O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Proposta de Parque inspirado no High Line, no Queens

Proposta de Parque inspirado no High Line, no Queens

Proposta de Parque inspirado no High Line, no Queens
Proposta de Parque inspirado no High Line, no Queens, © Friends of the Queensway
© Friends of the Queensway

Quando os planos para o High Line foram revelados, causou-se uma forte impressão na comunidade de design. A linha ferroviária elevada convertida, há muito abandonada pela cidade de Nova York,  foi ameaçada por demolição até que um grupo de ativistas lutou por seu renascimento e ajudou a transformá-la em um dos espaços públicos mais famosos de Manhattan. Agora o Queens, um bairro com infraestrutura abandonada está reconstruindo à sua maneira sua própria versão do High Line, a ser conhecida como o Queensway Cultural Gateway.

No final de dezembro, o Fundo para Terras Públicas anunciou que o governador de Nova York, Andrew Cuomo já concedeu uma bolsa de 467.000 dólares para a organização iniciar um estudo de viabilidade sobre a linha ferroviária de 5.6 quilômetros de Long Island. Propostas iniciais revelam um novo caminho para pedestres, ciclovias, espaço verde público e uma porta de entrada cultural que vai celebrar a diversidade do Queens na arte, escultura e comida, servindo os 250.000 moradores que vivem nos bairros ao longo do percurso, incluindo Rego Park, Forest Hills , Richmond Hill, Ozone Park e Forest Park.

© Friends of the Queensway
© Friends of the Queensway

O espaço público é vital para a saúde das comunidades urbanas. Queens, um dos bairros mais populosos de Nova York, tem uma disposição substancial de parques públicos e acessibilidade beira-mar, bem como vida selvagem e natureza preservada.  A linha de trem Rockaway, o ramo da Long Island Rail Road que foi abandonado há mais de 50 anos, oferece a oportunidade de continuar esta tradição e revitalizar bairros que são desprovidos desses tipos de espaços. A Queensway promete trazer um estímulo econômico para as comunidades que a rodeiam. O desenho original do High Line prova quão poderosos esses tipos de projetos podem ser.

Friends of the Queensway, uma organização de cidadãos comprometidos a transformar estes 5.6 quilômetros em um parque novo, acreditam que ele irá aumentar a viabilidade econômica dos bairros e ajudar a atrair e manter os negócios. A concessão vai fornecer o financiamento para realizar um estudo de um ano sobre os fatores ambientais, econômicos e de engenharia que farão possível projeto.

© Friends of the Queensway
© Friends of the Queensway

Concomitantemente ao projeto Queensway está uma proposta por meio do Regional Rail Working Group para revitalizar a linha como parte do sistema de metrô de Nova York, proporcionando uma ligação Norte-Sul entre Rego Park e Ozone Park, e, finalmente, conectando a Estação Penn ao Aeroporto Kennedy através do Queens. A proposta é cara, mas certamente tem suas vantagens, especialmente após o furacão Sandy, que causou estragos nas linhas de trem em Far Rockaway, tornando a área praticamente inacessível ao transporte público nas semanas que se seguiram à devastação. Enquanto líderes da comunidade e o Fundo para Terras Públicas debatem sobre a melhor solução para esta linha abandonada, os cidadãos devem pesar as vantagens de qualquer um dos cenários.

A Queensway tem tanto trilhos a nível do solo quanto elevados, proporcionando oportunidades únicas de interação entre a paisagem natural e a infraestrutura abandonada. Qualquer pessoa que tenha andado no High Line pode atestar seu design paisagístico e arquitetônico inteligente misturado com os antigos trilhos que são executados em emendas ao longo do caminho elevado. Vários projetos especulativos estão postados no TheQueensway.org que anunciou o último chamado para a comunidade re-imaginar um espaço público que pode ser usado de várias maneiras.

© Friends of the Queensway
© Friends of the Queensway

Rockaway, o ramal ferroviário presente, tem uma variedade de recursos naturais e artificiais. Trilhos fincados no solo, invadidos por árvores e vegetação, plataformas de concreto abandonadas e rachadas, parapeitos de aço, todos os que inspiram inumeráveis traduções a espaços públicos utilizáveis. Suas características variam entre áreas isoladas e florestadas até grandes faixas abertas e expansivas porções de terra que permitem vistas panorâmicas de bairros próximos. As possibilidades são empolgantes. Fique atento enquanto o Fundo para Terras Públicas e o Friends of the Queensway empurram esse projeto adiante.

Para mais notícias relacionadas, confira Journey to the Center of New York: Can Design “Cure” Our Cities? para uma visão abrangente sobre os mais ambiciosos projetos de renovação urbana de Nova York: O High Line e Metrô Delancey.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Fernanda Britto
Autor
Cita: Fernanda Britto. "Proposta de Parque inspirado no High Line, no Queens" 15 Jan 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/91733/proposta-de-parque-inspirado-no-high-line-no-queens> ISSN 0719-8906