Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Qatar

Qatar: O mais recente de arquitetura e notícia

Memorial da Copa do Mundo no Qatar / 1week1project

Em um dos muitos canteiros de obras da Copa do Mundo no Qatar, outro operário nepalês morreu. O trabalhador não foi identificado. As mortes não aparecem nos noticiários e o trabalho no canteiro é retomado o o mais rápido possível para que o prazo de conclusão das obras seja cumprido. Mas, no deserto fora dos limites de Doha, um operador de guindaste se prepara para acrescentar mais um módulo de concreto àquela que está se tornando rapidamente - e tragicamente - uma das torres mais altas do Qatar.

Essa é a proposta apresentada por Axel de Stampa e Sylvain Macaux, do escritório 1week1project, com seu "Memorial da Copa do Mundo no Qatar". Projetado como um de seus "projetos espontâneos" de uma semana de duração, o monumento guarda a memória de cada trabalhador morto no período de preparação para a Copa do Mundo de 2022.

Cortesia de 1week1project Cortesia de 1week1project Cortesia de 1week1project Cortesia de 1week1project + 10

Centro Estudantil HBKU / Legorreta + Legorreta

© Yona Schley © Yona Schley © Yona Schley © Yona Schley + 12

Doha, Catar
  • Arquitetos: Legorreta + Legorreta
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  32000
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2011

HBKU Carnegie Mellon / Legorreta + Legorreta

© Yona Schley © Yona Schley © Yona Schley © Yona Schley + 7

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  40000
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2009

Martin Filler admite erro em sua crítica a Zaha Hadid

Recentemente Zaha Hadid entrou com um processo de difamação contra o crítico Martin Filler, após a publicação no New York Review of Books de uma análise de Filler sobre o livro "Why We Build: Power and Desire in Architecture", de Rowan Moore, que continha uma seção mordaz a respeito de Hadid. No artigo, Filler diz que ela não mostrou "nenhuma preocupação" pelas mortes dos operários no Qatar, onde a arquiteta projetou um estádio para a Copa do Mundo de 2022. Segundo o New York Times, entretanto, Filler admitiu ter cometido um erro significante em seu artigo. Numa alteração de seu texto, Filler reconhece que as citações de Hadid foram usadas fora de contexto e "não tinham nada a ver" com o estádio no Qatar que ela projetara. Leia a declaração completa de Filler neste artigo do New York Times.

Zaha Hadid sobre a morte de trabalhadores no Qatar: "Não é meu dever como arquiteta"

Quando o jornal The Guardian perguntou recentemente à Zaha Hadid sobre os 500 trabalhadores imigrantes indianos e 382 nepaleses que supostamente morreram nas preparações da Copa do Mundo de 2022 no Qatar, a arquiteta responsável pelo projeto do estádio al-Wakrah respondeu:

"Não tenho nada a ver com os trabalhadores. Acho que esse é um assunto que o governo - se houver algum problema - deveria tratar. Esperamos que estas coisas sejam resolvidas."

Projeto "Sharq Crossing" de Calatrava para o skyline de Doha

Localizado em Doha, o projeto Sharq Crossing consiste num conjunto de três pontes interconectadas que cruzam cerca de dez quilômetros na Baía de Doha. Projetadas pelo famoso arquiteto Santiago Calatrava, as pontes conectarão o distrito cultural da cidade ao Aeroporto Internacional Hamad e ao distrito central de negócios em West Bay. As pontes, projetadas para acomodar 2 mil veículos por hora em cada pista, também serão ladeadas por uma série de túneis subterrâneos que direcionam o fluxo para além da baía.

RRC Studio projeta expansão residencial e comercial para Al Dhakira

O escritório italiano RRC Studio divulgou o projeto de algumas quadras residenciais e comerciais em Al Dhakira, Qatar. O empreendimento irá bruscamente dobrar o tamanho da pequena cidade localizada a cerca de 60km da capital Doha, proporcionando novos blocos de habitação, hotéis e um novo distrito comercial.

