O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Espaco Publico

Espaco Publico: O mais recente de arquitetura e notícia

As mortes no trânsito não estão diminuindo: ruas completas podem ajudar

07:30 - 24 Fevereiro, 2019
As mortes no trânsito não estão diminuindo: ruas completas podem ajudar, Rua Joel Carlos Borges, em São Paulo. Foto: Pedro Mascaro/WRI Brasil
Rua Joel Carlos Borges, em São Paulo. Foto: Pedro Mascaro/WRI Brasil

O mais recente Relatório de Status Global sobre Segurança no Trânsitoda Organização Mundial da Saúde (OMS), mostrou que nos últimos 15 anos a taxa de mortalidade no trânsito se manteve estável em relação ao tamanho da população mundial. O fato dos números não terem aumentado pode até soar positivo, mas é preciso lembrar que estamos falando da morte de 1,35 milhão de pessoas ao ano, além de 50 milhões de feridos.

Mirante das Mangabeiras / Grupo Arquitetos e Urbanistas

10:00 - 23 Fevereiro, 2019
Mirante das Mangabeiras / Grupo Arquitetos e Urbanistas, © Ivan Araujo
© Ivan Araujo

© Ivan Araujo © Ivan Araujo © Ivan Araujo © Ivan Araujo + 11

  • Arquitetos

  • Localização

    Rua Pedro José Pardo, 1000 - Mangabeiras, Brasil
  • Arquitetos Responsáveis

    João Fernandes Júnior / Rodrigo Malheiros Cerqueira
  • Parceria

    CGP Consultoria
  • Colaboração

    Fundação de Parques Municipais de Belo Horizonte
  • Área

    5000.0 m2
  • Ano do projeto

    2012
  • Fotografias

Prefeitura de São Paulo transformará Minhocão em parque elevado - e isso é bom?

11:00 - 22 Fevereiro, 2019
Prefeitura de São Paulo transformará Minhocão em parque elevado - e isso é bom?, Desenho do parque elevado no Minhocão. Imagem: Prefeitura de São Paulo
Desenho do parque elevado no Minhocão. Imagem: Prefeitura de São Paulo

O longo debate sobre o destino do Elevado João Goulart, famoso Minhocão, que corta o centro de São Paulo em direção à Zona Oeste da cidade, finalmente chegou a um fim. O atual prefeito Bruno Covas decidiu transformar a enorme estrutura em um parque elevado, à imagem e semelhança de vários outros no mundo que seguiram o exemplo do High Line em Nova Iorque.

Calçadas que geram energia através dos passos

11:00 - 21 Fevereiro, 2019
Calçadas que geram energia através dos passos, Cortesia de Pavegen
Cortesia de Pavegen

Sol e vento vêm à nossa cabeça rapidamente quando pensamos em energias provindas de fontes renováveis. Descentralizar a produção de energia elétrica de grandes usinas é algo que tem movido engenheiros e inventores por todo o mundo. Mas pensar em transformar a energia mecânica do caminhar das pessoas em energia elétrica é algo que sai um pouco do senso comum. A tecnologia foi desenvolvida pelo fundador da Pavegen, Laurence Kemball-Cook, através de uma plataforma que se mescla ao passeio, desenvolvendo um produto que converte os passos em energia elétrica, mas que também pode gerar dados e até recompensas. Mas antes de sair por aí se sentindo o Michael Jackson em Billie Jean, entenda melhor como esse sistema funciona.

Cortesia de Pavegen Cortesia de Pavegen Cortesia de Pavegen Cortesia de Pavegen + 9

Guia de projeto para paraciclos e bicicletários

11:00 - 11 Fevereiro, 2019
Guia de projeto para paraciclos e bicicletários, © Eduardo Souza
© Eduardo Souza

Estudos mostram que o investimento público em redes cicloviárias integradas e seguras promove transformações urbanas, proporcionando mais humanidade, saúde e qualidade de vida na cidade. Enquanto cidades na Holanda e nos países nórdicos já incorporaram as bicicletas no cotidiano, com uma parcela significativa da população utilizando o meio de transporte para os deslocamentos diários, grande parte do mundo ainda vem buscando um modelo para diminuir os congestionamentos e aumentar seu uso. Segundo o ITDP (Institute for Transportation and Development Policy), investir no transporte não motorizado permite a redução dos congestionamentos, melhora a qualidade do ar, a saúde física e mental dos moradores, e ainda o comércio local e a visibilidade das marcas, uma vez que ciclistas tendem a prestar mais atenção ao comércio local e ocupam menos espaço do que os automóveis.

