1. ArchDaily
  2. Vídeo

Vídeo: O mais recente de arquitetura e notícia

Casa construída nas profundezas da selva maia é tema de filme produzido pela Nowness

NOWNESS relança sua série de design de interiores 'IN RESIDENCE' com novos episódios apresentando as casas de Brigette Romanek e Eduardo Neira, Roth. Explorando as residências de vários artistas, arquitetos e designers, o diretor mexicano Fernando Cattori mergulha profundamente na selva maia para visitar a casa de Tulum do ambientalista e arquiteto Eduardo Neira, Roth.

Aninhada no coração da selva, na aldeia de Francisco Uh May está a residência AZULIK, dentro do mesmo complexo que o AZULIK UH MAY, um centro cultural para as artes. Fortemente influenciada pelas formas da própria natureza, a casa de Roth adota uma abordagem biomórfica, desafiando as convenções arquitetônicas e apresentando uma relação harmoniosa com o entorno.

AZULIK. Imagem via Nowness por Fernando CattoriAZULIK. Imagem via Nowness por Fernando CattoriAZULIK. Imagem via Nowness por Fernando CattoriAZULIK. Imagem via Nowness por Fernando Cattori+ 6

Filme "Kochuu" contempla a Capsule Tower de Kisho Kurokawa

"No fundo ainda há uma tradição japonesa invisível", diz Kisho Kurokawa em um trecho do filme Kochuu. Ele coloca ênfase na tradição japonesa, uma tradição arquitetônica que rejeita a simetria apesar do uso de alta tecnologia. Ele contempla a Nakagin Capsule Tower (1972) uma torre residencial e de escritórios de uso misto localizada em Tóquio, Japão. O primeiro projeto da arquitetura de cápsulas metabolista construído para uso permanente.

O filme 'Kochuu' de Jesper Wachtmeister se baseia na influência e nas origens da arquitetura japonesa modernista. Através de visões de futuro, tradição e natureza, amplifica elementos da tradição japonesa e seu impacto no design nórdico. A narrativa nos conta como os arquitetos japoneses contemporâneos se esforçam para unir os caminhos do homem moderno com as velhas filosofias para cria algo novo.

Nakagin Capsule Tower, Tóquio, Japão. Imagem do filme 'Kochuu' de Jesper WachtmeisterTradição japonesa. Imagem do filme 'Kochuu' de Jesper WachtmeisterConceito da 'Capsula'. Imagem do filme 'Kochuu' de Jesper WachtmeisterConceito da 'Capsula'. Imagem do filme 'Kochuu' de Jesper Wachtmeister+ 6

OMA e Squint/Opera lançam vídeo sobre "hospital do futuro" autônomo no Catar

O OMA e a Squint/Opera lançaram um novo vídeo do "Al Daayan Health District", um protótipo de hospital que responde à rápida mudança do campo médico por meio do potencial de modularidade, pré-fabricação e automação. O projeto apresenta unidades modulares pré-fabricadas, fazendas locais para alimentos e remédios e instalações de alta tecnologia.

© HMC© Squint/Opera© HMC© HMC+ 15

Chamada aberta para o Arquiteturas Film Festival Porto 2022

O Arquiteturas Film Festival convida cineastas, distribuidores e profissionais da indústria a submeter trabalhos que estejam relacionados com o tema de 2022, “Slow Down!”.

CANDIDATURAS NESTE LINK: https://filmfreeway.com/ArquiteturasFilmFestival

A natureza destes filmes é diversa: poderão ser curtas-metragens, longas, documentários, filmes de animação e experimentais - todos os formatos são bem-vindos. O comité de seleção é composto por Sofia Mourato, Vasco Mendes, Sara Nunes e Andreia Garcia.

O júri, a anunciar em breve, irá selecionar filmes em várias categorias de prémio - “Melhor Documentário”, “Melhor Filme de Ficção”, “Talento Emergente” (para o melhor 1º filme) e “Prémio do Público”. Esta edição traz

Vídeo mostra a reforma do Museu Kunsthaus Zürich de David Chipperfield

Os cineastas de arquitetura 9sekunden colaboraram com os arquitetos do escritório de David Chipperfield para criar um curta-metragem sobre a extensão do Museu Kunsthaus em Zurique, Suíça. O recurso mostra a jornada dos visitantes pelo novo edifício, encontrando a instalação interativa "The Sense of Things" do renomado coreógrafo William Forsythe. Percorrendo a arquitetura, combinado com a curiosidade das pessoas entrando no espaço, o filme destaca a interação entre cultura, urbanidade e o ambiente construído da cidade de Zurique.

