Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Fabian Dejtiar

Editor at ArchDaily en Español. He studied architecture at the University of Buenos Aires (UBA) and at the National Autonomous University of Mexico (UNAM). He has collaborated in various architecture offices and research projects, working on topics ranging from construction processes to urban planning, focusing his interests on representation, efficiency, diffusion and criticism of architecture. Instagram: @ fabe.de

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Esquemas e diagramas: 30 exemplos de como organizar, analisar e comunicar projetos

VM Houses. Imagem via BIG + JDS + PLOT = BIG + JDS
VM Houses. Imagem via BIG + JDS + PLOT = BIG + JDS

A construção de uma expressão gráfica para organizar e comunicar as ideias essenciais é tarefa inerente ao contexto criativo; é um processo de síntese de informação que - na busca por representar e transmitir uma mensagem clara ao receptor - permite identificar e modificar certos aspectos e componentes centrais do desenho. 

Os esquemas e diagramas, por suas características, ficam relegados às últimas instâncias do processo de projeto, porém, durante o caminho podem ser uma importante ferramenta de análise e organização. O tempo necessário para conceber e produzir estes elementos gráficos pode resultar na compreensão e avanço do projeto, que por vezes pode tomar direções totalmente novas.

Buscando uma aproximação com os esquemas e diagramas, apresentamos, a seguir, uma série de diferentes casos que podem servir como inspiração:

Resumo da Bienal Iberoamericana de Arquitetura e Urbanismo (XI BIAU) em Assunção

Na semana passada, Assunção, Paraguai, recebeu a XI BIAU. Veja a seguir um resumo do evento, incluindo o anúncio dos 17 vencedores do Prêmio Panorama Obras - um reconhecimento que discute projetos de arquitetura e urbanismo construídos na América Latina.

Entre os dias 6 e 11 de outubro, a cidade acolhgeu exposições, debates e conferências de arquitetos reconhecidos como José María Sáez, Toni Gironés, Rozana Montiel, Entre Nos Atelier, Barclay & Crousse, entre outros, sob o tema paragua y (habito - a água).

MiCasa Vol.C do Studio MK27 vence o Prix Versailles 2019 na categoria "lojas"

Os vencedores do Prix Versailles 2019 foram anunciados na sede da UNESCO em Paris. Ao todo, foram premiados 12 projetos nas categorias Lojas e Lojas, Shopping Centers, Hotéis e Restaurantes. Dentre os vencedores, o único brasileiro é o projeto MiCasa Vol.C, do Studio MK27 - Marcio Kogan + Marcio Tanaka.

O júri foi composto por David Adjaye, Kazuyo Sejima, Francesco Bandarin, Iris Van Herpen, Philippe Starck, Alondra de la Parra, Ferran Adiá e Thomas Vonier. Veja, a seguir, os premiados.

Valencia é eleita capital mundial do design de 2022

A World Design Organization elegeu Valência, na Espanha, como a próxima capital mundial do design para o ano de 2022. A cidade superou Bangalore, na Índia, na etapa final de seleção.

Smiljan Radic, Cecilia Puga e Paula Velasco projetam Pavilhão do Chile na Expo Dubai 2020

Selecionada entre vinte e quatro projetos finalistas, a proposta apresentada por Smiljan Radic, Cecilia Puga e Paula Velasco foi escolhida como a grande vencedora para representar o Chile na Expo Dubai 2020.

As cidades mais seguras da América Latina em 2019

Posição Mundial: 50. Imagem © Fabian Dejtiar Posição Mundial: 51. Imagem © Wikipedia user: Daviddavid00 Licensed under CC BY-SA 2.0 Posição Mundial: 40. Imagem © Flickr User: Eneas De Troya Licensed under CC BY 2.0 Imagen de <a href="https://pixabay.com/es/users/Poswiecie-461975/?utm_source=link-attribution&amp;utm_medium=referral&amp;utm_campaign=image&amp;utm_content=2790455">Poswiecie</a> en <a href="https://pixabay.com/es/?utm_source=link-attribution&amp;utm_medium=referral&amp;utm_campaign=image&amp;utm_content=2790455">Pixabay</a>. ImagePuesto Mundial: 41 + 9

O Índice de Cidades Seguras (SCI) da Unidade de Inteligência do The Economist classifica 60 cidades de todo o mundo com base em indicadores que abrangem segurança digital, segurança da saúde, infraestrutura e segurança pessoal.

Se observarmos a América Latina - deixando de lado a repetida liderança de Tóquio, seguida por Singapura, Osaka, Amsterdã e Sydney -, que posição as cidades de nosso continente ocupam em relação à segurança em 2019?

Como projetar e calcular uma rampa?

Já sabemos que, a partir de suas diferentes possibilidades de projeto, uma rampa permite superar as barreiras físicas nas áreas urbanas e arquitetônicas.

Apesar de consistir basicamente de uma superfície contínua que vence uma diferença de altura, com um determinada inclinação, é necessário destacar uma série de especificações construtivas e, como sabemos, as normativas mínimas relativas ao desenho das rampas variam em cada local. Os seguintes esclarecimentos pretendem auxiliar e determinar as dimensões apropriadas para rampas gerais confortáveis e eficientes para todos, a partir de considerações de acessibilidade universal.

Até que ponto a inclinação de uma rampa pode variar? Como determinar sua largura e espaços de manobra? Quais considerações existem para os corrimãos? Revise alguns exemplos de cálculo e desenho para diferentes rampas, abaixo.

