Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Esquemas e diagramas: 30 exemplos de como organizar, analisar e comunicar projetos

Esquemas e diagramas: 30 exemplos de como organizar, analisar e comunicar projetos
Br representation in architecture banner
VM Houses. Imagem via BIG + JDS + PLOT = BIG + JDS
VM Houses. Imagem via BIG + JDS + PLOT = BIG + JDS

A construção de uma expressão gráfica para organizar e comunicar as ideias essenciais é tarefa inerente ao contexto criativo; é um processo de síntese de informação que - na busca por representar e transmitir uma mensagem clara ao receptor - permite identificar e modificar certos aspectos e componentes centrais do desenho. 

Os esquemas e diagramas, por suas características, ficam relegados às últimas instâncias do processo de projeto, porém, durante o caminho podem ser uma importante ferramenta de análise e organização. O tempo necessário para conceber e produzir estes elementos gráficos pode resultar na compreensão e avanço do projeto, que por vezes pode tomar direções totalmente novas.

Buscando uma aproximação com os esquemas e diagramas, apresentamos, a seguir, uma série de diferentes casos que podem servir como inspiração:

01. Representação programática

+ Distribuição do programa:

Tanto para identificar as diferentes partes funcionais como para realizar interessantes estudos de programas híbridos, como os expostos na Biblioteca Central de Seattle / OMA + LMN, os esquemas e diagramas podem, de forma muito simples, ajudar a compreender as relações entre as atividades.

Biblioteca Central de Seattle. Imagem via OMA + LMN
Biblioteca Central de Seattle. Imagem via OMA + LMN
Centro Cultural Mariehøj. Imagem via WE Architecture + Sophus Søbye Architects
Centro Cultural Mariehøj. Imagem via WE Architecture + Sophus Søbye Architects
Museo de Arte Nelson-Atkins. Image Cortesía de Steven Holl Architects
Museo de Arte Nelson-Atkins. Image Cortesía de Steven Holl Architects

+ Atividades e usos específicos:

Na aproximação ao programa de um projeto, provavelmente existirão certos usos e elementos que são particulares e que se tornam um verdadeiro objeto de estudo. As possibilidades de abordar estas investigações específicas a partir de esquemas e diagramas podem ajudar a visualizar outro tipo de informação, como o desenvolvimento das atividades no decorrer do tempo, as tendências e as circulações.

Nest We Grow . Image Cortesía de College of Environmental Design UC Berkeley + Kengo Kuma & Associates
Nest We Grow . Image Cortesía de College of Environmental Design UC Berkeley + Kengo Kuma & Associates
Biblioteca Central de Seattle. Imagem via OMA + LMN
Biblioteca Central de Seattle. Imagem via OMA + LMN
Edificio Jardín Hospedero y Nectarífero. Imagem via HUSOS
Edificio Jardín Hospedero y Nectarífero. Imagem via HUSOS
Museo de Arte Nelson-Atkins. Image Cortesía de Steven Holl Architects
Museo de Arte Nelson-Atkins. Image Cortesía de Steven Holl Architects

02. Representação contextual:

+ Implantação / visuais: 

No momento de estabelecer vínculos com o entorno existente, seja em relação à topografia ou as visuais, as expressões gráficas podem evidenciar dados que provavelmente não podem ser apresentados a partir do âmbito técnico dos sistemas de representação construtiva. 

Casa Rural. Image Cortesía de RCR Arquitectes
Casa Rural. Image Cortesía de RCR Arquitectes

Plaza San Martin De La Mar. Image Cortesía de Zigzag Arquitectura Plaza San Martin De La Mar. Image Cortesía de Zigzag Arquitectura Plaza San Martin De La Mar. Image Cortesía de Zigzag Arquitectura Plaza San Martin De La Mar. Image Cortesía de Zigzag Arquitectura + 33

A/D/O. Imagem via nARCHITECTS
A/D/O. Imagem via nARCHITECTS
Edificio de Antropología Tozzer. Image Cortesía de Kennedy & Violich Architecture
Edificio de Antropología Tozzer. Image Cortesía de Kennedy & Violich Architecture

+ Orientação solar / clima

Um estudo solar e de condições climáticas pode ser abordado convenientemente através de esquemas, por sua capacidade de mostrar simultaneamente uma síntese de importantes dados precisos de diferentes aspectos (correntes de ar, posição do sol no verão e inverno, índice de precipitação, etc.).

