Miami apresenta plano para combater o aumento do nível do mar

Miami apresenta plano para combater o aumento do nível do mar

No início deste mês, a cidade de Miami divulgou uma versão preliminar de seu plano abrangente de combate aos efeitos das mudanças climáticas. O chamado Stormwater Master Plan (SWMP) será implementado para diminuir a ameaça de inundações em toda a cidade, melhorar a qualidade da água na Baía de Biscayne e fortalecer seu litoral contra tempestades mais fortes e frequentes nos próximos 40 anos, em uma estimativa de custo geral de US $ 3,8 bilhões.

O SWMP faz uso de extensos dados de mapeamento da cidade e da Federal Emergency Management Agency (FEMA) para melhor indicar onde, como e em que prazo as alterações recomendadas devem ser feitas. O relatório propõe uma série de ações corretivas de curto prazo a serem implementadas nos próximos 50 a 70 anos, incluindo modernizações urgentes e acréscimos aos sistemas de gestão de água da região. Uma série de novos quebra-mares seria complementada por outros ajustes para proteger a infraestrutura existente dos altos níveis de água - escotilhas estanques, equipamento elétrico elevado e lajes de concreto para uma distância adicional do solo são apenas algumas das opções propostas.

As recomendações de curto prazo do SWMP também incluem estratégias mais naturais para essas terríveis questões como a preservação, restauração e criação de ecossistemas de pântanos que dissipam naturalmente a energia das ondas e inibem as tempestades. O relatório não explica como a construção de infraestrutura cinza ao longo da costa, que às vezes causa danos ecológicos substanciais, coexistiria com um maior compromisso com os recifes de coral, ostras e pântanos da região.

Tidal flooding in downtown Miami in 2016. Image Courtesy of Wikimedia Commons
Tidal flooding in downtown Miami in 2016. Image Courtesy of Wikimedia Commons

O relatório também descreve uma série de ideias conceituais de longo prazo para serem concluídas até o final do século, a maioria das quais seria sustentada por uma reformulação fundamental da relação de Miami com a água. Se a mudança climática progredir no ritmo atual ou acelerar, a cidade pode ter de construir redes viárias elevadas, exigir que as casas sejam construídas longe do solo e converter certas ruas baixas em canais. Embora tais propostas radicais ainda tenham de ser formalizadas pelos planejadores locais, elas refletem a urgência da situação e as soluções imaginativas que provavelmente serão necessárias para manter os atuais níveis de habitabilidade de Miami.

O incidente fatal do condomínio Champlain Towers South de 12 andares, nas proximidades de Surfside, em 24 de junho, levantou outras questões sobre a relação tensa entre as paisagens naturais e construídas do sul da Flórida, particularmente no que se refere à integridade física dos arranha-céus mais antigos do litoral. Embora as causas de falha estrutural catastrófica do edifício provavelmente sejam analisadas ao longo de vários anos, os primeiros relatórios especulativos sugeriram que a corrosão devido ao mar salgado e à pressão das marés poderiam ter desempenhado um importante papel.

De acordo com o Washington Post, a torre foi construída em 1981 em solo artificial de um pântano costeiro. Após a remoção das florestas de mangue que absorviam naturalmente a água e protegiam as áreas das ondas do oceano, a areia foi se acumulando no topo da rocha calcária porosa de Surfside. Como muitos edifícios na Flórida e em outras partes costeiras dos Estados Unidos, Champlain Towers South foi construído em terreno móvel, sujeito à infiltração constante de água subterrânea em expansão em seu subsolo.

À medida que a mudança climática altera e agrava os ciclos das marés, alguns especialistas em construção sugerem que problemas semelhantes podem piorar a paisagem construída e a infraestrutura da região, incluindo sistemas de esgoto e aquíferos. Há alguma esperança de que as soluções descritas no SWMP atenuem esses efeitos, embora não esteja claro se elas serão capazes de evitar os custos astronômicos ambientais, financeiros e humanos de uma crise climática global já em andamento na Flórida.

Este artigo foi publicado originalmente no jornal The Architect's Newspaper.

Sobre este autor
Cita: Smithson, Aaron . "Miami apresenta plano para combater o aumento do nível do mar" [Miami Unveils its 40-Year Mitigation Plan to Combat Sea Level Rise] 08 Ago 2021. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/965050/miami-apresenta-plano-para-combater-o-aumento-do-nivel-do-mar> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.