Mas junto às ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas, é imprescindível proporcionar locais adequados para que as bicicletas possam ser estacionadas nos finais dos percursos. Enquanto os bicicletários são espaços fechados, geralmente com algum tipo de vigilância e infraestrutura adicional, os paraciclos são as estruturas que permitem apoiar e trancar a bicicleta de forma segura. Eles podem se integrar no mobiliário urbano de uma cidade, junto a bancos, placas, luminárias e totens informativos.

Cortesia de BKT mobiliario urbano Cortesia de BKT mobiliario urbano Cortesia de BKT mobiliario urbano Cortesia de BKT mobiliario urbano + 24

a+t 51 ACTIVATORS: estratégias de ativação do espaço público

18:00 - 22 Janeiro, 2019
a+t 51 ACTIVATORS: estratégias de ativação do espaço público, Cortesia de a+t architecture publishers
Cortesia de a+t architecture publishers

A editora a+t retoma a série STRATEGY, iniciada em 2010 com o objetivo de destacar e analisar as estratégias e ações presentes em alguns projetos que abordam os espaços públicos.

Arquitetura, pedagogia e um projeto de país: o Sistema S

07:30 - 22 Janeiro, 2019
Arquitetura, pedagogia e um projeto de país: o Sistema S, SESC Pompéia / Lina Bo Bardi. Imagem © Flagrante / Romullo Fontenelle
SESC Pompéia / Lina Bo Bardi. Imagem © Flagrante / Romullo Fontenelle

Muito tem se falado desde que o novo ministro da economia, Paulo Guedes, afirmou que é preciso “meter a faca” no Sistema S, entretanto, as discussões se concentraram nas questões e aspectos financeiros do sistema. Para compreender a relevância do Sistema S - que tem no SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), SESC (Serviço Social do Comércio), SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), SESI (Serviço Social da Indústria) e SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), seu carro chefe - para a sociedade brasileira, parece mais significativo conhecer as motivações originais do sistema de ensino profissionalizante, o projeto pedagógico e político por trás de sua criação, a importância da arquitetura de suas unidades para alcançar os objetivos pretendidos e a sua relevância ainda atual no campo da educação e cultura.

Prefeitura de São Paulo retoma concessão do Ibirapuera para iniciativa privada

15:00 - 10 Janeiro, 2019
Prefeitura de São Paulo retoma concessão do Ibirapuera para iniciativa privada, Auditório Oscar Niemeyer, no Parque Ibirapuera. Imagem © Matheus Pereira
Auditório Oscar Niemeyer, no Parque Ibirapuera. Imagem © Matheus Pereira

A Prefeitura de São Paulo retomou esta semana o edital de concessão de seis parques públicos à iniciativa privada. Suspenso desde julho do ano passado devido à divergências com o governo estadual, o projeto foi retomado pelo atual prefeito Bruno Covas, do PSDB.

Além do Ibirapuera, maior parque da cidade, com 158 hectares, o edital compreende também a concessão dos parques Lajeado (zona leste), Eucaliptos (zona sul), Jacintho Alberto (zona norte), Tenente Brigadeiro Faria Lima (zona sul) e Jardim Felicidade (zona norte).

Duas obras de arte de realidade aumentada ocupam o espaço público de Los Angeles

15:00 - 18 Dezembro, 2018
Duas obras de arte de realidade aumentada ocupam o espaço público de Los Angeles, © 4thwallapp [Instagram]. ImageCurative Mouth / Carolina Caycedo
© 4thwallapp [Instagram]. ImageCurative Mouth / Carolina Caycedo

As artistas colombianas Carolina Caycedo e Gala Porras-Kim chegam ao solo dos Estados Unidos com duas intervenções artísticas por meio de realidade aumentada. Os projetos buscam transmitir problemáticas sociais, econômicas e meio ambientais com obras em realidade aumentada.

Trata-se do projeto “Defining line” (Definindo a linha), o qual combina as vantagens e o alcance da tecnologia ao propor um aplicativo móvel que, de forma gratuita, consegue ser democrático e aproximar-se virtualmente as pessoas das obras de arte. 

