Mónica Arellano

Editor de conteúdo no ArchDaily Mexico. Arquiteto da UNAM (2018). Seus interesses se concentram em explorar a relação do corpo com a arquitetura através da dança. Ele colaborou com diferentes coreógrafos internacionais que exploram a dança e a arquitetura como um evento. Twitter / Instagram: @monicarellano_

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Arquitetura mexicana: projetos para conhecer o território de Tepoztlán

Lounge MA / Cadaval & Solà-Morales. Imagem © Sandra PereznietoBungaló LMM / Cadaval & Solà-Morales. Imagem © Sandra PereznietoCasa Albino Ortega / Rozana Montiel | Estudio de Arquitectura. Imagem © Sandra PereznietoLounge Tepoztlan / Cadaval & Solà-Morales. Imagem © Sandra Pereznieto+ 12

Tepoztlán é uma região localizada no estado de Morelos, no centro-sul do México, limitada geograficamente pelos estados de Guerrero, Puebla, o Estado do México e a Cidade do México. Possui 242.646 km² de área e é um dos 111 povoados catalogados pelo governo que recebem incentivos para impulsionar o turismo patrimonial e ecológico. 

Arquitetura mexicana: clima e tradição no território de San Luis Potosí

O jardin surrealista de Edward James en Xilitla, México. Image © Victor DelaquaCowork Karakorum 701 / OCUPAR.estudio. Image © alberstudioCerrada de Cortés / Dcpp Arquitectos. Image © Onnis LuqueCentro Social Las Margaritas / Dellekamp Arquitectos + TOA Taller de Operaciones Ambientales + Comunidad de Aprendizaje. Image © TOA Taller de Operaciones Ambientales+ 13

O estado de San Luis Potosí está localizado próximo à região central, mais ao norte do México, e é limitado geograficamente pelos estados de Nuevo León, Tamaulipas, Veracruz, Hidalgo, Querétaro, Guanajuato e Zacatecas. Com mais de 65 mil quilômetros quadrados, a região foi a fronteira cultural entre a Mesoamérica e a Aridoamérica, apresentando grande diversidade de povos e costumes. Atualmente, conta com cinco regiões incluídas no sistema federal de preservação administradas pela Comisión Nacional de Áreas Naturales Protegidas. 

Sobre a ressignificação do corpo na produção arquitetônica

The Science of Movement (licensed under the Creative Commons Attribution 2.0 Generic license). Imagem © Gjon MiliCollage realizada utilizando fotografias de Ana Karenina e Eneas De Troya (licensed under the Creative Commons Attribution 2.0 Generic license). Imagem via Wikimedia CommonsParque Madureira / Ruy Rezende Arquitetos. Imagem © Bianca RezendeHuman-Reification. Imagem © Paul Gisbrecht+ 10

Vários autores como Michel Foucault, Maurice Merleau-Ponty e os pensadores contemporâneos Marina Garcés e Judith Butler trouxeram o tema do corpo para a mesa de discussões globais da filosofia. Isso tem permeado diversas disciplinas onde o corpo é o centro de seu estudo e até mesmo em algumas outras onde essa relação não parece tão evidente.

Arquitetura mexicana: projetos para entender o território de Puebla

Quinta Gaby / Taller Tlaiye. Image © Yoshihiro KoitaniEdificio Amani / Archetonic. Image © Yoshihiro KoitaniMuseo Internacional del Barroco / Toyo Ito. Image © Patrick López JaimesMIRA / Dionne Arquitectos + Metarquitectura + JAR Jaspeado Arquitectos + Adaptable. Image Cortesía de Dionne Arquitectos+ 41

O estado de Puebla localiza-se na região do planalto central mexicano, fazendo fronteira com os estados vizinhos de Tlaxcala, Hidalgo, Veracruz, Oaxaca, Guerrero, Morelos e Estado do México. Com mais de 34 mil km² de superfície, Puebla é um dos estados mais densamente povoados do país. A capital, que empresta o seu nome ao estado, é uma das cidades não litorâneas mais visitadas em todo território nacional, atraindo milhares de turistas todos os anos.

Archigram e a distopia da habitação em pequena escala

"Paraísos Siniestros". Image © Jorge TaboadaUn Cuarto Más / ANTNA. Image © Jaime NavarroUna pequeña casa australiana / CABN. Image Cortesía de CABN© Deutsches Architekturmuseum+ 8

Até os dias de hoje, não se sabe bem ao certo às origens do movimento “tiny” na arquitetura. Entretanto, se formos olhar mais à fundo a história da arquitetura e como nossos modos de vida foram se transformando ao longo do tempo, é possível encontrar algumas pistas sobre as bases e os princípios deste movimento, o qual vem ganhado força dia após dia, questionando os nossos excessos e promovendo um estilo de vida mais flexível e minimalista.

