1. ArchDaily
  2. Projeto

Projeto: O mais recente de arquitetura e notícia

VI edição da Bienal José Lutzenberger: Concurso Latino-Americano para um ambiente construído mais sustentável

Nesta edição o tema do concurso é “Comunidade solidária: uma abordagem sistêmica”. O concurso contempla duas categorias de participantes: estudantes e profissionais.

Veja mais em http://www.unisinos.br/eventos/encontro-latino-americano-e-europeu-sobre-edificacoes-e-comunidades-exelecs

Primeiras Aulas - O Projeto da Cidade Contemporânea

PRIMEIRAS AULAS

Para celebrar os 40 anos da Unesp, o Departamento de Arquitetura, Urbanismo e Paisagismo e o Departamento de Ciências Humanas da FAAC – Unesp Bauru propõem uma série de "Primeiras Aulas" Públicas mensais, com grandes Mestres que ajudaram a construir e consolidar direta e/ou indiretamente um itinerário de pesquisa.
As próximas Primeiras Aulas tem como pauta “O Projeto da Cidade Contemporânea”:

- No dia 03 de março a Profa. Dra. Beatriz Kühl abordará sobre “O papel Patrimônio Arquitetônico no Projeto da Cidade Contemporânea”.


- No dia 17 de março o Prof. Dr. Fernando de Mello Franco falará

World Trade Center Transportation Hub de Calatrava redesenhado na forma de animais ou objetos

Este artigo foi originalmente publicado pela Metropolis Magazine como "Seeing the Animal Kingdom in Calatrava's Oculus".

Desde sua inauguração em março deste ano, o World Trade Center Transportation Hub de Santiago Calatrava foi severamente criticado por seu orçamento estratosférico (quase US$ 4 bilhões para ser construído). Mas para além dos números, há algo cativante na forma desse projeto. Como a maioria das obras de Calatrava, a estrutura convida a interpretações visuais -- espinha de peixe ou asas de um pássaro, um dinossauro ou um ouriço. O designer e ilustrador Chanel Dehond divaga sobre isso com os desenhos mostrados a seguir.

A construção da "Cadeira Shell" de Charles e Ray Eames em 12 GIFs

“O papel do designer é o de um bom anfitrião, reflexivo, capaz de antecipar-se às necessidades dos seus hóspedes”. Charles Eames.

Herman Miller é uma empresa de design e fabricação de móveis que, além de produzir objetos contemporâneos, mantem uma estreita relação com o desenho de peças clássicas. Neste caso em particular, sua relação com Charles e Ray Eames começa na década de 1940, ao desenvolver em conjunto suas cadeiras de madeira compensada moldada e sua clássica espreguiçadeira lounge.

Após uma longa pesquisa explorando a curvatura da madeira compensada e a construção de formas orgânicas com base nas novas tecnologias e materiais, o casal de arquitetos desenvolveu a Cadeira Shell, um ícone do design que é fabricado em série até os dias de hoje. Confira seu processo construtivo a seguir.

Esse novo aplicativo de desenho mostra como os softwares irão salvar os croquis e não destrui-los

O Mental Canvas não é o primeiro software que tenta salvar o ato de fazer croquis - vimos ferramentas 3D de "esboço", como o SketchUp, bem como aplicativos que simplesmente simulam esboços em papel, como a popular variedade de aplicativos de esboço da Morpholio. Mas o que torna o Mental Canvas revolucionário é que você tem a capacidade de esboçar livremente em um espaço tridimensional sem as restrições da modelagem CAD tradicional; É o que Julie Dorsey, fundadora da Mental Canvas, chama de "mídia gráfica"; não totalmente plana, mas não completamente 3D. O software será lançado ainda este ano nos dispositivos Microsoft Surface, incluindo o recentemente anunciado Surface Studio, trabalhando com o hardware dos computadores Surface e o Surface Dial para fornecer uma experiência natural de esboço em uma tela virtual.

Cortesia de Mental CanvasCortesia de Mental CanvasCortesia de Mental CanvasCortesia de Mental Canvas+ 10

CBCA leva Road Show a Curitiba.

