O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

AD Editorial Team

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

IMS Paulista e Sesc 24 de Maio são finalistas do 2018 Mies Crown Hall Americas Prize

21:19 - 29 Julho, 2018
IMS Paulista e Sesc 24 de Maio são finalistas do 2018 Mies Crown Hall Americas Prize , Tepanzolco Cultural Center in Cuernavaca, Morelos, Mexico / PRODUCTORA + Isaac Broid. Image © Jaime Navarro
Tepanzolco Cultural Center in Cuernavaca, Morelos, Mexico / PRODUCTORA + Isaac Broid. Image © Jaime Navarro

O diretor Dirk Denison e o presidente do júri do MCHAP de 2018, Ricky Burdett, anunciaram os seis finalistas da edição de 2018 do Mies Crown Hall America Prize. Selecionados de uma lista de 31 projetos, esses projetos concorrerão ao prêmio principal que será anunciado em outubro. Os autores do prêmio vencedor receberão US$ 50.000 para financiar pesquisas e uma publicação, além de serem reconhecidos como Presidentes Honorários da MCHAP na Faculdade de Arquitetura do IIT.

A seguir, conheça os seis edifícios finalistas - entre eles estão dois projetos brasileiros, o IMS Paulista, realizado por Andrade Morettin Arquitetos Associados, e o Sesc 24 de Maio, realizado por Paulo Mendes da Rocha e MMBB Arquitetos. Todos foram concluídos entre janeiro de 2016 e dezembro de 2017. Os textos descritivos, fornecidos pelo júri do MCHAP, celebram os méritos de cada projeto.

Intel usa tecnologia de ponta em projeto de preservação da Muralha da China

10:00 - 26 Julho, 2018
Intel usa tecnologia de ponta em projeto de preservação da Muralha da China, Screenshot do vídeo da Intel
Screenshot do vídeo da Intel

A Intel divulgou recentemente seu projeto de preservação do trecho Jiankou da Grande Muralha da China, realizado em parceria com a China Foundation for Cultural Heritage Conservation (CFCHC). O projeto incorpora tecnologias de ponta, como drones Intel® Falcon ™ 8+ e inteligência artificial Intel, para melhorar a eficiência e a segurança das estratégias de conservação.

Conheça os 9 vencedores regionais do Prêmio Internacional VELUX 2018 para estudantes de arquitetura

19:00 - 9 Julho, 2018
Conheça os 9 vencedores regionais do Prêmio Internacional VELUX 2018 para estudantes de arquitetura, Cortesia de Velux Group
Cortesia de Velux Group

Realizado a cada dois anos, o Prêmio Internacional VELUX desafia alunos a criarem projetos que aproveitam a luz do dia, com o objetivo de desenvolver uma compreensão mais profunda dessa fonte de energia.

Um júri de renomados arquitetos escolheu 9 vencedores regionais que agora competirão pelo prêmio no Festival Mundial de Arquitetura em novembro de 2018. Os vencedores foram escolhidos de projetos apresentados por estudantes de 250 escolas de arquitetura diferentes em 58 países.

Conferência do AIA destaca os benefícios da construção em madeira

19:00 - 2 Julho, 2018
Conferência do AIA destaca os benefícios da construção em madeira, Brock Commons Tallwood House | Fotografia: KKLaw; Os painéis pré-fabricados ajudam na eficiência do projeto.
Brock Commons Tallwood House | Fotografia: KKLaw; Os painéis pré-fabricados ajudam na eficiência do projeto.

A madeira como material construtivo têm experimentando um certo renascimento. Embora elementar e enganosamente simples, a tecnologia aplicada tem transformado este material construtivo. Se você tiver dúvidas sobre como escolher e usar madeira, a missão da Think Wood é fornecer acesso ao conjunto de pesquisas e informações em expansão.

Em apoio ao tema do AIA deste ano, Blueprint for Better Cities, a Think Wood esteve na AIA Conference on Architecture para compartilhar pesquisas e recursos sobre os benefícios da madeira e como ela oferece melhores soluções para as comunidades onde trabalhamos e vivemos. Se tiver a oportunidade de ir à conferência, não deixe de visitar o Pavilhão de Madeira no estande 757. Mas se estiver interessado em aprender mais, mas não poderá estar lá (como a maioria de nós) continue lendo para ver os benefícios da madeira como material de construção.

Os 300 maiores escritórios de arquitetura dos EUA em 2018

10:00 - 28 Junho, 2018
Os 300 maiores escritórios de arquitetura dos EUA em 2018

A Architectural Record divulgou a edição de 2018 de sua lista anual dos 300 maiores escritórios de arquitetura dos Estados Unidos. Compilada pela publicação Engineering News-Record, a lista classifica as empresas com base na receita dos serviços realizados em 2017. A Gensler permanece no topo pelo sétimo ano consecutivo. Para mais informações e comentários dos escritórios, veja a matéria na Architectural Record.

