Primeira UTI móvel em contêiner projetada por Carlo Ratti é instalada em hospital em Turim

Primeira UTI móvel em contêiner projetada por Carlo Ratti é instalada em hospital em Turim

A primeira unidade do projeto CURA de Carlo Ratti foi instalada em um hospital de campanha em Turim, norte da Itália, uma das regiões mais atingidas pela pandemia de coronavírus. Lançada há quatro semanas, a iniciativa de converter contêineres comerciais em unidades de terapia intensiva para pacientes com COVID-19 foi concretizada em tempo recorde.

© Max Tomasinelli© Max Tomasinelli© Max Tomasinelli© Max Tomasinelli+ 14

© Max Tomasinelli
© Max Tomasinelli

O primeiro protótipo CURA foi realizado com o patrocínio da UniCredit e começou a receber pacientes em 19 de abril. Montada rapidamente, cada cápsula é “tão segura quanto uma ala de isolamento regular, graças a biocontenção com pressão negativa”. Com mais unidades sendo construídas em diversas partes do mundo, dos Emirados Árabes Unidos ao Canadá, o CURA, sigla em inglês para Unidades Conectadas para Doenças Respiratórias, pretende ser uma alternativa de “unidade compacta de UTI, rápida de implantar e segura para os profissionais da saúde."

© Max Tomasinelli
© Max Tomasinelli
© Max Tomasinelli
© Max Tomasinelli

Melhorando a eficiência dos hospitais de campanha, cada unidade CURA, montada tão rapidamente quanto uma barraca hospitalar, propõe "uma solução de implantação rápida para expandir instalações de emergência e aliviar a pressão nos sistemas de saúde que tratam pacientes infectados por coronavírus". Criado por uma força-tarefa internacional, incluindo Carlo Ratti Associati e Italo Rota, engenheiros da Jacobs, a Philips para fornecimento de equipamentos médicos, e apoiado pelo Fórum Econômico Mundial, o CURA tem suas especificações técnicas, desenhos e materiais disponibilizados online.

© Max Tomasinelli
© Max Tomasinelli
© Max Tomasinelli
© Max Tomasinelli

Por outro lado, o hospital temporário da OGR, instalado em Turim, é um antigo complexo industrial convertido em centro cultural e tecnológico há alguns anos. Transformado recentemente em unidade de saúde, o projeto tem mais de 8.900 metros quadrados e conta com 92 leitos. Com o primeiro protótipo CURA instalado, a capacidade do hospital de campanha se amplia. Com efeito, “a cápsula contém todo o equipamento médico necessário para dois pacientes de UTI, incluindo ventiladores e monitores, além de suportes para fluidos intravenosos. A unidade é conectada ao resto do hospital por uma estrutura inflável, que serve como depósito e vestiário."

Para saber mais sobre este projeto de Carlo Ratti, clique aqui.

© Max Tomasinelli
© Max Tomasinelli

Convidamos você a conferir a cobertura do ArchDaily relacionada ao COVID-19, ler nossas dicas e artigos sobre produtividade ao trabalhar em casa e aprender sobre recomendações técnicas de projetos para a saúde. Lembre-se também de checar os conselhos e informações mais recentes sobre o COVID-19 no site da Organização Pan-Americana da Saúde OPAS/OMS Brasil.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Harrouk, Christele. "Primeira UTI móvel em contêiner projetada por Carlo Ratti é instalada em hospital em Turim" [Carlo Ratti’s First Intensive Care Pod Installed at a Temporary Hospital in Turin, Italy] 28 Abr 2020. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/938492/primeira-uti-movel-em-conteiner-projetada-por-carlo-ratti-e-instalada-em-hospital-em-tutim> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.