4 Projetos brasileiros entre os premiados na etapa continental do Prix Versailles 2019

Foram anunciados os vencedores de cada continente do Prix Versailles 2019, um reconhecimento anual que celebra projetos de arquitetura comercial de todo o mundo.

A seguir, reunimos os 11 projetos vencedores da região que compreende as América Central e do Sul e o Caribe, dentro das 4 principais categorias: lojas, centros comerciais, hotéis e restaurantes. Em setembro, os vencedores mundiais serão anunciados. 

Os melhores projetos de arquitetura do mundo em 2019, eleitos pela Time

A lista World's Greatest Places 2019 da revista Time reúne os 100 melhores destinos no mundo para visitar, se hospedar, comer e beber. Selecionados pela equipe global de redatores e correspondentes da revista, os lugares foram avaliados segundo critérios de qualidade, originalidade, inovação, sustentabilidade e influência.

Dentre os lugares selecionados pela Time, reunimos a seguir os projetos de arquitetura que já foram publicados no ArchDaily. Conheça-os a seguir. 

Sinalização de desenho universal: o primeiro passo para cidades mais acessíveis

De todas as ações que uma cidade pode realizar para melhorar de forma rápida a orientação de pedestres, uma das opções mais pertinentes poderia ser o desenvolvimento de um sistema de sinalização integral - evidência implícita nos casos de Legible London, WalkNYC em Nova Iorque ou o Rio a Pé no Rio de Janeiro.

Quais são os materiais mais utilizados nas habitações sociais?

A escolha de materiais de construção e a reflexão contínua inerente sobre o alcance e as capacidades da arquitetura são uma maneira alternativa interessante de abordar essa questão. Os materiais utilizados na habitação social devem abordar as possibilidades locais e econômicas e as reais necessidades de acesso à moradia no contexto contemporâneo.

Na busca por fornecer inspiração e ferramentas aos arquitetos para a construção de melhores moradias sociais, analisamos diferentes projetos publicados em nosso site para identificar quais são os materiais predominantes, tanto para a formação de estruturas ou fechamentos, a fim de proporcionar um panorama global de diferentes estudos de caso, considerando principalmente sua localização geográfica e aspecto construtivo.

Diante da questão de quais são os materiais utilizados na habitação social, apresentamos uma compilação de 15 projetos que convidam à reflexão.

Os melhores mestrados de arquitetura do mundo em 2019

A plataforma Best Architecture Masters (BAM) apresentou a segunda edição do seu ranking dos melhores cursos de mestrado em arquitetura do mundo em 2019.

Veja o aumento da temperatura nas maiores cidades do mundo até 2050

Em 2050, o clima em Madri será muito semelhante ao atual clima de Marrakech no Marrocos. Estocolmo será mais parecida com Budapeste, Londres a Barcelona, ​​Moscou com Sofia, o clima em Seattle será como em San Francisco enquanto que Tóquio, apresentará condições climáticas como aquelas da cidade de Changsha, na China.

A pesquisa "entendendo as mudanças climáticas a partir de uma análise global entre cidades" publicada na revista científica PLOS ONE pelo The Crowther Lab da ETH Zurich, nos apresenta uma visão de futuro bastante preocupante.

Conheça os 32 projetos finalistas da XI BIAU 2019

No dia 5 de outubro terá início a Bienal Iberoamericana de Arquitetura e Urbanismo - XI BIAU, que acontecerá pela primeira vez na cidade de Assunção, Paraguai.

A chamada para a seção Panorama de Obras abria espaço para projetos de arquitetura e urbanismo construídos na América ou Península Ibérica, concluídos entre 1 de janeiro de 2016 e 31 de dezembro de 2018, e que não tivessem sido apresentados em edições anteriores do evento.

A partir da chamada foram selecionados 210 projetos pelos comitês nacionais de cada país, de um total de quase 1.000 projetos apresentados. Em seguida, o júri presidido por Gloria Cabral e Solano Benítez e formado por Gabriela Carrillo e Mauricio Rocha, Sandra Barclay e Jean Pierre Crousse, Josep Ferrando, Carlos Quintáns, Nicolás Campodónico, Carla Juaçaba, Javier Corvalán, e as curadoras do evento Ana Román e Arturo Franco, selecionou estes 32 projetos finalistas:

O que é concreto celular autoclavado e quais são suas vantagens na arquitetura?

Desde sua invenção na década de 1920, o concreto celular representava a busca de um material industrial que apresentasse as características da madeira - como a sua leveza, capacidade de corte e perfuração - e evitasse algumas de suas desvantagens - como a absorção de água e a necessidade de manutenção. Atualmente, os blocos de concreto celulares autoclavados estão ativamente presentes no mercado por fabricantes como Hebel ou Retak, constituindo um sistema de construção simples e eficiente. Se você está se perguntando como construir com esse tipo de alvenaria, é pertinente examinar um pouco mais sobre as vantagens deste material.

Aeroportos: exemplos em plantas e cortes

Aeroportos exigem soluções arquitetônicas que respondam não apenas à eficiência de seus espaços e circulações - tanto operacionais quanto de passageiros -, mas também às previsões de conexão com outros sistemas de transporte e às estratégias de expansão dos terminais.

Veja, a seguir, dez exemplos de aeroportos publicados em nossas plataformas que atendem as altas exigências envolvidas no transporte aéreo.