10 Projetos que marcaram a história do ArchDaily Brasil

10 Projetos que marcaram a história do ArchDaily Brasil
Moradias Infantis / Rosenbaum® + Aleph Zero. Foto: © Leonardo Finotti
Moradias Infantis / Rosenbaum® + Aleph Zero. Foto: © Leonardo Finotti

A arquitetura é realizada através do projeto. Profissionais que enfrentam uma tela vazia e passam a preenchê-la com traços que expressam desejos, técnica e beleza, conhecem todos os desafios que existem nessa atividade. O ato de projetar envolve um emaranhado de referências, sabedorias e cultura, por isso, quando compartilhamos uma obra sabemos que mais do que um edifício, estamos contando uma história e inspirando o público. Em dez anos de existência, o ArchDaily Brasil orgulhosamente já publicou mais de 22 mil projetos, sabendo a importância de cada um e como ajudam a transformar visões a partir do que se propõem, influenciando não apenas a arquitetura local, mas levando sua discussão e inventividade a todo o mundo.

Entre tantos projetos instigantes, alguns se destacaram de forma excepcional pelo contexto no qual se enquadram e o impacto que geram. Por esse motivo, queremos celebrar dez obras que marcaram a nossa história. De escalas distintas e programas diversos, suas soluções e linguagens retratam a potência da arquitetura contemporânea brasileira e portuguesa, e nos brindam com possibilidades de enxergar como seu panorama atual vem se remodelando de acordo com as mudanças socioculturais da última década. Os projetos foram organizados em ordem alfabética, e podem ser vistos a seguir:

Casa Vila Matilde / Terra e Tuma Arquitetos Associados

Casa Vila Matilde / Terra e Tuma Arquitetos Associados. Foto: © Pedro Kok
Casa Vila Matilde / Terra e Tuma Arquitetos Associados. Foto: © Pedro Kok

São raras as pessoas que não conhecem a premiada casa da Dona Dalva. A casa que foi concluída em menos de um ano ficou famosa pela história do projeto e obra que deveriam se adequar aos restritos recursos financeiros da família. Para isso, a equipe de arquitetura se apropriou da experiência com estrutura e blocos aparentes para viabilizar a obra com maior controle e agilidade. Apesar do pequeno lote, na área central da casa o pátio cumpre a função essencial de iluminar e ventilar os interiores, garantindo o conforto de seus moradores.

Casa Vila Matilde / Terra e Tuma Arquitetos Associados. Foto: © Pedro Kok
Casa Vila Matilde / Terra e Tuma Arquitetos Associados. Foto: © Pedro Kok
Planta  - Casa Vila Matilde / Terra e Tuma Arquitetos Associados
Planta - Casa Vila Matilde / Terra e Tuma Arquitetos Associados

Conjunto Habitacional do Jardim Edite / MMBB Arquitetos + H+F Arquitetos

Conjunto Habitacional do Jardim Edite / MMBB Arquitetos + H+F Arquitetos. Foto: © Nelson Kon
Conjunto Habitacional do Jardim Edite / MMBB Arquitetos + H+F Arquitetos. Foto: © Nelson Kon

O conjunto Habitacional do Jardim Edite foi projetado para ocupar o lugar da favela de mesmo nome que se situava em um dos pontos mais significativos para o recente crescimento do setor financeiro e de serviços de São Paulo. O projeto articulou a verticalização do programa de moradia a um embasamento constituído por três equipamentos públicos – Restaurante Escola, Unidade Básica de Saúde e Creche – inserindo o conjunto na economia e no cotidiano da região. Destaca-se como o projeto propicia a convivência dos moradores a partir das coberturas e do térreo elevado, fornecendo uma adequada reserva em meio à escala metropolitana da área circundante.

Conjunto Habitacional do Jardim Edite / MMBB Arquitetos + H+F Arquitetos. Foto: © Nelson Kon
Conjunto Habitacional do Jardim Edite / MMBB Arquitetos + H+F Arquitetos. Foto: © Nelson Kon
Planta Tipo - Conjunto Habitacional do Jardim Edite / MMBB Arquitetos + H+F Arquitetos
Planta Tipo - Conjunto Habitacional do Jardim Edite / MMBB Arquitetos + H+F Arquitetos

Cozinha Comunitária das Terras da Costa / ateliermob + Colectivo Warehouse

Cozinha Comunitária das Terras da Costa / ateliermob + Colectivo Warehouse. Foto: © Fernando Guerra | FG+SG
Cozinha Comunitária das Terras da Costa / ateliermob + Colectivo Warehouse. Foto: © Fernando Guerra | FG+SG

Um bairro na Costa da Caparica ocupado por duas comunidades de origem africana e cigana. Sem água, saneamento e entre construções precárias: um território isolado e invisível. Essa foi a premissa encontrada pelo arquitetos que, ao se depararem com a comunidade, iniciaram um processo participativo para a construção de uma cozinha comunitária – um espaço que poderia vir a ser partilhado por todos e gerido pelos moradores. Um lugar que poderia oferecer condições básicas para se estar e cozinhar coletivamente, com alguns pontos de água e anti-incêndio, e que trouxe maior qualidade de vida para a comunidade.