Primeiro lugar no concurso para o Parque Rumipamba em Pasto, Colômbia

19:00 - 11 Dezembro, 2018
Primeiro lugar no concurso para o Parque Rumipamba em Pasto, Colômbia, Perspectiva general. Image Cortesía de Taller Alterno
Perspectiva general. Image Cortesía de Taller Alterno

O escritório colombiano Taller Alterno em conjunto com Laura Flórez e Alexander Jiménez foram os vencedores do concurso ao Parque Rumipamba em Pasto, na Colômbia. Neste concurso, patrocinado pela Prefeitura de Pasto e a Sociedade Colombiana de Arquitetos Regional Nariño, a proposta "Rumipamba | Parque Botânico" foi premiada com o primeiro lugar, propondo um oásis verde no meio da capital de Nariño, para contribuir de forma positiva com o meio ambiente e oferecer um local de relaxamento aos cidadãos.

Germán Tamayo, um dos autores responsáveis pelo projeto, disse ao Diario del Sur: "Esta é uma proposta sóbria, com materiais simples e sustentáveis, onde queríamos relembrar o tema topográfico da cidade e trazê-lo ao parque, então propusemos espaços de convivência, ao encontro, para a realização de pequenos eventos e atividades de encontros".

O futebol de várzea em São Paulo e o direito à cidade

07:00 - 8 Dezembro, 2018
O futebol de várzea em São Paulo e o direito à cidade, O fotógrafo Renato Stockler documentou em fotografias aéreas os terrões de futebol. Image © Renato Stockler
O fotógrafo Renato Stockler documentou em fotografias aéreas os terrões de futebol. Image © Renato Stockler

Era uma cidade de rios indomáveis: eles irrompiam sazonalmente sobre as margens, moldando férteis e úmidas várzeas. Quando o rio baixava, a terra era rija o suficiente para que uma bola rolasse e muitos pés corressem atrás dela. Foi em uma São Paulo sem rios enterrados sob fatias tristes de concreto que emergiu o futebol de várzea.

Recuperar a história do futebol de várzea em São Paulo é entender a formação da cidade em torno de rios imponentes como o Tietê. No início do século XX, populações imigrantes e de afro-brasileiros e negros recém libertos ocuparam esses territórios e originaram bairros como a Barra Funda, na região oeste da capital. Mais do que uma prática amadora desportiva, essa modalidade se consolidou enquanto símbolo de organização social e luta pelo direito à cidade, em uma época onde a capital paulista começava a ser disputada espacialmente e a sofrer com a gentrificação.

Por que a arquitetura pode ser o melhor investimento para a segurança nos espaços públicos?

15:00 - 26 Novembro, 2018
Por que a arquitetura pode ser o melhor investimento para a segurança nos espaços públicos?, © Rodrigo Tagle
© Rodrigo Tagle

Cortesía de Fundación Mi Parque Cortesía de Fundación Mi Parque Cortesía de Fundación Mi Parque Cortesía de Fundación Mi Parque + 20

A arquitetura é poderosa, e assim como a energia nuclear, ela depende da forma como é utilizada. Pode criar cidades inabitáveis, mas também pode criar cidades mais seguras e melhorar nossa qualidade de vida.

Em diversos exemplos, o desenho urbano forneceu uma resposta aos espaços públicos deteriorados ou abandonados, o que não só evidencia o quanto a organização e a iluminação são imprescindíveis, mas também permite considerar os usuários e gerar espaços para o encontro.

Pavel Hnilicka Architekti é selecionado para transformar a Praça da Vitória em Praga

15:00 - 23 Novembro, 2018
Pavel Hnilicka Architekti é selecionado para transformar a Praça da Vitória em Praga, © Pavel Hnilicka Architekti
© Pavel Hnilicka Architekti

O escritório Pavel Hnilicka Architekti foi anunciado como vencedor de um concurso internacional para projetar a transformação da Praça da Vitória em Praga. Liderado por Pavel Hnilička, Eva Macáková e Josef Filip, o projeto vencedor procura desviar todo o tráfego existente para longe da praça, transformando o espaço em um monumento para as pessoas.

A proposta prevê a remoção dos trilhos de bonde da praça, que serão realocados para o limite oeste e para a rua Evropská. Embora a ideia seja acabar com a circulação de automóveis na praça, o novo plano de tráfego acomodará mais carros do que o desenho existente, ao passo que o centro da rotatória existente se tornará um “espaço funcional para uso universal”.

