Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. España

España: O mais recente de arquitetura e notícia

Luzes de Natal em Madri: MOON de Brut Deluxe através da lente de Miguel de Guzmán

Miguel de Guzmán, o destacado fotógrafo e produtor audiovisual espanhol, compartilhou conosco um de seus trabalhos mais recentes. MOON é um projeto de iluminação realizado pelo estudo Brut Deluxe que tomou conta da Gran Vía de Madrí criando um ambiente urbano perfeito para as celebrações de fim de ano. O cenário tambèm se transformou na locação do novo filme produzido por Imagen Subliminal, que já nos encantou anteriormente com propostas audiovisuais em projetos como: The POP-UP House, Casa del Espinar e Didomestic.

Conheça o projeto completo e mais imagens de Imagem Subliminal (Miguel de Guzmán + Rocio Romero) abaixo.

© Miguel de Guzmán  © Miguel de Guzmán  © Miguel de Guzmán  © Miguel de Guzmán  + 12

Basurama cria banco de dados público com imóveis desocupados na Espanha

É de conhecimento público que os seis anos da crise econômica na Espanha - caracterizada pelas exigências da troika europeia, os escândalos de corrupção, a recente sucessão monárquica, o desgaste político do bipartidarismo, a massiva emigração profissional e a política de desocupações habitacionais - são em grande parte consequência da "crise do tijolo" - o crescimento econômico da Espanha com base na especulação imobiliária e financeira, uma miragem de desenvolvimento.

O revés deixou - e segue deixando - uma grande marca nas cidades espanholas, e nesse contexto o coletivo Basurama aproveitou o recente festival Arquinset 2014 para começar, juntamente com diferentes grupos locais, a desenvolver uma base pública de imóveis desocupados na Espanha, um verdadeiro obituário urbano da especulação financeira.

Saiba mais sobre os primeiros passos dessa iniciativa coletiva, pública e aberta, a seguir.

"História de uma lobotomia", uma pesquisa sobre a cidade murada de Kowloon

Após uma pesquisa profunda sobre Hong Kong e a hiperdensificada cidade murada de Kowloon, "História de uma lobotomia" coloca em dúvida a história oficial contada sobre o que foi o local mais densificado do planeta (1.900.000 habitantes por km²) até sua demolição total por parte das autoridades de Hong Kong em 1994.

Ao longo de quatro exercícios teóricos e gráficos (Mapeamento de uma disputa, Regime Anarquista, A idéia do que é legal e Lobotomias) os arquitetos espanhóis David Jímenez Iniesta e María Ángeles Peñalver Izaguirre questionan os principais axiomas que dão forma ao mito.

Na continuação, conheça a pesquisa "Hostória de uma Lobotomia", finalista da última edição dos Prêmios IS ARCH.

Cortesia de David Jiménez e María Ángeles Peñalver Cortesia de David Jiménez e María Ángeles Peñalver Cortesia de David Jiménez e María Ángeles Peñalver Cortesia de David Jiménez e María Ángeles Peñalver + 18

Casa CP / Alventosa Morell Arquitectes

© Adrià Goula © Adrià Goula © Adrià Goula © Adrià Goula + 31

Casas  · 
Barcelona, Espanha

Centro de Educação Infantil Bambi / Plan9

© Fernando Alda © Fernando Alda © Fernando Alda © Fernando Alda + 26

Córdoba, Espanha
  • Arquitetos: Plan9
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 1008.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2011

"Viagem ao interior de um horto": jardim coletivo, parque e espaço cênico

Os arquitetos de Serrano + Baquero Arquitectos compartilharam conosco seu projeto "Viagem ao Interior de um Horto", a recuperação de um horto abandonado na localidade de Nigüelas, em Granada, Espanha. Seu projeto não é apenas um exercício de memória, mas também proporciona a seus habitantes um novo espaço público que reativa o horto - agora de gestão coletiva - e inclui um parque e um palco para um cinema de verão, apresentações e concertos.

Inshopnia / Nan Arquitectos

© Iván Casal Nieto © Iván Casal Nieto © Iván Casal Nieto © Iván Casal Nieto + 12

  • Arquitetos: Nan Arquitectos
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 95.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2014

Bilbao: Frank Gehry estará presente no início das obras da ponte que levará seu nome

No próximo sábado, 25 de outubro, o arquiteto Frank Gehry regressará a Bilbao (Espanha) para por a pedra fundamental da futura ponte que levará seu nome, em honra a sua contribuição no impulso turístico e econômico que a construção do Museu Guggenheim (1997) trouxe à cidade espanhola.