Edifício Argáez / Taller de Arquitectura X - Alberto Kalach

© Jaime Navarro© Jaime Navarro© Jaime Navarro© Jaime Navarro+ 23

Cidade do México, México

Iwan Baan registra processo construtivo de habitação social no México projetada por SO-IL

© Iwan Baan© Iwan Baan© Iwan Baan© Iwan Baan+ 18

O fotógrafo Iwan Baan está documentando o processo de construção do edifício de habitação social “Las Américas”, concebido e executado pelo escritório estadunidense SO-IL em parceria com o Instituto Municipal de Vivienda de León (IMUVI), no planalto central mexicano.

Arquitetura Livre: a autoconstrução no México pelas lentes de Adam Wiseman

© Adam Wiseman© Adam Wiseman© Adam Wiseman© Adam Wiseman+ 34

No México, a prática da autoconstrução ainda é um assunto que divide opiniões entre a comunidade de arquitetos, com adeptos tanto à favor quanto em contra a esta prática extremamente convencional e difusa por todo território. Entretanto, ainda que longe de ser um consenso entre os profissionais da construção civil, os processos autônomos de construção são uma realidade inegável e que se impõe sobre condições econômicas, culturais e sociais — não apenas no México, mas como um fenômeno que desconhece quaisquer tipo de fronteiras. Pensando nisso, ao longo dos últimos anos, arquitetos e arquitetas deram início à uma série de iniciativas com o principal objetivo de desenvolver e disponibilizar materiais informativos, guias de apoio e manuais de acompanhamento aos processos de autoconstrução, abordando temas de segurança, bem estar e em última instância, colocando em evidência uma prática que a cada dia se torna mais difícil de omitir.

Arquitetura mexicana contemporânea: geografia e materialidade

Casa Cabo / Dellekamp Arquitectos. Image © Sandra PéreznietoHotel Endémico / graciastudio. Image © Luis GarcíaSFER IK Museion en Francisco Uh May / Jorge Eduardo Neira Sterkel.. Image Cortesía de AzulikEdificio Argáez / Taller de Arquitectura X - Alberto Kalach. Image © Jaime Navarro+ 18

Um dos fatores mais importantes a se levar em consideração quando se projeta um edifício é o clima específico do lugar. O clima pode ser um verdadeiro obstáculo e  até um grande desafio, principalmente quando se trata de projetar em situações extremas. Nestes casos, se faz necessário utilizar materiais isolantes e desenvolver soluções práticas que possam favorecer as condições de conforto no interior do edifício. Entretanto, a maioria dos países latino-americanos como o México, possui um clima pra lá de privilegiado, algo que se transforma em um ponto à favor dos arquitetos, os quais podem então explorar relações mais diretas entre a arquitetura e a paisagem.

24 Projetos para entender o território de Guanajuato no México

Indústria Hidropônica Next / CC Arquitectos. Imagem © Rafael GamoCentro Cultural y Ecológico Imagina / TIBÁrquitectos. Imagem © Adam WisemanCasa Candelaria / Cherem arquitectos. Imagem © Enrique MacíasLa Colina 17 / Estudio Manuel Peredo + Juan Carlos de La Riva + Mariano Maldonado + Luis Carbonell. Imagem © Camila Cossío+ 26

O estado de Guanajuato está localizado na região centro-norte do México, fazendo fronteira geográfica com os estados de Zacatecas, San Luis Potosí, Querétaro, Michoacán e Jalisco. Ele possui 30 607 km² de superfície e é uma das regiões mais populosas do país. Alguns de seus municípios mais importantes são León, Irapuato, Celaya, Salamanca e San Miguel de Allende, este último declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 2008, que se caracteriza por sua arquitetura barroca e espanhola. Além disso, nesta cidade está a Paróquia de San Miguel Arcángel, construída em pedra rosada típica da região.

Arquitetura mexicana: projetos para entender o território de Tulum

Galería IK LAB / Roth-Architecture. Image Cortesía de IK LabTemplo luum / CO-LAB Design Office. Image © César BéjarDepartamentos Artia / AS Arquitectura + CO-LAB Design Office. Image © Onnis LuqueVivienda colectiva Kikí Tulum / Central de Proyectos SCP. Image © Eduardo Calvo+ 22

Tulum é uma região localizada no sudeste do México, dentro dos limites geográficos do estado de Quintana Roo, na costa do mar do Caribe, conformando parte da Riviera Maia. Historicamente, a região já foi uma cidade murada, de onde vem seu nome, que em Maia significa muralha. 

