Pavilhão da Arábia Saudita na Bienal de Veneza explora encontros sociais dentro de casa

Pavilhão da Arábia Saudita na Bienal de Veneza explora encontros sociais dentro de casa

Intitulado Acomodações, o Pavilhão da Arábia Saudita na 17ª Bienal de Arquitetura de Veneza se propõe a analisar encontros sociais e espaciais de hospedagens e casas no território saudita, lugar onde histórias, protocolos e gestos estão entrelaçados. Com curadoria de Hussam Dakkak, Basmah Kaki, e Hessa AlBader, junto com os curadores de Brooklin, Uzma Z, Rizvi e Murtaza Vali, a exposição irá acontecer de 22 de Maio a 21 de Novembro de 2021.

Policeman Receives Immunization Shot, Qatif, 1950s. Cortesia da imagem da Saudi AramcoVisualização conceitual das "ilhas" de Acomodações, apresentando uma série de modelos arquitetônicos, urbanos e territoriais que indexam um atlas de acomodações e infraestruturas quarentenárias ao longo do tempo. Imagem Cortesia de Studio Bound 2021Alojamento em massa para peregrinos no antigo aeroporto, 2012 .. Imagem © Stefan Maneval‘Funduk’ Al Yamamah - Riyadh / Um desenho em perspectiva que ilustra a localização estratégica do Hotel Al Yamamah, servindo como uma extensão do fórum de espaços governamentais. Imagem Cortesia de Studio Bound 2021+ 15

Os arquitetos Hussam Dakkak, Basmah Kaki, e Hessa AlBader, do Studio Bound, foram selecionados para representar a segunda aparição do Reino da Arábia Saudita nas Bienais de Veneza, em colaboração com os curadores Uzma Z. Rizvi e Murtaza Vali. O grupo de arquitetos se relaciona com a Arábia Saudita, o Reino Unido e o Kuwait, representando uma geração que testemunhou uma mudança criativa e uma transformação cultural no país. O pavilhão será explorado através das lentes das quarentenas históricas e atuais, convidando os visitantes para exploração, retrospecção e análise.

Visualização conceitual das "ilhas" de Acomodações, apresentando uma série de modelos arquitetônicos, urbanos e territoriais que indexam um atlas de acomodações e infraestruturas quarentenárias ao longo do tempo. Imagem Cortesia de Studio Bound 2021
Visualização conceitual das "ilhas" de Acomodações, apresentando uma série de modelos arquitetônicos, urbanos e territoriais que indexam um atlas de acomodações e infraestruturas quarentenárias ao longo do tempo. Imagem Cortesia de Studio Bound 2021

A exposição traça a história dos recintos, examinando como o ambiente construído e o tecido urbano se adaptam para acomodar as condições de emergência e como o significado e o uso de tais espaços mudam ao longo do tempo. Por meio do Pavilhão Nacional da Arábia Saudita, esperamos inspirar uma maior compreensão das tensões entre os atos de separação inerentes à quarentena e os atos de acomodação necessários para continuar vivendo. - Curadores Uzma Z. Rizvi e Murtaza Vali

Vista aérea de Dhahran da esquina das ruas 16th e “L”. Edifício em construção é o teatro, Dhahran, 14 de setembro de 1949. Imagem Cortesia de Saudi Aramco
Vista aérea de Dhahran da esquina das ruas 16th e “L”. Edifício em construção é o teatro, Dhahran, 14 de setembro de 1949. Imagem Cortesia de Saudi Aramco

A exposição tripartida caracteriza-se como vários espaços dentro de um espaço, convidando os visitantes a observar e analisar a relação entrelaçada entre inclusão e exclusão através da imagética. Os visitantes irão responder a como os contextos externos influenciam os espaços fechados e como esses contextos derivam novos significados, redefinindo a relação entre o indivíduo como uma entidade única, a comunidade como um todo, estimulando uma discussão sobre as implicações arquitetônicas deste ano passado.

Visualização conceitual das "ilhas" de Acomodações, apresentando uma série de modelos arquitetônicos, urbanos e territoriais que indexam um atlas de acomodações e infraestruturas quarentenárias ao longo do tempo. Imagem Cortesia de Studio Bound 2021
Visualização conceitual das "ilhas" de Acomodações, apresentando uma série de modelos arquitetônicos, urbanos e territoriais que indexam um atlas de acomodações e infraestruturas quarentenárias ao longo do tempo. Imagem Cortesia de Studio Bound 2021

Instalações

Cena de rua com pessoas e veículos, três grandes edifícios governamentais, Jiddah, década de 1950 .. Imagem cortesia de Saudi Aramco
Cena de rua com pessoas e veículos, três grandes edifícios governamentais, Jiddah, década de 1950 .. Imagem cortesia de Saudi Aramco

Studio Bound

Studio Bound é um escritório de arquitetura e pesquisa, fundado em 2015 entre Londres e o Golfo, por Basmah Kaki, Hessa AlBader e Hussam Dakkak. Basmah Kaki recebeu a Medalha de Bronze do RIBA e o Prêmio SOM Foundation UK, e é o diretor e tutor do programa AA Visiting School: Makkah vs Makkah. Residindo em Jeddah , a arquiteta está trabalhando em uma série de projetos culturais importantes, envolvendo discussões como o trabalho sobre patrimônios listados pela UNESCO em Al Balad, Jeddah e em Al Ula. Hessa AlBader colabora em projetos de arquitetura e pesquisa em Londres e no Golfo Pérsico. Ela é codiretora e tutora do programa AA Visiting School: Makkah vs Makkah com um portfólio de trabalho que varia entre a curadoria e o gerenciamento de competições internacionais de projetos e de construção. Hussam Dakkak Dakkak atualmente atua como líder de projeto e desenvolvimento para Rassmal e como consultor em uma série de projetos culturais e arquitetônicos com a PIF e a Comissão Real de Makkah. Ele lecionou na London School of Economics, na Harvard University e no AA.

Murtaza Vali

Crítico, curador e historiador de arte que vive entre Sharjah e o Brooklyn, em Nova Yorque, ele foi premiado em 2011 pelo Creative Capital | Warhol Foundation Arts Writers, com contribuições e críticas publicadas em Artforum, Frieze e Art Agenda. Seus tópicos de pesquisa incluem histórias da arte materialista, minimalismos ex-cêntricos, fantasmas, o peso da cor e a arte contemporânea do litoral do Oceano Índico.

Uzma Z. Rizvi

Arqueóloga cultural antropológica especializada em urbanismos antigos, crítica epistêmica e estudiosa crítica do patrimônio. Ela é Professora Associada de Antropologia e Estudos Urbanos no Pratt Institute, em Nova York, e é Professora Visitante na Shah Abdul Latif University, Khairpur, no Paquistão.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Stouhi, Dima. "Pavilhão da Arábia Saudita na Bienal de Veneza explora encontros sociais dentro de casa" [The Saudi Arabian Pavilion at the 2021 Venice Biennale Explores Spatial and Social Encounters in the Saudi Residences] 11 Mai 2021. ArchDaily Brasil. (Trad. Martino, Giovana) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/961142/pavilhao-da-arabia-saudita-na-bienal-de-veneza-explora-encontros-sociais-dentro-de-casa> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.