Fabian Dejtiar

Managing Editor at ArchDaily en Español. He studied architecture at the University of Buenos Aires (UBA) and at the National Autonomous University of Mexico (UNAM). He has collaborated in various architecture and research projects in Latin America, where he has applied his experience in communication, technology and critical thinking on global challenges. Instagram: @ fabe.de

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

É possível transformar o porto de Barcelona em um grande parque urbano?

‘PARC BLAU’ é uma proposta experimental para refletir sobre o futuro das cidades apresentada pelo estúdio de arquitetura ON-A no âmbito do Model - Festival de Arquitetura de Barcelona, ao criar um espaço para repensar como queremos viver juntos através de novos modelos urbanos.

O projeto trata-se de uma possível transformação do porto de Barcelona em um grande parque urbano, um futuro que oferece a oportunidade de resgatar a natureza no espaço, transformá-lo em parque, preenchê-lo com vida e permitir que os cidadãos o desfrutem sem renunciar aos serviços atualmente estabelecidos na região.

5 Instalações urbanas inauguram o Festival de Arquiteturas de Barcelona

Neste 5 de maio foi inaugurada a primeira edição do Model. Festival de Arquiteturas de Barcelona. Um evento organizado conjuntamente pela Câmara Municipal de Barcelona e pelo Colégio de Arquitetos da Catalunha (COAC) que nos aproxima da arquitetura experimental e nos ajuda a repensar como queremos viver juntos através de novos modelos de cidade e novos imaginários.

"Para mudar a forma que construímos, precisamos todos participar": nossos leitores opinam sobre arquitetura neutra em carbono

É fato conhecido que a indústria da construção civil está entre os maiores produtores de CO2. Embora muito progresso tenha sido feito em tecnologia e em processos de projeto e construção, ainda há um longo caminho a percorrer para minimizar ou quase zerar as emissões de carbono no desenvolvimento de ambientes construídos. 

"Um projeto é uma conversa feita de desenhos, mas também de palavras": entrevista com Ben-Avid

Martin Benavidez fundou Ben-Avid em 2018, um estúdio de arquitetura que dirige em Córdoba, Argentina, onde desenvolve projetos arquitetônicos nacionais e internacionais de várias escalas e complexidades.

Suas obras são espaços comerciais, galerias e pavilhões de exposições, infraestrutura de transporte urbano e metropolitano, entre outros. Eles são colaborativos e contam histórias. É uma arquitetura que tem narrativa. O Pavilhão para a Expo 2020 Dubai, junto com MMBB Arquitetos e JPG.ARQ, é um de seus projetos mais recentes. Tem como protagonista a água do Brasil: seus rios e manguezais, patrimônio natural que fundamenta todo o discurso sobre a sustentabilidade do planeta.

Selecionado pelo ArchDaily como um dos Melhores Novos Escritórios de 2021, realizamos a seguinte entrevista com Martin para nos contar mais sobre todas as suas inspirações, motivações, processos de trabalho e projetos futuros.

Renders, NFT e metaverso: qual é o futuro da visualização arquitetônica?

Das NFTs ao metaverso e as vantagens da renderização em tempo real, este é um momento oportuno para discutir as últimas tendências na área das visualizações arquitetônicas.

Nesse sentido, queremos abrir o debate e conhecer sua opinião sobre o tema. O que podemos aprender com outras indústrias relacionadas, como o cinema, os videogames e o design industrial? Como a arquitetura pode contribuir e avançar no mundo das visualizações?

"Nossa visão da arquitetura é primitiva e essencial": entrevista com Equipo de Arquitectura

O escritório Equipo de Arquitectura foi fundado por Horacio Cherniavsky e Viviana Pozzoli em 2017. Do Paraguai, suas obras como Caixa de Terra ou Casa Intermediária traduzem a visão de uma arquitetura que aborda o primitivo e o essencial. De uma arquitetura que busca constantemente integrar o ambiente natural existente com o artifício, o construído. Em particular, uma prática que acredita na verdade material como uma ética de projeto.

O grupo foi escolhido pelo ArchDaily como um dos Novos Escritórios de 2021, e realizamos a seguinte entrevista para saber mais sobre todas as suas inspirações, motivações e formas de trabalho.