Promenade Costeiro. Cortesia de RRC Studio Distrito Comercial. Cortesia de RRC Studio Bairro Residencial. Cortesia de RRC Studio Marina. Cortesia de RRC Studio + 13

Estádio da Copa do Mundo 2022 no Qatar, por Zaha Hadid Architects

Novos detalhes divulgados do estádio para a Copa do Mundo no Qatar em 2022, projetado por Zaha Hadid Architects. Com o início das obras previsto para o final de 2014, o estádio de 40 mil lugares toma com inspiração de projeto um tradicional barco de pesca local - o dhow árabe.

Copa do Mundo 2022: Qatar acomodará fãs do futebol em hotéis flutuantes

Em resposta às inúmeras críticas da habilidade do Qatar para sediar a Copa do Mundo de 2022, o "minúsculo estado do Golfo Árabe" está considerando desenvolver hotéis flutuantes, moradias de luxo e um parque aquático na costa de Doha, um local chamado Ilha de Oryx, para abrigar o afluxo de visitantes que necessitarão de alojamento durante os jogos. A ilha seria desenvolvido pela Barwa Real Estate Co, uma empresa parcialmente estatal, a um custo de US$ 5,5 milhões. O escritório de arquitetura finlandês Sigge Architects, em parceria com a Global Accommodation Management (GAM), será responsável pelos projetos do hotel e das moradias de luxo que poderão abrigar até 25 mil pessoas.

Mais informações e imagens a seguir.

Zaha Hadid Architects projetará Estádio para a Copa do Mundo de 2022 no Qatar

Zaha Hadid Architects foi selecionada para trabalhar em conjunto com a AECOM para projetar e construir o Estádio Al Wakrah para a Copa do Mundo de 2022 no Qatar. O estádio para 45 mil assentos será localizado em um culturalmente rico tecido urbano de arquitetura islâmica, edifícios históricos, mesquitas e sítios arqueológicos que pertencem a uma das áreas mais antigas do Qatar. Como declarado pelo Supremo Comitê Qatar 2022, abraçar a identidade desta herança cultural será parte crucial do sucesso do estádio.

OMA projeta nova Biblioteca Nacional do Qatar

Cortesia da Biblioteca Nacional do Qatar  (http://www.qnl.qa/)
Cortesia da Biblioteca Nacional do Qatar (http://www.qnl.qa/)

Sua Alteza Sheikha Moza bint Nasser anunciou o lançamento da Biblioteca Nacional do Catar (QNL), a ser projetada por Rem Koolhaas, do OMA. 

A QNL, uma biblioteca de acesso público, vai conectar simbolicamente o passado e o futuro do país. Como sua alteza explicou: "A visão da biblioteca de transição com conhecimento da herança de Catar e o futuro demonstra o papel significativo que a QNL desempenhará em libertar o potencial humano conforme Qatar constrói uma economia baseada no conhecimento. Uma Biblioteca Nacional dinâmica e moderna para o país é essencial para alcançar este objetivo. "

Como tal, Rem Koolhass - um arquiteto conhecido tanto por suas estruturas icónicas, bem como seu sucesso com a Biblioteca Pública de Seattle - foi escolhido a dedo para o  importante projeto, em breve, de acordo com o site da QNL, "um dos marcos [...] mais emblemáticos do Catar e da região. "Como uma biblioteca na vanguarda do arquivamento digital, o edifício vai exigir instalações inovadoras (incluindo mais de 300 computadores públicos, WiFi e  estúdios de produção multi-mídia), no entanto, também irá servir a comunidade como um local de encontro social e descontraído.

Mais imagens dos planos do OMA para a Biblioteca Nacional do Catar depois do intervalo...

Qatar 2022: É construído o primeiro edifício sustentável rumo à Copa do Mundo