1. ArchDaily
  2. Filmes

Filmes: O mais recente de arquitetura e notícia

Adaptação cinematográfica de "High-Rise" de Ballard oferece visão distópica do mundo

Este artigo foi originalmente publicado na Metropolis Magazine como “Dystopia in the Sky."

Para arquitetos, se eu posso generalizar toda uma comunidade profissional, existem poucos novelistas louvados como J.G. Ballard. Borges ou Calvino possuem sua significante porcentagem de admiradores, emprestando um adjetivo usado para descrever edifícios, Ballard é o mais icônico das figuras literárias - especialmente para os fãs de concreto. Tendo testemunhado a guerra enquanto criança, recebido treinamento em medicina, e posteriormente escrevendo a partir de um subúrbio de classe média, Ballard escreveu textos sobre a vida urbana que continuam a ser visceralmente desconfortantes.

Documentário sobre Jane Jacobs será lançado ainda este ano

O documentário de Jane Jacos - um longa metragem que foca na vida e obra da celebrada autora e ativista urbana, tem lançamento previsto para a segunda metade deste ano. Coincidindo com seu centenário de nascimento, Robert Hammond, cofundador e diretor executivo do Friends of the High Line, e Matt Tyrnauer, produtor e diretor de Valentino: The Last Emperor, planejam levar o filme a festivais a partir do final do ano.

A arquitetura dos filmes de Jean-Luc Godard

O caso de amor entre a arquitetura e o cinema tem sido bem documentada. A partir de enormes cenários de tirar o fôlego para pequenos espaços de conversas íntimas, a arquitetura num filme desempenha muitas vezes um papel tão forte como qualquer personagem a fim de traduzir a visão do diretor para sua audiência.

Na construção dos ambientes de suas narrativas, os grandes cineastas poderiam ser considerado arquitetos, por direito próprio, essa é a alegação apresentada neste vídeo produzido pelo British Film Institute, que analisa o trabalho do celebrado diretor Jean-Luc Godard e como a arquitetura em seus filmes se transforma de acordo com seu tom.

Em imagens como À bout de souffle (1960), Le Mépris (1963) e Week End (1967), Godard usa streetscapes para transmitir otimismo ou pessimismo, paredes para enfatizar a distância emocional entre amantes, e ainda inclui uma participação especial da particularmente fotogênica Villa Malaparte. Assista ao vídeo para saber mais sobre as técnicas utilizadas para transmitir estes sentimentos.

"The Listeners Project": Quatro vídeos sobre a antiga sede da BBC

The Listeners Project, uma iniciativa londrina que reúne jovens cineastas em espaços arquitetônicos únicos para desenvolver criar pequenos vídeos, tomou como cenário o antigo BBC Television Centre. O edifício, projetado no final dos anos 1940 por Graham Dawbarn, do escritório Norman & Dawbarn, apresenta uma planta emblemática que lembra um ponto de interrogação. A edificação, que já foi o epicentro da maior parte da produção televisiva da British Broadcasting Company, entrou para a lista de patrimônio em 2009 e foi finalmente evacuada em 2013.

Chamada de filmes para a terceira edição do Arquiteturas Film Festival Lisboa

O Arquiteturas Film Festival Lisboa é o primeiro festival internacional de cinema de Portugal que celebra o encontro entre o cinema e a arquitetura, envolvendo filmes documentais , experimentais, animação e ficção. Com o objetivo de valorizar e dar maior visibilidade a talentos nacionais e internacionais da arquitetura e do cinema contemporâneo, o Arquiteturas pretende ainda ser um “catalisador” de oportunidades econômicas geradas pelo cruzamento de ambas as áreas.

Prefeitura de SP lança concurso de curtas-metragens sobre o Plano Diretor Estratégico

Com o objetivo de difundir os conteúdos do novo Plano Diretor Estratégico, a Prefeitura de São Paulo lançará no dia 4 de fevereiro, quarta-feira, em uma cerimônia na Praça das Artes, o livro com o texto e as estratégias ilustradas e o concurso público nacional de obras audiovisuais de curta metragem sobre o Plano Diretor Estratégico da cidade de São Paulo.

