Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Portland

Portland: O mais recente de arquitetura e notícia

Escritório Expensify Portland / ZGF Architects

© Garrett Rowland © Garrett Rowland © Garrett Rowland © Garrett Rowland + 18

  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura ZGF Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    1600 m2

Fair-Haired Dumbbell / FFA Architecture and Interiors

Cortesia de  FFA © Peter Eckert © Peter Eckert © Peter Eckert + 18

Interiores  · 
Portland, Estados Unidos

Oregon aprova lei que permite a construção de arranha-céus de madeira

O Oregon se tornou o primeiro estado dos EUA a permitir que construções de madeira tenham mais de seis pavimentos sem necessitar considerações especiais. O adendo recente ao código de construção do estado é o resultado do método alternativo estadual (SAM) do Oregon, um programa que permite que técnicas construtivas alternativas sejam usadas depois que um conselho consultivo tenha aprovado os “fatos técnicos e científicos do método alternativo proposto”. A decisão é um precedente para futuras construções nos Estados Unidos.

Framework. Cortesia de LEVER Architecture Framework. Cortesia de LEVER Architecture Framework. Cortesia de LEVER Architecture Framework. Cortesia de LEVER Architecture + 4

Vila Cultural do Jardim Japonês de Portland / Kengo Kuma & Associates

© Jeremy Bittermann © Jeremy Bittermann © Jeremy Bittermann © Jeremy Bittermann + 12

  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Kengo Kuma & Associates
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    1431.0 m2

A cidade de Portland aprova o primeiro projeto de arranha-céu de madeira dos Estados Unidos

O primeiro arranha-céu de madeira dos Estados Unidos (concebido pela Emporis Building Standards como um edifício de 35-100 metros, ou entre 12 e 40 pavimentos) acaba de ser aprovado pelas autoridades locais de Portland. Localizado no centro da cidade, em Oregon, o edifício conhecido como "Framework" deverá atingir uma altura total de 40 metros e 12 pavimentos, abrindo uma nova perspectiva para a indústria de construção civil nos EUA.

Cortesia de LEVER Architecture Cortesia de LEVER Architecture Cortesia de LEVER Architecture Cortesia de LEVER Architecture + 12

TreeHouse / LEVER Architecture

Cortesia de LEVER Architecture © Lara Swimmer © Lara Swimmer © Lara Swimmer + 17

Apartamentos  · 
Portland, Estados Unidos
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura LEVER Architecture
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    4180

Fachada do Portland Building de Michael Graves é desmontada para reforma

O Portland Building em construção. Imagem © Iain MacKenzie. via Docomomo
O Portland Building em construção. Imagem © Iain MacKenzie. via Docomomo

Iniciaram-se os trabalhos de desmonte da fachada do icônico edifício de Michael Grave em Portland como parte do projeto de US$195 milhões que poderá fazer o edifício perder seu lugar no Registro Nacional de Sítios Históricos dos EUA.

O Portland Building em construção. Imagem © Iain MacKenzie. via Docomomo Os azulejos foram removidos do embasamento Imagem © Joakim Lord. via Docomomo Os elementos clássicos de assinatura de fachadas serão substituídos por alumínio. Imagem © Joakim Lord. via Docomomo Imagem do futuro Portland Building. Imagem via Next Portland + 5

HOMB | Casa Taft / Skylab Architecture

© skylab © skylab © skylab © skylab + 19

Casas  · 
Portland, Estados Unidos
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Skylab Architecture
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    365

One North / Holst Architecture

© Andrew Pogue         © Andrew Pogue         © Andrew Pogue         © Andrew Pogue         + 20

  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Holst Architecture
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    1300

Residência Caixa de Música / Scott | Edwards Architects

© Pete Eckert © Pete Eckert © Pete Eckert © Pete Eckert + 22

Casas  · 
Portland, Estados Unidos

Höweler + Yoon Architecture divulga projeto para Escola de Circo

Höweler + Yoon Architecture, em colaboração com OFIS Arhitekti, revelou seu projeto para um novo edifício para o The Circus Conservatory, que abrigará o primeiro programa de graduação credenciado de Arte Circense. Localizado em Portland, Maine, como equipamento âncora de uma península, o projeto visa transformar uma parte não desenvolvida da cidade em um "centro artístico vibrante completo com locais de atuação pública e instalações recreativas".

