Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Mobiliário

Mobiliário: O mais recente de arquitetura e notícia

Mobiliários projetados por arquitetos brasileiros

A frente de trabalho de um arquiteto é quase sempre marcada pelo insaciável desejo por desenhar tudo, da maior à menor escala na tentativa de assumir o controle integral do projeto. Como dizia Mies Van Der Rohe, “Deus está nos detalhes”. E, para uma extensa lista de arquitetos, conceber o mobiliário especialmente à composição de suas obras, tornou-se fundamental.

Ao longo da história da Arquitetura brasileira, especialmente desde o Modernismo, arquitetos destacaram-se não apenas no desenho de residências e edifícios, mas também, pelos minuciosos projetos de mobiliários. Muitos nasceram para compor projetos específicos e posteriormente, pela notoriedade assumida, passaram a ser produzidos em série pela indústria.

Cadeira Isa d’aprés siza_Marcenaria Baraúna. Image Cortesia de Dpot Cadeira Nóize_Guto Requena. Image Cortesia de Guto Requena Poltrona Bowl_Lina Bo Bardi. Image © Nelson Kon Poltrona Paulistano_Paulo Mendes da Rocha. Image Cortesia de Dpot + 55

Estudantes projetam mobiliários temporários para desabrigados

Dez estudantes de design de mobiliário do terceiro ano da Universidade de Lahti da Finlândia, Instituto de Design, criaram soluções temporárias usando apenas madeira compensada e papelão ondulado. Uma fabricação de baixo custo, rápida e fácil, sem ferramentas necessárias: Rehome é uma solução para catástrofes recentes, como desastres naturais e a atual crise de refugiados, que deixa muitas pessoas desabrigadas de suas casas.

© Jani Luukkonen © Jani Luukkonen © Jani Luukkonen © Jani Luukkonen + 16

Como construir um banco de madeira modular que cria uma extensão da calçada

O design modular desenvolvido pelos estudantes do Departamento de Ciências da Arquitetura da Universidad Ryerson propõe um espaço público para sentar e relaxar que funciona como uma extensão da calçada, apropriando-se e outorgando um novo significado às vagas de estacionamento na ruas de Toronto.

O projeto, uma forma ondulada natural, é construído por uma série de módulos de madeira de Accoya, que permitem um fácil armazenamento, reutilização e reconfiguração.

© Zeenah Mohammed Ali © Zeenah Mohammed Ali © Zeenah Mohammed Ali © Zeenah Mohammed Ali + 35

Curso Livre sobre Mobiliário Coletivo

Escola da Cidade promove curso livre sobre MOBILIÁRIO COLETIVO – 2ª TURMA

Os encontros são gratuitos e acontecem de setembro a novembro, com aulas teóricas e vivência em campo. Inscrições até 14 de agosto.

A Escola da Cidade – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, em parceria com o Sesc São Paulo promove de agosto a novembro o curso livre gratuito “Cultura, objeto e indústria: curso livre de mobiliário coletivo”, organizado pelos arquitetos José Paulo Gouvêa e Alexandre Benoit.

Teórico-prático sobre o mobiliário para espaços coletivos e sua relação com a cidade, tem como objetivo investigar questões referente à produção do mobiliário coletivo,

'Da Árbore á Cadeira', a cadeira como manifesto arquitetônico na Galícia

"Eis aqui meu segredo, que não pode ser mais simples: somente com o coração é possível ver bem; o essencial é invisível aos olhos". Antoine de Saint-Exupéry nos recebe na exposição 'Da Árbore á Cadeira', do Museu Centro Gaiás (Cidade da Cultura de Galícia), que desde o dia 7 de abril nos mostra uma seleção de cadeiras dos arquitetos galegos ou estabelecidos na Galícia. A mostra parte do tronco, elemento primogênito do qual nascem as cadeiras e continua seu percurso através de uma pequena seleção de arte galega relacionada com a paisagem da região. A mostra é imprescindível para todo aquele que tem a sorte de visitar Santigo de Compostela antes do dia 5 de novembro, data em que a exposição será finalizada.

O que há nas cadeiras para atrair tanto os arquitetos? Como elemento arquitetônico sua incorporação a um espaço lhe confere vida e ambiente, como elemento plástico outorga caráter e personalidade. Pensemos nos grandes mestres da arquitetura: todos possuem uma cadeira em seu portfólio de obras. Mies Van der Rohe, Le Corbusier, Wright, Marcel Breuer, Charles & Ray Eames, Rietveld, Alvar Aalto, Jacobsen, Saarinen... A lista é incansável e a qualidade e transcendência de cada uma delas é inquestionável. De certo modo, podemos dizer que parte da história da arquitetura pode ser explicada a partir das cadeiras dos arquitetos. Por acaso elas não são um manifesto radical e brutal dos conceitos teóricos que cada arquiteto desenvolve?

