola de Arquitetura de Paris, que está discutindo as implicações infraestruturais da saída do Reino Unido da União Européia, a instituição lançou um concurso internacional de arquitetura chamado Brexit Monuments.

Studio Gang e nAOM selecionados como finalistas para redesenhar a Torre Montparnasse em Paris

Studio Gang e nAOM (Franklin Azzi Architecture / Chartier Dalix / Hardel-Lebihan Architectes) foram selecionados como as duas equipes finalistas que competem pelo redesenho da infame Torre Montparnasse de Paris, superando uma lista de estrelas que incluiu OMA, MAD Architects (China) + DGLA (França), Architecture Studio, Dominique Perrault Architecture, e PLP Architecture.

O concurso pediu às equipes que enviassem uma proposta para a torre que "não só cria uma identidade nova poderosa, dinâmica e arrojada para a Torre Montparnasse, mas também aborda todos os desafios envolvidos em termos de acessibilidade, conforto e desempenho energético dos usuários".

10 conselhos para arquitetos procrastinadores

Ver memes de gatos. Revisar se há algo novo na geladeira a cada dez minutos. Distribuir obsessivamente os livros sobre a mesa. Renomear as pastas do computador. Enfim, qualquer atividade irrelevante para evitar começar sua leitura, ensaio, maquete, projeto. Procrastinar agora, sofrer depois. Que sua versão do futuro se encarregue disso!

Ao entrarmos em longos e extenuantes projetos, é provável que todos já tenhamos caído na procrastinação para evitar nossas próximas tarefas. Não somente pular olimpicamente aquelas metas exigidas no escritório e na universidade, mas também aquelas pessoais que resultariam fundamentais para nos sentirmos realizados como seres humanos. Hoje, baseados em nossas próprias experiências e a opinião de especialistas, apresentamos 10 conselhos para arquitetos procrastinadores, esperando que vocês não estejam procrastinando ao ler esse artigo.

Equipe de jovens arquitetos supera BIG e SANAA em concurso para Escola de Arquitetura em Aarhus

Competindo contra uma lista de arquitetos aclamados internacionalmente, a equipe liderada pelo escritório recém-criado Vargo Nielsen Palle (em colaboração com ADEPT e Rolvung & Brøndsted Arkitekter) foi selecionado como vencedora do concurso NEW AARCH, que buscava projetos para diversas construções novas para a Escola de Arquitetura em Aarhus e o desenvolvimento da área circundante em Aarhus conhecida como Godsbanearealerne.

O concurso fechado consistiu em três escritórios convidados - BIG, SANAA e Lacaton & Vassal - e os três vencedores do concurso aberto preliminar anterior, Vargo Nielsen Palle, Erik Giudice Architects e ALL (Atelier Lorentzen Langkilde). A proposta de Vargo Nielsen Palle foi escolhida como vencedora unânime.

© Vargo Nielsen Palle, ADEPT e Rolvung & Brøndsted Arkitekter © Vargo Nielsen Palle, ADEPT e Rolvung & Brøndsted Arkitekter © Vargo Nielsen Palle, ADEPT e Rolvung & Brøndsted Arkitekter © Vargo Nielsen Palle, ADEPT e Rolvung & Brøndsted Arkitekter + 19

Estudar Arquitetura não é como o Uber ou o Netflix

Tenho dado aulas nos últimos dez anos e tenho visto com espanto como os estudantes universitários de arquitetura estão cada vez mais convencidos de que a Faculdade de Arquitetura é como o Uber ou o Netflix.

Acostumaram-se a escolher, rejeitar e evadir, apenas deslizando um dedo para o lado. Se você não gostam do escritório, podem deslizar algo mágico e passar ao seguinte. Como quando pedem um Uber e cancelam a viagem se não gostam do carro ou do rosto de quem irá recebê-los na porta. Creem que se os professores não os qualificam como esperam, eles podem dar uma ou duas estrelas na avaliação e a universidade lhes devolverá sua mensalidade. Nada do encontro de ideias e aprendizagem progressiva que significa a universidade. Pagam (ou seus pais) por um serviço, como uma assinatura do Netflix ou uma casa no Airbnb.

Anunciados os vencedores de concurso para Arquitetura em Realidade Virtual

Bee Breeders anunciou os vencedores de seu concurso Archhive: Arquitetura em Realidade Virtual, que pedia aos participantes para projetarem uma galeria virtual de exposições para mostrar os futuros vencedores do concurso Bee Breeders. Nesta galeria virtual, os visitantes seriam capazes de "andar" ao redor e explorar o trabalho de vencedores selecionados e contribuintes convidados.