Cozinha Comunitária das Terras da Costa / ateliermob + Colectivo Warehouse. Foto: © Fernando Guerra | FG+SG
Cozinha Comunitária das Terras da Costa / ateliermob + Colectivo Warehouse. Foto: © Fernando Guerra | FG+SG
Cozinha Comunitária das Terras da Costa / ateliermob + Colectivo Warehouse. Foto: © Fernando Guerra | FG+SG
Cozinha Comunitária das Terras da Costa / ateliermob + Colectivo Warehouse. Foto: © Fernando Guerra | FG+SG

Fundação Iberê Camargo / Álvaro Siza

Fundação Iberê Camargo / Álvaro Siza. Foto: © Ronaldo Azambuja
Fundação Iberê Camargo / Álvaro Siza. Foto: © Ronaldo Azambuja

Ícone da arquitetura portuguesa, Álvaro Siza na inauguração dessa obra falou: "um museu pode revelar uma cidade para o mundo". E assim fez ao projetar o espaço expositivo e de acervo do pintor brasileiro Iberê Camargo às margens do Lago Guaíba, em Porto Alegre. Considerado por alguns críticos como uma de suas obras-primas, o edifício irregular de concreto branco traz rampas como elementos que se separam do corpo principal, marcando a fachada do edifício, e distribui o uso do programa ao redor de um átrio central. Com tecnologias inovadoras que ajudaram a preservar parte do contexto natural do entorno, é através desse projeto que a genialidade do grande mestre português se materializou em território brasileiro. 

Fundação Iberê Camargo / Álvaro Siza. Foto: © Ronaldo Azambuja
Fundação Iberê Camargo / Álvaro Siza. Foto: © Ronaldo Azambuja
Corte - Fundação Iberê Camargo / Álvaro Siza
Corte - Fundação Iberê Camargo / Álvaro Siza

Humanidade2012 / Carla Juaçaba + Bia Lessa

Humanidade2012 / Carla Juaçaba + Bia Lessa. Foto: © Leonardo Finotti
Humanidade2012 / Carla Juaçaba + Bia Lessa. Foto: © Leonardo Finotti

Um projeto de arquitetura que se propôs a uma não-arquitetura, no sentido de um espaço desvinculado do conteúdo expositivo, em que o próprio espaço era a exposição. Um projeto que aceita o vento, o mar, o sol e a chuva tão imponentes e soberanos no forte de Copacabana. Aqui, os andaimes explicitam sua potencia de suporte, transparência e de acolhimento dos conteúdos através de grandes e pequenos vãos, permitindo que a paisagem carioca arrebata a vista. Assim, cria-se um espaço-manifesto, que questiona como o uso da tecnologia e das conquistas do homem frente à sua proteção à natureza não deveriam ser negados, mas absorvidos quando necessário.

Humanidade2012 / Carla Juaçaba + Bia Lessa. Foto: © Leonardo Finotti
Humanidade2012 / Carla Juaçaba + Bia Lessa. Foto: © Leonardo Finotti
Cortes - Humanidade2012 / Carla Juaçaba + Bia Lessa
Cortes - Humanidade2012 / Carla Juaçaba + Bia Lessa

Instituto Moreira Salles / Andrade Morettin Arquitetos Associados

Instituto Moreira Salles / Andrade Morettin Arquitetos Associados. Foto: © Nelson Kon
Instituto Moreira Salles / Andrade Morettin Arquitetos Associados. Foto: © Nelson Kon

Fruto de um concurso fechado, o projeto para a sede do IMS Paulista propõe uma relação mais aberta com a cidade ao liberar o térreo do museu – espaço que se articula com a Avenida Paulista – e conectá-lo diretamente à cota de quinze metros acima do chão, em um espaço que cria uma relação mais aberta e genuína entre o museu, a cidade e as pessoas. Além disso, a materialidade da fachada, resolvida com uma pele de vidro translúcida de dupla camada, confere à luz uma qualidade etérea que carrega consigo o rastro da cidade, trazendo para o interior do museu a memória do mundo que está a sua volta.

