O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Arquitetos propõem 120 habitações sociais incrementais e flexíveis para Iquitos, Peru

Arquitetos propõem 120 habitações sociais incrementais e flexíveis para Iquitos, Peru

Arquitetos propõem 120 habitações sociais incrementais e flexíveis para Iquitos, Peru

Construir e crescer, duas ações que deveriam ser mais levadas em conta. É assim que o concurso de habitação social "Construye para Crecer 2017" 2017, com projeções para diferentes estágios de crescimento, procura estabelecer bases que sustentem um modo de vida flexível. O local era o bairro de Belém, localizado na cidade de Iquitos, em um terreno de 3,7 hectares. O projeto atual que obteve o primeiro lugar propôs localizar 120 casas progressivas como uma alternativa que permita aos usuários modificarem e expandirem suas residências de acordo com suas necessidades e possibilidades econômicas. Em suma, um modo de vida, tanto elementar como livre, através de um núcleo sólido formado por uma estrutura que apóia atividades diversas.

Este concurso nacional de habitação social é organizado pelo Ministério da Habitação do Peru, Departamento de Agricultura dos EUA, The Engineered Wood Association e Fondo Mi Vivienda. Nesta quinta edição, seu objetivo foi contribuir para o desenvolvimento urbano e arquitetônico do país, através de projetos propostos por diferentes especialistas e gerar propostas urbanas com uma abordagem sustentável e preventiva contra os efeitos causados por catástrofes naturais. Desta forma, o júri premiou propostas inovadoras, econômicas, com a possibilidade de crescimento e focadas no aspecto bioclimático e ecológico.

A proposta foi elaborada pelos arquitetos Rafael Arana Parodi, Carlos Suasnabar Martínez, Amed Aguilar Chunga e Santiago Nieto Valladares; sendo considerado o melhor na categoria profissional, entre mais de 300 propostas apresentadas por diferentes equipes em todo o país. Da mesma forma, recebeu uma menção honrosa na categoria eco-sustentável para gerar conforto diante de condições climáticas com alta incidência solar e alta precipitação. Em seguida, apresentamos os detalhes do projeto.

2_URBANO_AEREA. Image Cortesía de Rafael Arana
2_URBANO_AEREA. Image Cortesía de Rafael Arana

Descrição da equipe de projeto:

DESENHO URBANO

Tomamos o concurso analisando a forma atual de realizar habitações sociais no Peru, que se baseia em uma abordagem puramente quantitativa, que dá resultados previsíveis e que limita o projeto a um módulo de habitação repetida quantas vezes for necessário para ocupar a terra . Isso gera bairros monótonos e fragmentados sem espaços públicos de qualidade.

É por isso que nossa proposta tem uma abordagem mista. Quantitativa, porque atende aos objetivos técnicos: é modular, econômica, progressiva e fácil de construir. E qualitativa, porque há unidade como um todo, uma vez que a localização das casas e do espaço público responde à forma do terreno e do tecido urbano,fazendo com que o projeto tenha diferentes tipos de áreas livres, como shoppings, parques e praças; que estão conectados uns aos outros, integrando também os lotes adjacentes que pareciam estar isolados.

1_URBANO_PLANTA. Image Cortesía de Rafael Arana
1_URBANO_PLANTA. Image Cortesía de Rafael Arana

As casas estão localizadas de tal forma que contêm os espaços públicos, criando uma grande área de recreação com uma escala apropriada para os vizinhos, fazendo com que eles se sintam seguros para estarem lá, permitindo que eles se socializem entre si e se identifiquem com sua vizinhança.

3_URBANO_PLAZA REDONDA. Image Cortesía de Rafael Arana
3_URBANO_PLAZA REDONDA. Image Cortesía de Rafael Arana

MÓDULO DE HABITAÇÃO

O conceito do módulo de habitação é baseado em fornecer um núcleo de material nobre com os serviços básicos, sendo complementado por uma estrutura de madeira que acabará por conter o resto dos quartos.

