Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Strelka Institute

Strelka Institute: O mais recente de arquitetura e notícia

Como melhorar as cidades através da cultura: 10 dicas segundo UNESCO

Este artigo, escrito por Svetlana Kondratyeva e traduzido por Olga Baltsatu para a Revista Strelka, investiga os casos mais interessantes do papel da cultura no desenvolvimento urbano sustentável, com base no relatório da UNESCO.

A UNESCO publicou o Relatório Global sobre Cultura para o Desenvolvimento Urbano Sustentável (Global Report on Culture for Sustainable Urban Development) no outono de 2016. Dois eventos da ONU estimularam sua criação: um documento intitulado Transforming our World: the 2030 Agenda for Sustainable Development, que enfatiza dezessete objetivos globais para a futura colaboração internacional, foi assinado em setembro de 2015, em Nova Iorque. Habitat III, a conferência realizada uma vez a cada vinte anos e dedicada à habitação e ao desenvolvimento urbano sustentável, ocorreu no Equador em outubro de 2016. A questão do papel da cultura no desenvolvimento urbano e quais os problemas ela pode resolver, surgiu em ambos os eventos. Para responder, UNESCO resumiu a experiência global e incluiu casos bem sucedidos de paisagismo, políticas culturais, eventos e iniciativas de diferentes cantos do mundo no relatório.

8 projetos que mostram o movimento urbano de Moscou

Quando se trata de urbanismo contemporâneo, a atenção do público está cada vez mais voltada para Moscou. A cidade, claramente, pretende se tornar uma das principais megacidades do mundo em um futuro próximo e está empregando todos os meios necessários para atingir o seu objetivo, com o governo da cidade se mostrando estar muito disposto a investir em desenvolvimentos urbanos importantes (embora não sem algumas críticas).

Um evento-chave neste plano tem sido o Fórum Urbano de Moscou. Embora o objetivo declarado do fórum seja encontrar modelos adequados para as megacidades do futuro, um importante efeito colateral positivo é que ele permite que a cidade organize as melhores competições, selecione os melhores arquitetos e construa os melhores espaços urbanos para promover a cidade de Moscou. O Fórum também publica pesquisas e documentos acadêmicos para informar futuros empreendimentos de Moscou; por exemplo, Arqueologia da Periferia, uma publicação inspirada no fórum de 2013 e lançada em 2014, que nomeadamente influenciou o desenvolvimento urbano nos arredores de Moscou, mas também destacou a importância de combinar o desenvolvimento urbano com a paisagem existente.

Museu de Arte Contemporânea Garage / OMA. Imagem © Yuri Palmin Beira Rio Moscou / Project Meganom. Imagem Cortesia de Project Meganom Estação de Metro Novoperedelkino / U-R-A. Imagem Cortesia de U-R-A | United Riga Architects Luzhniki Stadium. Image © Flickr user bbmexplorer licensed under CC BY-ND 2.0 + 43

Cybertopia: O futuro digital do espaço analógico da arquitetura

"O cyber-espaço, repleto de bugs e falhas - os componentes do habitat natural - formará um localização completamente nova e previamente desconhecida quando lançado em uma cidade real - Cybertopia" diz Egor Orlov, estudante do Strelka Institute em Moscou. Segundo Orlov, o mundo físico está à beira de uma grande descoberta que revolucionará o modo como arquitetos concebem o espaço - fazendo a ponte entre o analógico e o digital.

Cybertopia - concebido enquanto Orlov era estudante da Kazan State University of Architecture and Engineering sob a orientação de Akhtiamov I.I. e Akhtiamova R.H.e nomeado para o Archprix Madrid 2015 - existe como outra dimensão para Orlov, onde os contos de fada se tornam realidade e a ciência está em harmonia com a engenharia e o projeto arquitetônico. Future of an Architecture Space. Cybertopia. Death of Analogous Cities mergulha em um mundo de fantasia onde a "possibilidade de voar ou andar de um planeta para outro se torna uma realidade ilustrada através de uma combinação de técnicas baseadas no desenho e em uma fértil imaginação.

Entre no mundo tecno-analógico de Cybertopia, a seguir.

© Egor Orlov 6. Habitação na cidade do futuro. Corte programático. Imagem © Egor Orlov 10. Modelo da cidade do futuro. Imagem © Egor Orlov 29. Cartão postal do futuro. Imagem © Egor Orlov + 42

Strelka Institute reúne 41 entrevistas sobre o futuro do urbanismo

Uma coletânea de 41 entrevistas conduzidas por estudantes do Strelka Institute, intitulada Future Urbanism, está agora disponível online. As entrevistas contam com a participação de arquitetos, urbanistas, sociólogos, pesquisadores e outros profissionais de campos relacionados aos estudos urbanos, enfatizando a preocupação do Strelka Institute em abordar o tema a partir de uma perspectiva interdisciplinar. Veja as entrevistas aqui.

Bienal de Veneza 2014: Anunciada a lista completa dos participantes

Há algumas horas, em Veneza, Rem Koolhaas apresentou sua visão de curadoria para "Fundamentos", em uma coletiva de imprensa. Como já relatamos ano pasado, "Fundamentos" incidirá sobre arquitetura ao invés de arquitetos e história em vez de contemporaneidade. Koolhaas não apenas é responsável pela curadoria da exposição, mas também estará coordenando o "esforço coletivo de todos os pavilhões nacionais."

A exposição deste ano conta com a participação de 65 países - incluindo 11 estreantes (Azerbaijão, Costa do Marfim, Costa Rica, República Dominicana, Emirados Árabes Unidos, Indonésia, Quênia, Marrocos, Moçambique, Nova Zelândia e Turquia). Veja a lista completa de participantes nacionais - o que inclui colaborações com Jacques Tati, Hans Ulrich Obrist, FAT, Iñaki Ábalos e outros - a seguir.

Clique aqui para saber tudo sobre a conferência da Bienal de Veneza 2014 através da cobertura feita pelo ArchDaily. E fique atento... nós estaremos trazendo relatórios atualizados desde Veneza quando a Bienal inaugurar, na primeira semana de junho!