Inspirado na forma tradicional do circo - um círculo com uma audiência radial - a proposta de projeto utiliza uma estratégia de visualização radial "para ativar de forma semelhante a comunidade educacional". Além disso, no projeto, acrobacias, performance e sala de aula são tratadas igualmente, "[desafiando] a relação de visão crucial para um circo e as configurações acadêmicas".

via v2com via v2com via v2com via v2com + 10

7 cidades que transformaram suas áreas sob rodovias em parques urbanos

Nos últimos anos, a paulatina mudança de paradigma de mobilidade, cujo foco passou do veículo às pessoas, permitiu distinguir como a infraestrutura viária, principalmente pontes e viadutos, geraram um impacto maior que o necessário na paisagem urbana.

Produto disto é o surgimento do interesse de unir os espaços em uma escala urbana para uma cidade mais habitável, segura e sustentável. Nem todos dispõem de verba de uma cidade olímpica e alternativas viárias para demolir tais estruturas, a exemplo do Rio de Janeiro com a Perimetral. Existem vários exemplos que surgiram por iniciativa popular ou ordenamentos municipais que decidiram aproveitar os espaços subutilizados para habitá-los como novos espaços públicos ou parques urbanos.

A orla para as pessoas: Paris, Madri, São Francisco e Portland

Paris, a cidade que “é sacudida pelas ondas, mas não afunda”, vai abrir as ruas ao longo do rio Sena para pedestres e ciclistas. O ex-prefeito Bertrand Delanoë, junto ao governo nacional, realizou em seu mandato incursões para transformar as “vias rápidas urbanas” ao longo do rio Sena em espaços para caminhada e ciclismo. A ação parisiense de estimular a construção de ciclovias e rotas de ônibus complementa a transformação de verão que ocorre no Sena, o Paris Plages (Praias de Paris) que transforma a orla em uma praia com areia, cadeiras, vendedores ambulantes e concertos musicais.

Copenhague é eleita a cidade mais habitável do mundo pela Metropolis Magazine

A Metropolis Magazine acaba de divulgar seu ranking 2016 das cidades mais habitáveis do mundo. Reconhecendo que o que torna uma cidade "habitável" pode, por vezes, ser subjetivo, a equipe da Metropolis enfatiza que ao criar a lista, "focaram em tópicos que estão no cerne da Metropolis - habitação, transporte, sustentabilidade e cultura". Entre os resultados deste ano, Toronto, primeiro lugar da lista de 2015, caiu para a nona posição e Copenhague, quarta colocada no ano passado, passou para o topo da lista, seguida por Berlim e Helsinki.

Airbnb CX Hub / Bora Architects

© Jeremy Bitterman © Jeremy Bitterman © Jeremy Bitterman © Jeremy Bitterman + 12

  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Bora Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    1579

Framework / Works Partnership Architecture

© Joshua Jay Elliott © Joshua Jay Elliott © Joshua Jay Elliott © Joshua Jay Elliott + 20

ASH + ASH / Hennebery Eddy Architects

© Josh Partee © Josh Partee © Josh Partee © Josh Partee + 22

Casas  · 
Portland, Estados Unidos

9 edifícios selecionados para o Prêmio AIA de Projetos Educacionais

William Rawn Associates / The Berklee Tower. Image © Robert Benson Photography
William Rawn Associates / The Berklee Tower. Image © Robert Benson Photography

O Comitê de Arquitetura para Educação (CAE) do Instituto dos Arquitetos Americanos (AIA) anunciou os vencedores do Prêmio de Projetos Educacionais, que reconhece qeuipamentos educacionais que "servem como um exemplo de um excelente lugar para se aprender, promovendo os objetivos do cliente, as metas e o programa educativo e, ao mesmo tempo, demonstrando excelência no projeto arquitetônico."

Uma grande variedade de projetos, como escolas públicas de ensino fundamental, escolas de ensino médio, e instalações de ensino superior, foram submetidos ao Comitê, que observou que muitos dos edifícios incorporam "espaços informais e flexíveis para a colaboração e a interação social ao lado de espaços de ensino", bem como arquibancadas, anfiteatros e espaços de discussão.

Conheça os projetos premiados a seguir: