Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Inovacao

Inovacao: O mais recente de arquitetura e notícia

Pedras Megalíticas inteligentes que podem ser movidas e montadas facilmente com as mãos

16:00 - 22 Abril, 2019
Pedras Megalíticas inteligentes que podem ser movidas e montadas facilmente com as mãos, © Matter Design Studio
© Matter Design Studio

Matter Design Studio fez parceria com a CEMEX Global R&D para desafiar a relação entre a massa de materiais e o esforço físico das práticas de construção contemporâneas, explorando o movimento e a montagem de objetos pesados em escala real, fabricados com computação avançada. O objetivo do Walking Assembly é eliminar o guindaste da equação construtiva, transferindo o esforço de pessoas para objetos, liberando-os para brincar com sua massa.

© Matter Design Studio © Matter Design Studio © Matter Design Studio © Matter Design Studio + 25

O que é o ETFE e por que ele se tornou o polímero favorito dos arquitetos?

11:00 - 15 Abril, 2019
O que é o ETFE e por que ele se tornou o polímero favorito dos arquitetos?, The Shed / Diller Scofidio + Renfro and Rockwell Group. Image © Iwan Baan
The Shed / Diller Scofidio + Renfro and Rockwell Group. Image © Iwan Baan

Até recentemente, o mundo da arquitetura via os polímeros plásticos como materiais de construção inferiores, úteis para superfícies de cozinha, mas não práticos em aplicações de construção em escala real. Mas com as inovações tecnológicas impulsionando os recursos materiais, os polímeros agora estão sendo levados a sério como parte legítima da paleta de materiais dos arquitetos. Um dos mais amplamente utilizados destes materiais é um plástico à base de flúor conhecido como ETFE (Etileno tetrafluoroetileno). Trazido à consciência pública graças ao seu uso na fachada do Water Cube de PTW Architects para as Olimpíadas de Pequim de 2008, os arquitetos estão percebendo a capacidade do filme de expressar uma nova estética e substituir materiais transparentes e translúcidos mais caros. Sua mais recente e espetacular aparição pública foi na cobertura telescópica de 120 pés do The Shed, projetada por Diller Scofidio + Renfro e pela Rockwell Group em Nova Iorque.

© flickr user manusascorner, Licensed under CC BY 2.0 SSE Hydro Arena / Foster + Partners. Image Courtesy of Figueras Anaheim Regional Transportation Intermodal Center / HOK. Image © John Linden Watercube National Swimming Centre / PTW Architects. Image © flickr user garrettziegler, Licensed under CC BY-NC-ND 2.0 + 9

Como reciclar o poliestireno expandido (EPS) para convertê-lo em tintas

11:00 - 27 Março, 2019
Como reciclar o poliestireno expandido (EPS) para convertê-lo em tintas, Cortesía de Idea-Tec
Cortesía de Idea-Tec

O Poliestireno expandido -também conhecido como isopor- é um material plástico amplamente utilizado na indústria da construção, principalmente para isolamento térmico (e em alguns casos, acústica) das envoltórias das edificações.

Mas é possível reciclá-lo e aplicá-lo novamente em outros processos construtivos? Sabe-se que o EPS pode se tornar matéria-prima para a fabricação de novos produtos plásticos, quando triturados e compactados. No entanto, a reciclagem pode voltar a ter impacto na construção de projetos arquitetônicos e urbanos, ao ser convertido em tintas e revestimentos.

Cortesía de Idea-Tec Cortesía de Idea-Tec Cortesía de Idea-Tec Cortesía de Idea-Tec + 10

O papelão como estrutura: da indústria às obras de Shigeru Ban

11:00 - 21 Março, 2019
O papelão como estrutura: da indústria às obras de Shigeru Ban, © Bridgit Anderson
© Bridgit Anderson

Tubos de papelão são tão comuns que já nem reparamos em sua existência - mas eles estão por todos os lados: no rolo de papel higiênico, na embalagem do diploma da faculdade, nos fogos de artifício e nas grandes indústrias de tecidos e papel. E agora, cada vez mais, podem ser encontrados em um lugar inusitado: nas paredes de casas e construções. O material faz parte da vida moderna - sendo produzido para uma infinidade de aplicações industriais e produtos de consumo. A grande maioria é utilizada como núcleos estruturais em operações de enrolamento: imediatamente após a fabricação, o papel, o filme ou o fio têxtil é enrolado diretamente em tubos de papelão - resultando em um rolo estável que é facilmente estocado e transportado.

