O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. 2016 é um ano recorde para edifícios altos

2016 é um ano recorde para edifícios altos

2016 é um ano recorde para edifícios altos
2016 é um ano recorde para edifícios altos, Guangzhou CTF Finance Centre. Cortesia de K11 New World Development
Guangzhou CTF Finance Centre. Cortesia de K11 New World Development

Em seu relatório anual, o Tall Building Year in Review de 2016, o Council on Tall Buildings and Urban Habitat (CTBUH) anunciou que o ano de 2016 teve a conclusão de 128 edifícios de 200 metros ou mais. Esse número supera o recorde anterior de 114 obras completas estabelecido em 2015. Dezoito desses edifícios tornaram-se os mais altos em suas cidades, país ou região, e dez ganharam a designação de super altos, com mais de 300 metros de altura.

Guangzhou CTF Finance Centre. Cortesia de K11 New World Development Ningbo Bank of China. Cortesia de Ningbo Eastern New City Development Warsaw Spire. Cortesia de UNK Ghelamco Shenzhen CFC Changfu. Image © Cheng Chen + 13

via Council on Tall Buildings and Urban Habitat
via Council on Tall Buildings and Urban Habitat

A maioria destes edifícios - 107, ou 84% deles - estão na Ásia, que assim mantém sua posição como epicentro global de arranha-céus. A China liderou esta lista com um recorde de 84 conclusões, incluindo o edifício mais alto entre aqueles concluídos no ano passado, o Guangzhou CTF Finance Centre. O arranha-céu de uso misto de 530 metros, projetado por Kohn Pedersen Fox, agora é o segundo edifício mais alto da China e o quinto mais alto do mundo.

Shenzhen teve mais novos edifícios de mais de 200 metros de altura o que qualquer cidade em 2016, com 11 conclusões para uma altura total de 2.608 metros. Em segundo lugar, com seis edifícios cada estão Guangzhou, China; Chongqing, China; e Goyang, Coreia do Sul.

via Council on Tall Buildings and Urban Habitat
via Council on Tall Buildings and Urban Habitat

Os Estados Unidos levaram um distante segundo lugar da China, com sete novas construções - representando todos os empreendimentos de mais de 200 metros na América do Norte -, enquanto seis edifícios altos foram construídos na Coréia do Sul, cinco na Indonésia e quatro nas Filipinas e Catar.

via Council on Tall Buildings and Urban Habitat
via Council on Tall Buildings and Urban Habitat

Veja o relatório completo do Conselho sobre Edifícios Altos e Habitat Urbano aqui.

Notícia via The Council on Tall Building and Urban Habitat (CTBUH).

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Alyssa Wu
Autor
Cita: Wu, Alyssa. "2016 é um ano recorde para edifícios altos" [The Results Are In: 2016 Is a Record-Breaking Year for Tall Buildings] 26 Fev 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/806099/2016-e-um-ano-recorde-para-edificios-altos> ISSN 0719-8906