Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

ArchiCAD ou Revit, qual escolher?

ArchiCAD ou Revit, qual escolher?

Atualmente, existem vários softwares de diversas empresas que são utilizados ao longo do ciclo de vida de um projeto executado sob metodologias BIM, no entanto, no que diz respeito ao estágio de desenvolvimento de modelos, ArchiCAD e Revit são os mais utilizados a nível mundial. Geralmente, considera-se que o Revit tem a maior parte do mercado, embora o ArchiCAD tenha aproximadamente 18 anos a mais. Na verdade, foi o primeiro software BIM no mercado. No entanto, isso não significa que o Revit seja uma ferramenta melhor que o ArchiCAD. Como vamos explorar abaixo, há muitas considerações a se ter em mente antes de chegar a uma conclusão.

Para este artigo, centraremos nossa análise nos seguintes pontos:

  • Requisitos de hardware e sistemas operacionais.
  • Funcionalidade, interface e ferramentas.
  • Integração com especialidades e sinergia dentro do ciclo de vida do projeto.
  • Preço

Requisitos de hardware e sistemas operacionais

Antes de abordar a parte da demanda por hardware, há um conceito que devemos entender, e isso é multithreading e núcleos de processador (cores). De uma maneira simples, os núcleos de um processador são responsáveis pela execução de tarefas. Cada núcleo pode ter a capacidade de executar uma ou mais tarefas simultaneamente, além das tarefas atribuídas ao sistema operacional. Esta é a razão pela qual processadores geralmente vêm em I3, I5 I7, etc. Este número representa o número de processadores.

ArchiCAD by Graphisoft. Image via ArchiCAD Training Series - Youtube.com/user/Archicad
ArchiCAD by Graphisoft. Image via ArchiCAD Training Series - Youtube.com/user/Archicad

Por que isso é relevante para o Revit e o ArchiCAD?

Uma das desvantagens do Revit é que ele tem uma aplicação parcial de vários encadeamentos; Portanto, você precisa de CPUs rápidos para lidar com arquivos médios e complexos, caso contrário, o software parecerá "lento" ou congelará no PC do usuário. Por outro lado, o ArchiCAD tem uma integração quase completa de vários threads, por isso não precisa de processadores rápidos para funcionar de forma ideal em um computador.

Em outras palavras, o ArchiCAD funciona em computadores menos potentes em um bom nível, enquanto o Revit precisa de processadores rápidos para funcionar de maneira ideal.

ArchCAD for macOS. Image via MacArq / Youtube Channel
ArchCAD for macOS. Image via MacArq / Youtube Channel

Quanto ao sistema operacional, o Revit só pode ser usado no Windows; enquanto o ArchiCAD tem versões para Windows e macOS, o que permite que os arquitetos que usam o Mac executem o software diretamente, sem a necessidade de instalar outro software ou sistemas operacionais adicionais.

Outro aspecto a considerar é o tamanho dos arquivos. O Revit geralmente lida com arquivos que são consideravelmente mais pesados que o ArchiCAD, o que pode complicar o processo de trabalho e requer planejamento e considerações nos planos de execução para seccionar arquivos (com links) e manter tudo nos tamanhos estabelecidos pelo cliente em seus requisitos.

Revit by Autodesk. Image via Autodesk Latam - Youtube.com/user/AutodeskLatam
Revit by Autodesk. Image via Autodesk Latam - Youtube.com/user/AutodeskLatam

Funcionalidade, interface e ferramentas

A funcionalidade e a interface são aspectos importantes a serem considerados, uma vez que a curva de aprendizado dos novos usuários depende em grande parte deles. Neste ponto, o ArchiCAD tem a vantagem de ter uma interface limpa e minimalista, sem sacrificar a funcionalidade. Na customização da interface ambos são muito bons, o Revit permite grande flexibilidade para adicionar ou alterar partes da interface do usuário; e AchiCAD permite, por exemplo, operar sem ícones.

ArchiCAD by Graphisoft. Image via ArchiCAD Training Series - Youtube.com/user/Archicad
ArchiCAD by Graphisoft. Image via ArchiCAD Training Series - Youtube.com/user/Archicad

Em termos de funcionalidade e ferramentas, geralmente ambos os softwares são bastante semelhantes. Muitas vezes, em implementações, muitas vezes há discussões sobre qual ferramenta é melhor do que a outra fazendo uma determinada tarefa; mas se essas considerações forem baseadas somente na funcionalidade e não em uma visão completa do ciclo do projeto e seus requisitos, isso deixaria muito a desejar. Na funcionalidade ambos os softwares possuem boas ferramentas para projeto conceitual, renderização, visualização, interoperabilidade, modelagem. Por exemplo, o ArchiCAD é muito bom em questões de corrimãos e paredes cortina; enquanto o Revit é muito eficiente na criação e manipulação topográfica. Ambas as ferramentas têm a capacidade de executar projetos de baixa, média e alta complexidade.