Nómada Laboratório Urbano: a retomada dos espaços públicos na era da nova normalidade

© Nómada Laboratorio Urbano
© Nómada Laboratorio Urbano

© Nómada Laboratorio Urbano© Nómada Laboratorio Urbano© Nómada Laboratorio Urbano© Nómada Laboratorio Urbano+ 30

No ano de 2014, um grupo de amigos de Ciudad Juárez, na fronteira do México com os Estado Unidos, se uniu para somar forças no trabalho de recuperação de espaços públicos ociosos da cidade, ajudando a transformar praças, parques, ruas e calçadas através de uma série de projetos socioculturais e intervenções urbanas. Foi assim que nasceu o Nómada Laboratório Urbano de Ciudad Juárez, uma cidade fronteiriça junto à El Paso, Texas. Ao longo dos anos, Juárez foi se estabelecendo como uma cidade de economia de ‘fachada’, muitas vezes figurando entre as cidades mais violentas do mundo, principalmente entre os anos de 2008 e 2012.

Territórios urbanos: sobre a reinvenção do espaço coletivo público e privado

Fotografías comparativas de las playas de Lima antes y durante la cuarentena. Image © abdrodrigoRuta4 taller sobre confinamiento y coronavirus en comunidades marginales. Image © Alexis MuneraSoy de Azteca: estéticas de la periferia de la Ciudad de México. Image © Zaickz MozRandhir Singh. ImageRío Yamuna, en Nueva Delhi, uno de los ríos más contaminados del mundo. Iñaki Alday es co-director del Proyecto Yamuna River sobre ecología urbana, cuyo objetivo es recuperar el río y mejorar la vida de millones de personas que viven en Nueva Delhi. Image © Randhir Singh+ 5

Como bem disse o filósofo sul-coreano Byung-Chul Han: toda época está marcada por suas mazelas emblemáticas. Estes males representam alguns dos desafios mais importantes da história da humanidade, adversidades que trazem consigo uma série de mudanças não apenas no que se refere à saúde pública, mas principalmente em termos econômicos e políticos, revelando a complexidade oculta por trás daquilo que costumamos chamar de “normalidade”.

Arquitetura mexicana contemporânea: as casas no Valle de Bravo

Casa terreno / Fernanda Canales. Image © Jaime NavarroCasa m / saavedra arquitectos. Image © Ricardo De La ConchaEntrepinos / Taller Hector Barroso. Image © Rory GardinerCasa CRA / Estudio MMX. Image © Rafael Gamo+ 31

O Valle de Bravo é uma região do Estado de México localizada poucos quilômetros à sudoeste da capital do país. Caracterizada pela presença de um grande lago artificial criado em 1947 com a construção da barragem Miguel Alemán, o Valle de Bravo é hoje responsável pelo abastecimento de água para boa parte da população da Cidade do México e Toluca. Por sua proximidade à capital, a represa é um importante destino de viagens de final de semana, o que acabou despertando o interesse de muitos arquitetos e arquitetas, responsáveis por projetos de arquitetura que encontram ressonância na paisagem oferecendo uma experiência única junto à natureza exuberante de um dos principais vales da planície central mexicana.

Casas Barranca Valle / Taller de Arquitectura X / Alberto Kalach + Iván Ramírez

© Jaime Navarro© Jaime Navarro© Jaime Navarro© Jaime Navarro+ 20

Valle de Bravo, México

Portugal, México, Colômbia e Alemanha entre os vencedores do VII Prêmio Internacional de Arquitetura Sacra

Chegando a sua sétima edição, o Prêmio Internacional de Arquitetura Sacra — organizado pela Fundação Frate Sole — é direcionado a todos os profissionais que tenham realizado projetos de igrejas cristãs ao longo dos últimos dez anos. 

Arquitetura mexicana: 15 escadas escultóricas

Entrepinos / Taller Hector Barroso. Image © Rory GardinerCasa Flotante / Talleresque. Image © Studio ChirikaOficinas SMA-GSM / Sordo Madaleno Arquitectos. Image © Rafael GamoCENTRO / TEN Arquitectos. Image © Luis Gordoa+ 16

Um dos elementos de maior potencial escultórico da arquitetura é a circulação vertical – sejam rampas ou escadas. E apesar de serem frequentemente desenhadas a partir de uma abordagem puramente funcionalista, em alguns momentos tornam-se a peça fundamental do espaço.