Weiqi Jin

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE FOTÓGRAFO

Arquitetura efêmera: inovação, experimentação e entretenimento

Além do “turismo de experiência” e da arquitetura de entretenimento, construções efêmeras e temporárias também podem ser um terreno fértil para se testar novas ideias, soluções e tecnologias. Assumindo uma ampla variedade de diferentes tipologias e formas, desde estruturas emergenciais a instalações lúdicas, estruturas temporárias têm a capacidade de nos projetar no futuro, questionando as regras estabelecidas além de pôr à prova novas tecnologias e sistemas construtivos. Ainda assim, a arquitetura temporária muitas vezes é vista como um passo atrás em relação à sustentabilidade, por isso, a seguir discutiremos alguns dos principais valores da arquitetura efêmera seja como um veículo de experimentação de novas soluções e tecnologias seja como uma oportunidade para engajar comunidades.

Courtesy of ICD-ITKE. Imagem 2012 ICD/ITKE Research PavilionLoud Shadows by Plastique Fantastique. Imagem © Marco CanevacciStair of Kriterion by MVRDV. Imagem © Laurian GhinitoiuTemporary Site of Shengli Market by LUO studio. Imagem © Weiqi Jin+ 9

Rumo a um futuro sustentável: materiais e sistemas construtivos locais na arquitetura chinesa contemporânea

Ao longo dos últimos anos testemunhamos um interesse crescente por técnicas tradicionais e processos artesanais de construção, assim como no papel cada vez mais significativo dos materiais locais na arquitetura contemporânea. Conscientes do impacto ambiental e também econômico da industria da construção civil no mundo hoje, arquitetos e urbanistas estão mudando o rumo de nossa disciplina ao adotar novas estratégias e abordagens em seus projetos e processos com o principal objetivo de “atender às demandas da nossa sociedade sem, no entanto, comprometer ou esgotar os recursos naturais que atualmente encontram-se à nossa disposição”.

Ressignificando o passado: a transformação contemporânea da arquitetura tradicional chinesa

Richard Buckminster Fuller certa vez resumiu o seu conceito de Dymaxion da seguinte forma: “construir o maior espaço e a estrutura mais sólida com o menor uso de material”.

Xiaoye Valley / AML Design Studio

© Weiqi Jin© Weiqi Jin© Weiqi Jin© Weiqi Jin+ 25

  • Arquitetos: AML Design Studio
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  850
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018

Como projetar estruturas para casas ponte?

Metaforicamente, construir pontes equivale a criar novas oportunidades, conexões e caminhos. As primeiras pontes possivelmente tenham surgido de forma natural com a queda de troncos sobre rios ou depressões naturais, e os humanos têm construído estruturas rudimentares para ultrapassar obstáculos desde a pré-história. Os avanços tecnológicos permitiram erigir pontes que são ao mesmo tempo impressionantes e esculturais, desempenhando função chave nas conectividades. Geralmente necessitando vencer grandes vãos, com poucas possibilidades de apoios, estruturá-las não é uma tarefa tão simples. Mas quando, mais que uma ligação entre dois pontos, a ponte é também uma edificação com um programa complexo? Como estas podem ser estruturadas?

Quais são as megatendências que estão remodelando o campo da arquitetura e a indústria da construção?

Antes da pandemia, o mundo já enfrentava uma série de transformações globais no campo da construção, e os países emergentes estavam na vanguarda de uma poderosa mudança econômica. Como a população mundial deve atingir a marca de 10 bilhões de pessoas antes de 2100, o setor de construção deve ser capaz de entender e se adaptar às tendências que estão remodelando o globo.

Pátio Rotacionado / ARCHSTUDIO

Kitchen. Image © Weiqi JinRoom - tearoom mode. Image © Weiqi JinDetails. Image © Weiqi JinReception area. Image © Weiqi Jin+ 32

  • Arquitetos: ARCHSTUDIO
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  161
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2017
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Song Guochao

Como os banheiros públicos estão moldando os espaços coletivos na China?

Public Toilets in Zuzhai Village / cnS. Image © Siming Wu
Public Toilets in Zuzhai Village / cnS. Image © Siming Wu

Nos últimos anos, com o desenvolvimento urbano acelerado dos espaços urbanos na China, os banheiros públicos receberam várias novas funções. Os arquitetos apresentaram uma variedade de propostas que sugerem transformar os banheiros públicos em um lugar onde a reunião social pode ser redefinida e a permanência temporária pode ser mais envolvente. Embora a escala dos banheiros públicos seja significativamente menor do que a de qualquer outro tipo de arquitetura, os arquitetos chineses têm trabalhado de forma inovadora para adequar os banheiros públicos aos contextos sociais em mudança. Abaixo estão alguns exemplos que demonstram experimentos arquitetônicos atuais com projetos de banheiros públicos na China.