Cortesia de Voluntary Architects' Network © Michael Moran / OTTO © Michael Moran / OTTO © Bridgit Anderson + 8

Coolest White: Uma pintura para reduzir as ilhas de calor urbano

11:00 - 27 Fevereiro, 2019
Coolest White: Uma pintura para reduzir as ilhas de calor urbano, Cortesia de UNStudio and Monopol Colors
Cortesia de UNStudio and Monopol Colors

O uso crescente de ar-condicionado está fazendo com que muitas cidades batam recordes de consumo de energia durante os tórridos meses de verão. Em países populosos como Índia, China, Indonésia, Brasil e México, grandes centros urbanos funcionam como verdadeiros fornos - onde o calor absorvido pelos edifícios é liberado de volta para o ambiente, aumentando ainda mais a temperatura local. Mais calor lá fora, significa mais ar-condicionado aqui dentro e, portanto, mais consumo de energia e mais gás carbônico na atmosfera.

Foi pensando nesse ciclo vicioso que foi criada uma tinta que protege edifícios e estruturas urbanas da radiação solar excessiva - diminuindo assim o efeito da ilha de calor urbana. A inovação surgiu da parceria do UNStudio, um escritório holandês de arquitetura, e a Monopol Color, empresa suíça especialista em tintas. Os materiais de cor escura que são usados ​​para construir os edifícios são uma das principais causas de acúmulo de calor nas áreas urbanas. Enquanto materiais mais escuros absorvem até 95% dos raios solares e os liberam diretamente de volta à atmosfera, esse valor pode ser reduzido a 25% com uma superfície branca normal. Agora, com tinta inovadora, é possível reduzir a absorção e emissão para 12%.

Calçadas que geram energia através dos passos

11:00 - 21 Fevereiro, 2019
Calçadas que geram energia através dos passos, Cortesia de Pavegen
Cortesia de Pavegen

Sol e vento vêm à nossa cabeça rapidamente quando pensamos em energias provindas de fontes renováveis. Descentralizar a produção de energia elétrica de grandes usinas é algo que tem movido engenheiros e inventores por todo o mundo. Mas pensar em transformar a energia mecânica do caminhar das pessoas em energia elétrica é algo que sai um pouco do senso comum. A tecnologia foi desenvolvida pelo fundador da Pavegen, Laurence Kemball-Cook, através de uma plataforma que se mescla ao passeio, desenvolvendo um produto que converte os passos em energia elétrica, mas que também pode gerar dados e até recompensas. Mas antes de sair por aí se sentindo o Michael Jackson em Billie Jean, entenda melhor como esse sistema funciona.

Cortesia de Pavegen Cortesia de Pavegen Cortesia de Pavegen Cortesia de Pavegen + 9

Resolva detalhes arquitetônicos complexos com este 'Duplicador de Contornos'

16:00 - 18 Fevereiro, 2019

A maioria dos materiais que usamos na construção de nossos projetos tem formas e dimensões que visam facilitar seu armazenamento, transporte e instalação, sendo constituídos, em sua maioria, por modulações ortogonais. Esses ângulos retos nem sempre se encaixam na irregularidade de nossos projetos, nem coincidem exatamente quando encontram materiais de formas orgânicas ou outros elementos específicos, como dutos, pilares ou móveis.

Esta ferramenta simples permite copiar, duplicar e medir contornos complexos para que os materiais se adaptem perfeitamente a outros elementos. Seus 'dentes' móveis devem ser pressionados contra o perfil para obter um modelo de sua forma, gerando moldes que permitirão cortar e ajustar o material original com precisão. Assim, a ferramenta pode até ser útil para replicar o reparar detalhes exclusivos em restaurações ou reformas.

Pesquisadores desenvolvem "madeira metálica": forte como titânio, mas 5 vezes mais leve

16:00 - 8 Fevereiro, 2019
Pesquisadores desenvolvem "madeira metálica": forte como titânio, mas 5 vezes mais leve, A estrutura porosa da "madeira metálica'. Image © University of Pennsylvania
A estrutura porosa da "madeira metálica'. Image © University of Pennsylvania

Conforme exposto em um relatório científico da revista digital Nature, um grupo de pesquisadores da Universidade da Pensilvânia, da Universidade de Illinois em Urbana-Champaign e da Universidade de Cambridge, desenvolveu recentemente um material celular baseado em níquel; tão forte quanto o titânio, mas até cinco vezes mais leve.

Benoy vence concurso para o centro de inovação em ciência Yuqiao em Xangai

19:00 - 11 Maio, 2018
Benoy vence concurso para o centro de inovação em ciência Yuqiao em Xangai, Cortesia de Benoy
Cortesia de Benoy

Especialistas em planejamento e arquitetura de mestres internacionais, Benoy venceu a licitação para o Centro de Inovação Científica Yuqiao, de 367.000 metros quadrados. Este centro tecnológico irá trabalhar para o objetivo de Xangai de ser uma cidade de classe mundial até 2040.