Cinema e Arquitetura em 45 filmes

Cada vez mais, falar de arquitetura nos leva a falar de outras coisas. Ou, no caso do ArchDaily Brasil, compartilhar assuntos de arquitetura com nossos leitores e leitoras parece nos levar a compartilhar trabalhos dos mais variados tipos, como instalações urbanas, murais de grafite, arte pública, esculturas, filmes, etc.

Detendo-nos sobre estes últimos – os filmes -, temos em nossa página uma seção dedicada exclusivamente aos filmes – Cinema e Arquitetura – onde compartilhamos sugestões de filmes de ficção e documentários que, além de interessantes por si só, contribuem de algum modo para a discussão da arquitetura.

Ficções e seus espaços imaginários que nos transportam para dentro da tela e nos fazem experienciar universos outros; documentários que nos aproximam das figuras dos arquitetos e urbanistas e apresentam de perto seus trabalhos e trajetórias; obras emblemáticas da história do cinema que nos apresentam a arquitetura do cinema e, por que não, o caráter cinematográfico da própria arquitetura.

Seja qual for a contribuição que o cinema traga à arquitetura, compilamos a seguir 45 filmes imperdíveis – muitos dos quais já publicados em nossa seção Cinema e Arquitetura - que nos ajudam a reconhecer e estabelecer laços entre esses dois campos.

Filmes premiados no Arquiteturas Film Festival Lisboa 2014

O festival de cinema “Arquiteturas”, que aconteceu em Lisboa entre os dias 24 e 28 de setembro, chegou ao fim com o tão aguardado anúncio dos filmes vencedores. Numa cerimônia que aconteceu no último domingo foram divulgadas as produções premiadas nas 11 categorias pelas quais competiam participantes de diversos países europeus, americanos e africanos.

Veja a lista de vencedores a seguir e assista aos trailers de alguns dos filmes mais aclamados do Arquiteturas Film Festival Lisboa 2014, entre os quais estão um longa metragem austro-alemão sobre a arquiteta Lina Bo Bardi e o documentário brasileiro "Bernardes".

Programação do Arquiteturas Film Festival Lisboa

Após o sucesso da primeira edição em 2013, está de volta o Arquiteturas Film Festival Lisboa — Festival Internacional de Cinema e Arquitetura. A edição deste ano terá acontecerá entre os duas 24 e 28 de setembro, no Cinema City Alvalade e na Cinemateca Portuguesa, em Lisboa.

“Não há Cinema sem Arquiteturas” é o lema deste festival que, segundo a sua diretora e fundadora Sofia Mourato, tem como objetivo abraçar as infinitas possibilidades de combinação entre a arquitetura e o cinema; fomentar discussões em torno dos assuntos que os filmes suscitam; e, potencialmente, abrir uma nova direção nos festivais de cinema em Portugal.

Em comemoração ao centenário de Vilanova Artigas, família do arquiteto pretende lançar sua cinebiografia

Em 2015 será comemorado o centenário de Vilanova Artigas, figura central no ensino e prática da arquitetura moderna brasileira. Em homenagem aos cem anos do arquiteto, sua família está produzindo o filme “Artigas 100 anos”, que pretende transformar história da vida e obra do arquiteto numa cinebiografia.

A homenagem se dividirá em quatro vertentes: a cinebiografia, com o título provisório de “Vilanova Artigas: As Cidades como as Casas, as Casas com as Cidades”; o site oficial, com a disponibilização do acervo profissional e pessoal do arquiteto; o livro, que reunirá as obras mais relevantes e influenciadoras de Vilanovas; e a exposição, que será promovida pelo Itaú Cultural, que levará ao público o processo criativo do arquiteto.

Documentário sobre Sérgio Bernardes estreia amanhã nos cinemas de seis capitais

“Eu invento meu mundo… e cada um de vocês deve inventar o seu mundo”. Dita por Sérgio Bernardes aos seus alunos em uma das cenas do documentário Bernardes, a frase é uma das inúmeras provocações levadas às telas pela vida e obra do carioca, que faleceu em 2002, aos 82 anos.

