Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Case Study Houses

Case Study Houses: O mais recente de arquitetura e notícia

17 Fontes de pesquisa online para arquitetura

Graças à internet, a busca por recursos de pesquisa não está mais limitada a bibliotecas próximas. Com efeito, muitas bibliotecas e revistas de renome mundial estão agora trabalhando para digitalizar partes importantes de suas coleções, ao mesmo tempo em que diversas organizações digitais têm surgido com a missão de melhorar o acesso a informação. Para ajudar a identificar alguns dos mais úteis, preparamos uma lista de 17 sites gratuitos que oferecem artigos acadêmicos, publicações, fotos, vídeos e muito mais.

Quando o minimalismo se torna extravagante: uma visita virtual à Case Study House #17(2)

O programa das Case Study Houses, organizado pela revista Arts & Architecture, supostamente estava voltado para o desenvolvimento de projetos residenciais replicáveis e acessíveis para a sociedade americana do pós-guerra - casas elegantes porém modestas para famílias jovens e de orçamento limitado. Mas de repente, apareceu o projeto para a casa #17 (2).

Para ser bem honesto, diferentemente da maioria, esta casa foi projetada para clientes reais, com requisitos específicos e ambiciosos. Os Hoffman tinham quatro filhos, uma equipe de domésticas e uma ampla coleção de arte. Então, este projeto não poderia ser apenas mais uma casinha suburbana de três quartos.

Passeio virtual pela Case Study House #11 de J.R. Davidson

As notas editoriais sobre a Case Study House #11 da Arts & Architecture estabelecem os “princípios básicos da arquitetura moderna”: uma ênfase em “ordem, adequação e simplicidade”. A habitabilidade e a praticidade são fundamentais, e a “farsa” não é aceita. Tal como acontece com outras casas da série, este projeto de JR Davidson alcança esses objetivos com linhas horizontais limpas, uma planta aberta e com a integração com o exterior.

É uma casa modesta e compacta, com um conceito menos rebuscado que algumas outras casas do programa — sem jardins internos ou espelhos d'água; e nenhuma história complicada para os clientes imaginários (pense nas próximas duas, a #12 e especialmente a #13) — mas sem dúvida mais bem-sucedida em fornecer um modelo para o lar americano médio. Seu valor não depende de um paisagismo dramático ou da vista, mas de um projeto inteligente e da atenção para resolver os problemas cotidianos. Andar pelo modelo 3D da Archilogic revela a elegância da abordagem de Davidson.

Passeio virtual pela Case Study House #10 de Kemper Nomland & Kemper Nomland Jr

A décima Case Study House na verdade não foi concebida para o Programa da revista Arts & Architecture. Foi adicionada em sua conclusão em 1947, para preencher a lista, já que muitas casas permaneceram não construídas. Claramente, o projeto de Nomland fez por merecer seu lugar na lista, tendo muitas características em comum com outras casas Case Study e, principalmente, cumprindo os objetivos de economia, simplicidade, uso de novos materiais e técnicas e integração interior/exterior. O diferente ponto de partida, no entanto, pode ser observado no layout. Enquanto as casas Case Study foram projetadas principalmente para famílias, esta é para "uma família de adultos" - isto é, um casal sem filhos.

A primeira casa impressa em 3D com formas orgânicas entra na fase de desenvolvimento

O projeto que recebeu o primeiro prêmio no The Freeform Home Design Challenge em 2016 está se aproximando um pouco mais para se tornar realidade. Desde que ganhou o concurso, o escritório de Chicago, WATG, vem desenvolvendo o projeto, denominado Curve Appeal, junto a Branch Technology. Curve Appeal está passando pela "fase de teste, pesquisa e desenvolvimento" com o objetivo antecipado de iniciar a construção ainda este ano. Este projeto revolucionário poderá mudar a forma como construímos estruturas complexas e de formas orgânicas.

Cortesia de WATG Urban Cortesia de WATG Urban Cortesia de WATG Urban Cortesia de WATG Urban + 11

Um passeio virtual pela Case Study House #7 de Thornton M Abell

A sétima casa Case Study House da revista Arts & Architecture foi construída com clientes reais em mente: uma família de três pessoas com hobbies criativos. O resultado, projetado por Thornton M Abell, é uma casa flexível com um caráter funcional diferenciado.

Diferente das outras casas Case Study, o projeto de Thornton M Abell não foi beneficiado por visuais espetaculares, mas compensou com um desenho funcional e cheio de luz.

A casa divide-se perfeitamente em três áreas separadas: à esquerda da entrada, os espaços de trabalho representam quase a metade da planta e à direita encontram-se as áreas de estar e íntimas, que se estendem para o jardim. Os painéis de correr entre a espaçosa sala central de recepção / jantar e a acolhedora sala de estar criam a opção de privacidade ou espaço extra, conforme necessário, integrando o terraço e a piscina, além de oferecer outras possibilidades de entretenimento no verão. Uma pequena área verde ao lado da porta de correr confunde o limite entre interior e exterior.