© Héctor Santos Díez Xulio Turnes. Image Cortesía de Carlos Seoane + Museo Centro Gaiás Carlos Pita. Image Cortesía de Carlos Seoane + Museo Centro Gaiás © José Caruncho + 21

Peças de concreto para móveis inspiradas na arquitetura de Carlo Scarpa

Material Immaterial Studio divulgou MIRAGE, uma série de peças em concreto para mobiliários inspirados pela obra do arquiteto Carlo Scarpa.

A série MIRAGE é composta de puxadores,  de concreto e ganchos de roupas, todos os quais visam criar um caráter através da luz e sombra. Algumas das peças, com um padrão de ziguezague, são destinadas a reduzir o peso do material de concreto, tornando-o leve e delicado, enquanto outras peças são destinadas a expressar uma sensação de solidez.

© Sameer Tawde © Sameer Tawde © Sameer Tawde © Sameer Tawde + 13

Móvel como arquitetura: a Marcenaria Baraúna

Criada em 1987 pelos arquitetos Francisco Fanucci, Marcelo Ferraz e Marcelo Suzuki, em atividade paralela e complementar ao escritório Brasil Arquitetura, a Marcenaria Baraúna é hoje uma das iniciativas mais longevas e representativas do Brasil na criação e produção de móveis de design autoral. Ao contar detalhes dessa trajetória e reunir textos críticos sobre a mesma, o livro Móvel como arquitetura, escrito em comemoração aos 30 anos de atividades da marcenaria, contextualiza e dá ao leitor a dimensão de sua relevância na teia contemporânea do design brasileiro.

Peças cerâmicas industrializadas criando mobiliários urbanos, por ENORME Studio

Em 1855 o alemão Carl Schlickeysen tornou pública sua patente "Universal Patent Brickmaking machine", a primeira máquina destinada a fabricar tijolos por extrusão de maneira industrial.

SCHLICKEYSEN é um sistema de mobiliário modular que funciona a partir de dois módulos de suportes metálicos e blocos cerâmicas para lajes de tamanho padronizado. A partir desses três elementos pode-se criar todo o tipo de configurações; mesas de pique-nique, bancos, arquibancadas, topografias; mediante o simples empilhamento dos suportes metálicos e o uso dos blocos de laje como superfície horizontal de apoio.

© Javier de Paz García © Javier de Paz García © Javier de Paz García © Javier de Paz García + 22

Mecanoo e Gispen criam Coleção de Mobiliário Modular para Ambientes Flexíveis de Aprendizado

O escritório holandês Mecanoo firmou parceira com a fábrica de mobiliário da Gispen para criar uma nova coleção de mobiliário customizável e modular voltado especificamente para a criação de ambientes variáveis de trabalho e de aprendizado. HUBB foi projetado para se adaptar à uma variedade de necessidades e cenários diferentes, acomodando perfeitamente diferentes atividades colaborativas e preferências de trabalho individuais.

Cortesia de Mecanoo Cortesia de Mecanoo Cortesia de Mecanoo Cortesia de Mecanoo + 10

A construção da "Cadeira Shell" de Charles e Ray Eames em 12 GIFs

“O papel do designer é o de um bom anfitrião, reflexivo, capaz de antecipar-se às necessidades dos seus hóspedes”. Charles Eames.

Herman Miller é uma empresa de design e fabricação de móveis que, além de produzir objetos contemporâneos, mantem uma estreita relação com o desenho de peças clássicas. Neste caso em particular, sua relação com Charles e Ray Eames começa na década de 1940, ao desenvolver em conjunto suas cadeiras de madeira compensada moldada e sua clássica espreguiçadeira lounge.

Após uma longa pesquisa explorando a curvatura da madeira compensada e a construção de formas orgânicas com base nas novas tecnologias e materiais, o casal de arquitetos desenvolveu a Cadeira Shell, um ícone do design que é fabricado em série até os dias de hoje. Confira seu processo construtivo a seguir.

Por trás de grandes mentes da indústria de mobiliário

É difícil compreender e quantificar a importância do design nas nossas vidas. No entanto, quando passamos a estudar e vivenciar peças que nos inspiram e transformam nosso cotidiano, um mobiliário inovador nos traz novas formas de enxergar o mundo, que aprimoram ainda mais o significado de simples conceitos como: beleza, conforto e qualidade.