Exposição "Freestanding" revela a poética da arquitetura de Sigurd Lewerentz

16:00 - 22 Junho, 2018
Exposição "Freestanding" revela a poética da arquitetura de Sigurd Lewerentz, © Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu

Como parte de nossa cobertura para Bienal de Arquitetura de Veneza de 2018, apresentamos Freestanding, uma exposição no Pavilhão Central da Bienal. Abaixo, a equipe descreve sua contribuição com suas próprias palavras.

100 Croquis de arquitetura

07:00 - 22 Junho, 2018
100 Croquis de arquitetura

Com cada vez mais opções de ferramentas digitais à disposição dos arquitetos, é de se perguntar por que o croqui continua sendo um dos meios de representação mais valorizados no campo da arquitetura. Renderizações, modelos tridimensionais e realidade virtual são, sem dúvidas, adventos poderosos que permitem transmitir as ideias por trás de um projeto. Mas num mundo ditado por ações rápidas na velocidade de uma story de Instagram, parece que nada supera a rapidez e a conveniente imprecisão de um croqui.

Enquanto alguns são rabiscos quase caóticos, desenvolvidos durante a etapa projetual, outros são verdadeiras obras de arte, que ajudam a convencer os clientes da obra proposta. A seguir, compilamos 100 exemplos de croquis feitos por arquitetas e arquitetos do mundo todo que podem lhe servir de inspiração.

"O lugar que permanece": Pavilhão do Líbano na Bienal de Veneza 2018

16:00 - 21 Junho, 2018
"O lugar que permanece": Pavilhão do Líbano na Bienal de Veneza 2018, © venicedocumentationproject
© venicedocumentationproject

Como parte de nossa cobertura da Bienal de Arquitetura de Veneza 2018, apresentamos o Pavilhão Libanês. Para conhecer a proposta inicial, consulte o nosso post publicado anteriormente "Pavilhão do Líbano na Bienal de Veneza 2018 Para Refletir Sobre o Ambiente Construído Através de uma Análise Sobre o Território Não Construído".

Intitulado “O Lugar Que Permanece”, o Pavilhão Libanês, na primeira participação do país na Bienal de Veneza, mostrou as características e perspectivas dos territórios libaneses não construídos e como essas terras podem melhorar o ambiente construído e suas condições de vida. A curadora Hala Younis escolheu se concentrar em Nahr Beirute (rio de Beirute) e sua bacia hidrográfica, avaliando sua base e os desafios que a acompanham, como a “natureza frágil do território, a escassez de recursos e a mercantilização”.

© venicedocumentationproject © venicedocumentationproject © venicedocumentationproject © Hala Younes + 10

11 Exposições imperdíveis da Bienal de Veneza 2018

07:00 - 15 Junho, 2018
11 Exposições imperdíveis da Bienal de Veneza 2018, Arsenale. Imagem Cortesia da Biennale di Venezia
Arsenale. Imagem Cortesia da Biennale di Venezia

Como de costume, após meses de pesquisa e trabalho, a edição deste ano da Bienal de Arquitetura de Veneza apresenta um grande número de exposições e instalações, e não é fácil visitá-las de uma única vez. Ao chegar ao Arsenale ou Giardini, o número esmagador de amostras é meticulosamente contido nos pavilhões nacionais ou, no caso do Arsenale, muitas delas podem passar despercebidas nas laterais do seu extenso corredor.

No caso de você ter pouco tempo para aproveitar tudo o que FREESPACE tem a oferecer, fizemos uma seleção de nossos pavilhões e exposições favoritos. Veja a seguir:

75 Tipos de madeira classificadas por dureza

19:00 - 5 Junho, 2018
75 Tipos de madeira classificadas por dureza, Cortesia de www.alansfactoryoutlet.com
Cortesia de www.alansfactoryoutlet.com

Já se perguntou quais são as madeiras mais duras e macias do mundo? Como arquitetos, estamos todos muito familiarizados com a mais macia: Balsa. Suas qualidades materiais são o que a tornam tão atraentes para fazer maquetes. Mas e a madeira mais dura do mundo? Já ponderou quantos quilos de força elas podem suportar?

Becoming: Pavilhão da Espanha na Bienal de Veneza 2018

15:00 - 29 Maio, 2018
Becoming: Pavilhão da Espanha na Bienal de Veneza 2018, Cortesia de La Biennale di Venezia. Imagem © Italo Rondinella
Cortesia de La Biennale di Venezia. Imagem © Italo Rondinella

Becoming, pavilhão da Espanha na Bienal de Veneza 2018 procura responder ao tema geral do evento por meio das propostas e pesquisas que estão sendo desenvolvidas nos diferentes entornos de aprendizagem dentro do país, enfatizando especialmente o novo perfil multidisciplinar do arquiteto/a.