"Construir em Cuba é um desafio": entrevista com Albor Arquitectos

Albor Arquitectos é um escritório de arquitetura cubano fundado em 2016 por Carlos Manuel González Baute, Alain Rodríguez Sosa, Camilo José Cabrera Pérez e Merlyn González García. Eles afirmam que a construção em Cuba é uma tarefa complexa, um desafio crescente devido à falta de materiais, altos custos e restrições ao exercício independente da profissão.

Mesmo neste contexto, suas obras, como Casa Soporte, Casa Casita e El Apartamento, se destacam pela continuidade da cidade herdada, pela redescoberta das técnicas de construção e por uma arquitetura baseada na proximidade com as pessoas e a realidade social predominante.

Convidamos o escritório, selecionado pelo ArchDaily como um dos Novos Escritórios de 2021 e recentemente vencedor do segundo lugar no Prêmio Obra do Ano 2022 por seu projeto Casa Torre, a nos contar mais detalhadamente sobre todas as suas inspirações, motivações e forma de trabalho de Cuba.

EseColectivo: "A busca pela eficiência torna coerente nosso trabalho no Equador"

ESEColectivo é um estúdio de arquitetura composto por Belén Argudo, José de la Torre, Santiago Granda e Pablo Silva com sede em Quito, Equador. Seus interesses estão focados na experimentação de materiais alternativos de construção, com ênfase em tecnologias e lógica. Em seu processo de concepção, buscam conciliar estratégias sustentáveis ​​de baixo impacto com as necessidades e limitações específicas de cada projeto, de modo que seus resultados sejam heterogêneos e diferentes no que diz respeito ao tipo de abordagem metodológica e técnica.

A experiência desta equipe não só foi construída a partir das suas obras como a Casa Endémica e a Casa do Corredor, mas também através de práticas colaborativas com ateliês de arquitetura, gestores culturais e projetos do gênero a nível local e internacional, levando ao desenvolvimento de documentação, pesquisa e divulgação arquitetônica. Consequentemente, eles criaram "La Parleta" - o primeiro podcast de arquitetura no Equador.

Conheça os projetos vencedores da Bienal de Arquitetura de Santa Cruz 2022

Entre 25 de março e 3 de abril, ocorreu um dos eventos arquitetônicos mais importantes da Bolívia, a Bienal Internacional de Arquitetura de Santa Cruz 2022 (VIII BASC). Convocada e organizada pelo Colégio de Arquitetos de Santa Cruz (CASCZ), este ano foi realizada de forma híbrida sob o tema principal Reconectar, que alude à situação global de reconexão pós-pandêmica.

O evento teve duas categorias principais para a premiação de obras e projetos, uma nacional e outra internacional, onde a equipe de seleção incluiu o júri composto por Ivo Renato Giroto (Brasil), Martin Padrón (Venezuela), Fabián Dejtiar (Argentina/Chile), Roberto Ameneiro (Espanha) e Carlos Álvarez (Costa Rica). No último dia do evento, os vencedores foram anunciados, e você pode conhecê-los a seguir.

Crise climática: um alerta para os assentamentos latino-americanos

O IPCC divulgou seu último relatório sobre a crise ambiental, "Mudança Climática 2022: impactos, adaptação e vulnerabilidade". As novas observações advertem que medidas prioritárias urgentes devem ser tomadas sobre a adaptabilidade do ambiente construído, indicando que globalmente o crescimento mais rápido da vulnerabilidade urbana tem sido em assentamentos informais e não planejados, e em centros urbanos de pequeno e médio porte em países onde a capacidade adaptativa é limitada devido a sua renda - uma situação recorrente na América Latina.

Precisamos da psicologia para construir espaços saudáveis e agradáveis de viver

O que faz de um projeto de interiores um espaço saudável tanto para a nossa mente quanto para o nosso corpo? Essa foi a questão central do nosso tópico do mês de março “Interiores e bem estar”.

"Usamos a arquitetura como uma ferramenta": entrevista com El Sindicato

El Sindicato nasceu em 2014, quando Xavier Duque, Maria Reinoso e Nicolás Viteri uniram forças contra a forma tradicional de trabalho chefe-empregado. Deixaram de trabalhar para outras pessoas e agora fazem suas próprias coisas — dedicam-se àquilo que mais gostam dentro e fora da profissão. Dizem que El Sindicato não é um escritório de arquitetura, mas um projeto de vida.

