Edifício biofílico de Kengo Kuma em Milão começa a ser construído

Edifício biofílico de Kengo Kuma em Milão começa a ser construído

Foram iniciadas as obras do escritório biofílico projetado por Kengo Kuma na cidade de Milão. Conhecido como “Welcome, feel at work” e com data prevista de conclusão para 2024, o edifício desenvolvido pela Kengo Kuma & Associates para a Europa Risorse é um empreendimento concebido para disponibilizar espaços de trabalho centrados na saúde e no bem-estar de seus funcionários. Além disso, o edifício de escritórios já está sendo considerado uma das obras de arquitetura mais sustentáveis de toda a Europa.

Cortesia de Kengo Kuma and AssociatesCortesia de Kengo Kuma and AssociatesCortesia de Kengo Kuma and AssociatesCortesia de Kengo Kuma and Associates+ 12

O escritório biofílico de Kuma é um edifício do futuro, um espaço de trabalho onde o homem e a natureza convivem em perfeita harmonia, uma arquitetura orgânica e sustentável, profundamente enraizada em seu contexto específico”.

Construído no Parco Lambro de Milão, na antiga zona industrial desativada do bairro de Rizzoli à nordeste do centro da capital lombarda, o “Welcome, feeling at work” reinterpreta o conceito do tradicional edifício de escritórios, combinando espaços voltados ao bem-estar dos usuários em uma estrutura sustentável e inovadora. Ancorado junto a uma praça pública recém-estabelecida, o edifício concebido por Kengo Kuma & Associates foi desenvolvido para operar como um catalisador da revitalização de toda a antiga zona industrial de Rizzoli. Focando no bem-estar dos usuários, o projeto permitirá “que os trabalhadores do escritório biofílico tenham acesso aos mais sofisticados recursos tecnológicos e digitais disponíveis no mercado, bem como estabelecerá espaços de trabalho saudáveis e de acordo com as mais restritivas medidas de segurança do trabalho estabelecidas ao longo da pandemia”.

Cortesia de Kengo Kuma and Associates
Cortesia de Kengo Kuma and Associates

Milão é uma cidade única onde a arte e a tradição se fundem com a vida contemporânea, algo que faz desta cidade o lugar perfeito para a implementação de uma proposta como essa. Através de uma abordagem cuidadosa e minuciosa, combinada com a construção leve em madeira, este projeto parece encontrar sintonia em um lugar como Milão, uma cidade conhecida mundialmente pela qualidade artesanal de seus produtos de design. -- Kengo Kuma.

Cortesia de Luxigon
Cortesia de Luxigon

Com data prevista de conclusão para daqui três anos, a proposta de edifício de uso misto incluirá escritórios, auditórios, espaços de co-working, salas de reuniões, bem como restaurantes e áreas de estar, espaços comerciais, um supermercado, e espaços expositivos, tudo isso conectado por um espaço aberto, contínuo e sustentável. O edifício se conecta imediatamente à praça pública em frente, fazendo com que a vegetação flua para o interior, preenchendo o edifício de verde. Além disso, serão criados uma série de pátios ao ar livre, dedicados a estabelecer áreas de encontro informais e a promover o convívio entre os usuários. Os terraços, por sua vez, foram concebidos como uma espécie de prolongamento dos espaços exteriores, ou como elementos de transição entre o domínio público e privado. Finalmente, o “Welcome, feeling at work” incluirá uma série de estufas, as quais poderão ser utilizadas tanto como espaços de trabalho quanto para acolher eventos das mais variadas naturezas.

Cortesia de Luxigon
Cortesia de Luxigon

A arquitetura biofílica procura construir um equilíbrio entre o espaço construído e natural, ela não nos convida apenas a conviver com a natureza, mas a viver na natureza. Welcome, feeling at work, é um edifício concebido a partir de elementos orgânicos e materiais naturais que sensibilizam os nossos sentidos e promovem uma sensação de bem-estar físico e mental. O edifício biofílico é uma estrutura construída de forma a integrar a arquitetura a natureza, apropriando-se de compostos orgânicos e e materiais naturais. […] a vida urbana biofílica, por sua vez, é uma estratégia desenvolvida para trazer a natureza e a vida de volta à cidade. Com este edifício procuramos estabelecer uma nova porta de entrada à cidade de Milão, um novo ponto de referencia que procura reestabelecer um importante eixo urbano da capital lombarda, enriquecendo o bairro e qualificando seus espaços públicos adjacentes. - Yuki Ikeguchi, sócio responsável pela concepção do projeto.

Cortesia de Luxigon
Cortesia de Luxigon

Dotado de espaços acessíveis e integrados, permeáveis em todas as direções, o “Welcome, feeling at work” foi concebido como um edifício neutro em emissões de carbono, alimentado por fontes de energia renováveis além de contar com sistemas de controle de consumo, reaproveitamento de água e muito verde. Confiando em um sistema super eficiente de aquecimento e resfriamento, somado a um amplo sistema de captação e produção de energia solar, o edifício biofílico projetado por Kengo Kuma em Milão deverá atingir níveis máximos de sustentabilidade ambiental, um projeto à frente de seu tempo e um exemplo para futuros edifícios de escritórios na era pós-pandemia. Buscando as certificações Platinum Well e Platinum Leed; o edifício tem como objetivo se tornar um dos projetos mais sustentáveis de toda a Europa.

Conectando os vários espaços urbanos adjacentes à área de Rizzoli e ao Parco Lambro, o projeto pretende impulsionar a revitalização de toda a região. Em termos de materiais, o edifício de madeira e aço será construído sobre fundações de concreto—combinando alta eficiência e sustentabilidade em uma estrutura leve, orgânica e modena.

Cortesia de Kengo Kuma and Associates
Cortesia de Kengo Kuma and Associates

Nossa principal intenção com o projeto do “Welcome, feeling at work” é promover uma nova maneira de se viver e trabalhar na cidade. Incorporando uma série de elementos naturais em sua arquitetura; áreas verdes, iluminação e ventilação natural abundantes e materiais naturais devem promover a característica tátil e sensível do espaço, promovendo o bem estar físico e mental dos usuários assim como impulsionar a produtividade e criatividade dos trabalhadores. A sustentabilidade é mais do que uma necessidade, é uma obrigação para o futuro da arquitetura e uma responsabilidade social para todos nós arquitetos e arquitetas. Nosso projeto de edifício biofílico oferece um ambiente de trabalho modelo e será um exemplo para projetos sustentáveis no futuro próximo. -- Yuki Ikeguchi, sócio responsável pela concepção do projeto.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Harrouk, Christele. "Edifício biofílico de Kengo Kuma em Milão começa a ser construído" [Kengo Kuma to Design Milan's Biophilic Office of the Future] 19 Mar 2021. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/958625/edificio-biofilico-de-kengo-kuma-em-milao-comeca-a-ser-construido> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.