Revit / Mountain topography from Google Maps. Image via SimStim .Studio / Youtube Channel
Revit / Mountain topography from Google Maps. Image via SimStim .Studio / Youtube Channel

Outro aspecto importante da funcionalidade está relacionado à programação e geração de ferramentas de automação de tarefas. Nesta área, o Revit tem uma vantagem com o Dynamo, porque apresenta uma interface poderosa e fácil de aprender para arquitetos, engenheiros e construtores automatizarem as tarefas cotidianas. Por sua vez, o ArchiCAD conecta-se diretamente com o Rhino e Grasshopper, que funciona muito bem para modelar geometrias complexas.

Revit + Dynamo. Image Cortesía de Academia BIM
Revit + Dynamo. Image Cortesía de Academia BIM

Integração com especialidades e sinergia dentro do ciclo de vida do projeto

Essa é a consideração mais importante a se levar em conta ao decidir qual ferramenta usar para o trabalho, pois ela definirá o padrão de como irá interagir no processo de projeto e construção virtuais. Se virmos o mercado e os projetos executados, perceberemos que a maioria dos especialistas usa o Revit; Portanto, é muito mais fácil integrá-lo no fluxo de trabalho usando arquivos nativos do que usando o IFC, que nos processos de iteração adiciona uma camada de complexidade e margem de erro no processo de projeto. No entanto, deve ser enfatizado que os formatos IFC são muito valiosos nas etapas de entrega e As Built, portanto, eles têm, sem dúvida, grande relevância no fluxo de trabalho com as metodologias BIM. É por isso que, para tomar uma decisão sobre este ponto, na prática, o resto dos atores envolvidos no projeto deve ser levado em consideração.

Revit by Autodesk. Image Cortesía de Academia BIM
Revit by Autodesk. Image Cortesía de Academia BIM

Em termos de sinergia dentro do ciclo de vida de um projeto, é necessário levar em conta a integração de ferramentas de análise, custos, planejamento, gráficos de Gantt, simulações, As Built, entre outros. Nestas considerações, o Revit tem a vantagem, principalmente devido à sua integração direta com o Navisworks (um dos softwares mais utilizados para coordenação 4D e 5D) para tarefas de 4D, 5D e construção virtual. Isso ocorre porque ele é integrado usando os formatos nativos do Revit e existem ferramentas para interagir em tempo real entre os dois softwares sem a necessidade de reexportar e importar os modelos. Por sua vez, o ArchiCAD tem integração direta com o Solibri, uma ferramenta mais poderosa que o Navisworks, mas menos utilizada no mercado latino-americano. No final, o ponto chave para poder tomar uma decisão será novamente considerar como um fator primordial o ecossistema no qual o projeto será desenvolvido.

Revit + Navisworks. Image Cortesía de Academia BIM
Revit + Navisworks. Image Cortesía de Academia BIM

Preços

Em termos de preço, ambos os softwares têm um custo similar, sendo o ArchiCAD um pouco mais barato. No entanto, geralmente não é considerado um fator significativo ao escolher entre uma ferramenta ou outra.

Comentários finais

Para concluir, ambas as ferramentas são extremamente boas para o processo de modelagem BIM. O fato de escolher um ou outro dependerá em grande parte do tipo de projeto e dos atores que trabalharão nele. Portanto, a decisão deve considerar uma visão completa do projeto e não apenas se concentrar nas ferramentas que cada software fornece.

Revit. Image via Autodesk Latam - Youtube.com/user/AutodeskLatam
Revit. Image via Autodesk Latam - Youtube.com/user/AutodeskLatam

Este artigo foi desenvolvido pelos especialistas da Academia BIM. Se você quiser se capacitar com eles, obtenha um desconto de 10% nos cursos disponíveis, digitando o código: arquitectura10.

Sobre este autor
Cita: Zepeda, Ricardo. "ArchiCAD ou Revit, qual escolher?" [ArchiCAD versus Revit, ¿cuál elegir?] 25 Abr 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/915747/archicad-ou-revit-qual-escolher> ISSN 0719-8906
Ler comentários

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.