Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Artigo

Artigo: O mais recente de arquitetura e notícia

O processo criativo de quatro pioneiros da arquitetura moderna

O domínio da arquitetura sempre esteve dividido entre o cosmos artístico e o racional. Durante nossos anos de estudo em arquitetura, raramente nos é oferecida uma metodologia específica com a qual podemos desenvolver um projeto, gerando diversos resultados e métodos diferentes. No entanto, para descobrirmos o método que melhor funciona para nós, precisamos entender o modo de pensar e projetar dos grandes pioneiros que influenciaram a arquitetura antes de nós.

Le Corbusier, Mies van der Rohe, Frank Lloyd Wright e Louis Kahn são quatro dos arquitetos mais influentes da história. A seguir, descubra o processo criativo desses quatro mestres da arquitetura moderna e por que seus projetos e métodos ainda seguem relevantes.

Avaliação Pós-ocupação: Como desenvolver projetos melhores avaliando edificações existentes

Durante o processo de concepção de uma edificação, profissionais de projeto de diversas especialidades são convidados a propor soluções que garantam o atendimento de requisitos e expectativas do seu cliente.

As decisões de projeto, que até a década de 1980, muitas vezes não eram fundamentadas em critérios objetivos, passam, gradualmente, a ser tomadas de modo embasado, com vistas a reduzir eventuais erros de projeto ou execução, desperdício de materiais e ineficiência na execução de serviços bem como devido ao reconhecimento sistêmico das boas práticas.

Como projetar onde não há gravidade?

Não são muitos os arquitetos que tiveram o desafio de projetar no espaço sideral, mas quem sabe o que nos aguarda no futuro... Será que teríamos que nos preocupar com chuvas de asteroides e foto-biorreatores? Buscando investigar este tema a Metropolis Maganize analisou o projeto da Estação Espacial Internacional, apontando como as regras convencionais de arquitetura se tornam obsoletas na gravidade zero. Paredes, tetos e pisos podem ser permutáveis e o conceito da 'forma que segue a função' é levado ao extremo.

2018 marca os 20 anos da construção da Estação Espacial Internacional. O Satélite é constituído por 34 peças separadas, as quais foram entregues por ônibus espacial ou automotora no espaço. Com nenhuma margem para erros, a construção de 13 anos da Estação Espacial foi, talvez, um dos grandes sucessos do milênio, recebendo 230 astronautas, cosmonautas e turistas espaciais nas últimas duas décadas. 

Fotógrafo registra as composições geométricas na evolução da arquitetura de Viena

© Zsolt Hlinka
© Zsolt Hlinka

Em sua mais recente série de fotos intitulada "Viennametry", o fotógrafo e gravurista húngaro Zsolt Hlinka captura os vazios inexplorados na colcha de retalhos da arquitetura histórica e contemporânea de Viena. Depois de estudar os edifícios simétricos de esquina de Budapeste, Hlinka mudou-se para o norte, para a Áustria, em sua busca pela geometria e simetria na paisagem urbana.

Art Jameel anuncia o projeto de um novo centro artístico multidisciplinar na Arábia Saudita

Graças a Art Jameel, uma organização artística sem fins lucrativos do Oriente Médio, um novo distrito de artes será construído em Jeddah, na Arábia Saudita. Desde a coroação do príncipe Mohammad bin Salman, a Arábia Saudita mudou o foco do petróleo para as artes e a tecnologia, e o novo centro artístico multidisciplinar Hayy, de 17.000 metros quadrados, é um passo na direção certa.

Apartamentos de 10 m²: mínimo necessário ou lucro máximo?

O lançamento de um edifício no centro de São Paulo causou certo espanto pelo tamanho dos seus apartamentos: apenas 10 metros quadrados. Isso levantou o debate sobre a tendência do mercado de produzir imóveis cada vez menores e a capacidade desses imóveis de atender às necessidades de seus moradores.