Com 75 metros de comprimento, a ponte conectará a atual península de Zorrotzaurre, bairro industrial em atual processo de gentrificação, com o bairro local de San Ignacio. No início deste ano o prefeito de Bilbao, Ibon Areso, justificou sua decisão de batizar a ponte com o nome do Prêmio Pritzker 1989 dizendo que "Frank Gehry foi um homem que gerou uma projeção internacional importantíssima a Bilbao".

Saiba mais, a seguir.

Paisagem e Arquitetura: Restauro do Fórum Romano de Empúries, por Lola Domènech

Nas cidades romanas, o Fórum era o espaço destinado a acolher as manifestações mais importantes da sociedade, era o cenário da atividade política, econômica, religiosa e judicial da cidade. Desde 2001, o estúdio de arquitetura dirigido por Lola Domènech e arqueólogos especializados planejam a necessidade de adequar museograficamente todo o conjunto arqueológico, já que um dos principais problemas detectados era que o visitante não poderia reconhecer com clareza as diferentes zonas, espaços e edifícios que conformavam o Fórum.

Sob dois objetivos principais: garantir a conservação das estruturas originais através de restaurações necessárias e facilitar aos visitantes de Empúries o acesso e a correta interpretação do conjunto monumental da área do Fórum, o projeto pretende, basicamente, recriar a atmosfera da ordem que impera na cidade romana.

Conheça mais detalhes sobre o projeto, a seguir.

© Adrià Goula © Adrià Goula © Adrià Goula © Adrià Goula + 30

Redetejas: terraços convertidos em micro espaços culturais na Espanha

A cobertura - chamada por Le Corbusier de quinta fachada - é geralmente o local destinado a instalações técnicas, caixas de elevadores e antenas de televisão, ou ainda, piscinas subdimensionadas e churrasqueiras, caso se trate dessas novas torres residenciais que são construídas com velocidade impressionante em todas as partes do mundo.

Essas mesmas coberturas privadas foram redescobertas pelo Redetejas, primeira rede cidadã de micro espaços culturais em terraços, que desenvolve na Espanha o que chama "Encontros de coberturas", trabalhando com comunidades, artistas, pessoas convidadas e coletivos interessados em organizar novos eventos.

Saiba mais sobre o trabalho do Redetejas, a seguir.

Bienal de Veneza 2014: "Grafting Architecture" por Josep Torrents i Alegre

Entre os destaques da edição de 2014 da Bienal de Arquitetura de Veneza, a Catalunha retornou ao evento internacional através dos eventos paralelos com Arquitectures Empeltades/Grafting Architecture. O projeto, promovido pelo Instituto Ramon Llull, teve curadoria de Josep Torrents i Alegre, com Carabí Bescós e Jordi Ribas Boldúm como curadores assistentes.

A mostra, aberta a todo o público até o dia 23 de novembro, traz um total de 16 trabalhos que demonstram a mudança de paradigma que está tomando forma na arquitetura catalã contemporânea, exemplificando uma maneira de realizar as coisas que atualiza uma tradição viva e projeta o futuro.

Veja a seguir o conteúdo da exposição.

© Pati Núñez © Pati Núñez © Pati Núñez © Pati Núñez + 12

Vídeo: Centro Niemeyer em Avilés / Duosegno Visual Design

Nosso parceiros do Duosegno Visual Design compartilharam conosco um interessante vídeo em que percorrem o espetacular espaço público projetado por Oscar Niemeyer no Centro Cultural Internacional Oscar Niemeyer - projeto que ajudou a impulsionar a regeneração urbana e econômica da antiga área industrial do estuário de Avilés. O centro se ergue magistralmente através de formas brancas escultóricas que conformam uma praça aberta, um auditório, uma cúpula, uma torre e um edifício multifuncional.

Saiba mais sobre este projeto aqui.

Projeto de Iluminação: Escritórios da Fundação Botín por Años Luz, Iluminação de Vanguarda

A Fundação Botín estabeleceu seus novos escritórios em Madrid em um edifício industrial de 1920 que durante anos foi a oficina de Ourives Espuñes Luis e mais recentemente a loja Vinçon . O estúdio MVN Arquitectos formado por Diego Varela e Emilio Medina desenvolveu um projeto que foi eleico como a melhor obra na categoria de interiores da 4ª edição dos Prêmios Archdaily Building of the Year.
Nesta proposta, a luz natural cobra um papel preponderante já que a arquitetura mantém clarabóias existentes e recupera vãos de fachada. Por outro lado a conservação dos materiais da estrutura original, tal como o ladrilho e o aço permitem, junto com os novos acabamentos de madeira e vidro, criar um entorno de grande aconchego e beleza mantendo sempre a imagem de espaço industrial.
O projeto de iluminação desenvolvido através da consulta técnica de Años Luz, Iluminación de Vanguardia teve um grande desafio, já que deveria alcançar uma integração completa entre a iluminação funcional e decorativa com o entorno diáfano e luminoso do edifício.

