1. ArchDaily
  2. Desenho à Mão

Desenho à Mão: O mais recente de arquitetura e notícia

World Architecture Festival anuncia finalistas do Prêmio de Desenho de Arquitetura 2020

O Architecture Drawing Prize 2020 anunciou os finalistas nas categorias Digital, Desenho à Mão e Técnica Mista. O concurso deste ano reuniu mais inscrições do que a edição anterior, com 165 participantes de 30 países, 35 dos quais são de estudantes e arquitetos com menos de 30 anos. Além disso, a competição de 2020 introduziu o ‘Prêmio Lockdown’, com foco na pandemia global, concedido a um desenho relacionado às mudanças arquitetônicas trazidas pelo coronavírus.

Categoria Digital - The Theatre of Fictions. Imagem Cortesia de The Architecture Drawing Prize 2020Categoria Digital - Here Everywhere/ Orchard. Imagem Cortesia de The Architecture Drawing Prize 2020Categoria Técnica Híbrida - Airplane Tower. Imagem Cortesia de The Architecture Drawing Prize 2020Categoria Técnica Híbrida - Apartment #5, a Labyrinth and Repository of Spatial. Imagem Cortesia de The Architecture Drawing Prize 2020+ 12

A beleza dos detalhes técnicos de construção: uma conversa com @the_donnies

Fachadas são a primeira barreira no exterior das edificações. Recebem chuva, neve, ventos, sol e mudanças de temperatura. Sua função primordial é manter o interior intacto da água, das pontes térmicos e torná-lo o mais confortável possível. É por isso que o detalhamento delas geralmente é feito por arquitetos experientes ou empresas especializadas, que entendem bem as capacidades dos materiais e os métodos de construção e saberão especificar as melhores soluções para cada caso. Mas às vezes, ao ver um projeto, alguns detalhes de fachada chegam a embrulhar o estômago de tão complexos, com milhares de linhas de chamadas, hachuras e cotas. Tornar esses desenhos didáticos, técnicos e, acima de tudo, bonitos, é uma tarefa para poucos. Conversamos com Troy Donovan, o criador da conta do instagram @the_donnies, com mais de 188 mil seguidores, que faz esse trabalho como poucos. Leia a entrevista a seguir.

Biblioteca de desenhos arquitetônicos em DWG disponíveis para download

Buscando algumas referências rápidas ou maneiras de melhorar seus desenhos? O site archweb oferece gratuitamente uma série de blocos, plantas e outros arquivos em DWG, para que você usar em pesquisas ou mesmo como inspiração. De mobiliário a iconografia de desenho técnico, de detalhes de desenho de rodovias a layouts de ambientes, o site possui uma vasta coleção de plantas, cortes e fachadas disponíveis em diversas categorias. Além disso, muitos desenhos vêm com polilinhas fechadas, fáceis de serem editadas e hachuradas.

Confira esses 20 blocos que ajudarão a detalhar seus desenhos:

Série de desenhos à mão destaca a complexidade estrutural da arquitetura de estádios

Para qualquer estudante de arquitetura, o trabalho final de graduação tende a ser o momento perfeito para dar o máximo de si. Seja através de visualizações 3D ou maquetes físicas notáveis, sua apresentação final é a chance de exibir todas as habilidades conceituais e técnicas adquiridas ao longo dos anos.

Para o trabalho final de pós-graduação, o arquiteto Mohammad Pirdavari, do Ati-Naghsh Hamraz Consultants, projetou um estádio representado através de uma série de desenhos à mão. Suas intrincadas ilustrações ajudam a destacar a materialidade do edifício e a relação entre estrutura exposta e revestimentos.

© Mohammad Pirdavari© Mohammad Pirdavari© Mohammad Pirdavari© Mohammad Pirdavari+ 31

Desenho à mão, um ofício subestimado

© Jim Keen
© Jim Keen

Fiz parte da última geração de estudantes de arquitetura que não usava computadores (estamos falando apenas do início dos anos 90 aqui; havia eletricidade, televisões coloridas, foguetes, só nada de renderizações.) No meu último ano na faculdade, calculei mal quanto demoraria para terminar meu projeto de graduação. À medida que o prazo se aproximava, percebi que era tarde demais para me comparar às apresentações de meus colegas. Na época, Zaha Hadid e suas pinturas desconstrutivistas definiam o estilo da ilustração arquitetônica. Isso significava que muitos projetos de estudantes eram renderizados em tintas a óleo em grandes telas.

Como um croqui diário melhorará sua arquitetura

Este artigo foi publicado originalmente na Common Edge com o título "How the Quick Daily Drawing Puts Humanity Back Into Architecture."

O arquiteto Frank Harmon tem um compromisso diário: ele tenta fazer um desenho à mão livre todos os dias. Ele não gasta muito tempo com cada um. Cerca de cinco minutos. Esses gestos rápidos de representação são como capturar relâmpagos em uma garrafa ou, como Virginia Woolf disse uma vez sobre a importância de escrever todos os dias, “bater a rede para capturar a borboleta do momento”. Para capturar esses momentos, você deve ser rápido. O minuto se move. Os desenhos de Harmon parecem soltos, confusos nas bordas. Você sente sua duração de cinco minutos.

Destaques da semana: o que os olhos não veem

Arquitetura é uma prática profundamente dependente do visual. É concebida, comercializada, criticada e consumida quase que inteiramente através daquilo que é capaz (ou não é capaz) de comunicar visualmente. Selecionamos e produzimos imagens o tempo todo, ângulos impossíveis e perspectivas inexistentes somente para admirar as qualidades arquitetônicas de objetos que nunca verão a luz do dia.