O Road Show “Estruturas Metálicas – Do Projeto à Execução” tem a terceira edição de 2016 confirmada. No dia 09 de novembro, o evento promovido pelo Centro Brasileiro da Construção em Aço (CBCA) e com participação da Associação Brasileira da Construção Metálica (ABCEM) será realizado no Radisson Hotel Curitiba, na mesma cidade, a partir das 18h30. Os interessados deverão realizar a inscrição com valor de R$ 20 através do link http://bit.ly/2dc1jaA, até o dia 04/11.
Esta edição contará com as palestras “Concepção e Viabilidade”, com o arquiteto Marcelo Consiglio Barbosa; “Executando o Empreendimento em Aço” com o engenheiro Rafael

Chamada para Concurso de Arquitetura de Interiores para o Espaço do Arquiteto do CAU/RS

As inscrições para o Concurso Público Nacional de Arquitetura de Interiores do Espaço do Arquiteto – CAU/RS estão abertas até o dia 06 de setembro.

O objeto do Concurso é a apresentação, por parte dos inscritos, de ESTUDO PRELIMINAR de Arquitetura de Interiores e Complementares para o Espaço do Arquiteto - CAU/RS, em imóvel de propriedade deste Conselho em Porto Alegre, RS.

7 dicas de como usar GIFs animados em apresentações de projeto

Introduzir movimento em desenhos e diagramas é um excelente modo de mostrar o desenvolvimento e progresso das ideias fundamentais de um projeto. GIFs animados podem, portanto, ser ferramentas úteis para melhorar suas apresentações, explicando rapidamente uma grande quantidade de informações.

Quando se trata de desenhos de arquitetura, é fundamental compreender quais informações precisam ser destacadas e qual a melhor forma de fazer isso, eliminando o excesso de dados e focando nos aspectos principais. Com isto em mente, apresentamos a seguir 7 diferentes tipos de GIFs animados que mostram o melhor dos projetos que representam. 

'Não, não e mil vezes não': divagações em torno da liberdade na arquitetura

Apareceu esta imagem no meu facebook

Seria genial se fosse uma paródia, mas temo que quem a fez não estava brincando. Ou seja, é alguém que crê que, na arquitetura, os clientes tiram-nos liberdade.

O quê?

São tantos argumentos que esmagam essa ideia que escrevê-los é quase banal. Redundante. Óbvio. Mas, por outro lado, se ainda há alguém que possa acreditar nisso, talvez não seja demais contestá-lo.

Vou utilizar três palavras: liberdade, projeto e clientes; e um conceito: nós. E vou pedir ajuda para alguns grandes nomes da arquitetura, somente para enfatizá-los.

O que é a liberdade na arquitetura?

WORKSHOP #1 LAB.PREFAB

O Workshop é destinado a estudantes de arquitetura, arquitetos e demais interessados. O programa do LAB.PREFAB está dividido em 4 momentos: Atelier, Fábrica, Exposição e Instalação.

O Atelier de projetos se destina às apresentações e conferências introdutórias, seguida de um workshop de projeto em dinâmica de grupo. Cada grupo investigará uma proposta sobre mesma base de dados. Será fornecido material para confecção de maquetes na escala 1:20.

A visita à Fábrica da Crosslam, em Suzano-SP, tem como objetivo conhecer todo o processo de fabricação do CLT com apresentação técnica e prática. Na oportunidade faremos ensaios de corte e fixação de peças em

Como o pintor Ben Johnson torna a representação arquitetônica tão real?

Ben Johnson é um pintor preocupado com o realismo - especialmente quando trata-se da representação bidimensional do espaço arquitetônico. O artista britânico trabalha em Londres desde a década de 1960. Neste tempo, sua extensa obra abordou paisagens urbanas, estampas e representações de ambientes desenhados por Norman Foster, John Pawson, IM Pei, David Chipperfield.

'Room of the Niobids II' (2011, acrylic on canvas, 71 x 99in / 180 x 252cm): depiction of the Neues Museum (Berlin) by David Chipperfield Architects & Julian Harrap. Image © Ben Johnson'Fatherland Room' (2014, acrylic on canvas, 71 x 93in / 180 x 237cm): depiction of the Neues Museum (Berlin) by David Chipperfield Architects & Julian Harrap. Image © Ben Johnson'Roman Room' (2014, acrylic on canvas, 71 x 93in / 180 x 237cm): depiction of the Neues Museum (Berlin) by David Chipperfield Architects & Julian Harrap. Image © Ben Johnson'Room of the Niobids' (2011, acrylic on canvas, 71 x 99in / 180 x 252cm): depiction of the Neues Museum (Berlin) by David Chipperfield Architects & Julian Harrap. Image © Ben Johnson+ 19

Os melhores desenhos arquitetônicos de 2015

Croqui
Croqui

A representação arquitetônica, tal como a conhecemos hoje, decorre de representação esquemática greco-romana, que foi baseada na observação cuidadosa das formas naturais. O tamanho aparente da composição é determinado pela sua proximidade em relação à cena representada, organizada num contexto de paisagem. Desde então, muitos tipos diferentes de representação têm surgido, a fim de destacar elementos importantes em seu contexto através de técnicas do desenho feito a mão.

