O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Aprendendo conexões básicas em bambu com artesãos indonésios

Aprendendo conexões básicas em bambu com artesãos indonésios

Aprendendo conexões básicas em bambu com artesãos indonésios
Aprendendo conexões básicas em bambu com artesãos indonésios, © José Tomás Franco
© José Tomás Franco

O objetivo principal do BambooU build and design course é promover o bambu como material de construção sustentável e fornecer conhecimento para arquitetos, designers, construtores, engenheiros e carpinteiros de todo o mundo com o intuito de valorizar este material e aumentar seu uso.

A versão de 2017 do curso convidou seus participantes a fazer parte de uma oficina de carpintaria básica, na qual os artesãos indonésios - liderados por I Ketut Mokoh Sumerta - ensinaram a construir a base de uma estrutura simples em Bambu, sem usar outros materiais e experimentando com o corte e junção de peças diferentes.

Veja o processo desta construção abaixo.

© Eduardo Souza
© Eduardo Souza

Nós estruturais bem dimensionados são fundamentais para a transmissão adequada de cargas em uma estrutura. Em edifícios construídos de materiais naturais, como madeira ou bambu, essa parte requer atenção e trabalho extra durante a execução. Quando há a adição de materiais como o aço para conferir rigidez, isso pode melhorar seu desempenho estrutural, mas também ocasionar problemas com contração e retração diferenciada, ou mesmo oxidação, se não forem tomadas as devidas precauções. 

I Ketut Mokoh Sumerta. Image © José Tomás Franco
I Ketut Mokoh Sumerta. Image © José Tomás Franco
I Ketut Mokoh Sumerta. Image © José Tomás Franco
I Ketut Mokoh Sumerta. Image © José Tomás Franco

O bambu, com sua variedade de formas e dimensões de seção, necessita de conexões que permitam seu movimento, ao mesmo tempo que possam acomodar suas formas naturais. Um exemplo de conexão que vem sendo aperfeiçoada continuamente pelo povo indonésio é o chamado encaixe boca de peixe, que utiliza apenas bambu na sua composição e funciona como uma junção básica entre vigas e colunas. Com ou sem o auxílio de ferramentas elétricas, ele decorre da prática dos construtores para criar um detalhe que é forte, eficiente e bonito ao mesmo tempo. Para construí-lo é necessário apenas uma régua ou fita métrica, lápis, uma faca, um serrote, formão, e uma furadeira. 

© José Tomás Franco
© José Tomás Franco

© José Tomás Franco © José Tomás Franco © José Tomás Franco © José Tomás Franco + 33

Para sua construção, inicia-se com uma incisão em V na coluna, o que acomodará a viga. Esse corte corresponde à medida do raio da viga de bambu (ou metade do seu diâmetro). É importante que toda a viga esteja tocando toda a superfície da incisão na coluna, para que não haja pontos de fraqueza na peça. 

© José Tomás Franco
© José Tomás Franco
© Eduardo Souza
© Eduardo Souza
© José Tomás Franco
© José Tomás Franco

Para realizar o travamento do nó estrutural, cria-se um furo na viga, onde é inserido uma peça de bambu de seção menor. O ideal é que essa peça fique justa, para que não haja folgas e o travamento seja eficiente. Após isso, utiliza-se a furadeira para criar dois orifícios onde são inseridos pinos (também de bambu), que permitem o travamento da estrutura. 

© José Tomás Franco
© José Tomás Franco
© José Tomás Franco
© José Tomás Franco

Ainda com o intuito de aumentar a rigidez do nó, insere-se uma terceira peça (uma mão francesa) que conecta as duas peças, onde também são utilizados encaixes e pinos de bambu para a fixação.

Ainda que pareça engenhoso e complicado em um primeiro momento, a junção pode ser entendida e executada após algumas horas e permitir a construção de estruturas de bambu. Somente com muita prática será possível uma execução perfeita, mas a partir dele também é possível imaginar alguns outros detalhes, utilizando outros ângulos e alterando a dimensão das peças. 

© José Tomás Franco
© José Tomás Franco
© Eduardo Souza
© Eduardo Souza

A lição mais importante é que trabalhar com um material natural requer, acima de tudo, respeito. E aprender com técnicas antigas, que já foram testadas e repensadas muitas vezes é um bom passo para o sucesso.

© Eduardo Souza
© Eduardo Souza
© Eduardo Souza
© Eduardo Souza

Dois de nossos editores, Eduardo Souza e José Tomás Franco,, foram convidados por BambooU e pela empresa de projetos em bambu IBUKU para fazer parte desta experiência incrível, organizada pela The Kul Kul Farm na Green School em Bali, na Indonésia. Confira mais informações sobre os próximos cursos aqui ou através do instagram.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
AD Editorial Team
Autor
Cita: AD Editorial Team. "Aprendendo conexões básicas em bambu com artesãos indonésios" [Learning Basic Bamboo Joinery With Indonesian Carpenters] 16 Nov 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/883697/aprendendo-conexoes-basicas-em-bambu-com-artesaos-indonesios> ISSN 0719-8906