World Architecture Festival anuncia os vencedores do Prêmio de Desenho de 2018

O World Architecture Festival, com os co-curadores Make Architects e o Museu Sir John Soane, anunciaram hoje os vencedores do seu anual Architecture Drawing Prize, estabelecido em 2017 para reconhecer a “importância contínua do desenho manual, ao mesmo tempo que abraça o uso criativo das renderizações digitalmente produzidas.”

Mergulhe nos mundos imaginários criados pelos desenhos meticulosos de Benjamin Sack

I Am That I Hand. Imagem © Benjamin Sack
I Am That I Hand. Imagem © Benjamin Sack

Talvez como uma forma de "urbanismo abstrato", o artista Benjamin Sack usa caneta e papel para construir cidades e mundos que ganham vida com seus traços. Torres e pequenas construções se fundem para compor paisagens urbanas familiares, porém inimaginavelmente complexas, com intrincados arranjos espaciais. Essa atmosfera de "urbanismo abstrato" introduz uma perspectiva provocativa sobre o contexto urbano e sua relação com aqueles que o habitam.

Dica de desenho: como desenhar uma linha reta

Modmin tem sido uma boa fonte para vídeos de qualidade e tutoriais sobre desenho arquitetônico e croquis. O seu novo vídeo aborda um fundamento do desenho: a capacidade de desenhar uma linha reta. Para muitos arquitetos experientes, esta é uma habilidade que eles dominaram há muito tempo. Mas se você está apenas começando, ou se se escondeu atrás da capacidade do seu computador de desenhar linhas retas consistentemente, esse passo-a-passo é para você.

Referindo-se à primeira dica em 101 Coisas que aprendi na Escola de Arquitetura de Mateus Frederick, compartilhamos um exercício que ele ensinou para conseguir desenhar linhas retas.

Como Narinder Sagoo e Foster + Partners estão acabando com os preconceitos da arquitetura (com um lápis)

Este breve artigo, escrito pelo autor e crítico Jonathan Glancey, coincide com o lançamento do Architecture Drawing Prize – um concurso com curadoria do World Architecture Festival, o Sir John Soane's Museum, e Make. Os premiados serão exibidos em Londres e Berlim.

Para os arquitetos, diz Narinder Sagoo, diretor de design de comunicação da Foster + Partners, desenhos são responsáveis por contar histórias. Também representam uma maneira altamente eficaz de levantar questões sobre o processo de projeto. Embora a história da arquitetura - certamente desde o Renascimento italiano - tenha sido representada por desenhos convincentes que afirmam a supremacia e refletem a glória de edifícios totalmente resolvidos, há outro modo de representação que permitiu aos arquitetos pensar seus projetos sem preconceitos.

© Foster + Partners© Foster + Partners© Foster + Partners© Foster + Partners+ 8

Projeto "CityLiveSketch" usa croquis e fotografia para reproduzir paisagens urbanas reais e imaginárias

Moleskines, croquis, fotografia de arquitetura, imaginação e Instagram - estas são algumas coisas que despertam o interesse de qualquer entusiasta da arquitetura. Por isso, é difícil acreditar que Pietro Cataudella, autor do projeto CityLiveSketch, não seja um artista ou arquiteto, mas um estudante de geofísica.

No verão de 2014, o italiano iniciou um projeto para "descrever a terra de uma maneira alternativa pelo uso combinado de fotografias e desenhos que representam os marcos de esplêndidas cidades italianas". Ele viajou de Pisa a Paris, Londres e Barcelona, e esboçou edifícios famosos que incluem o Bosco Verticale de Stefano Boeri e a Torre Eiffel.

Tutoriais de desenho à mão livre para você preencher todas as páginas de seu Moleskine

Em um mundo cada vez mais digital, a arquitetura ainda depende em grande medida de transmitir ideias através de ferramentas analógicas. O croqui tem resistido como o método mais comum dos arquitetos se comunicarem com os clientes, o público, e entre si. Como já mostramos anteriormente, o canal George Architect no Youtube, dirigido por Reza Asgaripour e Avdieienko Heorhii, se dedica a apresentar técnicas de desenho à mão livre, com uma série de tutoriais bastante ampla que abrange desde luz e sombra até perspectivas de três pontos de fuga.

Melhore seus croquis com estes princípios básicos de perspectiva

Você já deve ter ouvido falar do Lynda.com, a plataforma on-line de educação que hospeda milhares de cursos em vídeo de softwares. Mas você sabia que Lynda também tem alguns grandes cursos de desenho, animação e design? A melhor parte é que a plataforma pode ser acessada gratuitamente de muitas universidades, faculdades e bibliotecas!

Se você busca aperfeiçoar suas habilidades de registrar ou projetar interiores e exteriores, o curso "Drawing 2-Point Perspective", ministrado por Amy Wynne e com uma hora de duração, pode ser uma boa opção.

Clássicos da Arquitetura icônicos representados em perspectivas axonométricas

Casa Gropius / Walter Gropius + Marcel Breuer / 1938 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio RosamentePrairie Chicken House / Herb Greene / 1961. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio RosamenteCasa de Vidrio / Philip Johnson / 1949. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio RosamenteCasa Farnsworth / Mies van der Rohe / 1951 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente+ 20

O arquiteto e ilustrados Diego Inzunza desenvolveu a série "Architectural Classics" com o objetivo de apresentar mais de 15 obras icônicas do século XX, utilizando uma técnica gráfica de ampla compreensão, já que permite uma leitura geral de mais de seus lados, estabelecendo uma imagem geral.