0_PROCESO CONSTRUCTIVO_DIAGRAMA. Image Cortesía de Rafael Arana
0_PROCESO CONSTRUCTIVO_DIAGRAMA. Image Cortesía de Rafael Arana
1_UNIFAMILIAR 1 PISO_1. Image Cortesía de Rafael Arana
1_UNIFAMILIAR 1 PISO_1. Image Cortesía de Rafael Arana
6_UNIFAMILIAR 1 PISO_6. Image Cortesía de Rafael Arana
6_UNIFAMILIAR 1 PISO_6. Image Cortesía de Rafael Arana

Neste núcleo estão localizadas as zonas sociais e molhadas, sendo a única parte da habitação que contém as redes de água e drenagem e a rede elétrica principal. O núcleo tem uma circulação cruzada que permite que a casa cresça nos seus 4 lados. As etapas progressivas são modulares e flexíveis, onde o proprietário pode escolher seu uso e o tipo de material de acabamento. O projeto proposto torna o crescimento progressivo da casa sempre ordenado, uma vez que é limitado pelo telhado. Isso cria uma imagem urbana consolidada.

14_MODULO_SALA COMEDOR. Image Cortesía de Rafael Arana
14_MODULO_SALA COMEDOR. Image Cortesía de Rafael Arana
15_MODULO_DORMITORIO. Image Cortesía de Rafael Arana
15_MODULO_DORMITORIO. Image Cortesía de Rafael Arana

O módulo de um andar para uma casa unifamiliar foi proposto; e em dois andares para uma casa unifamiliar ou multifamiliar.

1_MODULO_1PISO_1. Image Cortesía de Rafael Arana
1_MODULO_1PISO_1. Image Cortesía de Rafael Arana
9_MODULO_2PISOS_4. Image Cortesía de Rafael Arana
9_MODULO_2PISOS_4. Image Cortesía de Rafael Arana

ESTRATÉGIA AMBIENTAL

O desafio ambiental no momento da concepção de habitação em Iquitos é o excesso de incidência solar e de precipitações. As estratégias para gerar conforto no meio dessas condições foram as seguintes:

Manter a casa em conforto térmico, isolando-a da incidência solar direta. Para isso foi criado um telhado que funciona como coletor de ar e colchão entre o exterior e o interior. Além de separá-lo das superfícies que capturam o calor, levantando o piso da superfície da terra.

11_MODULO_EXTERIOR INCOMPLETO. Image Cortesía de Rafael Arana
11_MODULO_EXTERIOR INCOMPLETO. Image Cortesía de Rafael Arana
12_MODULO_EXTERIOR COMPLETO. Image Cortesía de Rafael Arana
12_MODULO_EXTERIOR COMPLETO. Image Cortesía de Rafael Arana
13_MODULO_EXTERIOR COMPLETO LLUVIA. Image Cortesía de Rafael Arana
13_MODULO_EXTERIOR COMPLETO LLUVIA. Image Cortesía de Rafael Arana

E o segundo, protegê-la das grandes chuvas, inclinando o telhado para evacuar adequadamente as chuvas e localizar todas as aberturas da casa para os terraços cobertos.

5_PROCESO CONSTRUCTIVO_5. Image Cortesía de Rafael Arana
5_PROCESO CONSTRUCTIVO_5. Image Cortesía de Rafael Arana
1_LAMINA PAISAJISMO. Image Cortesía de Rafael Arana
1_LAMINA PAISAJISMO. Image Cortesía de Rafael Arana
4_LAMINA PROPUESTA URBANA. Image Cortesía de Rafael Arana
4_LAMINA PROPUESTA URBANA. Image Cortesía de Rafael Arana

Arquitetos principais: 
Arq. Rafael Arana Parodi
Arq. Carlos Suasnabar Martínez
Arq. Amed Aguilar Chunga
Arq. Santiago Nieto Valladares
 
Localização: Distrito de Belén, Cidade de Iquitos.
 
Área: 37 000 m2
 
Ano: 2017
 
Concurso: V CONCURSO NACIONAL DE VIVIENDA SOCIAL - CONSTRUYE PARA CRECER 2017” 
 
Prêmio:
1º lugar Categoría Profissional
Menção Honrosa - Melhor Proposta Sustentável
 
Promotor:
Ministerio de Vivienda del Perú
Fondo Mi Vivienda
U.S. Department of Agriculture
APA - The Engineered Wood Association

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Bayona, Delia. "Arquitetos propõem 120 habitações sociais incrementais e flexíveis para Iquitos, Peru" [Arquitectos proponen 120 viviendas sociales incrementales y flexibles para Iquitos, Perú] 12 Fev 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/888895/arquitetos-propoem-120-habitacoes-sociais-incrementais-e-flexiveis-para-iquitos-peru> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.