Perspectivas da Arquitetura - Debate sobre concursos de projeto

07:30 - 28 Março, 2018
Perspectivas da Arquitetura - Debate sobre concursos de projeto, IABsp
IABsp

Com o objetivo de discutir os rumos da arquitetura brasileira, baseado em discussões e críticas atuais divulgadas na mídia especializada, o IAB promoverá uma rodada de debates tendo como pano de fundo a prática dos concursos de arquitetura.
A dificuldade de lidar com tal questão levou o IAB a abrigar uma reflexão mais abrangente sobre estes temas e convocar os arquitetos para discutir tanto as condições dos concursos no contexto atual da profissão, quanto o papel destes em uma dimensão urbana e social mais abrangente, considerando a cidade e a arquitetura como direitos sociais de toda a população.

"Colchão radicular" fornece isolamento térmico, absorção acústica e resistência ao fogo ao mesmo tempo

19:00 - 19 Fevereiro, 2018
"Colchão radicular" fornece isolamento térmico, absorção acústica e resistência ao fogo ao mesmo tempo, Cortesía de Rootman SpA
Cortesía de Rootman SpA

Com o objetivo de promover maneiras mais eficientes de isolar e proteger as envoltórias de construção, a equipe chilena Rootman desenvolveu Thermoroot; um isolante biodegradável e 100% natural fabricado com base em raízes sem modificações genéticas ou aditivos químicos. Essas raízes constituem um Colchão Radicular (CR) que, além de isolar termicamente e acusticamente as paredes, pisos e tetos do edifício, proporciona uma resistência muito alta ao fogo.

Cortesía de Rootman SpA Cortesía de Rootman SpA Cortesía de Rootman SpA Cortesía de Rootman SpA + 13

9 Projetos inovadores que exploram as profundezas do mar e a vastidão do espaço

15:00 - 7 Fevereiro, 2018
9 Projetos inovadores que exploram as profundezas do mar e a vastidão do espaço, Platinum City, Primeira Cidade Pós-Humana / Sean Thomas Allen; Reino Unido. Imagem Cortesia de Jacques Rougerie Foundation
Platinum City, Primeira Cidade Pós-Humana / Sean Thomas Allen; Reino Unido. Imagem Cortesia de Jacques Rougerie Foundation

Nove projetos visionários focados na vida em lugares inexplorados do mar e do espaço sideral foram anunciados como vencedores da competição Jacques Rougerie de 2017.

Fundada em 2011, a competição visa promover a criatividade dos jovens arquitetos, desafiando-os a concluir "projetos inovadores, audaciosos e promissores" que imaginem novos métodos de desenvolvimento sustentável dentro dos domínios do mar e do espaço sideral.

As apresentações arquitetônicas foram concedidas este ano dentro de três categorias: Inovação e Arquitetura para o Mar, Inovação e Arquitetura para o Espaço, e Arquitetura e Aumento do Nível do Mar. Nessas categorias, os projetos foram selecionados em três disciplinas: o grande prêmio geral, o prêmio "Foco" e o Coup de Coeur.

Confira os projetos vencedores abaixo.

SOLAR SPORE, Um fotobiorreator de algas no espaço /  Pierre-Jacques Truyman, Alexandre Brassart, Sylve Truyman; França. Imagem Cortesia de Jacques Rougerie Foundation Refúgio: Plataforma Habitável de Sal Marinho / Lambert David, França. Imagem Cortesia de Jacques Rougerie Foundation BIOLUM_REEF : um recife habitável sustentável / Olivier Bocquet, Lisa Tanet, Laurence Casalot, François Desruelles, Christian Tamburini; França. Imagem Cortesia de Jacques Rougerie Foundation Currents for Currents, Azul é o novo verde / Deo Alrashid T. Alam, Robert Andrew P. Galano, Pierre Michael Monjardin; Filipinas. Imagem Cortesia de Jacques Rougerie Foundation + 10

Sistema construtivo com 'blocos de madeira' permite montar edifícios em poucos dias

18:00 - 25 Janeiro, 2018

Um jogo intuitivo e lógico. Brikawood é apresentado desta forma, um sistema de construção de blocos de madeira que permite construir uma casa completa sem usar pregos, parafusos ou colas.

Cada unidade é totalmente reciclável e consiste em quatro peças de madeira - dois elementos laterais e dois espaçadores transversais - que são montados nas estruturas gerais do edifício quando travados entre si, conseguindo rigidez total ao trabalhar em conjunto. A estrutura resultante apresenta propriedades térmicas, mecânicas, acústicas e anti-sísmicas e é projetada para ser usada sem revestimentos ou membranas, adicionando apenas uma válvula de retenção específica para Brikawood, de modo a aumentar o desempenho e a rigidez da construção.

