O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. A obra do arquiteto argentino Eduardo Sacriste: entre a educação e a construção de habitações populares

A obra do arquiteto argentino Eduardo Sacriste: entre a educação e a construção de habitações populares

A obra do arquiteto argentino Eduardo Sacriste: entre a educação e a construção de habitações populares
A obra do arquiteto argentino Eduardo Sacriste: entre a educação e a construção de habitações populares, © Lucía Mariotto
© Lucía Mariotto

Casa Schujman. © Lucía Mariotto Casa Schujman. © Lucía Mariotto © Lucía Mariotto Casa Schujman. © Lucía Mariotto + 14

O marco teórico e material na arquitetura de Eduardo Sacriste deixou um legado importante para os estudantes de arquitetura e os profissionais argentinos. Sua obra, que teve lugar entre a prática e o ensino, evidencia um arquiteto enquadrado nas tendências do movimento moderno, mas que valoriza a arquitetura e os costumes de seus habitantes locais.

Pondo um particular foco de atenção na capacidade da arquitetura como um meio de transformação social, sua atenção focou-se na habitação popular e vernacular argentina. Os projetos que desenvolveu são vistos principalmente na província de Tucuman, e são o resultado de um equilíbrio entre o simples, o eficiente e o reflexivo. A partir disso, considerava que a arquitetura deveria responder aos modos de vida das pessoas, e não às características do autor da arquitetura. Uma arquitetura que humilde, trabalhando com o sentido da razão e da economia.

Casa Schujman. © Lucía Mariotto
Casa Schujman. © Lucía Mariotto

Eduardo Sacriste finalizou seus estudos em 1931, na Escola de Arquitetura de Buenos Aires, em um período onde a difusão da arquitetura moderna influenciava a maior parte dos estudantes. A partir de 1941 viajou com uma bolsa para os Estados Unidos, para realizar estudos de habitações econômicas e pré-fabricadas, onde começa a indagar e refletir acerca da obra do arquiteto Frank Lloyd Wright, que propunha os princípios para uma arquitetura arraigada no território.

Casa Schujman. © Lucía Mariotto
Casa Schujman. © Lucía Mariotto

Em 1944, o arquiteto se mudou -junto com Horacio Caminos e Hilario Zalba- para a região de San Juan, para colaborar na reconstrução de uma cidade que se encontrava 80% destruída devido ao severo terremoto do mesmo ano. Em uma visita pelas áreas próximas, decidiu assentar-se em Tucumán por sua característica paisagem natural e onde começa sua carreira como docente -e logo como diretor- da Escola de Arquitectura da Universidad de Tucumán. Em sua tarefa docente é onde teve alunos que hoje são reconhecidos arquitetos internacionais, como César Pelli.

Casa Schujman. © Lucía Mariotto
Casa Schujman. © Lucía Mariotto

Ao longo da carreira abordou diferentes programas públicos e privados, ainda que a habitação familiar tenha se convertido em sua principal vocação. Sacriste, a partir de sua formação acadêmica e compreensões, soube buscar os elementos principais da arquitetura moderna e depois comprometer-se com uma arquitetura vinculada ao território e suas condições ambientais. Sua arquitetura é ligada ao vernáculo, que está em contato com os costumes, cultura, clima, terreno e materiais e tecnologias locais. A arquitetura nasce do sítio.

Casa Schujman. © Lucía Mariotto
Casa Schujman. © Lucía Mariotto

Casa Schujman. © Lucía Mariotto © Lucía Mariotto Casa Schujman. © Lucía Mariotto Casa Schujman. © Lucía Mariotto + 14

As habitações que lhe foram encomendadas, como a Casa Shujman e a Casa Torres Posse, evidenciam um amplo estudo prévio das necessidades reais das famílias e das características do sítio. Introduz certos elementos da tradição local como resposta às condições ambientais, como o pátio e a galeria, e propõe a utilização de materiais locais como a pedra, para a construção de muros e até coberturas verdes.

Casa Schujman. © Lucía Mariotto
Casa Schujman. © Lucía Mariotto

Eduardo Sacriste considerava que a capacidade de ensinar estava vinculada à experiência prévia da construção, devia exercer-se a profissão para poder ensinar. Era necessário e importante ter construído, e era importante saber escutar para poder comunicar-se. Acreditava nas capacidades do arquiteto como as de alguém que sabia valorizar as influências que lhes eram contemporâneas em conjunto com as necessidades e apredizagens dos habitantes do lugar, os clientes e os construtores. Sobre isso, sua abordagem às comunidades se encontrava envolta por um respeito pelos costumes locais a partir de seguir desenvolvendo o que eles haviam iniciado.

A herança de Sacriste não se limita à sua obra construída, mas a uma postura acerca do modo de fazer arquitetura.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Fabian Dejtiar
Autor
Cita: Dejtiar, Fabian. "A obra do arquiteto argentino Eduardo Sacriste: entre a educação e a construção de habitações populares" [La obra de Eduardo Sacriste: enseñanza y construcción de la vivienda popular argentina] 26 Jul 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/876526/a-obra-do-arquiteto-argentino-eduardo-sacriste-entre-a-educacao-e-a-construcao-de-habitacoes-populares> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.