A exposição, organizada pela arquitetura Atxu Amann, ocupou a maior parte do orçamento ao restaurar o edifício em que está situada, "tatuando" suas paredes interiores para carregá-las de 143 propostas que se unificam através de 52 conceitos relevantes para nossa disciplina na atualidade. 

© Ana Matos © Ana Matos © Ana Matos © Gonzalo Pardo + 17

Curadoras Yvonne Farrell e Shelley McNamara falam sobre o tema da Bienal de Veneza 2018

10:00 - 25 Maio, 2018

Enquanto a Bienal se prepara para abrir ao público neste sábado, 26 de maio, a PLANE — SITE conversou com as curadoras Yvonne Farrell e Shelley McNamara sobre o tema desta edição: Freespace. A dupla procura enxergar a arquitetura para além de um objeto, imaginando, em vez disso, o espaço livre [free space] como um convite para pensar a arquitetura enquanto campo de oportunidades. Literalmente e metaforicamente, o espaço livre apresenta ambientes de generosidade, acessibilidade e liberdade e celebra as experiências cívicas que isso cria. 

ArkDes resgata joias da arquitetura da Suécia com sua nova conta no Instagram

10:00 - 24 Maio, 2018
ArkDes resgata joias da arquitetura da Suécia com sua nova conta no Instagram, Cortesia de ArkDes
Cortesia de ArkDes

O ArkDes, o Centro Sueco de Arquitetura e Design, lançou uma nova conta no Instagram mostrando “objetos surpreendentes” e joias nunca antes vistas da arquitetura da Suécia. A ArkDes Collections, que apresenta uma mistura eclética de desenhos, modelos e fotografias de arquitetos como Ralph Erskine, Gunnar Asplund, Sigurd Lewerentz e Bernt Nyberg, também destacou o trabalho significativo de profissionais menos conhecidos, como Léonie Geisendorf e Mariana Manner.

Com quatro milhões de objetos, o museu cuida de uma das maiores coleções de objetos arquitetônicos da Europa. Cobrindo a arquitetura sueca de meados do século XIX até os dias de hoje, com ênfase na primeira metade do século XX, os objetos postados na conta são selecionados por curadores, arquitetos, designers e pensadores.

Pavilhão do Canadá na Bienal de Veneza 2018 explora sua própria arquitetura e restauro

15:00 - 21 Maio, 2018
Pavilhão do Canadá na Bienal de Veneza 2018 explora sua própria arquitetura e restauro, Pavilhão do Canadá, 1957 ou 1958. Photo: NGC
Pavilhão do Canadá, 1957 ou 1958. Photo: NGC

Como parte da cobertura da Bienal de Arquitetura de Veneza de 2018, apresentamos a proposta para o Pavilhão Canadense. Abaixo, os participantes descrevem sua contribuição com suas próprias palavras.

Quase sessenta anos depois de sua inauguração, tendo recebido inúmeras exposições com o trabalho de alguns dos artistas e arquitetos mais importantes do país, o Pavilhão do Canadá em Veneza está passando por uma grande reforma. O histórico edifício é um dos marcos arquitetônicos dos Jardins da Bienal, o tradicional espaço expositivo das Bienais de Arte e Arquitetura de Veneza.

Pavilhão da China na Bienal de Veneza 2018 investiga possibilidades para um futuro rural

16:00 - 18 Maio, 2018
Pavilhão da China na Bienal de Veneza 2018 investiga possibilidades para um futuro rural, Biblioteca Rural de Shenaoli / Zhang Lei. Imagem © Yao Li, Cortesia Pavilhão da China na 16ª Exposição de Arquitetura de Veneza, La Biennale di Venezia
Biblioteca Rural de Shenaoli / Zhang Lei. Imagem © Yao Li, Cortesia Pavilhão da China na 16ª Exposição de Arquitetura de Veneza, La Biennale di Venezia

Como parte de nossa cobertura da Bienal de Arquitetura de Veneza 2018, apresentamos a proposta para o Pavilhão Chinês. Abaixo, os participantes descrevem sua contribuição em suas próprias palavras.