© 9sekunden© 9sekunden© 9sekunden© 9sekunden+ 9

Herzog & de Meuron lança vídeos sobre suas últimas obras em Hong Kong, Duisburg e Seul

O ano de 2021 não foi extremamente um ano perdido para muitas empresas do ramo da construção civil, muito pelo contrário. Apenas no último quadrimestre, a Herzog & de Meuron concluiu a construção de três importantes instituições museais ao redor do mundo: o M+ em Hong Kong, o projeto de Ampliação do Museu Küppersmühle em Duisburg e a Sede ST International e SONGEUN Art Space em Seul. Para celebrar estas novas adições ao já vasto repertório de obras da dupla de arquitetos suíços, e procurando destacar algumas de suas abordagens mais inovadores, a Herzog & de Meuron lançou recentemente uma série de três pequenos vídeos-documentários sobre cada uma destas obras—focando nas diferentes abordagens utilizadas e na forma como cada projeto se apropria de seus contextos e localizações geográficas específicas.

Stefano Boeri lança documentário sobre a primeira floresta vertical em edifício de habitação social

Sete anos após a inauguração do Bosco Verticale em Milão, a Stefano Boeri Architetti apresentou um vídeo-documentário sobre o seu recente projeto para a Trudo Tower, a primeira Floresta Vertical de Habitação Social do mundo. A torre residencial de 19 andares, construída em Eindhoven, Holanda, abriga centenas de diferentes espécies vegetais em cada uma de suas quatro fachadas, um edifício que acolhe ao todo 125 apartamentos comercializados a preços acessíveis e voltados à população de renda média e média-baixa. Como uma espécie de minissérie, o vídeo-documentário consiste em 3 episódios que exploram como as pessoas “vivem em um edifício onde o contato com a natureza é a principal vantagem—e como um edifício deste tipo foi planejado não para famílias ricas, tornando-se acessível a todos”.

© Paolo Rosselli© Paolo Rosselli© Paolo Rosselli© Paolo Rosselli+ 9

"Fazemos uma psicanálise do espaço": entrevista com Ila Bêka e Louise Lemoine

Poucos campos da cultura e das artes apresentam tantos pontos de contato com a arquitetura como o cinema. A constatação não é nova e vem sendo debatida no plano teórico por autores de ambas as áreas desde o início do século XX. Em relação à prática, a arquitetura vem buscando incorporar aspectos imateriais do cinema na mesma medida em que este tem servido como meio de discussão, representação e denúncia de temas pertinentes àquela e ao espaço urbano.

Exemplo disso é a produção da dupla ítalo-francesa Bêka & Lemoine, cujos filmes mostram um olhar sensível aos pormenores e singelezas da arquitetura e do espaço urbano. Seu portfólio – composto atualmente por 30 títulos, entre longas e médias-metragens – lança luz sobre o cotidiano urbano de diferentes cidades do mundo e revela uma mirada atenta aos aspectos mais banais da vida humana no espaço.

The Infinite Happiness. Courtesy of Bêka & LemoineTokyo Ride. Courtesy of Bêka & LemoineMoriyama San. Courtesy of Bêka & LemoineKoolhaas Houselife. Courtesy of Bêka & Lemoine+ 33

A arte urbana do distanciamento social

Viver em isolamento despertou em muitos arquitetos e arquitetas uma centelha de criatividade levando-os a explorar meios e métodos não convencionais para conceber seus projetos e instalações. Ao invés de fecharem seus escritórios e colocarem todos os projetos em andamento em standby até que a vida voltasse ao normal, profissionais das áreas criativas se mantiveram ativos, buscando inspiração em outras disciplinas como as artes performáticas e o teatro, vencendo o desafio imposto pelas regras de distanciamento social para (re)aproximarem-se de seus clientes e espectadores.

Ashley Bigham e Erik Herrmann, sócios e fundadores do Outpost Office, utilizaram-se deste tempo de distanciamento físico do trabalho prático para repensar a questão da “mobilidade”, desenvolvendo uma série de desenhos em escala 1:1 durante seu retiro no campus Ragdale, Illinois. Apropriando-se de tecnologias de ultima geração, a dupla utilizou robôs de marcação de campo controlados por GPS para criar uma instalação em escala urbana que procura responder algumas das principais questões relacionadas aos espaços públicos. Como resultado, Bigham e Herrmann receberam o primeiro prêmio no concurso Ragdale Ring 2020.

© Erik Herrmann© Erik Herrmann© Erik HerrmannPhotogrammetry. Imagem © Erik Herrmann+ 6

"O cinema trará a próxima grande contribuição à arquitetura": uma entrevista com Spirit of Space

Apesar das imagens estáticas serem o meio mais comum para representar um projeto, alguns arquitetos optam por convidar o público a experienciar a arquitetura de modo mais imersivo. Desde 2006, o Spirit of Space, estúdio de cinema especializado em arquitetura, vem envolvendo os espectadores em curtas-metragens de obras concebidas por arquitetos de renome mundial, como Peter Zumthor, Steven Holl, Daniel Libeskind e Jeanne Gang. A equipe multidisciplinar do estúdio combina recursos visuais com trilhas sonoras criadas especialmente para os filmes, transformando o percurso fílmico em uma experiência multissensorial.