© Pavel Hnilicka Architekti © Pavel Hnilicka Architekti © Pavel Hnilicka Architekti © Pavel Hnilicka Architekti + 10

13 Projetos que celebram o espaço da democracia

07:00 - 2 Novembro, 2018
13 Projetos que celebram o espaço da democracia, São Paulo, Vão Livre do MASP. 2014. Image © Mauro Restiffe. Cortesia de Instituto Moreira Salles
São Paulo, Vão Livre do MASP. 2014. Image © Mauro Restiffe. Cortesia de Instituto Moreira Salles

Nos últimos anos, vários movimentos Brasil afora e em diversos países fizeram grande serviço à sociedade reiterando a necessidade de ocupar os espaços públicos das cidades de forma a reivindicar qualidade e liberdade de uso para os bens coletivos. Como exemplo, temos no Brasil o Movimento Ocupe Estelita no Recife que, por meio de uma luta frente à crescente especulação imobiliária na região, confrontou as intenções mercadológicas do desenho urbano agressivo nas margens do Capibaribe. Foi a partir de alguns casos como esse que, em entrevista à organização Fora, o professor, crítico e curador Guilherme Wisnik tratou da questão do espaço público enquanto espaço de conflito.

Parlamento Cidadão

14:00 - 3 Outubro, 2018
Parlamento Cidadão, Cuadernos del Sol, ilustrações de Enrique Flores
Cuadernos del Sol, ilustrações de Enrique Flores

O Campo de Cebada se tornou uma das principais referências em autogestão e construção coletiva de espaços públicos, em estreita relação com as acampadas espanholas de 2011. Neste artigo, o coletivo de arquitetura Zuloark reflete sobre os princípios que foram importantes para que o experimento funcionasse.

Escultura em movimento de Janet Echelman cria "raio-x" urbano de histórica praça na Filadélfia

16:00 - 26 Setembro, 2018
Escultura em movimento de Janet Echelman cria "raio-x" urbano de histórica praça na Filadélfia, © Melvin Epps
© Melvin Epps

A artista Janet Echelman inaugurou recentemente sua mais nova obra site-specific, estreando a primeira fase da série chamada de "Pulse", instalada no Dilworth Park, na Filadélfia. Pulse é uma instalação artística que procura transformar o espaço urbano no qual está inserida, “através de uma escultura fluida de luz e vapor que alude às forças da natureza, como o vento, água e a luz.

Inspirada pela história de Dilworth Park e seu papel central no sistema de transporte público da cidade, a obra de Echelman traça sobre a superfície da praça as linhas do metrô que correm algumas dezenas de metros abaixo dela, lançando cortinas de vapor colorido de até quatro metros de altura, aludindo ao movimentos dos trens sob a praça.

© Sean O'Neill / Arup © Sahar Coston-Hardy © Sahar Coston-Hardy © Melvin Epps + 14

3XN propõe arena que transformará a região norueguesa de Bergen, tombada pela UNESCO

16:00 - 9 Setembro, 2018
3XN propõe arena que transformará a região norueguesa de Bergen, tombada pela UNESCO, via 3XN
via 3XN

O escritório 3XN foi contratado para projetar uma nova arena e plano diretor para o centro de Bergen, na Noruega. Respondendo à ambição da cidade de revitalizar o núcleo de seu Patrimônio Mundial da UNESCO, o projeto funcionará como uma âncora para o desenvolvimento de um bairro totalmente novo, conectando o centro da cidade à orla marítima.

O projeto é desenhado como uma “arena urbana” servindo como um destino para shows, esportes e eventos culturais em uma parte central subutilizada da cidade. A proposta da arena também incorporará um vibrante distrito público “oferecendo lugares para estar, brincar, descansar e trabalhar”.

via 3XN via 3XN via 3XN via 3XN + 4

Leku Studio testa estratégias de urbanização reversível em escolas de Barcelona

10:00 - 18 Agosto, 2018
Leku Studio testa estratégias de urbanização reversível em escolas de Barcelona, Cortesía de Leku Studio
Cortesía de Leku Studio

Apesar de ser uma referência urbanística com reconhecimento internacional, o Eixample de Barcelona enfrenta diversos desafios característicos de uma cidade em constate mudança, um cenário urbano muito diferente do que foi projetado por Ildefons Cerdá.

Nesse cenário, o escritório de Barcelona Leku Studio, desenvolveu um projeto de "agradabilização" de diversos entornos escolares no Eixample, testando, por meio da urbanização reversível, novos usos e distribuições que favorecem espaços mais humanos e agradáveis e que aproximam a escala urbana às crianças. "Devem ser espaços comunitários; como território de extensão da escola; como espaço para a brincadeira, para o verde, para a história e para a vida local dos bairros", explicam Leku Jokin Santiago Elorriaga e Marta Sola Páramo, cofundadores do Leku Studio.