© Brikawood © Brikawood © Brikawood © Brikawood + 5

8 (Novos) materiais eficientes energeticamente que os arquitetos devem conhecer

12:00 - 25 Janeiro, 2018
8 (Novos) materiais eficientes energeticamente que os arquitetos devem conhecer

Se os arquitetos estão tentando atingir o Architecture 2030 Challenge ou buscando sua própria missão para economizar energia, eles têm a oportunidade de projetar edifícios que podem limitar as emissões de carbono e serem resilientes contra a mudança nas condições climáticas.

Para ajudar os arquitetos a atingir suas metas, uma nova onda de química e ciência dos materiais está trazendo materiais inovadores e sistemas construtivos para o mercado. De espumas de isolamento avançadas a revestimentos de paredes, esta próxima geração de materiais de alto desempenho ajudará a acelerar projetos energeticamente eficientes.

Saiba mais sobre alguns dos materiais de alta performance da atualidade e do futuro próximo.

Projeto "PleatPod" estuda formas de usar o tecido como elemento arquitetônico

16:00 - 23 Novembro, 2017
Projeto "PleatPod" estuda formas de usar o tecido como elemento arquitetônico, Cortesia de ZILKA Studio
Cortesia de ZILKA Studio

Cortesia de ZILKA Studio Cortesia de ZILKA Studio Cortesia de ZILKA Studio + 11

O "PleatPod", de Leanne Zilka, dá continuidade à uma série de projetos que busca a independência estrutural de materiais que os arquitetos costumam aplicar como acabamento ou tratamento. Feito de tecido reciclado e um núcleo em MDF, este é um exemplo de um objeto independente onde "estrutura, padrão e pele" são inseparáveis.

Reservatório de pequena escala torna mais simples o aproveitamento das águas pluviais

19:00 - 21 Setembro, 2017
Reservatório de pequena escala torna mais simples o aproveitamento das águas pluviais, Cortesia de Studio Bas van der Veer
Cortesia de Studio Bas van der Veer

No início deste mês, Studio Bas van der Veer, o estúdio holandês de design de produtos, divulgou seu projeto para um reservatório de água pluvial na feira spoga + gafa 2017, em Colônia, Alemanha. Van der Veer, graduado da Academia de Design Eindhoven, desenhou inicialmente o produto - então intitulado 'A Drop of Water' - como parte de sua tese em 2009, pelo qual ele não só ganhou o prestigiado Prêmio René Smeets pelo melhor projeto na exposição de trabalhos da escola, como também foi selecionado para o Prêmio Melkweg. Ao longo dos anos, o design ganhou inúmeros elogios, incluindo o Journées des Collections Jardin - Innovation Award e o Prêmio Tuinidee.

Cortesia de Studio Bas van der Veer Cortesia de Studio Bas van der Veer Cortesia de Studio Bas van der Veer Cortesia de Studio Bas van der Veer + 12

São Paulo through the looking-glass [seis cenários impossíveis para sp]

18:00 - 20 Setembro, 2017
São Paulo through the looking-glass [seis cenários impossíveis para sp], SAO PAULO THROUGH THE LOOKING-GLASS [seis cenários impossíveis para sp], com Eduardo Pimentel Pizarro
SAO PAULO THROUGH THE LOOKING-GLASS [seis cenários impossíveis para sp], com Eduardo Pimentel Pizarro

“Alice laughed. […] ‘One can’t believe impossible things.’ ‘I daresay you haven’t had much practice,’ said the Queen. ‘When I was your age, I always did it for half-an-hour a day. Why, sometimes I’ve believed as many as six impossible things before breakfast.”

A partir deste trecho do livro “Through the Looking-Glass”, de Lewis Carroll, e à contrapelo da realidade, o objetivo do curso é experimentar, teórica e projetualmente, a proposição de seis cenários “impossíveis” para a cidade de São Paulo, direcionados por seis eixos temáticos: edifícios;

Sistema estrutural de cilindros pneumáticos e policarbonato pode reconfigurar-se a partir da Tensegridade

19:00 - 23 Agosto, 2017

A pesquisa de Kuan-Ting Lai, desenvolvida como "Sistemas Reconfiguráveis de Tensegridade", é uma exploração das capacidades do princípio estrutural no desenvolvimento de estruturas variáveis na arquitetura.

O projeto, um protótipo de cilindros pneumáticos e painéis de policarbonato, explora diferentes métodos de reconfiguração a partir das regras básicas da tensegridade, evidenciando uma potencialidade para brindar diferentes condições de iluminação ou ventilação.