Nest We Grow . Image Cortesía de College of Environmental Design UC Berkeley + Kengo Kuma & Associates
Nest We Grow . Image Cortesía de College of Environmental Design UC Berkeley + Kengo Kuma & Associates
Quito Publishing House. Image via © Estudio A0
Quito Publishing House. Image via © Estudio A0
Centro Cultural La Gota - Museo del Tabaco . Imagem via Losada García
Centro Cultural La Gota - Museo del Tabaco . Imagem via Losada García

03. Representação espacial:

+ Construção volumétrica:

Reconhecer, analisar e comunicar a evolução da geometria de um projeto é um método de registro usado para compreender as ações realizadas; isso permite localizar as variações e etapas do processo de projeto para realizar modificações ou possíveis alternativas exploratórias. 

The Interlace. Image Cortesía de OMA
The Interlace. Image Cortesía de OMA
Energy Living . Image Cortesía de M+ Group
Energy Living . Image Cortesía de M+ Group
The Stealth Building . Image Cortesía de WORKac
The Stealth Building . Image Cortesía de WORKac
Mountain Dwellings. Imagem via BIG & JDS
Mountain Dwellings. Imagem via BIG & JDS
Mountain Dwellings. Imagem via BIG & JDS
Mountain Dwellings. Imagem via BIG & JDS

+ Esquemas de estudo:

Abordar os diferentes componentes espaciais de forma particular coloca em evidência uma clara compreensão e identificação dos elementos construtivos; a possibilidade de realizar estudos através de esquemas e diagramas permite tecer outros tipos de considerações projetuais.

Casa YAS. Image via © Estudio Arzubialde
Casa YAS. Image via © Estudio Arzubialde
Edificio ONEMI . Image Cortesía de Teodoro Fernández Arquitectos
Edificio ONEMI . Image Cortesía de Teodoro Fernández Arquitectos
VM Houses. Imagem via BIG + JDS + PLOT = BIG + JDS
VM Houses. Imagem via BIG + JDS + PLOT = BIG + JDS
Casa Scout. Image Cortesía de BAAG
Casa Scout. Image Cortesía de BAAG

04. Representação construtiva:

+ Estrutura e materialidade

Visualizar o vínculo dos diferentes elementos materiais através de esquemas estruturais e construtivos permite perceber a organização do sistema e pode, inclusive, facilitar a identificação das diferentes etapas de construção.

Taller de Arquitectura en el desierto. Image © Jorge Losada
Taller de Arquitectura en el desierto. Image © Jorge Losada
NASA Orbit Pavilion. Imagem © STUDIOKCA Architecture
NASA Orbit Pavilion. Imagem © STUDIOKCA Architecture
Colegio Alianza Francesa Jean Mermoz. Imagem via Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler
Colegio Alianza Francesa Jean Mermoz. Imagem via Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler

+ Funcionamento dos sistemas

Finalmente, os esquemas permitem compreender de forma clara o funcionamento dos sistemas e conjuntos; uma ferramenta essencial para detectar os elementos que fazem parte do projeto e possíveis erros.

Publicado originalmente em 1 de maio de 2017 e atualizado em 14 de outubro de 2019.

Pabellón Josey de la Fundación Dixon Water. Imagem via © Lake Flato Architects
Pabellón Josey de la Fundación Dixon Water. Imagem via © Lake Flato Architects
Edificio Jardín Hospedero y Nectarífero. Imagem via HUSOS
Edificio Jardín Hospedero y Nectarífero. Imagem via HUSOS
Casa Meztitla. Image via © EDAA
Casa Meztitla. Image via © EDAA
Sobre este autor
Cita: Dejtiar, Fabian. "Esquemas e diagramas: 30 exemplos de como organizar, analisar e comunicar projetos" [Esquemas y diagramas en la representación arquitectónica: 30 ejemplos gráficos para optimizar la organización, el análisis y la comunicación] 19 Out 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/870168/esquemas-e-diagramas-30-exemplos-de-como-otimizar-a-organizacao-analise-e-comunicacao-do-projeto> ISSN 0719-8906
Ler comentários

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.