O longa - um dos selecionados para Mostra Competitiva do 19º Festival É Tudo Verdade, realizado em maio, chega amanhã, 19 de junho, aos cinemas de seis capitais (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre e Salvador) - revela a polêmica e arrebatadora vida profissional e familiar do arquiteto, urbanista, designer, escritor, poeta, inventor e, sobretudo, humanista incompreendido pelo seu tempo. Um homem singular, de personalidade afiada, apaixonante e tão inventiva e questionadora quanto bem humorada. 

Ciclo de Cinema de Arquitetura em Faro e Portimão, Portugal

A Delegação de Faro da Ordem dos Arquitectos de Portugal e o Cineclube de Faro organizaram um Ciclo de Cinema de Arquitetura - Cinema e Arquitectura às Quartas - que tem início hoje, de 7 de maio, e se estende até 25 de junho. O ciclo acontece em duas etapas: entre 7 e 28 de maio em Faro – na Biblioteca Municipal de Faro António Ramos Rosa - e entre 4 e 25 de junho em Portimão - Museu de Portimão - sempre às 21h30.

Vídeo: Wes Anderson // Centered

O diretor de cinema americano Wes Anderson compartilha uma coisa com os arquitetos: o amor pela simetria. Para provar, este vídeo produzido por kogonada revela a maestria de Anderson no uso da simetria através de uma compilação de planos perfeitamente centralizados em diversos de seus filmes.

"Star" Architects: a história de 4 arquitetos que chegaram a Hollywood

Nos últimos anos, canais de informação como The New York Times e CNN têm caracterizado as lutas dos arquitetos citando estatísticas de desemprego extremo que atingem 13,9% para os recém-formados, o mais alto dentre todos os cursos nos Estados Unidos. Muitos escritórios de arquitetura ainda estão relutantes em contratar novos arquitetos em tempo integral para suas equipes, e muitas vezes os estudantes e recém-formados continuam sem trabalho. Cerca de 40% dos licenciados em Arquitetura têm buscado trabalho fora da profissão de arquitetura, e o Conselho Nacional de Arquitetura relata que atualmente existe 26.850 alunos matriculados em cursos de arquitetura, podemos supor que ao longo dos anos seguintes 10.000 novos arquitetos irão seguir seus caminhos em outras ocupações.

Um dos campos mais criativos e bem vistos que podem oferecer a um arquiteto, de uma ampla gama, é a indústria cinematográfica. E, de fato, aqueles com antecedentes de arquitetura têm feito a transição para a indústria do cinema há décadas. Nossa linha do tempo mostra exemplos de pessoas que estudaram arquitetura que têm desfrutado de um enorme sucesso na indústria do cinema nos últimos 80 anos, como atores, cenógrafos ou diretores.

Leia mais sobre suas histórias (incluindo como Jimmy Stewart passou da arquitetura para o cinema) após o intervalo... 

Através das Lentes: Por Que Arranha-Céus Precisam de um Herói?

Desde o surgimento do edifício moderno de vários pavimentos, no fim do século 19, roteiristas e diretores de arte incorporam os arranha-céus tanto como pano de fundo quanto como suporte para dramas nos longas-metragens. É fácil entender o fascínio. A precariedade de um arranha-céu - sua altura, sua dependência de sistemas de emergência e de engenharia e sua segurança controlada - proporciona oportunidades abundantes para ação e desastres. E tudo com uma bela vista.

Mesmo Hollywood adorando edifícios altos, não tem os tratado bem. As tramas geralmente têm em um ceticismo geral sobre a engenharia que os tornam possíveis e muitas vezes carregam alguma mensagem moral subjacente sobre os perigos da tecnologia e do avanço.

Bienal de Veneza 2012: Design Onscreen Film Festival

Cinema e Arquitetura: Trama Internacional

Cinema e Arquitetura: "O Homem ao Lado"