BIG, OMA, 3xn, Snøhetta e Toyo Ito competem pelo projeto do novo edifício GOe na Espanha

No ano passado, o Centro Culinário Basco anunciou a criação do GOe – Ecossistema Aberto de Gastronomia, um projeto que busca gerar um ecossistema gastronômico focado em pesquisa, inovação e empreendedorismo. Ele terá um edifício próprio em San Sebastián, Espanha, sendo uma nova sede complementar ao edifício BCC projetado pela VAUMM em 2011.

Para selecionar as melhores propostas, foi lançado em dezembro de 2021 um concurso internacional de arquitetura. Depois de receber e analisar diferentes propostas, cinco foram os escritórios finalistas que passaram à fase seguinte do processo: 3xn (Dinamarca), BIG - Bjarke Ingels Group (Dinamarca), OMA - Office of Metropolitan Architecture (Holanda), Snøhetta (Noruega) e Toyo Ito & Associates (Japão).

O que arquitetos podem fazer além de arquitetura?

"Sou arquiteto... e agora o que eu faço?", deve ser uma das perguntas mais frequentes de qualquer recém-formado em arquitetura. Muitos, ao longo dos anos, encontrarão empregos em diferentes indústrias que não envolvem necessariamente trabalhar em um escritório projetando e construindo edifícios.

Governo da Espanha aprova lei de qualidade da arquitetura

Como a qualidade da arquitetura pode ser protegida, promovida e incentivada? Uma questão sobre qual a Espanha avançou este mês. Em 18 de janeiro, o Conselho de Ministros aprovou o Projeto de Lei de Qualidade Arquitetônica para sua posterior apresentação ao Parlamento espanhol, iniciando assim seu procedimento parlamentar.

Trata-se de uma nova proposta legislativa, promovida pelo Ministério dos Transportes, Mobilidade e Agenda Urbana, atualmente sob a direção da Ministra Raquel Sánchez Jiménez, que visa proteger, promover e fomentar a qualidade arquitetônica como um bem de interesse geral, promovendo vínculos que incentivem a aproximação da arquitetura com a sociedade.

WUF11: Fórum Urbano Mundial 2022 acontece em Katowice, na Polônia

"Transformar nossas cidades para um melhor futuro urbano", esse é o tema principal do próximo Fórum Urbano Mundial (WUF), que acontecerá pela primeira vez na Europa Oriental na cidade de Katowice, na Polônia, entre 26 e 30 de junho de 2022. Esse evento mundial sobre urbanização sustentável é convocado a cada dois anos pelo Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat), e nesta ocasião será organizado em parceria com o Ministério de Fundos de Desenvolvimento e Política Regional e com a a Prefeitura Municipal de Katowice.

Habitação moderna, acessível e fácil de construir: lições das Case Study Houses

Entre 1945 e 1966, o programa Case Study Houses, similar à exposição Weißenhof-siedlung, abordou o estudo de habitações econômicas de fácil construção, supervisionando o projeto de 36 protótipos para construir em face do desenvolvimento residencial do pós-guerra. A iniciativa do editor John Entenza, da revista Arts & Architecture, reuniu e centralizou em Los Angeles figuras arquitetônicas renomadas para esse fim, onde foram encontrados talentos como Richard Neutra, Charles e Ray Eames, Pierre Koenig e Eero Saarinen, entre outros.

O programa experimental não só definiu o lar moderno de uma maneira diferente, exercendo forte influência sobre a arquitetura internacional até hoje, mas também promoveu a aplicação de novos sistemas de construção e materiais na arquitetura residencial. Analise detalhadamente algumas das suas características mais emblemáticas em conjunto com recomendações para enfrentar situações contemporâneas, abaixo.

Pistas de skate para a recuperação e ocupação de espaços urbanos abandonados

Yesporciento é um estúdio de arquitetura e pesquisa fundado por Sebastián Castro, arquiteto e skatista. Do Chile, seus interesses estão em estratégias para maximizar e fortalecer o espaço público e coletivo por meio do fenômeno do Skateboarding. A seguir, Castro apresenta a sua análise mais recente centrada na observação, registro e representação de algumas manifestações culturais relacionadas à recuperação e ocupação de espaços urbanos abandonados, definindo três casos dentro da área urbana de Santiago.