Conheça mais detalhes de iluminação na continuação

© Alfonso Quiroga © Alfonso Quiroga © Alfonso Quiroga © Alfonso Quiroga + 17

Bienal de Veneza 2014: SALES ODDITY / Andrés Jaque, Leão de Prata pela melhor pesquisa

Na década de 1970 as dinâmicas sociais, políticas e econômicas na Itália começaram a dar forma a uma nova realidade urbana: por uma lado, a televisão estava influenciando profundamente a sociedade italiana, convertendo-se em parte fundamental do cotidiano; por outro, a tensão social resultante das manifestações estudantis e a imigração acelerada estavam começando a impactar as cidades de modo caótico. Estas dinâmicas foram abrindo caminho para Milano Due, uma nova cidade nos arredores de Milão, que prometia um novo e idílico urbanismo.

O complexo promovido como a "cidade dos números 1" parecia, à primeira vista, um bairro tradicional, porém, o empreendimento conseguiu colocar em prática alguns dos preceitos do modernismo. Suas 2.600 unidades habitacionais contavam com acesso a educação e entretenimento dispostos em torno de um jardim e lago artificiais e se conectavam através de circulações peatonais elevadas. No subsolo, o complexo abrigava os estúdios da primeira emissora de televisão privada da Itália, um aspecto que, de certa forma, moldou a vida dos habitantes de Milano Due e, posteriormente, se espalhou por toda a sociedade italiana. 

Proposta para recuperar vazios urbanos e estimular a reativação econômica em cidades espanholas

A competição Iniciativas de Cidadania Europeia (ICE) nasce para divulgar a iniciativa homônima como instrumento de participação cidadã com o objetivo de promover sua intervenção na vida política da União Europeia. Neste contexto, a equipe finalista espanhola Aula de Arquitetura Social AAS UCAM propõe equipamentos públicos e postos de trabalhos nos centros históricos das cidades europeias. Tudo isto a partir da legislação do uso dos vazios urbanos deixados pela expansão urbana pré-crise, conferindo a eles um uso programático temporal e altamente flexível.

Veja o projeto a seguir.

INTERIOR / Pavilhão da Espanha na Bienal de Veneza 2014

INTERIOR é o conceito central que representa o Pavilhão da Espanha na Mostra Internacional de Arquitetura da Bienal de Veneza, buscando responder ao tema geral do evento: "Fundamentals". Lançando luz sobre a arquitetura (e não sobre os arquitetos) e seus elementos fundamentais, o pavilhão espanhol, com curadoria de Inaki Ábalos, destaca o espaço interior através de 12 obras de arquitetura espanhola e a cultura material que lhes deu forma. INTERIORS fala do espaço, "por definição, o lugar onde se desenvolve a vida, o tema central da arquitetura."

© Nico Saieh © Nico Saieh © Nico Saieh © Nico Saieh + 20

Cinema e Arquitetura: "Bye Bye Barcelona"

Hoje, Cinema e Arquitetura vai até a Espanha para apresentar-lhes o documentário "Bye Bye Barcelona", filmado, editado e dirigido por Eduardo Chibás. Nas palavras de seu diretores, "é um documentário sobre uma cidade e sua relação com o turismo, sobre a difícil convivência entre Barcelona, barcelonenses, o turismo e os turistas. É um documentário que expõe, através de alguns dos seus residentes, os graves efeitos que o turismo massivo traz. É um documentário em que é possível vê-lo inteiro, ou por capítulos e ao seu ritmo, e que não pretende outra coisa a não ser servir de contraponto a tão repetida ideia de que com o turismo ganhamos todos. Este é um documentário sobre o que perdemos".

Mais detalhes e o documentário completo, a seguir.

"Nación Rotonda": 15 anos de urbanicídios na Espanha

Iniciada há seis anos, a ‘crise do tijolo’ na Espanha evidenciou a intensidade e alcance de uma bolha imobiliária que sustentou durante anos um crescimento econômico artificial na península, tal como explica didaticamente Aleix Saló no Españistán. Um modelo que não bastou esvaziar os bolsos em milhões, acumular centenas de hipotecas, despejar milhares de famílias e acelerar a transformação radical do skyline das cidades espanholas, deixando também cicatrizes na paisagem, verdadeiros urbanicídios. E para evidenciá-los, basta reparar nas rotatórias vistas de cima. Sim, as rotatórias, pois "acabou-se impondo como o que define [a Espanha] como nação", afirma no projeto coletivo Nación Rotonda (Nação Rotatória).

Mais informações a seguir.