Um passeio virtual pela Case Study House #23A de Killingsworth, Brady & Smith

Apenas três das Case Study Houses foram construídas fora de Los Angeles, todas elas projetadas sob um mesmo conceito. Este trio de residências construídas em La Jolla, um subúrbio à beira-mar de San Diego, embora projetadas para atender a diferentes demandas, compartilham o mesmo vocabulário projetual, com uma única via de acesso e um pátio central em torno do qual o programa se organiza.

De acordo com as premissas das Case Study Houses, as três casas foram projetada com planta livre, materiais modernos e acessíveis (como alumínio, concreto e paredes de wood frame) além de muito vidro, promovendo um caráter fresco e aberto. A ênfase se encontra nas formas geométricas puras, detalhes primorosos, linhas horizontais (com coberturas perfeitamente planas) e - por estarem localizadas no litoral californiano - vistas surpreendentes e espaço de convívio ao ar livre, ampliando a percepção da amplitude dos espaços interiores.

Um passeio virtual pela Case Study House #3 de William W. Wurster & Theodore Bernardi

A terceira Case Study House da revista Arts & Architecture tem uma sensibilidade notoriamente diferente da de muitos outros projetos da série. Embora igualmente envolvidos com o objetivo de maximizar o prazer do ambiente natural, neste projeto os arquitetos mostram mais preocupação com a privacidade e a proteção dos moradores.

A aproximação a partir da rua é quase proibida; barreiras de alumínio impõem um limite praticamente impenetrável. Além das portas da frente e da garagem, as janelas de cozinha, pequenas e altas, são as únicas aberturas visíveis, embora seja possível visualizar a cerca do jardim privado das crianças, revestida por videiras. 

Um passeio virtual pela Case Study House #2 de Sumner Spaulding e John Rex

A segunda casa no programa Case Study Houses da revista Arts & Architecture mostra as principais características da famosa série de projetos: a ênfase nas áreas de estar banhadas por luz natural, áreas de estar internas e externas, fortes linhas horizontais e cobertura plana. Contudo, esta casa se  distingue por detalhes particularmente criativos que conectam as áreas interna e externa e por uma forte consciência em relação à funcionalidade.

Um passeio virtual pela Case Study House #20 de Richard Neutra

A casa Bailey - um dos quatro projetos de Richard Neutra para as Case Study Houses - é uma das cinco casas Bluff, construídas bem acima do oceano. O programa era para uma casa de baixo orçamento para uma família jovem, com apenas dois quartos, mas oferecendo a possibilidade de expansão com o passar do tempo (que de fato aconteceu, outras alas projetadas por Neutra foram construídas posteriormente).

Neutra empregou a mesma filosofia interno-externo vista em suas casas Alpha Omega (não construídas), usando grandes portas de vidro deslizantes para potencializar a luz e criar um sentido visual do espaço.

Um passeio virtual pela Case Study House #12 de Whitney R. Smith

Ao projetar sua casa (não construída) para o programa Case Study da Arts & Architecture, Whitney Smith, assim como Richard Neutra, priorizou a conexão com o espaço externo. Sua motivação, entretanto, era mais específica do que o simples desejo de estender a área de estar da casa. Pelo contrário, ele queria criar um espaço altamente pessoal, voltado para a paixão de seu cliente hipotético. Vendo as plantas convencionais como uma camisa de força para os moradores que desejavam espaço de trabalho apropriado dentro de sua casa (seja um estúdio de costura ou uma sala escura para revelação de fotografias), o arquiteto buscou adaptar esta casa às necessidades de um horticultor.

Clássicos da Arquitetura: Case Study House #9 – Casa Entenza / Charles e Ray Eames + Eero Saarinen and Associates

Aninhada nas colinas verdejantes à beira-mar de Pacific Palisades, no sul da Califórnia, a Casa Entenza é a nona das famosas Case Study Houses, construídas entre 1945 e 1962. Com uma vasta sala de estar de planta aberta que se conecta ao jardim através de esquadrias corrediças piso teto, a casa traz o ambiente natural em uma caixa metálica modernista, permitindo que os dois coexistam como um espaço harmonioso.

Como seus pares no Case Study Program, a casa foi projetada não apenas para servir como uma residência confortável e funcional, mas para mostrar como a construção de aço modular poderia ser usada para criar habitações de baixo custo para uma sociedade ainda se recuperando da Segunda Guerra Mundial. O responsável por iniciar o programa foi John Entenza, editor da revista Arts and Architecture. O resultado foi uma série de casas minimalistas que empregavam estruturas de aço e plantas abertas para refletir o modo de vida mais casual e independente que havia surgido na era automotiva. [1]

