Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Copenhague

Copenhague: O mais recente de arquitetura e notícia

Edifício Krøyer / Vilhelm Lauritzen Architects + COBE

11:00 - 26 Abril, 2017
 Edifício Krøyer / Vilhelm Lauritzen Architects + COBE, © Rasmus Hjortshøj - COAST
© Rasmus Hjortshøj - COAST

A mais nova infraestrutura cicloviária de Copenhague é uma "ponte estúpida"

15:00 - 23 Abril, 2017
A mais nova infraestrutura cicloviária de Copenhague é uma "ponte estúpida", © <a href='https://www.flickr.com/photos/newsoresund/30488229724/'>Flickr user newsoresund</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'>CC BY 2.0</a>
© Flickr user newsoresund licensed under CC BY 2.0

Este artigo foi originalmente publicado no blog de Copenhagenize Design Co, intitulado "Copenhagen's Fantastic & Stupid Bicycle Bridge Inderhavnsbro."

Não é segredo que Copenhague continua investindo maciçamente em infraestruturas para o ciclismo como nenhuma outra cidade do planeta. A rede já é abrangente e eficaz, mas a cidade continua acrescentado ligações importantes, especialmente sobre o porto e os canais. Uma das adições mais recentes é a Ponte Inderhavnsbroen, que abarca o Porto de Copenhague em um ponto chave, estratégico e icônico. Ela conecta o centro da cidade com o bairro Christianshavn e os bairros do sul. Ela é uma da série de 17 novas pontes ou passagens subterrâneas para o tráfego em bicicleta que foram adicionadas à rede de transporte da cidade nos últimos anos.

A Ponte Inderhavnsbroen teve problemas em sua construção e estava extremamente atrasada, tendo sido inaugurada apenas em julho de 2016. Deixe-me ser claro: estou muito feliz que temos uma nova e moderna conexão sobre o porto para acomodar especialmente o tráfego de bicicletas e pedestres. Eu estou impressionado com o fato de que o número de ciclistas que a cruzam diariamente excede toda a quantidade projetada. A cidade estimou que entre 3.000-7.000 ciclistas usariam a ponte mas os números mais recentes são de 16.000. É um enorme sucesso. Mas às vezes você está tão apegado aos detalhes que não vê o todo. Desculpe, mas Inderhavnsbro é uma estúpida, estúpida ponte.

Centro de diabetes em Copenhague conecta os pacientes à natureza

19:00 - 4 Março, 2017
Centro de diabetes em Copenhague conecta os pacientes à natureza, Cortesia de Vilhelm Lauritzen Architects, Mikkelsen Architects e STED Landscape
Cortesia de Vilhelm Lauritzen Architects, Mikkelsen Architects e STED Landscape

A equipe formada por COWI A/S, Vilhelm Lauritzen Architects, Mikkelsen Architects, e STED Landscape foi selecionada para projetar o novo Centro de Diabetes de Copenhague, o Steno Diabetes Center Copenhagen. Baseado na ideia de criar uma conexão com a natureza, o Centro entrelaça o interior e o exterior, a fim de estimular e nutrir pacientes e visitantes.

A entrada principal do projeto está voltada para o sul garantindo a iluminação natural e evidenciando uma paisagem ondulada que leva para o interior, com um caminho de concreto moldado in loco e escadas ajardinadas que se conectam a um jardim público no último pavimento.

Na chegada, os visitantes são recebidos por uma paisagem exuberante e ondulada que conduz para o interior. A área é projetada com a curiosidade em mente - desde o início pacientes e visitantes devem sentir-se bem-vindos e seduzidos a explorar.

Cortesia de Vilhelm Lauritzen Architects, Mikkelsen Architects e STED Landscape Cortesia de Vilhelm Lauritzen Architects, Mikkelsen Architects e STED Landscape Cortesia de Vilhelm Lauritzen Architects, Mikkelsen Architects e STED Landscape Cortesia de Vilhelm Lauritzen Architects, Mikkelsen Architects e STED Landscape + 14

Vídeo: Como um estacionamento em Copenhague pode ajudar a redefinir o espaço público

15:00 - 26 Fevereiro, 2017

"Quem diria que uma garagem poderia ser tão interessante."

Neste vídeo exibido pelo Louisiana Channel, Kathrin Susanna Gimmel e Jan Yoshiyuki Tanaka, ambos co-fundadores do escritório JAJA Architects, com sede em Copenhague, explicam a ideia por trás da garagem "Park 'n' Play". Em vermelho brilhante, na cobertura do estacionamento de 24 metros de altura, há um playground que, juntamente com um jardim de cobertura, oferece um ambiente único com vistas para o porto de Copenhaga. Assista ao vídeo para saber mais sobre a metodologia de projeto do JAJA e como o playground ajuda a redefinir os papéis do espaço público e do uso, ao mesmo tempo que se integra a uma identidade urbana histórica.

