Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Terremotos

Terremotos: O mais recente de arquitetura e notícia

SET Architects projeta complexo educacional em região devastada por terremoto na Itália

Dez anos depois de um grande terremoto ter assolado a região central de Abruzzo, na Itália, muitas crianças ainda têm aula em módulos temporários semelhantes a contêineres. Visando melhorar o cotidiano dessas crianças, o projeto do escritório SET Architects para o novo “Complexo Escolar de Sassa” propõe a reconstrução de um lugar para os alunos e a comunidade aprenderem, se reunirem e crescerem. Inspirados na modularidade dos brinquedos de "trepa-trepa", os arquitetos descrevem o projeto como uma metáfora para a "liberdade e agregação social como valores fundamentais para o ensino dinâmico e inovador".

Sassa School Complex / SET Architects. Image Cortesia de SET Architects Sassa School Complex / SET Architects. Image Cortesia de SET Architects Sassa School Complex / SET Architects. Image Cortesia de SET Architects Sassa School Complex / SET Architects. Image Cortesia de SET Architects + 28

Reconstrução da Vila Jintai / Rural Urban Framework

via Rural Urban Framework via Rural Urban Framework via Rural Urban Framework via Rural Urban Framework + 27

Restauração  · 
Bazhong, China

Estrutura inspirada no corpo humano resiste a terremotos

Inspirados pelo comportamento instintivo e a flexibilidade do corpo humano para manter sua integridade física ante perturbações externas, a start-up porto-riquenha Zero Damage projetou uma estrtutura que reage de maneira autônoma nos terremotos e é capaz de neutralizar o período de vibração de um edifício.

Fundado pelo arquiteto Wilfredo Méndez e a engenheira mecânica Esmeralda Ninõ em 2016, o projeto combina parâmetros biomecânicos com princípios da inteligência artificial: a estrutura "sente", processa e reage de maneira dinâmica ao período de vibração gerado por um evento sísmico em um edifício. Este sistema é capaz de reconfigurar o projeto estrutural em tempo real, assim como o corpo humano reage ante perturbações externas que afetem seu equilíbrio.

Edifícios flutuantes poderiam ser o futuro da sustentabilidade?

Edifícios flutuantes poderiam ser o futuro da sustentabilidade?

Se a Arx Pax, uma empresa de tecnologia de ponta liderada por Greg e Jill Henderson, consegue fazer objetos flutuarem, estes poderiam se tornar algo cada vez mais comum. A equipe está desenvolvendo o que eles chamam de Magnetic Field Architecture (MFA), uma tecnologia que controla a energia eletromagnética para fazer objetos pairarem no ar, e há alguns meses eles a utilizaram para produzir a Hendo Hover, uma prancha capaz de transportar uma pessoa. Embora o fato da Arx Pax ser capaz de produzir uma prancha seja fascinante, a tecnologia poderia ter aplicações muito mais sérias: como o arquiteto Greg Henderson prevê, um dia a tecnologia MFA poderá ser usada em edifícios para produzir estruturas sustentáveis que possam resistir melhor a terremotos e outros desastres naturais. Seria esta uma meta realista?

Arquitetos indianos criam prédio de bambu resistente a terremotos

Arquitetos indianos criaram um prédio de bambu resistente a desastres naturais. O conceito habitacional é uma edificação de três andares construída sobre palafitas e com um núcleo resistente a terremotos, ventanias e tempestades. O projeto inclui a coleta de água da chuva, reciclagem de água, plantações e espaço comercial.