Os três vencedores do concurso Archhive: Architecture in Virtual Reality foram:

Primeiro lugar: Archhive: Architecture in Virtual Reality / Boris Hilderal; França. Cortesia de Bee Breeders Segundo lugar: On the Bottom of the Top / Alžbeta Krbylová and Juraj Horňák; Academy of Fine Arts and Design in Bratislava. Cortesia de Bee Breeders Terceiro lugar: The Infinite Gallery / Paolo Antonio Zurk Castillo; Universidad de los Andes. Cortesia de Bee Breeders Segundo lugar: On the Bottom of the Top / Alžbeta Krbylová and Juraj Horňák; Academy of Fine Arts and Design in Bratislava. Cortesia de Bee Breeders + 44

Uma Eco-Vila para crianças órfãs do Quênia - Anunciados os vencedores do concurso

A One Heart Foundation anunciou os vencedores do Concurso de Projeto para uma Eco-Vila para Crianças. Atraindo 45 submissões de 21 países, o edital pediu aos participantes que propusessem um campus ecológico para crianças órfãs e abandonadas, a ser construído em Soy, Quênia.

Pátio do Escola. Cortesia de ClarkeHopkinsClarke Aproximação da escola. Cortesia de ClarkeHopkinsClarke Entrada da via principal. Cortesia de ClarkeHopkinsClarke Geração de renda com a fazenda. Cortesia de ClarkeHopkinsClarke + 23

Resultado de concurso para conversão de um silo de grãos em um Museu de Arte na Noruega

Os vencedores do concurso Kunstsilo (Art Silo), cuja proposta era converter um silo de grãos de 1935 situado ao lado do porto de Kristiansand, na Noruega, foram anunciados. MESTRES WÅGE ARQUITECTES and MX_SI ARCHITECTURAL STUDIO, uma equipe de Barcelona, recebeu o primeiro lugar no concurso com o seu conceito SILOSAMLINGEN ("A Coleção do Silo") que, de acordo com o júri, "demonstra uma combinação clara de autoconfiança arquitetônica e respeito pela construção do silo e seu programa recém-atribuído".

Cortesia de X + I ARCHITECTURE Cortesia de Galmstrup LTD Cortesia de NA TO WA Architects and Austigard Arkitektur AS Proposta ganhadora por MESTRES WÅGE ARQUITECTES e MX_SI ARCHITECTURAL STUDIO. Image Courtesy of Kunstsilo + 8

Is Arch divulga vencedores de concurso para estudantes de Arquitetura

Is ARCH anunciou os vencedores da sétima edição do ISArch Awards, um concurso de premiação internacional para estudantes de arquitetura. Em um esforço para oferecer aos alunos uma "porta de entrada ao mundo profissional e corporativo", o concurso exige que os alunos se envolvam no diálogo e debate no âmbito de seus estudos universitários.

Os três vencedores do sétimo IsArch Awards são:

Anunciados os vencedores do concurso para Cemitério Vertical em Tóquio

O instituto de pesquisa arquitetônica arch out loud anunciou os vencedores do concurso internacional e aberto para um Cemitério Vertical em Tóquio, que buscava soluções para a crescente questão dos sepultamentos na cidade de Tóquio.

Sediado no distrito de Shinjuku, em Tóquio, o concurso desafiou arquitetos e designers a desenvolverem propostas para um cemitério vertical que explorasse a relação entre a vida e a morte na cidade, levando em conta a identidade cultural que está ligada à morte.

Das 460 propostas que representam 54 países e seis continentes, um vencedor e três finalistas foram selecionados por um júri, que incluiu David Adjaye, Tom Wiscombe, Alison Killing e outros mais.

Os vencedores do concurso foram:

Cruz del Campo: uma alternativa patrimonial para reverter um megaprojeto urbano em Sevilha

A fotografia publicada é forte: Guillermo Vázquez Consuegra, Jean Nouvel, Norman Foster e Arata Isozaki posam em uma sacada, junto com o prefeito de Sevilha e o presidente do grupo hoteleiro Urvasco, todos preparados para anunciar um ambicioso projeto nos terrenos da Cruz del Campo. São 1.963 apartamentos em blocos de 14 a 16 pavimentos, um hotel de luxo, um museu da cerveja e um parque com um investimento de 750 milhões de euros. A fotografia é de 2006, um ano antes da crise econômica espanhola. Como é de se imaginar, o projeto não deu em nada.

Na metade deste ano, o Prêmio Rafael Manzano Martos reuniu na sua escola de verão alunos e professores de diferentes universidades espanholas e norte-americanas para trabalhar em uma proposta urbana alternativa para a Cruz del Campo. Como explicam os organizadores, é "um importante marco na paisagem sevilhana, mas seu entorno foi se degradando a medida que péssimas intervenções urbanas foram acontecendo. Com a demolição de boa parte do complexo Cruzcampo, apresentam-se duas alternativas: tentar reverter este processo ou continuar remexendo a ferida".

Croquis. Image Cortesía de Premio Rafael Manzano Martos Corte/Sección Corte/Sección Corte/Sección + 22