PLH Arkitekter é um dos vencedores em concurso para centro multimodal de transportes na Letônia

19:00 - 28 Janeiro, 2017
PLH Arkitekter é um dos vencedores em concurso para centro multimodal de transportes na Letônia, Cortesia de PLH Arkitekter
Cortesia de PLH Arkitekter

PLH Arkitekter foi anunciado como um dos dois vencedores do concurso internacional de projetos para Rail Baltica, organizado pela The European Railroad Lines, Ltd. Como parte da rede europeia de transportes, a Rail Baltica será um centro de transporte público multimodal na capital letã de Riga, com uma ponte ferroviária atravessando o rio Daugava.

O ponto focal do projeto será uma estação ferroviária "que cria uma forte identidade visual na paisagem urbana, reforçando o sentido de Riga como uma metrópole." Inspirado pela forma arquetípica do arco e do período Art Nouveau, o edifício irá destacar coberturas que se assemelham a folhas arqueadas de samambaias. No lado norte do edifício, a forma da cobertura permite uma vista única sobre a cidade histórica, ideal para viajantes que entram ou saem da cidade, criando um forte senso de lugar.

Cortesia de PLH Arkitekter Cortesia de PLH Arkitekter Cortesia de PLH Arkitekter Cortesia de PLH Arkitekter + 11

Anunciados os vencedores de concurso para primeira igreja em 30 anos para Copenhague

19:00 - 6 Janeiro, 2017
Anunciados os vencedores de concurso para primeira igreja em 30 anos para Copenhague , Cortesia de JAJA Architects
Cortesia de JAJA Architects

O escritório JAJA Architects foi anunciado como vencedor de um concurso internacional aberto para projetar uma nova igreja paroquial no distrito de Sydhavnen (South Harbor) de Copenhague. Quando concluída, será a primeira igreja nova construída em Copenhague desde 1989.

O concurso, organizado pela Associação Dinamarquesa de Arquitetos, buscou propostas para uma igreja de 3.200 metros quadrados a ser localizada em um terreno à beira-mar no distrito revitalizado de Sydhavnen, que poderia ser usado para uma série de eventos religiosos, sociais, culturais e musicais. A construção da igreja deve ser concluída em 2019.

Continue lendo para ver a proposta vencedora, bem como outras propostas adicionais.

Cortesia de JAJA Architects Cortesia de JAJA Architects Cortesia de Studio David Thulstrup Cortesia de Architects of Invention + 69

Monumento na Dinamarca mescla escultura com dados demográficos

15:00 - 1 Janeiro, 2017
Monumento na Dinamarca mescla escultura com dados demográficos, Cortesia de Søjlerne
Cortesia de Søjlerne

Pillars é um novo monumento no coração de Copenhague dedicado a transmitir informações ao público através de uma combinação de dados nacionais e beleza artística. Inspirado por outras obras de grandes dimensões, como o Relógio de 10.000 Anos no Texas, o Monte Rushmore na Dakota do Sul, e o Fühlometer em Lindau, Alemanha, Pillars incentiva cidadãos e autoridades a compreenderem alguns fatos ligados ao desenvolvimento nacional.

Cortesia de Søjlerne Cortesia de Søjlerne Cortesia de Søjlerne Cortesia de Søjlerne + 4

Estação Nørreport / Gottlieb Paludan Architects + COBE Architects

13:00 - 4 Dezembro, 2016
Estação Nørreport / Gottlieb Paludan Architects  + COBE Architects, © Gottlieb Paludan Architects
© Gottlieb Paludan Architects

© Gottlieb Paludan Architects © GPA and Jens Lindhe © GPA and Jens Lindhe © GPA and Jens Lindhe + 28

Assista ao documentário "The Infinite Happiness" de Bêka & Lemoine sobre o projeto "8 House" do BIG

15:40 - 2 Dezembro, 2016

Por dois dias apenas — entre 2 de dezembro (sexta-feira) e 4 de dezembro (domingo) — você pode assistir ao filme The Infinite Happiness, parte da série Living Architecture produzida por Ila Bêka and Louise Lemoine, exclusivamente no ArchDaily. O documentário, filmado inteiramente no conjunto "8 House", localizado em Copenhague e projetado pelo escritório BIG, acompanha um grupo de moradores e visitantes que experienciam a vida neste projeto habitacional contemporâneo.