Instituto Moreira Salles / Andrade Morettin Arquitetos Associados. Foto: © Nelson Kon
Instituto Moreira Salles / Andrade Morettin Arquitetos Associados. Foto: © Nelson Kon
Diagrama - Instituto Moreira Salles / Andrade Morettin Arquitetos Associados
Diagrama - Instituto Moreira Salles / Andrade Morettin Arquitetos Associados

Moradias Infantis / Rosenbaum® + Aleph Zero

Moradias Infantis / Rosenbaum® + Aleph Zero. Foto: © Leonardo Finotti
Moradias Infantis / Rosenbaum® + Aleph Zero. Foto: © Leonardo Finotti

Uma arquitetura que se apoia nos saberes dos brasileiros residentes na região central do país. A construção da noção de pertencimento, necessária ao desenvolvimento das crianças da escola de Canuanã. O processo projetual passou por fases de pesquisa, imersão e colaboração com todos os futuros usuários, incluindo as crianças, através de dinâmicas das quais surgiram possíveis soluções para relacionar a escala do corpo infantil à infinitude do céu do cerrado.

Moradias Infantis / Rosenbaum® + Aleph Zero. Foto: © Leonardo Finotti
Moradias Infantis / Rosenbaum® + Aleph Zero. Foto: © Leonardo Finotti
Planta - Moradias Infantis / Rosenbaum® + Aleph Zero
Planta - Moradias Infantis / Rosenbaum® + Aleph Zero

Museu da Cachaça / Jô Vasconcellos

Museu da Cachaça / Jô Vasconcellos. Foto: © Junia Mortimer
Museu da Cachaça / Jô Vasconcellos. Foto: © Junia Mortimer

O projeto é uma continuidade de volumes que se transformam em uma grande praça convidativa, aberta à comunidade, que resgata o caráter público e confirma o compromisso social que um museu deve ter, acolhendo os cidadãos. O edifício é conformado por espessas paredes de alvenaria e acabamento irregular e rugoso, como a arquitetura vernácula da região – solução que atende melhor às preocupações climáticas e de conforto e traz uma identificação com a paisagem local.

Museu da Cachaça / Jô Vasconcellos. Foto: © Junia Mortimer
Museu da Cachaça / Jô Vasconcellos. Foto: © Junia Mortimer
Planimetria - Museu da Cachaça / Jô Vasconcellos
Planimetria - Museu da Cachaça / Jô Vasconcellos

Praça das Artes / Brasil Arquitetura

Praça das Artes / Brasil Arquitetura. Foto: © Nelson Kon
Praça das Artes / Brasil Arquitetura. Foto: © Nelson Kon

Compreender a natureza do lugar enquanto espaço resultante de fatores sócio-políticos que se desenrolam ao longo de décadas. Este foi o desafio da equipe de arquitetura ao assumir a tarefa de projetar um equipamento cultural que além de abrigar atividades específicas, ajuda a tecer a cidade, criando uma costura urbana e definindo infinitas possibilidades de ocupação dos vazios urbanos residuais. O resultado é um complexo jogo de volumes de concreto com amplos vãos e franqueza material – uma arquitetura que reforça suas funções de caráter público, convivência e vida urbana.

Praça das Artes / Brasil Arquitetura. Foto: © Nelson Kon
Praça das Artes / Brasil Arquitetura. Foto: © Nelson Kon
Croqui - Praça das Artes / Brasil Arquitetura
Croqui - Praça das Artes / Brasil Arquitetura

Sesc 24 de Maio / MMBB Arquitetos + Paulo Mendes da Rocha

Sesc 24 de Maio / MMBB Arquitetos + Paulo Mendes da Rocha. Foto: © Nelson Kon
Sesc 24 de Maio / MMBB Arquitetos + Paulo Mendes da Rocha. Foto: © Nelson Kon

Um exemplos de transformação no patrimônio urbano construído: a arquitetura dá lugar a um programa completamente distinto de sua função originária ao aproveitar e adaptar as instalações prediais. Praças, restaurante, ateliês, piscina e tantos outros usos se conectam através de uma rampa que se inicia no espaço público da cidade e conduz à cobertura. O projeto demonstra as virtudes da vida futura da cidade, ao mesmo tempo que reivindica o privilégio de ocupar o centro de São Paulo.

Sesc 24 de Maio / MMBB Arquitetos + Paulo Mendes da Rocha. Foto: © Nelson Kon
Sesc 24 de Maio / MMBB Arquitetos + Paulo Mendes da Rocha. Foto: © Nelson Kon
Situação - Sesc 24 de Maio / MMBB Arquitetos + Paulo Mendes da Rocha
Situação - Sesc 24 de Maio / MMBB Arquitetos + Paulo Mendes da Rocha

O ArchDaily Brasil segue com a missão de oferecer inspiração, conhecimento e ferramentas às pessoas interessadas em melhorar o ambiente construído, da escala doméstica à urbana. Esperamos continuar publicando outros milhares de projetos, ampliando ainda mais o acesso gratuito à arquitetura de qualidade. As informações sobre cada um destes dez projetos foram extraídas do memorial compartilhado pelas respectivas equipes de arquitetura.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Equipe ArchDaily Brasil. "10 Projetos que marcaram a história do ArchDaily Brasil" 10 Set 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/968129/10-projetos-que-marcaram-a-historia-do-archdaily-brasil> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.