Arquitetura Estoniano

  1. ArchDaily
  2. Países
  3. Estônia

Projetos mais recentes em Estônia

Últimas notícias em Estônia

7 Pavilhões na Bienal de Veneza que exploram as migrações e seus impactos no espaço construído

Buscando responder a intrigante pergunta proposta por Hashim Sarkis como tema central da 17ª Bienal de Arquitetura de Veneza, “Como viveremos juntos”, diversos arquitetos e curadores dos pavilhões nacionais apresentaram uma série de propostas e leituras sobre os principais problemas e as mais recorrentes questões que permeiam a nossa disciplina. A inquietação do curador da Bienal de Veneza de 2021, foi encarada como um chamado à comunidade de arquitetos “a imaginar espaços que nos permitam viver juntos generosamente”, espaços que não sejam limitados por contratos ou regras e sejam suficientemente flexíveis para acolher uma maior diversidade de pessoas, promovendo a sensação de pertencimento ainda que em um lugar completamente alheio a nossas próprias raízes. Ao contrário do que foi visto ao longo das últimas décadas, a migração hoje não é mais um fenômeno local—do campo para a cidade—, e sim uma questão bastante abrangente, complexa e que transcende fronteiras. As novas tecnologia e a consequente transformação dos espaços de trabalho, além é claro da recente pandemia, alteraram profundamente a forma como nos relacionamos com o espaço construído e não-construído. Atualmente, 85% dos nossos afazeres diários podem ser cumpridos sem precisarmos sair de casa. Dito isso, o que estamos observando no mundo hoje, é uma necessidade cada vez maior de flexibilizarão dos nossos espaços construídos e habitáveis.

Pavilhão da Estônia na Bienal de Veneza de 2021 explora a importância dos espaços públicos para o futuro das cidades

O Pavilhão da Estônia para a próxima edição da Exposição Internacional de Arquitetura da Bienal de Veneza acaba de ser apresentado. Com projeto curatorial desenvolvido pelos arquitetos estonianos Jiří Tintěra, Garri Raagmaa, Kalle Vellevoog, Martin Pedanik e Paulina Pähn, o pavilhão foi batizado de “Square! Positively Shrinking” e será instalado no complexo do antigo Arsenal da marinha veneziana. Segundo a equipe de curadores, o Pavilhão da Estônia deste ano irá “explorar o papel dos espaços públicos no desenvolvimento futuro de cidades que atualmente estão passando por um processo de despovoamento [...] desencadeando um amplo debate sobre um efeito pouco explorado dos projetos de reurbanização de pequenas cidades ao redor do mundo”.

De desenho de mobiliário a projetos curatoriais: 5 escritórios europeus em ascensão

A New Generations é uma plataforma europeia que analisa os mais inovadores e promissores escritórios de arquitetura da Europa, promovendo um espaço para trocas, discussões, teoria e produção de arquitetura. Desde 2013, o New Generations já envolveu mais de 300 escritórios com os mais diversos programas culturais, desde festivais, até exposições, oficinas, entrevistas e, ainda, testou novos formatos experimentais de eventos.

Arquitetura do leste europeu: o simbolismo das bibliotecas modernistas soviéticas

Este artigo faz parte da série colaborativa “Arquitetura do Leste Europeu: 50 Edifícios que Definiram uma Era”, desenvolvida em parceria entre o The Calvert Journal e o ArchDaily. Celebrando alguns dos principais ícones da arquitetura do leste europeu, publicaremos periodicamente uma lista com cinco projetos construídos no então Bloco de Leste.

Bienal de Arquitetura de Tallinn é adiada para 2022

A Bienal de Arquitetura de Tallinn (TAB) do ano que vem foi adiada para 2022. O anúncio é do Centro de Arquitetura da Estônia, que disse que a 6ª edição foi postergada “devido ao adiamento da Bienal de Arquitetura de Veneza, bem como aos tempos incertos que os eventos culturais internacionais enfrentam. em decorrência da pandemia de coronavírus.

Zaha Hadid Architects vence concurso para projetar novo terminal da Rail Baltica

Os escritórios Zaha Hadid Architects e Esplan, da Estônia, foram selecionados para projetar o novo terminal da Rail Baltic em Ülemiste, Tallinn. Sua proposta para a primeira estação da linha que liga Tallinn, Riga e Vilnius à rede ferroviária europeia de alta velocidade levou o primeiro lugar no concurso internacional que envolveu participantes de vários países.

ArchDaily & Strelka Award: Vote agora e escolha os vencedores

O ArchDaily, o Strelka Institute e o Strelka KB selecionaram uma lista de 50 projetos para o novo ArchDaily & Strelka Award, que celebra profissionais emergentes e novas ideias que estão transformando as cidades contemporâneas. Agora os leitores do ArchDaily e da Strelka Mag podem votar em seu projeto favorito para decidir os finalistas.

Bienal de Arquitetura de Tallinn anuncia a programação completa para a TAB 2019

A Bienal de Arquitetura de Tallinn de 2019, na Estônia, será inaugurada no próximo mês de Setembro. A semana de inauguração da TAB 2019, entre os dias 5 e 11, marcará a abertura da 5ª edição do maior evento de arquitetura do país. Recentemente, a TAB anunciou a programação completa para o festival deste ano, cujo tema é “Beauty Matters: The Resurgence of Beauty”. A Bienal de Arquitetura de Tallinn é organizada a cada dois anos pelo Centro de Arquitetura da Estônia. A edição deste ano está sendo curada pelo Dra. Yael Reisner, arquiteto israelense que vive e trabalha em Londres. A Bienal será composta por cinco eventos principais, os quais acontecerão em pleno centro histórico de Tallinn, além de uma série de programas satélites que tomarão as ruas de toda capital estoniana.

Bienal de Tallinn anuncia finalistas para concurso de instalação

A Bienal de Arquitetura de Tallinn anunciou os esquemas pré-selecionados para o seu Concurso do Programa de Instalação de 2019 “Huts and Habitats”. 137 submissões em todo o mundo foram recebidas para o concurso de duas etapas, visando “oferecer aos talentos arquitetônicos emergentes a oportunidade de projetar e construir uma estrutura experimental de madeira. no coração de Tallinn.

Nieto Sobejano Arquitectos inaugura o Centro Arvo Pärt na Estônia

O Centro Arvo Pärt foi fundado na Estônia em 2010 com a finalidade de promover o legado criativo de Arvo Pärt, considerado um dos mais importantes compositores contemporâneos ainda vivo. Em 2014 foi convocado um concurso internacional de arquitetura para o projeto do edifício sede do Instituto, o qual teve Nieto Sobejano como grande vencedor entre outras vinte equipes de arquitetos, entre eles: Coop Himmelb(L)Au (Áustria), Claudio Silvestrin (Reino Unido), Jensen & Skodvin (Noruega), Office Keers/van Severen (Bélgica), Rick Joy (EUA) e Zaha Hadid (Reino Unido).

Carregando... Pode demorar alguns segundos