A motivação para esta exposição é mais do que apenas xiangchou, termo chinês que se refere à nostalgia das terras rurais. Voltamos ao campo onde a cultura chinesa surgiu para recuperar valores e possibilidades esquecidos; a partir daí, construiremos um futuro rural.
– Li Xiangning (Curador)

Um dos principais desafios enfrentados pelas cidades contemporâneas é o futuro do desenvolvimento rural. Na China, o campo se tornou uma nova fronteira para experimentos nessa área, e o país está desenvolvendo uma zona rural a uma velocidade e escala inéditas. Atraídos pela promessa de oportunidades ilimitadas, arquitetos, artistas, empreendedores - bem como fluxo de capital - estão convergindo para áreas rurais em todo o país.

Uma antiga casa nova reciclando o rural durante a celebração / estrutura urbana rural. Imagem © John Lin, Cortesia Pavilhão da China na 16ª Exposição de Arquitetura de Veneza, La Biennale di Venezia Museu Xiaozuo / Dong Yugan. Imagem © Dong Yugan, Cortesia Pavilhão da China na 16ª Exposição de Arquitetura de Veneza, La Biennale di Venezia Fábrica de Jangada de Bambu Wuyishan / Hua Li. Imagem © Su Shengliang, Cortesia Pavilhão da China na 16ª Exposição de Arquitetura de Veneza, La Biennale di Venezia Beijing Cidi Memo iTown / Liu Yuyang. Imagem © Xiazhi, Cortesia Pavilhão da China na 16ª Exposição de Arquitetura de Veneza, La Biennale di Venezia + 11

Pavilhão do Egito na Bienal de Veneza 2018 explora tema dos mercados urbanos

15:00 - 18 Maio, 2018
Pavilhão do Egito na Bienal de Veneza 2018 explora tema dos mercados urbanos, Souq Aljuma, pelos autores
Souq Aljuma, pelos autores

Como parte de nossa cobertura da Bienal de Arquitetura de Veneza 2018, apresentamos a proposta para o Pavilhão do Egito. A seguir, os participantes descrevem sua contribuição.

O pavilhão egípcio, com curadoria dos arquitetos Islam El Mashtooly e Mouaz Abouzaid, e do professor de arquitetura Cristiano Luchetti, propõe o tema do redesenvolvimento e estratégias de requalificação de espaços comerciais espontâneos em todo o país. O fenômeno do comércio "livre", não estruturado, muitas vezes abusivo e ilegal é predominante em muitas áreas urbanas e suburbanas. O souk tradicional não está mais confinado a ruas estreitas e espaços intersticiais do tecido histórico. De fato, o espaço do comércio estende seus tentáculos sem problemas ao longo das linhas de fluxos urbanos sem qualquer regra aparente. O projeto para o pavilhão se concentra nessas espacialidades estratégicas, mas também em seu conteúdo. O comércio de Roba Becciah é uma grande parte de todas as atividades do mercado. Os itens em desuso produzidos e descartados pelas sociedades consumistas são primeiro coletados e depois empilhados em grandes áreas para criar enclaves monofuncionais para fins comerciais futuros. Roba Becciah representa para os curadores uma importante metáfora da condição antropológico-urbana do mundo contemporâneo.

Bjarke Ingels assume cargo de arquiteto-chefe na WeWork

15:00 - 9 Maio, 2018
Bjarke Ingels assume cargo de arquiteto-chefe na WeWork, CEO da WeWork Adam Neumann com Bjarke Ingels. Image. © Alexei Hay
CEO da WeWork Adam Neumann com Bjarke Ingels. Image. © Alexei Hay

A WeWork anunciou que Bjarke Ingels será seu novo arquiteto-chefe. Ingels, que se impôs no mundo da arquitetura com a criação de seu escritório BIG em 2005, continuará atuando como sócio fundador e diretor de criação de sua empresa, no entanto, em sua nova função na WeWork, "oferecerá suas ideias e visões para nos ajudar a ampliar e ultrapassar os limites da arquitetura, do imobiliário, da tecnologia e do design", explicou a WeWork em comunicado à imprensa. 

gmp vence concurso para complexo de ciências em Suzhou, China

19:00 - 6 Maio, 2018
gmp vence concurso para complexo de ciências em Suzhou, China, Cortesia de gmp Atchain
Cortesia de gmp Atchain

Até 2020, um campus de inovação com escritórios e laboratórios para jovens empresas no campo da alta tecnologia será desenvolvido em Suzhou, a metrópole do leste da China. 330.000 metros quadrados de área bruta distribuem-se em cinco conjuntos de edifícios de tamanhos diferentes, dispostos de forma deslocada em torno de uma paisagem de parque e lago. Na primavera de 2018, o projeto dos arquitetos paisagistas  Architects von Gerkan, Marg and Partners (gmp) e WES landscape architects ganhou o primeiro prêmio no concurso para o projeto.

Saguão de esposição, planta nível 1 Implantação Cortesia de gmp Atchain Cortesia de gmp Atchain + 15