Como os dinamarqueses desenvolveram sua cultura do ciclismo

Como os dinamarqueses desenvolveram sua cultura do ciclismo

Em 1892 teve início a construção da primeira ciclovia da Dinamarca, localizada na Rua Esplanaden, em Copenhague. A obra foi inaugurada em 1896, sendo uma das vias exclusivas para ciclistas mais antigas do mundo.

A partir deste feito, considerado um marco na mobilidade da cidade, foram realizados outros projetos que buscaram fomentar o uso da bicicleta como meio de transporte urbano, contribuindo para tornar a capital dinamarquesa mundialmente reconhecida por sua cultura do ciclismo.

Veja, a seguir, mais informações sobre os primeiros projetos cicloviários em Copenhague.

Escola de Ciclismo para Mulheres

© Mikael Colville-Andersen, via Flickr
© Mikael Colville-Andersen, via Flickr

Essa imagem do arquivo histórico da cidade mostra como, já no início do século XIX, as mulheres frequentavam uma escola de ciclismo.

Federação de Ciclistas Dinamarqueses

© Mikael Colville-Andersen, via Flickr
© Mikael Colville-Andersen, via Flickr

Em 1905, com o objetivo de exigir a construção de ciclovias nas ruas, foi fundada a Federação de Ciclistas Dinamarqueses. Naquela época, o automóvel ainda não dominava todo o espaço público, quem o fazia eram as carroças de tração animal, cujos donos se opunham às ciclovias.

No entanto, em 1900 foi realizada a contagem do número de carruagens e ciclistas: o resultado foi esmagador, 18 carruagens contra 9.000 ciclistas percorriam as ruas da cidade diariamente. Esses números serviram de respaldo para que, dois anos depois, fosse construída uma ciclovia de 3 metros de largura.

Mapa com a infraestrutura cicloviária de Copenhague

© Mikael Colville-Andersen, via Flickr
© Mikael Colville-Andersen, via Flickr

Em 1916, a capital dinamarquesa já contava com uma boa infraestrutura para o contingente de bicicletas, que era representada nos mapas da cidade. Nos anos seguintes, essa infraestrutura continuou crescendo, configurando uma rede em 1935, como se observa no mapa a seguir.

© Mikael Colville-Andersen, via Flickr
© Mikael Colville-Andersen, via Flickr

Hora do rush para os ciclistas

© Mikael Colville-Andersen, via Flickr
© Mikael Colville-Andersen, via Flickr

"A necessidade de uma ciclovia era tão óbvia em 1955 como em 2015." Comenta Mikael Colville-Andersen sobre essa imagem registrada em 1955, que mostra os ciclistas durante a hora do rush no bairro de Østerbro, em Copenhague.

Ciclovias

© Mikael Colville-Andersen, via Flickr
© Mikael Colville-Andersen, via Flickr

Ainda que não existam muitas explicações sobre o motivo, entre os anos 50 e 60 foi eliminada boa parte da infraestrutura cicloviária.

No entanto, no início dos anos 80 foi iniciada a reconstrução das faixas, porém, diferentemente das anteriores, estas eram segregadas dos automóveis.

Ciclovias de 1915 nos dias de hoje

© Mikael Colville-Andersen, via Flickr
© Mikael Colville-Andersen, via Flickr

As imagens acima foram registradas na mesma rua do bairro Østerbro em 1915 e no ano presente. Em ambas fotos aparece a ciclovia por onde passam hoje 20 mil ciclistas todos os dias.

Via Plataforma Urbana.

Sobre este autor
Cita: Gaete, Constanza Martínez. "Como os dinamarqueses desenvolveram sua cultura do ciclismo" [Fotos: ¿Cómo los daneses lograron desarrollar su cultura ciclista?] 07 Abr 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/764966/como-os-dinamarqueses-desenvolveram-sua-cultura-do-ciclismo> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.