Documentário de Bêka & Lemoine sobre o projeto "8 House" do BIG será transmitido exclusivamente no ArchDaily

16:00 - 30 Novembro, 2016

Os cineastas Ila Bêka e Louise Lemoine, criadores da série de arquitetura Living Architectures, exibirão o documentário The Infinite Happiness - filmado inteiramente no projeto "8 House", concebido pelo BIG em Copenhague, exclusivamente no ArchDaily entre os dias 2 e 4 de dezembro (sexta-feira a domingo).

Marcando o lançamento de dois conjuntos de DVDs que compilam de toda a sua obra (que foi adquirida pelo Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) em 2016) Bêka e Lemoine desenvolveram, ao longo do projeto Living Architectures, filmes sobre e em colaboração com o Barbican de Londres, a Fondazione Prada, a Bienal de Veneza, Frank Gehry, Bjarke Ingels, a cidade de Bordeaux, o Arc en Rêve centre d’architecture, entre outros. Seu objetivo sempre foi "democratizar a linguagem intelectual da crítica arquitetônica. [...] A liberdade de expressão sobre o tema da arquitetura", disse Bêka, "isso não é propriedade exclusiva dos especialistas". Seu primeiro filme, Koolhaas Houselife (2008), incorpora essa visão.

© Bêka & Partners © Bêka & Partners © Bêka & Partners © Bêka & Partners + 5

Studio LOKAL vence concurso em Copenhagen com torres residenciais com jardins suspensos

19:00 - 15 Novembro, 2016
Studio LOKAL vence concurso em Copenhagen com torres residenciais com jardins suspensos, © archivisuals.dk
© archivisuals.dk

O Studio LOKAL, com sede na Dinamarca, venceu o concurso para uma torre residencial em Copenhague, com The Hanging Gardens, sua proposta que fundes edifícios históricos de tijolos de Carlsberg com o conceito de um jardim pessoal para cada residente.

Localizada no terreno de um antigo mercado de vegetais, a proposta visa retornar a essas raízes locais, incentivando os moradores a cultivarem seus próprios produtos em um dos jardins da torre. Além disso, o piso térreo do edifício abrigará um mercado de agricultores onde os residentes poderão trocar seus próprios produtos.

© archivisuals.dk Cortesia de LOKAL Cortesia de LOKAL Cortesia de LOKAL + 17

O que as escolas mais inovadoras do século XXI têm? 8 exemplos que você precisa conhecer

15:00 - 14 Outubro, 2016
O que as escolas mais inovadoras do século XXI têm? 8 exemplos que você precisa conhecer, Ørestad Gymnasium / 3XN. Imagem © Flickr User: [Indire], sob licença CC BY-SA 2.0
Ørestad Gymnasium / 3XN. Imagem © Flickr User: [Indire], sob licença CC BY-SA 2.0

Se pensarmos como era o sistema educativo antigamente, percebemos que tanto a pedagogia aplicada nas escolas, como as infraestruturas escolares, eram muito diferentes do sistema atual. O modelo educativo do século XX poderia ser definido como similar ao 'modelo espacial das prisões, sem interesse nenhum em estimular uma formação integral, flexível e versátil', como já foi exposto há algum tempo aqui no ArchDaily Brasil.

Entretanto, agora, nos encontramos em uma época em que as transformações sociais, econômicas e os avanços na tecnologia têm criado uma sociedade mais global na qual a informação e a aprendizagem são cada vez mais acessíveis. Esta mudança radical tem transformado a sociedade em que vivemos, tornando obsoleto o modelo educativo atual baseado em um ensino rígido e unidirecional.

Desta maneira, existem escolas que não somente romperam com o modelo de ensino tradicional, mas também, traçaram novas referências educativas internacionais, explorando novos paradigmas e abrindo novas possibilidade dentro do desenho dos espaços educacionais. Posto que a arquitetura como os modelos educativos costumam refletir a ideologia de uma sociedade, como se define a escola do século XXI?

Vittra Telefonplan / Rosan Bosch. Imagem Cortesia de Desconhecido Jardim de Infância Hakusui / Yamazaki Kentaro Design Workshop. Imagem Cortesia de Yamazaki Kentaro Design Workshop Escola Kwel Ka Baung / A.gor.a Architect. Imagem Cortesia de Agora Architects Jardim de Infância de Cultivo / Vo Trong Nghia Architects. Imagem © Hiroyuki Oki + 30

Como Bjarke Ingels pretende converter uma usina elétrica no parque mais divertido da Dinamarca

15:00 - 12 Outubro, 2016

Durante o IV Congreso Internacional que a Fundación Arquitectura y Sociedad organiza na cidade de Pamplona, tivemos a oportunidade de conversar com o arquiteto dinamarquês Bjarke Ingels sobre sua postura frente ao título deste edição do congresso: Arquitetura: Mudança Climática. O fundador do BIG falou da importância das tecnologias limpas e como estas deveriam ser aplicadas na arquitetura. Os novos projetos industriais devem romper os paradigmas tradicionais, questionando-se sobre a concepção típica das usinas de energia que podem, e devem, ser reintegradas às comunidades como espaços limpos. Ingels afirma que as tecnologias limpas não são apenas melhores para o meio ambiene, mas também para as cidades, abrindo novas e emocionantes possibilidades para o espaço público.