Concurso Público Nacional de Ideias para Elementos de Mobiliário Urbano da Cidade de São Paulo

O objetivo deste concurso é a criação de 9 elementos e famílias de elementos de mobiliário urbano para a maior cidade do Brasil. Faz parte do escopo do concurso Bancos, Papeleiras, Sanitários Públicos, Quiosques, Paraciclos, dentre outros.

As inscrições são gratuitas, e são dirigidas a Arquitetos, Engenheiros e Designers.
Haverá premiação para os 3 primeiros colocados.

 

Como combinar texturas de madeira em seus projetos de interiores?

O Laminado BP (Laminado de Baixa Pressão) é um dos revestimentos decorativos mais utilizados no mercado moveleiro.
A lâmina celulósica impregnada com resina melamínica e submetida ao processo de termofusão (temperatura + pressão) fazem com que ela seja fundida ao painel de madeira industrializada tornando um único produto, e desta forma, facilitando o seu manuseio e eliminando etapas de processo na confecção de móveis, enfim, garantindo alta produtividade e qualidade diferenciada.

MiniMe - Mesa Infantil / Camila Thiesen

© Pedro Milanez. Tratamento: Patrícia Thiesen © Pedro Milanez. Tratamento: Patrícia Thiesen © Pedro Milanez. Tratamento: Patrícia Thiesen © Pedro Milanez. Tratamento: Patrícia Thiesen + 11

A mesa infantil foi projetada para ter dupla função, servindo também como quadro negro. O tampo da mesinha tem furação para balde de lápis e sob ele espaço para armazenar giz. O banco acompanha o mesmo desenho dos pés da mesa.

Mesa Lateral Dobrável / TEN Muebles

TEN Muebles é um projeto de design de móveis promovido em 2015 pelo arquiteto argentino Federico Pellegrini. Seu projeto mais recente é a mesa lateral dobrável e uma mesa e quatro banquetas dobráveis, especialmente concebidas para exposição no Salone del Mobile 2016 em Milão.

A forma deste desenho responde à busca pela otimização do espaço tanto em relação à função quanto à construção. O trabalho em madeira e corda do produto utiliza a versatilidade como um elemento propositivo, de mudança, de ação e movimento.

Estúdio de design "Poopycat" cria casinhas de gato inspiradas em ícones da arquitetura

Aqueles que desfrutam da companhia felina podem agora presentear seus gatos com casinhas inspiradas em ícones da arquitetura. O estúdio de design "Poopycat" lançou uma série de casinhas de gato feitas de papelão criadas a partir de famosos monumentos e edifícios. A série inclui o Taj Mahal, a Casa Branca, a Torre Eiffel, além de monumentos mais antigos, como as Esfinge do Egito e uma pirâmide maia. 

Mobiliário de autor: agregando valor ao projeto original

Desde a década de 1930, a Herman Miller é associada a uma série de ícones do design -George Nelson, Charles e Ray Eames, Isamu Noguchi, entre outros-, e tem como objetivo produzir peças que se transformaram em grandes clássicos do design, como o sofá Nelson Marshmallow, a cadeira Eames ou a mesa Noguchi. Os produtos têm sido fabricados de acordo com as especificações originais dos próprios designers, mas trazem novas opções de materiais e cores, buscando sempre um equilíbrio entre a escultura e a engenharia; entre o artesanato e os processos industriais.

Saiba como estes célebres personagens mudaram os paradigmas clássicos relacionados ao projeto de mobiliário, e como suas mais antigas inovações continuam populares até os dias de hoje.

Espreguiçadeira Nelson / George Nelson. Imagem via Herman Miller Cadeira Medici / Konstantin Grcic. Imagem via Herman Miller Cadeira Caper / Jeff Weber. Imagem via Herman Miller Cadeira de Fibra de Vidrio Moldada / Charles e Ray Eames. Imagem via Herman Miller + 22

Stelios Mousarris cria uma mesa inspirada no filme "A Origem"

O designer Stelios Mousarris, do Chipre, projetou uma mesa em balanço de madeira e aço inspirada no filme "A Origem", de Christopher Nolan. A peça de mobiliário foi concebida a partir da cena em que o poder de dobrar sonhos segundo a vontade do arquiteto é demonstrado, publicou a página Bored Panda.

Mousarris, que já trabalhou como maquetista no escritório Fosters and Partners e como designer na Duffy London, está recebendo reconhecimento internacional com os mobiliários produzidos no estúdio que leva seu nome: Moussaris.