O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Um mergulho na triste história da Escola Flutuante de Makoko projetada por NLÉ Architects

Um mergulho na triste história da Escola Flutuante de Makoko projetada por NLÉ Architects

  • 07:00 - 29 Março, 2018
  • por
  • Traduzido por Vinicius Libardoni
Um mergulho na triste história da Escola Flutuante de Makoko projetada por NLÉ Architects
© NLÉ architects
© NLÉ architects

Uma semana após seu criador ter sido premiado com o Leão de Prata na Bienal de Veneza de 2016, a Escola Flutuante de Makoko entrou em colapso e naufragou depois que fortes chuvas assolaram a cidade de Lagos, na Nigéria. Projetada pelo arquiteto nigeriano Kunlé Adeyemi, da NLÉ Architects, a escola estava localizada em plena baía da maior cidade do país. Quase dois anos depois, a escritora Allyn Gaestel, natural de Lagos, publicou uma investigação sobre a vulnerável comunidade costeira e sobre o arquiteto por trás do projeto naufragado, uma narrativa cativante intitulada "Things Fall Apart".

via NAIJ.com
via NAIJ.com

Seria o projeto da Escola Flutuante de Makoko uma tentativa de autopromoção? Como Gaestel escreve: "Heróis e vilões raramente tem intenções puras".

© NLÉ architects
© NLÉ architects

Gaestel descreve em detalhe os complexos elementos e personagens envolvidos com o projeto da Escola Flutuante de Makoko. Inicialmente, Adeyemi colaborava com Isi Etomi, um jovem arquiteto natural de Lagos, desenvolvendo uma pesquisa, posteriormente publicada em dois volumes, sobre estratégias de como qualificar o bairro que passava por dificuldades financeiras. Seguindo o crescente entusiasmo de Adeyemi em projetar uma escola flutuante, o orçamento também cresceu. Depois disso, Etomi acabou se afastando de Adeyemi, levando consigo parte do financiamento. Mas Adeyemi não desistiu e se envolveu ainda mais com o projeto e com a comunidade - até mesmo quando as autoridades intensificaram as operações em Makoko em um violento processo de despejo. O papel de Adeyemi tornou-se não apenas o de um simples arquiteto, mas também um defensor do povo de Makoko. Finalmente, a escola foi concluída e deixada sob os cuidados de Noah Shemede, o contato do arquiteto em Makoko e diretor da escola.

Segunda versão da Escola Flutuate de Makoko em Veneza, premiada com o Leão de Prata na Bienal de 2016. Imagem © Laurian Ghinitoiu
Segunda versão da Escola Flutuate de Makoko em Veneza, premiada com o Leão de Prata na Bienal de 2016. Imagem © Laurian Ghinitoiu

Gaestel chama a atenção para o fato de que enquanto a Escola Flutuante de Makoko estava sendo internacionalmente elogiada por seu espírito resiliente e humanitário, a escola somente havia sido utilizada de fato por quatro meses ao longo de seus três anos de existência. Alguns arquitetos consideravam a estrutura como um protótipo, o qual deveria ser estudado e melhorado, mas, ainda antes de seu colapso, os moradores de Makoko a consideravam muito mais do que isso. Chamando à atenção de todo o país, a escola representava uma luz no fim do túnel para uma comunidade quase sem esperanças. Em última análise, como Gaestel deixa claro em seu artigo, a história da Escola Flutuante de Makoko é muito mais complexa do que pode parecer à primeira vista.

Leia a matéria completa no The Atavist Magazine, aqui.

NLÉ's Makoko Floating School Reportedly Collapses Due to Heavy Rain

Sobre este autor
Lindsey Leardi
Autor
Cita: Leardi, Lindsey. "Um mergulho na triste história da Escola Flutuante de Makoko projetada por NLÉ Architects" [A Deep Dive Into the Sad Story of the Makoko Floating School] 29 Mar 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/891447/um-mergulho-na-triste-historia-da-escola-flutuante-de-makoko-projetada-por-nle-architects> ISSN 0719-8906