Acreditamos que grandes projetos deveriam se expressar por si mesmos. A representação arquitetônica tem um papel fundamental em como um projeto é visto pelo público.

Hoje, o ArchDaily Brasil reconhece os mais incríveis, originais e auto-explicativos desenhos de  2015 com o uso de diferentes técnicas, dos croquis à detalhes axonométricos perfeitamente desenhados e gifs animados.

Saiba mais, a seguir.

Projetos internacionais mais populares de 2015

Após apresentar os projetos brasileiros e portugueses mais vistos de 2015, destacamos agora todos os projetos internacionais mais visitados durante este ano. A lista contém obras de todos os continentes - passando pelos países: África do Sul, Argentina, Austrália, Bangladesh, Chile, Dinamarca, Equador, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Hong Kong, Japão, Malásia, México, Nova Zelândia, Peru, República Tcheca, Uruguai e Vietnã - e em sua grande maioria elas apresentam um programa residencial, assim como nas outras listas.

Chamada de propostas para o concurso "Drawing of the Year 2015"

A Aarhus School of Architecture, o escritório schmidt hammer lassen architects, o website VOLA e a Danish Arts Foundation anunciaram um concurso colaborativo intitulado Drawing of the Year 2015, que convida estudantes a enviarem desenhos imaginativos num esforço de "celebrar a ferramenta mais antiga dos arquitetos".

Joaquim Guedes: Depoimento

Procurei saber o que queria dizer a palavra "depoimento", e a versão do dicionário é muito estranha: "é um testemunho num processo judiciário". É bem estranha a nossa situação.

Sinto-me pouco à vontade para participar de um julgamento da arquitetura brasileira, destes últimos 15 ou 20 anos. Trago de minha experiência vivida dentro dela algumas impressões, algumas ideias que, mesmo que não abranjam muita coisa, talvez possam servir de base para o nosso diálogo.

Desenho à mão vs. ferramentas digitais: a opinião de nossos leitores

Muitos debates fazem parte do mundo da arquitetura e eventualmente ocupam lugar de destaque nos meios de comunicação, como por exemplo o papel das mulheres na profissão ou as longas jornadas de projeto nas universidades. Entretanto, uma das discussões mais persistentes entre arquitetos - principalmente dentre das academias - é a batalha entre desenho à mão e o uso de softwares digitais.

Há algumas semanas publicamos uma matéria que lançava luz sobre essa discussão e convidava nossos leitores a deixarem suas opiniões sobre o tema numa tentativa de abordar o tópico a partir de diferentes pontos de vista.

Instituição Arquitetônica: Escrito-Leitura 12 / Juan Borchers

1

Este escrito-leitura será breve, será denso e ralo. Esta afirmação: se considero o caso de um projeto “abstrato” ei de podê-lo excisar numa hipótese e numa tese; onde a ´tese’ é um condição NECESSÁRIA para que se verifique a ‘hipótese’. Tal que um projeto abstrato não há de expressar nenhum pensamento. O pretendê-lo conduz a uma ALEGORIA e é pelo que os projetos das escolas de arquitetura não passam de vagas alegorias sem interesse real por pretendê-lo.
Um projeto “abstrato”, como um espelho deve refletir a arquitetura transcendentalmente; é o que chamarei qualidade universitária.

Tanto Mar: Arquitetos portugueses atuando no exterior

Apresentamos a seguir a iniciativa Tanto Mar, um espaço de registro de trabalhos de arquitetos portugueses fora de Portugal que, com intervenções no ambiente construído, procuram ter uma atitude transformadora a partir das questões sociais que se colocam no momento e espaço em que são construídas. Praticamente desconhecidos em Portugal e dispersos por todo o mundo, estes criadores portugueses, que operam no centro das grandes questões que o presente nos coloca, só constituirão uma massa crítica útil ao país se o seu trabalho for registado, reconhecido e discutido também em Portugal.

O texto abaixo, escrito coletivamente pelo Ateliermob, fez parte da exposição de projetos organizada pelo Tanto Mar. Após o encerramento da exposição, no dia 20 de julho deste ano, o conteúdo exposto foi transferido para a plataforma online do Tanto Mar.

Leia a seguir o relato de todo esse processo ilustrado pelas fotografias de Fernando Guerra.