Não há dúvida de que, por um lado, esse produto imobiliário se relaciona com as formas de morar das novas composições familiares. É cada vez mais comum que as residências sejam ocupadas por apenas uma pessoa ou, no máximo, duas. De acordo com dados da Fundação SEADE para 2010, no Estado de São Paulo são quase 40% os domicílios que têm essa característica, sendo 13% até uma pessoa.

O Desenho / Vilanova Artigas

Texto da Aula Inaugural pronunciada na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP em 1 de março de 1967. Reedição da publicação do Centro de Estudos Brasileiros do Grêmio da FAU-USP, 1975. Compartilhado conosco por Rosa Artigas.

Casa de sonho / Álvaro Domingues

DIZIA um velho ditado que “quem fez a casa na praça / a muito se arriscou / para uns, pequena de mais / para outros, de alta passou”. Fazer a casa na praça significa expor ao julgamento público aquilo que podia não passar de um recato privado quase invisível atrás dos muros e portões. Pois…, o problema é que a própria privacidade só existe por contraste com essa sua suposta incompatibilidade pública.

Rota das Pirâmides / Álvaro Domingues

O EXÓTICO é um desejo; uma máquina de sedução; um domínio geo-semântico que designa um território imenso e quente, desconfinado, longínquo e incerto onde existem coisas estereotipadas, espécie de adereços e ambiências como o cheiro das especiarias, as trovoadas tropicais, as araras, as odaliscas, as palmeiras, os batuques, os camelos, e as pirâmides, por exemplo. O exotismo alimenta-se da nostalgia, do espaço e do tempo, como memória de uma idade de ouro em paragens remotas e tempos perdidos.

Cidades Sustentáveis, Cidades Inteligentes [Parte 2] / Carlos Leite

Cidades Sustentáveis, Cidades Inteligentes [Parte 1] / Carlos Leite

A Casa Invisível: Fragmentos sobre a arquitetura popular no Brasil / João Diniz

Manual Prático de Latinoamericanidade / Germán Téllez

Personalização das obras e originalidade / Enrique Browne

Pós-Digital / Pedro Alonso

Lições Instantâneas (5/5) / João Diniz

  • Você paga pelo seu curso, não desperdice seu ingresso.
  • Perca qualquer complexo de inferioridade, o centro do mundo é onde você está.
  • Comunique-se em outras línguas.
  • Viaje.
  • Aproveite cada trabalho que faz para compor seu portfolio.
  • Aproxime-se dos mestres.
  • Como numa prova automobilística, inicie logo e com determinação o trabalho.
  • Saiba do que você gosta em arquitetura e em tudo mais.
  • O que você gosta mais de ganhar, livros ou sapatos?
  • Você seria eficiente numa escola sem notas ou chamadas?
  • Ser sustentável é nada mais que a obrigação.
  • Seja ativo para que não seja necessário transformar aulas de arquitetura em lições de auto-ajuda.
  • O bom estudante aprende mais que o professor ensina.
  • … e de repente aquele inculto arrogante pergunta: – Você trabalha também ou é apenas um professor?

Lições Instantâneas (4/5) / João Diniz

  • Questione o ‘default’.
  • … desenhos à mão livre, feitos à máquina.
  • A força bruta nunca é suficiente
  • Trabalhe muito, mas não só trabalhe.
  • Estudantes sabem a resposta para a maioria das perguntas que fazem.
  • Não comece a apresentar um trabalho se desculpando.
  • Aprenda com os colegas.
  • A solidão é boa e necessária na hora de fazer um projeto ou de estudar. Nestes momentos desligue os canais dispersivos da atualidade, a recompensa virá depois nos conhecimentos adquiridos e nos espaços criados.
  • Procure inspirações e conhecimentos arquitetônicos também fora da arquitetura.
  • Construa sua própria cultura, você é o que lê, ouve, conversa.
  • Não diga que não sabe desenhar, quinze anos atrás você era ótimo nisso.
  • Antes de desenhar bem, deve-se pensar bem.