Copenhague é eleita a cidade mais habitável do mundo pela Metropolis Magazine

15:00 - 13 Setembro, 2016
Copenhague é eleita a cidade mais habitável do mundo pela Metropolis Magazine, Copenhague. Imagem de domínio público <a href='https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Vor_Frelsers_Kirke-view8.jpg'>via Wikimedia</a>.
Copenhague. Imagem de domínio público via Wikimedia.

A Metropolis Magazine acaba de divulgar seu ranking 2016 das cidades mais habitáveis do mundo. Reconhecendo que o que torna uma cidade "habitável" pode, por vezes, ser subjetivo, a equipe da Metropolis enfatiza que ao criar a lista, "focaram em tópicos que estão no cerne da Metropolis - habitação, transporte, sustentabilidade e cultura". Entre os resultados deste ano, Toronto, primeiro lugar da lista de 2015, caiu para a nona posição e Copenhague, quarta colocada no ano passado, passou para o topo da lista, seguida por Berlim e Helsinki.

6 bons exemplos de espaços públicos segundo a PPS

07:00 - 3 Setembro, 2016
6 bons exemplos de espaços públicos segundo a PPS, © Jonas Witt, via Flickr
© Jonas Witt, via Flickr

Que características fazem com que um lugar seja um bom espaço público é o debate que a organização Project of Public Spaces (PPS) vem desenvolvendo há mais de quatro décadas. Em todo este tempo, a organização trabalhou com mais de 3.000 comunidades de 43 países do mundo, experiência que produziu um consenso sobre quais são os principais atributos, sem deixar de lado o contexto local.

As qualidades e suas medições foram representadas pela PPS em um diagrama que propõe quatro atributos principais: sociabilidade, usos e atividades, acessos e vínculos, conforto e imagem. Casa um deles, por sua vez, compreende características intangíveis e critérios mesuráveis.

5 conselhos de desenho urbano, por Jan Gehl

07:00 - 2 Setembro, 2016
5 conselhos de desenho urbano, por Jan Gehl, Copenhague, Dinamarca. Imagem © Flickr Usuário: Forgemind ArchiMedia. Licença CC BY 2.0
Copenhague, Dinamarca. Imagem © Flickr Usuário: Forgemind ArchiMedia. Licença CC BY 2.0

O arquiteto dinamarquês Jan Gehl é uma referência a nível mundial em temáticas referentes ao desenho urbano e aos espaços públicos. Este reconhecimento foi obtido a partir da publicação de uma série de livros e, posteriormente, a partir de sua consultora Gehl Architects que, fundada em sua cidade natal, Copenhague, busca desenhar cidade para as pessoas.

White Arkitekter dilui os limites entre o artificial e o natural em projeto de habitação social na Dinamarca

19:00 - 9 Agosto, 2016
White Arkitekter dilui os limites entre o artificial e o natural em projeto de habitação social na Dinamarca, © White Arkitekter e Beauty and the Bit
© White Arkitekter e Beauty and the Bit

O escritório White Arkitekter foi selecionado como vencedor de um concurso para projetar 115 casas unifamiliares como parte de um projeto de habitação social no município de Allerød, Dinamarca. Localizado ao norte da capital de Copenhagen, o novo bairro será envolvido por uma floresta e um lago, usando a natureza para complementar e destacar as edificações. O projeto, intitulado “By the Woods,” busca subverter os preconceitos típicos sobre habitação social ao diluir o limite entre espaço público e privado.

© White Arkitekter © White Arkitekter e Beauty and the Bit © White Arkitekter © White Arkitekter + 7

As 6 metas de mobilidade urbana de Copenhague para 2025

07:00 - 19 Julho, 2016
As 6 metas de mobilidade urbana de Copenhague para 2025, © Flickr Usuario: Kristoffer Trolle. Licença CC BY 2.0
© Flickr Usuario: Kristoffer Trolle. Licença CC BY 2.0

O incentivo de Copenhague para fazer da bicicleta um de seus principais meios de transporte e o consequente apoio através do desenho urbano e medidas que favorecem a mobilidade sustentável, transformaram a cidade na capital mundial do ciclismo urbano.

Em mais de uma ocasião a cidade se destacou entre as mais amigáveis do mundo em relação ao ciclismo urbano, como por exemplo no Ranking Copenhagenize de 2015 e 2013 e em uma pesquisa realizada pela Mother Nature Network.