1. ArchDaily
  2. Cadiz

Cadiz: O mais recente de arquitetura e notícia

Traçados medievais em 9 cidades vistas de cima

Traçados medievais em 9 cidades vistas de cimaTraçados medievais em 9 cidades vistas de cimaTraçados medievais em 9 cidades vistas de cimaTraçados medievais em 9 cidades vistas de cima+ 10

Fernando Cuenca Goitia em seu livro “Breve História do Urbanismo” afirma que a cidade da época medieval surge no começo do século XI e se desenvolve somente entre os séculos XII e XIII. Segundo o autor, esse crescimento esteve devidamente atrelado ao desenvolvimento do comércio que possibilitou ocupações laborais fixas, fazendo com que a cidade não fosse mais composta majoritariamente por viajantes. Ou seja, formou-se uma sociedade burguesa desenvolvida a partir das mais diversas atividades – como artesãos, feirantes, ferreiros, armadores de barco – que serviu de estímulo à cidade medieval.

Casa RA / Oficina Conceito Arquitetura

Casa RA / Oficina Conceito ArquiteturaCasa RA / Oficina Conceito ArquiteturaCasa RA / Oficina Conceito ArquiteturaCasa RA / Oficina Conceito Arquitetura+ 37

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  168
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2018
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  D’cor Móveis, Geobrick

Residência do Infinito / Alberto Campo Baeza

Residência do Infinito / Alberto Campo BaezaResidência do Infinito / Alberto Campo BaezaResidência do Infinito / Alberto Campo BaezaResidência do Infinito / Alberto Campo Baeza+ 31

Cádiz, Espanha
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  900
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2014
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  panoramah!®

Restauração da Torre Medieval de Cádiz: Atentado ou preservação do patrimônio?

Em 2011, após o colapso parcial da Torre Medieval do Castelo de Matrera em Villamartin, Cádiz (datado do século IX dC), decidiu-se finalizar a restauração do projeto, com o objetivo de controlar o risco de colapso total e evitar assim, a destruição dos poucos itens que ainda restavam.

O desafio da execução do projeto de restauração ficou à cargo do arquiteto espanhol Carlos Quevedo Rojas, cujo projeto foi aprovado pela Junta da Andaluzia em conformidade com a Lei Andaluz de Patrimônio Histórico, que proíbe tentativas de reconstrução mimética e que exige o uso de materiais que se diferenciem dos materiais originais da obra.

Segundo o arquiteto: "Esta intervenção pretende atingir três objetivos básicos:  consolidar estruturalmente os elementos emergentes em risco; diferenciar a intervenção adicionada ao item original (evitando as reconstruções miméticas que são proibidas por Lei) e recuperar o volume, textura e tonalidade que tinha a torre originalmente. Sendo, portanto, uma realidade aparentemente antagônica, a essência do projeto não se destina a ser, portanto, uma imagem do futuro, mas sim um reflexo de seu próprio passado, de sua própria origem ".

A controversa restauração não só gerou uma ampla discussão internacional sobre a restauração do patrimônio, mas será levada para a Comissão da Cultura do Parlamento de Andaluzia pelo grupo Izquierda Unida, para ver se este era o resultado esperado pelo Ministério da Cultura. Por outro lado, o edifício que antigamente recebia visitas esporádicas hoje tornou-se a nova atração turística da região.

Por que essa restauração tem causado tanta controvérsia? É realmente um "atentado patrimonial", como chamaram os meios de comunicação? Você acha que poderia ter sido feito de melhor maneira?

O que você acha? Veja os comentários nas redes sociais, e deixe a sua opinião no final do post.

Edifício de Proteção e Mirante do Parque Genovês / José Luis Bezos Alonso

Edifício de Proteção e Mirante do Parque Genovês / José Luis Bezos AlonsoEdifício de Proteção e Mirante do Parque Genovês / José Luis Bezos AlonsoEdifício de Proteção e Mirante do Parque Genovês / José Luis Bezos AlonsoEdifício de Proteção e Mirante do Parque Genovês / José Luis Bezos Alonso+ 20

Escola de Vela de Sotogrande / Héctor Fernández Elorza + Carlos García Fernández

Escola de Vela de Sotogrande / Héctor Fernández Elorza + Carlos García FernándezEscola de Vela de Sotogrande / Héctor Fernández Elorza + Carlos García FernándezEscola de Vela de Sotogrande / Héctor Fernández Elorza + Carlos García FernándezEscola de Vela de Sotogrande / Héctor Fernández Elorza + Carlos García Fernández+ 22

Requalificação e ampliação do Mercado Central de Cadiz / Carlos de Riaño Lozano

 Requalificação e ampliação do Mercado Central de Cadiz / Carlos de Riaño Lozano Requalificação e ampliação do Mercado Central de Cadiz / Carlos de Riaño Lozano Requalificação e ampliação do Mercado Central de Cadiz / Carlos de Riaño Lozano Requalificação e ampliação do Mercado Central de Cadiz / Carlos de Riaño Lozano+ 35

Apartamentos no Centro Histórico de Cadiz / Estudio Cano Lasso

© Pablo Diaz-Fierros
© Pablo Diaz-Fierros
  • Arquitectos: Estudio Cano Lasso
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  1195
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2011

Apartamentos no Centro Histórico de Cadiz / Estudio Cano LassoApartamentos no Centro Histórico de Cadiz / Estudio Cano LassoApartamentos no Centro Histórico de Cadiz / Estudio Cano LassoApartamentos no Centro Histórico de Cadiz / Estudio Cano Lasso+ 31

BIAU Cadiz: Exposição BEAU XI (No Cost)

Centro de Interpretação Pré-Histórica em Cádiz / Estudio Arquitectura Hago

Convocatória Arquitetos Brasileiros para a VIII Bienal Ibero-Americana: Cádiz 2012 / Cádiz - Espanha

Casa Guerrero / Alberto Campo Baeza