Public Toilets in Zuzhai Village / cnS. Image © Siming WuNantou Public Toilet / Edge Studio. Image © Zhuoheng FuPP Garden / People’s Architecture Office. Image Cortesia de People’s Architecture OfficeToilets with a View / guó bàn ér. Image © Shu He+ 35

Mobiliário integrado à arquitetura: 10 projetos com tijolo

Algumas arquitetas e arquitetos conseguem propor interações entre as diferentes escalas dos projetos, atuando em uma multiplicidade de campos que vão da cidade ao detalhe dos acabamentos, passando pela escala do edifício. Embora, em muitos casos, a seleção do mobiliário que vai complementar um projeto – isto é, os elementos que acabarão por interagir com a escala humana – costuma ser relegada a uma etapa pós-construção, seu desenho nem sempre é considerado um problema secundário.

Um quarteto espacial sobre Moradias Futuras / ARCHSTUDIO + DESIGN APARTMENT + SODA Architects + B.L.U.E. Architecture Studio

Hillside Dwelling . Imagem © Weiqi JinIn Between. Imagem © Weiqi JinHarmony Courtyard. Imagem © Zhi XiaBorderless Space. Imagem © Weiqi Jin+ 68

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  394
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Acor, BANG & OLUFSEN, Gessi, Toto, 富得利, +8

Santuário Budista / ARCHSTUDIO

Cortesia de ARCHSTUDIOCortesia de ARCHSTUDIOEntrada. Cortesia de ARCHSTUDIOCortesia de ARCHSTUDIO+ 49

  • Arquitetos: ARCHSTUDIO
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  169
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2017

Centro Esportivo BIT / Atelier Alter Architects

Courtesy of Atelier Alter ArchitectsCourtesy of Atelier Alter Architects© Weiqi Jin© Horizon Aerial+ 55

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  15692
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AutoDesk, Beijing Bolongsheng Gong Mao, Beijing Hongtai East Star Stone, CSG HOLDING, Chaos Group, +4

Materiais e técnicas construtivas tradicionais na arquitetura contemporânea chinesa

A arquitetura vernácula nasce da escassez, da restrição de materiais e recursos disponíveis assim como de barreiras físicas, geográficas e dificuldades para transportar matérias primas de um lugar para outro. Ela se adapta ao seu contexto, utilizando materiais locais e técnicas construtivas tradicionais. Como uma tendência sempre presente, muitos arquitetos ainda buscam inspiração no passado, e cada vez mais têm incorporado com sucesso materiais e técnicas construtivas locais em seus projetos. Este artigo pretende oferecer uma visão abrangente de como os materiais tradicionais, como tijolos e telhas de barro, pedras, bambu, estruturas de madeira e taipa estão sendo ressignificados em um movimento que talvez poderíamos chamar de “a nova arquitetura vernacular chinesa”.

Pavilhão-Ponte / SpaceStation

© Weiqi Jin© Weiqi Jin© Weiqi Jin© Weiqi Jin+ 39

  • Arquitetos: SpaceStation
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  500
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019

Centro de Arte IOMA / ARCHSTUDIO

Fachada. Imagem © Weiqi JinFachada. Imagem © Weiqi JinPátio. Imagem © Weiqi JinDetalhes. Imagem © Ning Wang+ 30

  • Arquitetos: ARCHSTUDIO
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  3
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019

36 Escritórios de arquitetura do Sul Global que você precisa conhecer

© Zhou Ruogu/Savoye Photographe
© Zhou Ruogu/Savoye Photographe

Os países que fazem parte do chamado Sul Global sofreram muitas transformações em suas cidades nos últimos anos devido, sobretudo, ao rápido crescimento dos centros urbanos e aos já conhecidos desafios econômicos e sociais característicos dos países "em desenvolvimento". O crescimento urbano, o desenvolvimento sustentável, a qualidade de vida, a saúde nas cidades e o desenvolvimento de sua própria identidade cultural são algumas das questões com as quais as arquiteturas locais tiveram - e ainda terão - que lidar.

Alguns jovens profissionais da arquitetura entenderam a importância de projetar tendo em vista seu próprio território, conferindo a essa arquitetura uma identidade claramente local. Ao desenvolverem novas tipologias e usarem seus próprios recursos materiais, apresentam soluções inovadoras, específicas para o local e, acima de tudo, essencialmente contemporâneas no sentido de se pensar o futuro da arquitetura e do planeta como um todo.

© Fernando Guerra | FG+SG© Tomás Rodríguez© Fernando Schapochnik© Maurice Ascani+ 38