Case Study House No. 9. (1950) / Julius Shulman Photography Archive. Image © J. Paul Getty Trust. Getty Research Institute, Los Angeles (2004.R.10) Case Study House No. 9. (1950) / Julius Shulman Photography Archive. Image © J. Paul Getty Trust. Getty Research Institute, Los Angeles (2004.R.10) Case Study House No. 9. (1950) / Julius Shulman Photography Archive. Image © J. Paul Getty Trust. Getty Research Institute, Los Angeles (2004.R.10) Case Study House No. 9. (1950) / Julius Shulman Photography Archive. Image © J. Paul Getty Trust. Getty Research Institute, Los Angeles (2004.R.10) + 28

Um passeio virtual pela Case Study House #13 (Alpha House) de Richard Neutra

Das quatro casas projetadas por Richard Neutra para o programa Case Study Houses, apenas uma foi construída. Na vila imaginária composta pelas muitas casas não construídas do programa está a casa # 13, chamada Alpha House. O modelo 3D da Archilogic nos dá uma oportunidade de conhecer melhor este projeto de Neutra, que se localiza virtualmente ao lado da Omega House.

Cada um dos projetos de Neutra foi concebido para uma família de cinco pessoas e exprime sua abordagem psicanalítica em relação à arquitetura, em que a própria casa é uma parte íntima das relações familiares, tão importante quanto as personalidades envolvidas (Neutra conhecia pessoalmente Freud e era um seguidor de Otto Rank). Sublinhando esta visão freudiana, seus clientes imaginários [da casa Alpha e Omega], não são apenas vizinhos, mas parentes; a Senhora Alpha é irmã da Senhora Omega. 

A famosa Case Study House #21 de Pierre Koenig pode ser sua... pelo preço certo

Uma das casas mais emblemáticas do modernismo, a Case Study House 21 (Bailey House) de Pierre Koenig, está à venda. A residência, localizada em Hollywood Hills, foi considerada uma das melhores "Case Study Houses" pela revista Arts & Architecture Magazine e um dos poucos projetos verdadeiramente experimentais do programa, explorando desenho e materiais inovadores.

© Grant Mudford © Grant Mudford © Grant Mudford © Grant Mudford + 21

Um passeio virtual pela Casa Núcleo de Mies van der Rohe

A arquitetura depende de seu tempo. É a cristalização de sua estrutura interna, o lento desdobrar de sua forma. - Ludwig Mies van der Rohe

Em 1951, Mies van der Rohe projetou a Casa Núcleo, um projeto participativo que poderia ser concluído por seus moradores.

Este modelo flexível desafiou certos conceitos arquitetônicos, explorou novas tecnologias industriais e propôs um sistema modular para melhorar a qualidade e a acessibilidade da habitação.

Um passeio virtual pela Case Study House #24 de A. Quincy Jones e Frederick Emmons

Como A. Quincy Jones, com razão, disse: "não existe arquitetura sem importância".[1] O arquiteto trabalhou ao lado de seu colega, Frederick E. Emmons, colocando seu coração e alma no projeto da Case Study House #24 que, infelizmente, nunca foi construído. O local em que a residência seria construída fazia parte da Rolling Hills Ranch, área que hoje é popularmente conhecida como San Fernando Valley.

O projeto da casa levou em conta o meio ambiente que, ricamente, pode ser visto nos desenhos arquitetônicos. A região, com a sua vegetação verdejante, convida o usuário a nadar, andar à cavalo, fazer churrasco, entre outras atividades ao ar livre.

Cortesia de Archilogic Cortesia de Archilogic Cortesia de Archilogic Cortesia de Archilogic + 8

Um passeio virtual pela Case Study House #26 de Beverley David Thorne

A maior surpresa neste modelo Archilogic é o espectro de cores. Quem já visitou a Case Study House #26 em San Rafael, Califórnia, em algum momento nos últimos 40 anos, está familiarizado com a clássica estrutura branca de aço da edificação, mas o arquiteto, Beverley David Thorne, tinha originalmente escolhido um esquema de cores muito diferente: dourado para o aço, vermelho e outras cores mais vivas para os interiores. "A escolha de cores externas", escreveu Thorne na revista Arts & Architecture ", foi ditado pelo clima e pelo carácter da paisagem circundante." Este modelo Archilogic recria as condições originais de 1963, até as cores da parede do dormitório e os azulejos.

Um passeio virtual pela Case Study House #1 de Julius Ralph Davidson

O modelo virtual compartilhado este mês pela Archilogic é um passeio pela primeira Case Study House, projetada por Julius Ralph Davidson. Após a Segunda Guerra Mundial, os soldados dos EUA voltaram dos campos de batalha na Europa para seu país. Com muitos traumas oriundos da guerra, provavelmente só queriam reconstruir suas vidas e se instalar definitivamente em algum local.

Deve ter sido difícil voltar à normalidade. Algumas pessoas queriam viver o "sonho americano": a busca pela felicidade à qual todo cidadão estadunidense tem direito. Esta era uma ideia frequentemente refletida em filmes hollywoodianos e sugeria que todos que trabalhassem duro obteriam sucesso pessoal. Hollywood produziu repetidamente histórias do Sonho Americano.