Vídeo explora o espaço e os usos cotidianos em uma escola infantil no Porto

O mais recente vídeo produzido pela Building Pictures apresenta um projeto do escritório português CREA, que inclui a reabilitação da escola do Bom Sucesso, a construção de uma quadra poliesportiva e de um novo jardim de infância. O filme começa com a contextualização da escola no tecido urbano. É ali, bem no centro de uma zona densamente ocupada, que se localiza o projeto. Ouvem-se o barulho dos carros e a agitação frenética da cidade.

Landskating, um documentário sobre a construção dos parques esportivos urbanos em Barcelona

"Uma antiga pista de skate, um jardim abandonado em baixo da ponte e o projeto de reconstrução dos espaços públicos em um bairro operário da cidade de Barcelona são os cenários do documentário Landskating. A narrativa conta o processo de reurbanização de três espaços públicos na cidade, explicando como territórios antes marginalizados foram re-inseridos no tecido urbano respeitando a história do lugar, sua memória, seu povo e o dia-a-dia de seus moradores."

A estréia de Landskating está sendo esperada ansiosamente por arquitetos, urbanistas e também pelos moradores de tais comunidades. Dirigido por Kike Barberá, com roteiro de produção de Sergi Carulla e Oscar Blasco (SCOB), o documentário foi filmado entre 2013 e 2015, durante o período de implementação dos processos participativos, conduzido pelos próprios jovens, e a construção dos três primeiros parques urbanos de lazer da cidade de Barcelona.

Aproveitando a programação de estréia do documentário, entrevistamos a equipe do SCOB para saber mais sobre o seu último trabalho desenvolvido na cidade Barcelona.

Filme de Pablo Casals-Aguirre explora o sentido de lugar na obra de Germán del Sol

A arquitetura chilena tem uma forte relação com a geografia e o clima do país. Germán del Sol é reconhecido como um dos arquitetos mais prolíficos a trabalhar com essas rigorosas condições, com projetos em todo o país que aprimoram e redescobrem a paisagem natural por meio de uma arquitetura que faz uso de materiais naturais, aplica técnicas locais e apresenta um profundo sentido de lugar.

Catedral de Málaga, uma sinfonia inacabada

A produtora Peripheria Films compartilhou conosco um vídeo preparado para a exposição "A Catedral de Málaga, uma sinfonia inacabada", com curadoria de Juan Manuel Sánchez La Chica e Adolfo de la Torre (marinauno arquitectos).

O vídeo percorre o espaço e apresenta o processo de construção do edifício inacabado, uma obra emblemática da região de Andaluzia, Espanha.

Vídeo explora os percursos do Sr. Hulot pela obra do spaceworkers

O mais recente vídeo produzido pela Building Pictures sobre Centro de Interpretação do Românico, em Lousada, projetado pelo escritório Spaceworkers, utiliza como referência uma das personagens mais emblemáticas criadas pelo cineasta Jacques Tati: o Sr. Hulot. Com seu espírito curioso, ele convida o espectador a acompanhá-lo nesta visita.

Vídeo-instalação explora o papel do medo na metrópole contemporânea

O Festival de Arquitetura de Londres, o maior evento anual do mundo desse tipo, ocupou diversas partes da capital britânica em junho deste ano. Com um mês de duração, o festival recebeu milhares de visitantes, convidando-os a explorar instalações e intervenções arquitetônicas, além de participar das atividades e discussões - que incluíram um evento organizado pelo estúdio SKNYPL.

O tema este ano era 'Fronteiras' - em todas as suas formas: regiões, muros, limites municipais… E para o sua primeira mostra internacional, o SKNYPL apresentou PHOBOS, um filme sobre Moscou e o profundo impacto causado pelas fronteiras físicas e metafísicas. O estúdio publicou uma versão online do filme especialmente para os leitores do ArchDaily.

Mario Botta fala sobre modernismo, tecnologia e os princípios que guiam seu trabalho

Durante a Milano Arch Week 2019, tivemos a oportunidade de conversar com um dos arquitetos suíços mais influentes ainda em atividade, Mario Botta. Definindo-se como construtor, Botta trabalha no campo da construção civil desde os 16 anos de idade, tendo realizado um grande número de projetos em diversas escalas - de residências particulares a museus e igrejas.

Animação hiper-realista apresenta a obra não construída de Étienne-Louis Boullée

Étienne-Louis Boullée é considerado um dos arquitetos mais visionários e influentes do neoclassicismo francês, no entanto, apesar do prestígio, não viu nenhum de seus projetos mais extraordinários sair do papel. Ao longo das últimas décadas do século XVIII, Boullée ensinou, teorizou e praticou arquitetura em um estilo característico marcado por formas geométricas de grande escala, negação de qualquer ornamentação desnecessária e repetição de colunas e outros elementos similares.