1. ArchDaily
  2. Variados

Variados: O mais recente de arquitetura e notícia

Os 125 melhores livros de arquitetura

Preparamos uma lista abrangente com 125 livros de arquitetura e temas relacionados que consideramos interessantes para ampliar seus conhecimentos sobre a disciplina.

Buscamos títulos de diferentes partes do mundo com o objetivo de apresentar visões que dizem respeito a contextos culturais distintos. De compilações de ensaios e teorias sobre o crescimento das cidades a romances que flertam com a arquitetura e séries de ilustrações e gravuras.

Veja, a seguir, nossas sugestões acompanhadas por uma breve descrição.

Esquemas e diagramas: 30 exemplos de como organizar, analisar e comunicar projetos

VM Houses. Imagem via BIG + JDS + PLOT = BIG + JDS
VM Houses. Imagem via BIG + JDS + PLOT = BIG + JDS

A construção de uma expressão gráfica para organizar e comunicar as ideias essenciais é tarefa inerente ao contexto criativo; é um processo de síntese de informação que - na busca por representar e transmitir uma mensagem clara ao receptor - permite identificar e modificar certos aspectos e componentes centrais do desenho. 

Os esquemas e diagramas, por suas características, ficam relegados às últimas instâncias do processo de projeto, porém, durante o caminho podem ser uma importante ferramenta de análise e organização. O tempo necessário para conceber e produzir estes elementos gráficos pode resultar na compreensão e avanço do projeto, que por vezes pode tomar direções totalmente novas.

Buscando uma aproximação com os esquemas e diagramas, apresentamos, a seguir, uma série de diferentes casos que podem servir como inspiração:

10 Exemplos de como representar detalhes construtivos

A apresentação visual de um projeto, pela qual os arquitetos são responsáveis, deve efetivamente comunicar a organização dos elementos materiais do projeto. Este processo criativo essencial permite aos envolvidos identificar e mesmo modificar aspectos e componentes chave do edifício durante todas as fases da sua concepção.

Devido aos desafios inerentes à seleção de materiais e outras questões práticas, o desenvolvimento do que exatamente será construído tende a ser relegado até o final do processo de projeto. Mas uma compreensão profunda dos pequenos detalhes é um dos aspectos mais interessantes e importantes dos melhores projetos arquitetônicos.

Em nossa busca pelos exemplos recentes mais notáveis de representações de detalhes construtivos, compilamos uma série de dez desenhos que mostram diferentes estilos e abordagens.

Seria a proporção áurea o maior engano da arquitetura?

Por mais de 150 anos a Proporção Áurea tem sido um dos maiores princípios de desenho, orientando gerações de arquitetos, designers e artistas. De Le Corbusier à Apple, de Vitruvius a Da Vinci, a proporção supostamente dita quais formas seriam consideradas esteticamente agradáveis. No entanto, matemáticos e designers tornaram-se céticos quanto às aplicações práticas da Proporção Áurea, com Edmund Harriss, do departamento de matemática da Universidade da Arkansas, colocando-a da forma mais simples e direta: "ela certamente não é a fórmula universal por trás da beleza estética". Escrevendo para Fast Co. Design, John Brownlee compara fontes tão diversas como o Departamento de Matemática da Universidade de Stanford até Richard Meier, apresentando o caso do que poderia ser o maior engano da arquitetura. Leia o artigo completo, em inglês, aqui.

Os melhores desenhos arquitetônicos de 2016

© Pezo von EllrichshausenCourtesy of Studio FuksasCourtesy of OMAvia Wülser Bechtel Architekten+ 90

Desenhar e construir um projeto é um grande desafio. Entretanto, quando a obra é finalizada ainda há desafios em transmitir o projeto para que possa ser compreendido por um novo público. Isto é particularmente certo nos meios digitais, onde os leitores online não gastam necessariamente o mesmo tempo lendo um artigo como nos meios impressos. Desta forma, toda a representação visual e seus novos formatos - como os GIFs - assumem um papel importante na compreensão do projeto.

No ArchDaily nos motivamos como editores e incentivamos os arquitetos das nossas redes ao aproveitar ao máximo os projetos que recebemos e compartilhá-los com o mundo para assim distribuir conhecimento e inspiração a milhões de pessoas. Os desenhos que escolhemos servem como um método de aprendizagem em temas particulares onde a representação arquitetônica é fundamental.

Independentemente se forem digitais ou feito à mão, todos os desenhos arquitetônicos que selecionamos em 2016 possuem uma expressão sensível sejam artísticos, técnicos ou conceituais. Todos buscam expressar e explicar o projeto apoiados na simplicidade, nos detalhes, nas texturas, nos modelos 3D e nas cores como ferramentas principais.

Este ano queremos destacar uma seleção de 90 desenhos organizados em oito categorias: desenhos arquitetônicos, axonométricas, contexto, diagramas, croquis, GIFs, detalhes e outras técnicas. 

ARCHIPIX: 8-Bit Architects

Complicar é fácil, difícil é simplificar. Para simplificar é preciso remover, e para remover deve-se saber o que pode ser excluído. A ideia deste projeto, intitulado ARCHIPIX (Less is Pixel), de Federico Babina Architect, é representar a complexidade das formas e personalidades através da simplicidade do pixel. Mestres da arquitetura moderna, ao lado de seus edifícios significativos, são retratados através de um "pontilhismo" digital em que o mouse substitui o pincel. O pixel ressurge e enfatiza a importância do ponto individual, visto como algo essencial que, quando combinado com outros pontos, forma uma figura mais complexa. Uma metáfora da arquitetura em que cada pequeno detalhe é um elemento fundamental do todo.